Xadrez - O jogo e o Histórico

1.956 visualizações

Publicada em

Histórico do Xadrez e movimentos das peças

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.956
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
104
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Xadrez - O jogo e o Histórico

  1. 1. XADREZProf. Saulo B. Silva
  2. 2. O Jogo O Xadrez é o segundo esporte mais praticado no mundo, abaixo apenas do futebol
  3. 3. O Jogo O jogo de Xadrez é jogado por dois jogadores sobre um tabuleiro de 64 casas de cor clara ou escura alternadamente, contando cada um com 16 peças diferentes por grupo, na forma, no nome e na qualidade.
  4. 4. O Jogo A peça mais importante a qual decide a partida é denominada REI. E o jogo consiste em movimentar as peças como em um combate, obedecendo aos princípios e regras pré-estabelecidas, com o objetivo de atacar o Rei adversário até o ponto em que o mesmo não possa mais evitar a conclusão do ataque com a ameaça de sua captura. É o chamado Xeque-mate
  5. 5. O Jogo Cada vez que o Rei é atacado, diz-se que está em XEQUE; quando for impossível de ser anulado, diz-se XEQUE-MATE
  6. 6. O Jogo O xadrez é um jogo especial por combinar várias características. Em primeiro lugar, o acaso não existe no xadrez: ninguém ganha uma partida porque “teve sorte”, nem perde porque “teve azar”. Trata-se de um jogo movido apenas pelo raciocínio dos dois jogadores, que são os únicos responsáveis pelo resultado. Nesse sentido, pode ser dito que trata-se de um jogo perfeitamente existencialista. Nele estamos, como numa expressão de Sartre, “sós e sem desculpas”.
  7. 7. O Jogo É um jogo de extrema complexidade: Apenas os quatro primeiros lances podem produzir cerca de 72 mil diferentes posições. Os dez primeiros lances podem ser jogados de cerca de 170 seguido de 27 zeros maneiras diferentes. Trata-se, portanto, de um jogo de possibilidades inesgotáveis.170.000.000.000.000.000.000.000.000.000
  8. 8. O Jogo O Xadrez é especial por sua antiguidade histórica Sua origem é incerta. Sabe-se que o xadrez é jogado com pouquíssimas variações por mais de mil anos
  9. 9. O Jogo Tabuleiro: 64 casas; Cada Jogador possui 16 peças; A peça mais importante é o Rei; O jogo acaba quando o Rei sofre um Xeque- Mate; Xeque: Sempre que o Rei é ameaçado Xeque-Mate: Quando o Rei não tem mais escapatória
  10. 10. Histórico Lenda: O Jovem Lahur Sessa inventou o jogo para entreter o Rei Iadava que estava em grande depressão por haver perdido seu filho, Príncipe Adjamir, em uma guerra.
  11. 11. Histórico A maioria dos textos sobre a história do Xadrez registra que a Chaturanga era passatempo dos governantes e se baseava na estrutura dos exércitos da Índia, utilizando um tabuleiro e tipos diferentes de peças, sendo a possibilidade mais próxima de ter originado o Xadrez (século VI)
  12. 12. Histórico
  13. 13. Histórico O Xadrez é um jogo muito antigo, cheio de lendas e mitos. Sua invenção já foi atribuída a chineses, egípcios, persas e árabes, porém, não há confirmação a partir dos diversos fatos históricos até o presente momento
  14. 14. Histórico Várias possibilidades de sua origem já foram destacadas por historiadores, em diversas épocas, desde a apreciação de uma antiga pintura egípcia que mostra duas pessoas participando de um jogo parecido com o Xadrez, cerca de 3.000 anos a.C, lendas, como a de Sissa e Caíssa, chegando à Chaturanga, praticado em meados do século VI, ao norte da Índia.
  15. 15. Histórico
  16. 16. Histórico
  17. 17. Histórico
  18. 18. Histórico
  19. 19. Histórico
  20. 20. Histórico Mais tarde teria sido introduzido nos países ocidentais por intermédio das invasões árabes na busca por novas rotas comerciais. Passando por diversos países da Europa, o Xadrez foi jogado por grandes reis e, aos poucos, veio sofrendo alterações, ganhou novas regras e se tornou mais ágil, nascendo assim o Xadrez moderno
  21. 21. Histórico
  22. 22. Histórico Nasceu provavelmente na Índia com o nome de Chaturanga por volta do século VI. Era um jogo baseado na estrutura dos exércitos da Índia A Origem não é certa pois existem lendas e até pinturas antigas sobre o xadrez. Foi modificando-se aos poucos na Europa até chegar ao Xadrez Moderno.
