Relatório - blog saude

411 visualizações

Publicada em

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
411
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório - blog saude

  1. 1. Secretaria de Saúde de OlindaRELATÓRIO MENSAL DEZEMBRO/2011 DVS
  2. 2. Secretaria de Saúde de Olinda RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DAS AÇÕES Mês: Dezembro/2011 DEPI1. ÁREA TÉCNICANome da Área Departamento de EpidemiologiaResponsável Adriana LunaTelefone: 3491 8357 e 9147 5050E-mail: adrilunas@hotmail.com2. ACOMPANHAMENTO DOS INDICADORES PRIORITÁRIOS Ano: 2011 INDICADOR META Outubro Novembro Dezembro 59,57% IIntensificar a investigação do óbito 80% I 38% I 45% I 73,33% Finfantil e fetal. (PAVS) 50% F 48% F 52% F Ver NotaIntensificar a investigação do óbitode mulheres em idade fértil (MIF) e 100% 71,6% 75% 75%materno. (PAVS e PACTO)Realizar monitoramento danotificação dos casos de sifílis em 22 22 23 24gestantes com base nas estimativasde casos esperados. (PAVS) 541Notificar os casos suspeitos de (Aumento dos casos 54 204 359 devido inclusão dehepatites virais no Sinan (PAVS) busca ativa no CTA, pelo DEPI)(Hepatite B) Monitorar os casosnotificados para identificaçãoimediata daqueles nos quais não >= 92% 100% 100% 100%foram coletadas amostrassorológicas. (PAVS)Proporção de casos de hepatite B 75% 100% 100% 100%confirmado por sorologiaEncerrar oportunamente asinvestigações das notificações de 78% 77,83% 73,77% 73,8%agravos compulsórios registrados no
  3. 3. Secretaria de Saúde de OlindaSinan. (PAVS e PACTO)Monitorar a regularidade do enviode dados do Sistema de Informação 80% 100% 100% 100%de Agravos de Notificação (Sinan).(PAVS)Intensificar a coleta das 2638 2128 2274 2515declarações de óbitos_DO (PAVS)Garantir o envio de dados do SIM 80% 93,75% 98,00% 96,15com regularidade. (PAVS)Aprimorar a qualidade daclassificação da causa básica de 99% 98,31% 98,28% 98,37%óbito no sistema de informaçãosobre mortalidade (PAVS e PACTO)Realizar exames coproscópicos para 1.588 Alguns exames aindacontrole da esquistossomose em 2493 1114 1313 estão sendo analisadosáreas endêmicas. (PAVS) pelo LMSP.Realizar notificação de ParalisiaFlácida Aguda (PFA) em menores de 1 caso 3 3 315 anos. (PAVS)Realizar coleta oportuna de umaamostra de fezes para cada caso de 80% 67% 67% 67%Paralisia Flácida Aguda - PFA .(PAVS)Investigar casos notificados desarampo e rubéola em até 48 80% 91% 91% 92%horas. (PAVS)Encerrar os casos notificados dedoenças exantemáticas por critério 95% 100% 100% 100%laboratorial. (PAVS)Intensificar a coleta dasdeclarações de nascidos vivos. 6318 4814 5177 5616(PAVS) Dados provisórios sujeitos a alteração . Nota: Foram devolvidos do DS I ao DEPI 11 óbitos (infantis e fetais), contudo 8 retornaram ao DS I para complementar informações de investigação. Foram devolvidos do DS II ao DEPI 06 óbitos (infantis e fetais), contudo 3 retornaram ao DS I para complementar informações de investigação.
  4. 4. Secretaria de Saúde de Olinda ESQUISTOSSOMOSE PROGRAMA DE CONTROLE DA ESQUITOSSOMOSE META 2011UNIDADE SAÚDE DA FAMÍLIA POP 5-14 %DSI ANOS % EX. A REALIZAR EX. A REALIZAR EX. REALIZADOS REALIZADOSCOHAB PEIXINHOS I 1080 8,7 108 40 36,9COHAB PEIXINHOS II 1067 8,6 107 39 36,4COHAB PEIXINHOS III 811 6,5 81 40 49,1AZEITONA I 1046 8,4 105 85 80,9AZEITONA II 1194 9,6 120 59 49,2JARDIM BRASIL V EQUIPE: 1 735 5,9 74 48 65,0JARDIM BRASIL V EQUIPE : 2 909 7,3 91 49 53,7SAPUCAIA I 1031 8,3 104 33 31,9SAPUCAIA II 1571 12,6 158 31 19,7SAPUCAIA III 1149 9,2 115 32 27,7PASSARINHO 1856 14,9 186 108 58,0TOTAL DS I 12449 100 1250 564 45,1UNIDADE SAÚDE DA FAMÍLIA