Relações interpessoais

8.794 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
3 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.794
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
328
Comentários
3
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relações interpessoais

  1. 1. RELAÇÕESINTERPESSOAIS
  2. 2. Questões a abordar…O que pensamos dos outros?Por que razão agimos dedeterminada maneira face auma dada situação social?Como os influenciamos?Como nos influenciam a nós?Como nos relacionamos comos outros?Como formamos as nossasimpressões? E as atitudes? Eos preconceitos?
  3. 3. RELAÇÕES INTERPESSOAIS Temas a abordar:Processos de cognição social•Processos de influência entre indivíduos•Processos de relação entre os indivíduos e os grupos•
  4. 4. O desconhecido é incómodo.
  5. 5. Lemos o mundo social através dos… Processos de cognição social
  6. 6. Ver definição de cognição social no manual p. 150As relações que estabelecemos com os outrosestão envoltas em diversos factores de ordem cognitivaque nos ajudam a:Interpretar as situações•Procurar as respostas mais adequadas a essas situações•
  7. 7. Processos de cognição social Impressões Expectativas Atitudes Representações sociais
  8. 8. IMPRESSÕES – O QUE SÃO?
  9. 9. IMPRESSÕES A partir do primeiro contacto com alguém construimos uma imagem/ideia sobre essa pessoa a partir de algumas características, indícios que seleccionamos e consideramos mais significativos. Noções criadas espontaneamente a partir do contacto com as pessoas e que nos fornecem um quadro interpretativo para as julgarmos quanto às suas características principais e comportamento.
  10. 10. Impressões
  11. 11. Como se formam as impressões? Através da categorização  permite simplificar a complexidade do mundo social; conjunto de processos psicológicos a partir dos quais ordenamos o ambiente em categorias  grupos de pessoas, objectos, acontecimentos, etc.
  12. 12. Categorização – 3 tipos Afectiva Moral Instrumental
  13. 13. Indícios para a formação dasprimeiras impressões Físicos Verbais Não verbais Comportamentais
  14. 14.  Através da impressão formamos um esboço psicológico da pessoa.
  15. 15. Qual a importância das primeirasimpressões? A ordem com que conhecemos as características de uma pessoa é importante?
  16. 16. Primeiras impressões Persistência das primeiras impressões – resistência em integrar informações que contrariam as primeiras impressões. Efeito de halo - Thurnstone
  17. 17. EXPECTATIVAS
  18. 18. Expectativa Representação interna mental das regularidades do mundo exterior ou das relações entre as acções do sujeito e o mundo exterior.
  19. 19. Funções das expectativas Permitem prever os comportamentos e atitudes e estabelecer relações duradouras entre as pessoas. Afectam o modo como interagimos com os outros, como interagem connosco. Influenciam a nossa identidade. Expectativas positivas – comportamentos positivos e vice-versa.
  20. 20. Como formamos as expectativas? Indução – incluimos a pessoa numa dada categoria. Dedução – atribuimos-lhe certas características não observadas.
  21. 21.  Importância do processo de socialização na formação das expectativas (valores, crenças, princípios, história pessoal)
  22. 22. Efeitos das expectativas Dos professores sobre os alunos – efeito de pigmalião. Dos investigadores.
  23. 23. ATITUDES
  24. 24. ATITUDES Predisposições adquiridas e relativamente estáveis que levam as pessoas a reagir de forma positiva ou negativa a certos objectos sociais.
  25. 25. Atitudes Em relação À religião  Às pessoas do sexo oposto  Ao governo À psicologia
  26. 26. As atitudes são observáveis?
  27. 27. As atitudes são observáveis? Não. Podemos inferi-las através dos comportamentos e medi-las através de questionários e testes.
  28. 28. Componentes das atitudes Cognitiva/intelectual  Crenças tomadas como verdadeiras/plausíveis, com base em observações e informação a que acedemos:  A leitura desenvolve as escrita; o tabaco provoca o cancro Afectiva  Sentimentos que nutrimos em relação a pessoas, objectos, pessoas, ideias  Gostar de ler, de fumar, etc. Comportamental  Resultado das interacções entre as componentes anteriores; predisposição para agir de determinada forma; o que estamos dispostos a fazer face ao que gostamos/acreditamos  Desejo/intenção de adquirir livros
  29. 29. Nem sempre as três componentes seharmonizam… Por vezes existem dissonâncias. DISSONÂNCIA COGNITIVA  Defender que se deve pagar impostos para garantir a justiça social e cometer fraudes na declaração do IRS.  Amar os filhos e desejar o seu bem-estar, mas aplicar- lhes castigos violentos.  Contradição entre o que se acredita e o que se está disposto a fazer; na maior parte das vezes domina o elemento afectivo.
  30. 30. Como se formam as atitudes? Através do processo de socialização  Agentes de socialização:  pais,  escola,  pares,  meios de comunicação social
  31. 31. É possível alterarmos as atitudes? Sim, embora uma das características das atitudes seja a sua estabilidade, é possível mudar as atitudes. Meios para alterar atitudes:  experiências vividas pelo indivíduo que provoquem dissonâncias cognitivas  Influência dos meios de comunicação social, da publicidade, propaganda, etc.
  32. 32. Representações sociais
  33. 33. Representações sociaisConjunto de conceitos, proposições e explicaçõescriado na vida quotidiana no decurso dacomunicação interindividual. São o equivalente,na nossa sociedade, dos mitos e sistemas decrenças das sociedades tradicionais, podemainda ser vistas como a versão contemporâneado senso comum.
  34. 34. Como se elaboram as representaçõessociais? Objectivação Ancoragem
  35. 35. Funções das representações sociais Saber Orientar Formação da identidade Justificar
  36. 36.  http://www.youtube.com/watch?v=hnOPu0_YWhw & http://www.youtube.com/watch?v=5EzhUfxjiW0&f eature=relatedfeature=fvwrel

×