10. 2a. epístola de paulo aos corintios

5.108 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.108
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
594
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

10. 2a. epístola de paulo aos corintios

  1. 1. 2ª. EPÍSTOLA AOS CORINTIOS Escrita por Paulo no ano 56 d.C
  2. 2. O NOVO TESTAMENTO CARTAS PAULINAS - 13 ROMANOS I Coríntios II Coríntios Gálatas Efésios Filipenses Colossenses I e II Tessalonicenses I e II Timóteo Tito Filemom
  3. 3. Palavra-Chave: “DEFESA” Versículo-Chave: "Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor, e a nós mesmos como vossos servos por amor de Jesus" (4.5).
  4. 4. AUTORIA A autoria de Paulo é universalmente aceita – 1:1 - Trata-se de uma carta de cunho pessoal, com detalhes de relacionamento entre o pastor e a igreja
  5. 5. Propósito da Carta - O Espírito de Deus levou Paulo a escrever a segunda carta aos coríntios depois de o apóstolo ouvir um relatório de Tito, - no qual este fala do bom efeito produzido pela carta anterior e também diz que há um grupo de oposição naquela igreja, que ataca a pessoa de Paulo (7.6-9).
  6. 6. Propósito da Carta - Este escreve, então, apresentando em sua defesa as suas credenciais de apóstolo. - Um grupo de judeus (aparentemente - 11.22,23) que se diziam apóstolos (11.5,13; 12.11), mas que pregavam um evangelho falsificado (11.4) e estavam como que escravizando os membros da igreja (11.20), - vinha atacando a pessoa de Paulo, seu ensino e seu caráter.
  7. 7. Propósito da Carta Acusavam Paulo de: 1. proceder como um mundano (10.2); 2 - ser covarde (10.10); 3 - não ter as credenciais genuínas de um apóstolo (3.1; 12.11,12); 4 - ser enganador (6.8); 5 - ser insensato ( 11.16,19).
  8. 8. Histórico da carta - Entre 1º. e 2º. Coríntios há um espaço de 1 ano - Paulo não inventou os problemas de Corinto, as informações lhe fora dada por uma família da igreja; - Quando soube que sua primeira carta não foi acolhida pelos irmãos de bom grado, e os problemas não foram resolvidos, Paulo fez uma viagem “Marítima”, urgente a Corinto;
  9. 9. Histórico da carta - Ele estava em Éfeso - Mas não alcançou ali os seus objetivos, foi uma “visita em tristeza” – 2:1; - Paulo volta desta “viagem apressada” e escreve uma “Carta severa” à igreja – esta carta se perdeu – repreendendo e exortando a igreja ao arrependimento – 2:3-4; 7:8-10
  10. 10. Histórico da carta - Ele manda Tito (“viagem marítima”) levar a carta e ler perante a igreja; - Paulo seguiu por terra visitando as igrejas em Trôade e pela Macedônia – 2:12,13; 7:13-15; - Lucas registra as duras perseguições externas desta viagem, fora as internas – At.20:1-3; - A preocupação de Paulo era como os Coríntios iriam receber Tito – 2:12,13 e 7:5, Lutas e temores do que podia estar acontecendo com Tito em Corinto
  11. 11. Histórico da carta - Ele não teve sossego para ficar em Trôade e foi logo para Filipos – 7:5 - A Paz lhe veio à alma quando Tito finalmente chega a Filipos (7:6) trazendo-lhe boas notícias: - a) A “carta severa” de repreensão e - b) A visita de Tito teve excelente resultado entre os irmãos:
  12. 12. Histórico da carta - Eles se arrependeram genuinamente - A rebeldia contra Paulo e seu ensino foi sarada - Houve retorno de profunda afeição e lealdade a Paulo – 7:6-15 (ler) - Houve clima para a visita oficial de Paulo na igreja, de forma pacífica e pastoral
  13. 13. A DATA E OCASIÃO • Da Macedônia (Filipos) Paulo escreve esta segunda carta aos Coríntios; • Era o ano 56 d.c. – em sua 3ª. Viagem missionária • Esta carta é pessoal e cheia de gratidão e louvor a Deus pelo dom do Evangelho
  14. 14. De Filipos a Corinto
  15. 15. A DATA E OCASIÃO • Manifesta sua gratidão à igreja pela graça de Deus que os conduziu ao arrependimento e a paz com o apóstolo • Escreveu para encorajar a igreja a manifestar generosidade na oferta pelos irmãos pobres da Judéia; • Escreveu para reforçar seus ensinos, apostolado e fortalecê-los a resistir aos falsos apóstolos que os incitavam à rebeldia – 11:13,14
  16. 16. A DATA E OCASIÃO • Para tranquilizá-los de que “agora está tudo bem entre nós” • Que voltou a paz em seus corações; • E que ele iria visitá-los em breve • Logo depois desta carta, Paulo viajou da Macedônia a Corinto e fez ali a sua última visita à igreja – ficou lá por 3 meses – At.20:2,3 • Dali voltou para Jerusalém onde foi preso
  17. 17. 3 Lições importantes: 1. A Igreja é composta de homens e mulheres, seres humanos, sujeitos às falhas e enganos que podem gerar sérias confusões entre irmãos; 2. Através de um genuíno arrependimento, com humildade e quebrantamento, podemos reatar relacionamentos rompidos, aparar arestas e retornar à comunhão e harmonia do corpo de Cristo
  18. 18. 3 Lições importantes: 3. Deus quer que vivamos sem ódio, rancor, e sem um coração endurecido no erro e no engano, reatando relacionamentos e vivendo como filhos da luz; - A Igreja recebeu esta carta com profunda emoção e gratidão
  19. 19. ESBOÇO DO LIVRO 1. Capítulos: 1-7 Paulo queria: expressar sua alegria pela reação favorável da igreja ao seu ministério; 2. Capítulos: 8,9 Relembrar aos crentes de seu compromisso para com a oferta aos cristãos da Judéia 3. Capítulos: 10-13 Defender sua autoridade apostólica contra os falsos apóstolos que enganavam a igreja com falsas doutrinas e influenciavam negativamente a igreja
  20. 20. 2ª. EPÍSTOLA DE PAULO AOS CORINTIOS A cidade perversa, continuava perversa, os falsos mestres continuavam mais falsos; mas a igreja se tornara mais santa e consciente!

×