POP 5-14 %DSII ANOS % EX. A REALIZAR EX. A REALIZAR EX. REALIZADOS REALIZADOSUSF JARDIM FRAGOSO I 1325 10,2 127 99 77,8USF JARDIM FRAGOSO II 1183 9,1 114 92 81,0CENTRO DE SAUDE JARIM 0FRAGOSO 0,0 0 37 0,0USF ALTO DA MINA 1148 8,8 110 49 44,5USF BEIRA MANGUE I 851 6,5 82 20 24,5USF BEIRA MANGUE II 1053 8,1 101 17 16,8PACS BEIRA MANGUE 481 3,7 46 24 52,0USF TABAJARA I 1207 9,3 116 24 20,7USF TABAJARA II 560 4,3 54 54 100,5PACS TABAJARA 889 6,8 85 4 4,7USF V ETAPA RIO DOCE I 857 6,6 82 90 109,4USF V ETAPA RIO DOCE II 699 5,4 67 78 116,3PACS RIO DOCE 576 4,4 55 47 85,0USF ILHA DO MARUIM 812 6,2 78 31 39,8USF VARADOURO I 1187 9,1 114 34 29,8USF VARADOURO II 196 1,5 19 30 159,5TOTAL DS II 13024 100 1250 730 58,4OUTRAS UNIDADES 294TOTAL GERAL 2011 2500 1588 63,5TOTAL GERAL 2010 2500 1350 54
  5. 5. Secretaria de Saúde de Olinda CEVAO1. ÁREA TÉCNICANome da Área Departamento de Vigilância AmbientalResponsável Ridelane VeigaTelefone: 3301.5212 – 9952.5586E-mail: ridajpveiga@hotmail.com1. ACOMPANHAMENTO DOS INDICADORES PRIORITÁRIOS Ano 2011 INDICADOR META DezembroRealizar ações de eliminação de focos 97% 100% dos imóveise/ou criadouros de Aedes aegypti e/ou 959.444 imóveis (991.332/ano)Aedes albopictus nos imóveis.Realizar levantamento do Índice Rápido 6 LIRAa por ano 6 LIRAas realizadospara Aedes aegypti (LIRAa) por cicloMonitorar a circulação do vírus da raiva 0,2% 0,21%na população canina, com envio de (72 amostras/ano) 78 amostrasamostra de cães com suspeita de doençaneurológica para diagnóstico laboratorialVacinar a população canina na 80% da população canina 86,40% da população caninaCampanha de Vacinação Anti-rábica (28.814 cães) 34.230 cãesMonitorar a circulação do vírus da raivana população de morcegos, com envio 100% de amostras de morcegos 100%de amostra de morcegos com suspeita (03 suspeitos) 03 enviadosde doença neurológica para diagnósticolaboratorialAlimentar dados de cadastro no Sistema Cadastrar e atualizar 100% dosde Informação de Vigilância da qualidade 100% dados no SISÁGUAda água para consumo humano -SISÁGUAAlimentar dados de controle da Cadastrar e atualizar dados do 489 análises - microbiológicasqualidade da água no Sistema de SISÁGUA 962 análises – cloro e turbidezInformação de Vigilância da qualidade da 480 análises (microbiológico)água para consumo humano - SISÁGUA 636 análises(Cloro e turbidez)Cadastrar áreas com populações 06 áreas cadastradasexpostas ou potencialmente expostas a Cadastrar no mínimo 1 áreasolos quimicamente contaminadosRealizar tratamento coletivo decomunidades residentes em áreas 100.000 Tratamentos 55.438 tratamentosendêmicas de Filariose *segundo a coordenação atual, houve uma erro da coordenação anterior na definição da população a ser tratada. Meta será ajustada e redimensionada em 2012.
  6. 6. Secretaria de Saúde de Olinda VISA 1. ÁREA TÉCNICA Nome da Área VIGILÂNCIA SANITÁRIA Responsável ADRIANA FIGUEIREDO Telefone: 96159255 E-mail: visaolinda@gmail.com ACOMPANHAMENTO DOS INDICADORES PRIORITÁRIOS – PAVSINDICADOR META ANO 2011 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZRealizar inspeção sanitária em serviços de diagnóstico e 100% 20% 30% 40% 50% 70% 80% 90% 100% 100% 100% 100% 100%tratamento do câncer de colo de útero e mama.Realizar inspeção sanitária em serviços hospitalares de atenção 100% 30% 40% 50% 60% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100%ao parto e à criança.Realizar inspeção sanitária em serviços de terapia renal 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100%substitutiva.Realizar inspeção sanitária em estabelecimentos e serviços de 40% 22% 47% 55% 59% 63% 65% 68% 74% 78% 82% 86% 88%alimentação.Realizar inspeção sanitária em estabelecimentos com 30% 8% 10% 10% 10% 10% 10% 10% 12% 50% 53% 55% 55%ambientes livres do tabaco (Bares e Restaurantes)
