43. O Profeta Ageu

13.867 visualizações

Publicada em

1 comentário
12 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.867
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
544
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
760
Comentários
1
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

43. O Profeta Ageu

  1. 1. AGEU O PROFETA DA RECONSTRUÇÃO Reconstrução do Templo – O tempo de investir na obra de Deus
  2. 2. Palavra-chave: "PRIORIDADE" "Acaso é tempo de habitardes vós em casas apaineladas, enquanto esta casa permanece em ruínas?" (1.4).
  3. 3. Palavra-chave: “Prioridade" O Primeiro profeta pós-exílico. Nos dia do rei Dario na Babilônia. Em 520 a.C. Zorobabel era o governador e Josué o sacerdote.
  4. 4. DIVISÃO HISTÓRICA DA BÍBLIA OS PROFÉTICOS 12 MENORES OSÉIAS JOEL AMÓS OBADIAS JONAS MIQUÉIAS NAUM HABACUQUE SOFONIAS AGEU ZACARIAS MALAQUIAS
  5. 5. OS PROFETAS E SUA ÉPOCA PROFETA PERÍODO JOEL PRÉ-EXÍLICO JONAS PRÉ-EXÍLICO AMÓS PRÉ-EXÍLICO OSÉIAS PRÉ-EXÍLICO ISAÍAS PRÉ-EXÍLICO MIQUÉIAS PRÉ-EXÍLICO NAUM PRÉ-EXÍLICO SOFONIAS PRÉ-EXÍLICO HABACUQUE PRÉ-EXÍLICO JEREMIAS PRÉ-EXÍLICO E EXÍLICO DANIEL EXÍLICO EZEQUIEL EXÍLICO OBADIAS EXÍLICO AGEU PÓS-EXÍLICO ZACARIAS PÓS-EXÍLICO
  6. 6. • o reino de Judá fora conquistado pelos babilônios. • Entre 606 e 586 a.C., • o Templo foi arrasado, • Jerusalém queimada, • e os judeus levados em massa para o cativeiro: Propósito do Livro : nascido ao final do reinado de Manassés, e mui provavelmente de linhagem real (1.1), Sofonias profetizou nos dias do piedoso rei Josias e, conclui-se: nascido ao final do reinado de Manassés, e mui provavelmente de linhagem real (1.1), Sofonias profetizou nos dias do piedoso rei Josias e, conclui-se
  7. 7. 1. A primeira leva de judeus para o cativeiro – ano 605 a.C. Nabucodonosor reivindicou tesouros e reféns. Ele levou os tesouros da casa do Senhor e dentre os reféns, Daniel e seus companheiros e outros nobres do povo, Dn 1.1,2. 2. A segunda leva de Judeus para o cativeiro foi em 586 a.C. Jerusalém foi invadida e destruída por Nabucadonosor. O Templo de Salomão caiu finalmente e foi destruído. Propósito do Livro
  8. 8. Após 70 anos no exílio, na Babilônia, por ordem de Ciro, o Persa, cerca de 50 mil judeus voltam para a sua terra (536 a.C.). Jeremias e Daniel profetizaram os 70 anos (Jr. 25.11; 29.10; Comp. Dn 9.1,2.) Propósito do Livro
  9. 9. • O primeiro passo para que se firme a restauração nacional é a reconstrução do Templo. •Os fundamentos são lançados, mas... a obra pára. •Muita perseguição dos vizinhos (Os samaritanos fazem forte oposição à reconstrução do Templo) Propósito do Livro
  10. 10. • Durante 15 anos, o povo distraiu, preocupou-se em construir suas próprias casas e em cuidar de seus interesses pessoais. • É aí que o SENHOR levanta Seu servo Ageu, para questionar as prioridades escolhidas pelos judeus, chamando-os a dedicarem-se à obra de reconstrução da Casa do SENHOR. Propósito do Livro
  11. 11. • Em setembro (6º mês do calendário hebreu) de 520 a.C. a obra é reiniciada, e, quatro anos depois, completada, • sob a influência da pregação de Ageu Propósito do Livro
  12. 12. • Ageu foi o primeiro profeta levantado pelo SENHOR após o exílio. • Entre ele e Sofonias, há um intervalo de 70 anos. Jeremias, Ezequiel e Daniel profetizaram durante o exílio. O Profeta Ageu
  13. 13. • O nome Ageu, de origem incerta, deve significar "festivo", e nos remete à idéia de que ele viveu dias festivos, pois contemplou a volta dos judeus desde o cativeiro, e participou da reconstrução do Templo, em Jerusalém. • Isso, sem contar a mensagem gloriosa e festiva que anunciou, proclamando a vitória final do SENHOR e do Seu povo, quando "encherei de glória esta casa". O Profeta Ageu
  14. 14. • No livro de Esdras, referências ao profeta Ageu mostram-nos ter sido ele contemporâneo de Zacarias. Ambos trabalharam juntos, visando o mesmo objetivo – • "Ora os profetas Ageu e Zacarias, filho de Ido, profetizaram aos judeus que estavam em Judá e em Jerusalém, em nome do Deus de Israel, cujo Espírito estava neles. (Ed 5.1,2; 6.14). O Profeta Ageu
  15. 15. SOBRE O PROFETA Ageu • Pouco se sabe de sua origem. Provavelmente ele nasceu perto do fim do cativeiro babilônico. • A única informação que temos é que ele exerceu o ofício profético: “A palavra do Senhor veio por intermédio do profeta Ageu”. Isso nos dá a impressão de que ele já era reconhecido como um dos que ensinavam.
  16. 16. Os quatro sermões que o Espírito levou Ageu a proferir: Divisão do Livro