  23. 23. Por que jogar Xadrez? É um grande impulsionador da imaginação, que também contribui para o desenvolvimento da memória, da capacidade de concentração e da velocidade de raciocínio
  24. 24. Por que jogar Xadrez? O Xadrez é capaz de mostrar as conseqüências de atitudes displicentes, que não tenham sido previamente calculadas e, por conseguinte, estimula o hábito de refletir antes de agir, além de ensinar a arcar com as responsabilidades dos próprios atos.
  25. 25. Por que jogar Xadrez? O Xadrez é uma arte de grande beleza e apresenta imensa riqueza de possibilidades. É um passatempo agradável e instrutivo que entreteve grandes personalidades de nossa história como Napoleão, Einstein, Voltaire, Goethe, Montesquieu, Benjamin Franklin, Victor Hugo, Machado de Assis e Monteiro Lobato...
  26. 26. Por que jogar Xadrez? Num estudo realizado na ex-Alemanha Oriental, comparando o desenvolvimento de grupos de estudantes de diversas idades, separando-os em dois grupos: os que jogavam e os que não jogavam Xadrez, concluiu-se que: O Xadrez estimula a atividade intelectual e estabiliza a personalidade de crianças e jovens durante seu crescimento. Isso é evidente, sobretudo, na puberdade: crianças que jogam Xadrez apresentam menos crises decorrentes das transformações dessa fase etária do que as que não jogam. O raciocínio lógico e a capacidade de cálculo são estimulados, produzindo excelentes resultados no desempenho escolar, com destaque particularmente notável nos casos da Física e da Matemática. Em aspectos gerais, os alunos que jogam Xadrez apresentam nítida superioridade em força de vontade, tenacidade, memória e concentração. O Xadrez ensina a criança a avaliar as consequências dos seus atos, tornando-as mais prudentes e responsáveis.
  27. 27. Por que jogar Xadrez? Segundo Charles Partos, mestre internacional suíço, o aprendizado e a prática do xadrez desenvolvem as seguintes habilidades:
  28. 28. Por que jogar Xadrez? a atenção e a concentração; o julgamento e o planejamento; a imaginação e a antecipação; a memória; a vontade de vencer, a paciência e o autocontrole; o espírito de decisão e a coragem; a lógica matemática, o raciocínio analítico e sintético; a criatividade; a inteligência; a organização metódica do estudo;
  29. 29. O Tabuleiro64 casas
  30. 30. O Tabuleiro
  31. 31. O Tabuleiro
  32. 32. O Tabuleiro
  33. 33. Peças
  34. 34. Disposição das Peças
  35. 35. Movimento das Peças Deslocamento – Mover a peça para uma casa vazia no tabuleiro Captura – Mover a pela para uma casa ocupada por uma peça adversária retirando-a do tabuleiro
  36. 36. Movimento: Peão  Deslocamento: 1 casa para frente  Captura: 1 casa em diagonal para frente Atenção: Ao movimentar um peão pela primeira vez, este por realizar um salto de 2 casas
  37. 37. Movimento: Torre  Deslocamento e Captura: Quantas casas quiser, em linha ou coluna
  38. 38. Movimento: Bispo  Deslocamento e Captura: Quantas casas quiser, em diagonal
  39. 39. Movimento: Cavalo  Deslocamento e Captura: Formando um L de 4 casas, capturando a peça que estiver na ultima casa do L  Obs: O Cavalo é a única peça que pode pular por cima das outras
  40. 40. Movimento: Rainha  Deslocamento e Captura: Quantas casas quiser, em coluna, linha ou diagonal
  41. 41. Movimento: Rei  Deslocamento e Captura: Apenas uma casa, em coluna, linha ou diagonal
  42. 42. Referências CASTRO, Pablo Girona. POLLÓN, Óscar Buide. COMBA, César Candal. Xadrez para crianças. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2002. CASTRO, Celso. Uma história cultural do xadrez. Cadernos de Teoria da Comunicação, Rio de Janeiro, v.1, nº2, p.3-12,1994. LASKER, Edward. História do xadrez. São Paulo: IBRASA, 1999. REZENDE, Sylvio. Xadrez na escola – Uma abordagem didática para principiantes. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna, 2002. SOUZA, Juliano de; JÚNIOR, Wanderley Marchi. O processo de construção teórico metodológica de um objeto de pesquisa em sociologia do esporte: o caso do xadrez. Pensar a Prática, Goiânia, v. 15, n. 2, p. 272-550, abr./jun. 2012. TAHAN, Malba.O homem que calculava. 65º Ed. Rio de Janeiro: Record, 2004. ZLOTNIK, Boris. Curso de xadrez. Porto Alegre: Artmed, 2006.

×