  7. 7. Secretaria de Saúde de Olinda DENGUE1. ÁREA TÉCNICANome da Área Coordenação de DengueResponsável Geane OliveiraTelefone: 3431-3053E-mail: geaneoliva@gmail.com2. ACOMPANHAMENTO DOS INDICADORES PRIORITÁRIOS Ano: 2011 * Dados sujeitos a alteração (atualizado até 09/01/2012)) Fonte: Sinan on line INDICADOR META jan Fev mar abr mai jun jul ago set out nov dezTaxa de letalidade das 2,5 0 6,3% 4,3% 3,6% 3,0% 2,6% 2,4% 2,3% 2,2% 4,0% 3,2% 3,2%formas graves de DenguePercentual deencerramento por 80% 16,2% 21,9% 24,9% 25,9% 24,6% 20,4% 21,7% 75,0% 50% 16,7% 80% 100%critério laboratorialPercentual deencerramento dos casos 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100%Suspeito de DH porcritério Laboratorial* *Dados sujeito a alterações, processo de encerramento dos casos que aguardam resultado de sorologia. ** Dois óbitos confirmados (Início dos sintomas: caso 1: 28/01/11; caso 2: 10/05/11)
  8. 8. Secretaria de Saúde de Olinda DANT’S 1. ÁREA TÉCNICA Nome da Área Departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis Responsável Terezinha Guimaraes Telefone: 81) 9627-0735 / 8853-6439 E-mail: terezinha.oak@gmail.com 2. ACOMPANHAMENTO DOS INDICADORES PRIORITÁRIOS NUPAV Ano: 2011 INDICADOR META Dezembro Ampliar a cobertura da Ficha de Notificação / Investigação de Ampliar para 37 o número de unidades notificadoras de Total: 37 Unidades Violência Doméstica, Sexual e/ou violência. outras violências. Monitorar a ocorrência de acidentes e violências notificadas. Ampliar para 508 o número anual de notificações de 261 notificações* violência. Implementar as ações de Redução Implantação de Protocolo de Protocolo Implantado Monitoramento das ações de de Danos RD nos 5 NASF’S. Elaborar e divulgar relatório sobre Emissão de 01 boletim epidemiológico sobre acidentes acidentes no município de Olinda Boletim emitido. de trânsito no município de Seminário realizado. Olinda e realizar 01 seminário sobre acidentes.*Obs: Meta não cumprida - 261 notificações ampliadasCausa Principal: O Núcleo de Prevenção de Acidentes e Violência passou por várias mudanças de gestão, onde aequipe técnica ficou apenas com dois técnicos para dar conta de todo o trabalho: monitoramento, treinamento,representações, articulação da rede.Desde o final de 2010 foi solicitado através de vários relatórios a recomposição da equipe, que só veio a acontecerno segundo semestre de 2011.Retomada as ações: distribuirmos as unidades de saúde por técnico, onde este está sendo responsável por todo oprocesso (monitoramento, sensibilização, treinamento).Como a meta não foi alcançada, manteremos a mesma meta para 2012, sem alterações.
  9. 9. Secretaria de Saúde de Olinda PNI1. ÁREA TÉCNICANome da Área Programa de Imunização - PNIResponsável Lídia de JesusTelefone: 81 9963.0089 – 8825.6712E-mail: lidiacjesus@hotmail.com PNI2. ACOMPANHAMENTO DOS INDICADORES PRIORITÁRIOS Ano 2011 INDICADOR META DezembroVacinar idosos na faixa etária ≥ 60 anos na 80,0%campanha anual contra a influenza 124,26% Tetra valente=110,5%; 95% (DTP+Hib; VOP; BCG=111,7%;Garantir a cobertura da vacinação de rotinado calendário básico. hepatite B) VOP=104,8%; 90% VORH e BCG HB até 01 ano=130%; VORH=107,7% 95% de cobertura da 1ªetapa=124,26%;Vacinar crianças menores de cinco anos vacinação contracontra poliomielite. 2ªetapa=102,85% poliomieliteCobertura vacinal com a vacina tetravalenteem crianças menores de um ano. 95% 110,5%

×