  17. 17. 1. admoesta o povo a priorizar as coisas de Deus, mostrando que a inversão de valores levou- os a sofrer consequências bem palpáveis, como o insucesso em seus esforços no trabalho e dificuldades financeiras. Primeiro sermão: Cap.1
  18. 18. 2. o segundo, trazendo consolo ao coração dos que se entristeceram por causa da "pobreza" do Templo em reconstrução, se comparado ao Templo original, construído por Salomão - 2.1-9; Segundo sermão: Cap.2
  19. 19. 3. o terceiro, prediz o fim da maldição e o retorno das bênçãos advindas por meio da natureza - 2.10-19; Terceiro sermão: Cap.2
  20. 20. 4. o quarto fala da preservação do trono de Israel, representado pela pessoa de Zorobabel, que era da linhagem do rei Davi - 2.20-23. Quarto sermão: Cap.2
  21. 21. A reconstrução do Templo do Senhor. 1. Uns 18 anos depois que fecharam os muros de Jerusalém, eles continuavam adorando no altar que fora construído quando chegaram e o Templo do Senhor ficou só no alicerce. 2. Eles estavam dizendo como registra o v.2 que não veio ainda o tempo em que a casa do Senhor deve ser edificada. Uma Justificativa para o pecado de negligencia Mensagem do Livro
  22. 22. 3. Cada um foi cuidar dos seus negócios e deixaram a casa de Deus de lado. O profeta então os convida para considerar o seu passado: 3. 1) Como eles foram trazidos de volta de forma em que não esperavam. “sonhos” (Sl.126) 3. 2) Como o retorno deles foi uma manifestação clara da bondade e soberania de Deus. Mensagem do Livro
  23. 23. 4. Eles estavam habitando em casas bem construídas (“apaineladas”), enquanto a casa do Senhor não havia saído do projeto, estava em ruínas. Mensagem do Livro
  24. 24. Os sinais do desprazer de Deus: • Eles semeavam muito e colhiam pouco. • E o que colhiam não dava para se fartarem. • Os céus se fecharam sobre a vida deles. • Nem sempre conseguimos perceber a relação entre o material e o espiritual em nossas vidas quando estamos frios e em pecado. Mensagem do Livro
  25. 25. Os sinais do desprazer de Deus: 1.Deus promete ser propício ao povo - 1.7,8. 2.Quando o povo obedece Deus abençoa. 3.Despertamento espiritual é obra de Deus na vida do seu povo, em face da frieza, indiferença e pecado, 1.14. 4. Mas começa com a liderança 1:14 Mensagem do Livro
  26. 26.  A Glória do Segundo Templo. 1. Os que viram a glória do primeiro Templo estavam desalentados, diante daquela casa que eles agora construíam que era menor do que a primeira. 2. Deus anima ao seu povo com a promessa da aliança, 2.5. 3. Mas Deus diz que glória desse Templo será maior. Uma referência escatológica à igreja. Mensagem do Livro
  27. 27. A Glória do Segundo Templo. 4. Novamente uma promessa de bênção para o povo mediante a sua obediência, 2.18,19. 5. Ele encerra com uma palavra a Zorobabel, por ser ele um líder da tribo de Davi, e um tipo de Cristo naquele tempo, em quem todos deveriam ser abençoados, 2.20-23. Mensagem do Livro
  28. 28. • cuidado! • O nosso coração é enganoso, e pode conduzir-nos a conclusões totalmente equivocadas! • Os judeus, pressionados pelos samaritanos a não dar continuidade à obra de reconstrução do Templo, começaram a concluir que as circunstâncias desfavoráveis significavam um sinal de Deus de que o tempo para esse trabalho ainda não chegara. • Uniram a essa pressão externa a pressão interna muito própria do coração humano Conclusão
  29. 29. • Quantas vezes deixamos as coisas do Reino sempre em segundo plano – • "vou construir primeiro a minha casa; cuidar dos meus negócios; depois cuido dos negócios do SENHOR". • o SENHOR e Sua obra são a sua prioridade absoluta, ou você está cedendo a circunstâncias externas e/ou internas para priorizar outras coisas? Conclusão
  30. 30. CRISTOLOGIA DO LIVRO • Mensagem Messiânica: • em 2.9 temos uma preciosa mensagem messiânica: “A glória desta última casa será maior do que a da primeira... E neste lugar darei a paz”. • É verdade que, num sentido, a promessa deste texto concretizou-se nas reformas realizadas por Herodes, que deixaram o Templo suntuosíssimo!
  31. 31. CRISTOLOGIA DO LIVRO • Todavia, ela se cumpre realmente quando o Messias vem. • Sua presença no próprio pátio do Templo era, literalmente, a glória de Deus em carne e ossos, adornando o Templo! • E mais: nEle (a Pedra Fundamental) foi erigido um Novo Templo, a Igreja, a "segunda casa", já que a primeira (Israel) rejeitou seus privilégios e foi arrasada.
  32. 32. AGEU O PROFETA A glória da casa de Deus A reconstrução do templo

×