EDUCAÇÃO DO CAMPO
FORMAÇÕES
• NOVA UBIRATÃ
•
•
•
•
•
•
•

Currículo
Currículo da escola do campo
Diversidade
EJA
Avaliação
Metodologia
Suste...
• CLÁUDIA
• Currículo
• Currículo da escola do campo
• Diversidades educacionais
ACOMPANHAMENTO
PROJETOS SALA DE EDUCADOR
• ESCOLA CRISTIANO ARAÚJO PIRES
• ESCOLA PEDRO BARBOSA
• ESCOLA DOROTHY STANG
• ESCOLA FLORESTAN FERNANDES - sede
• ESCOLA FLORESTAN FERNANDES – salas anexas
•
•
•
•

ESCOLA JOAQUIM BARBOSA
ESCOLA PALMITAL
ESCOLA NOVA GALILÉIA
ESCOLA CAFENORTE
PROJETOS SALA DE EDUCADOR DA
REDE MUNICIPAL DE NOVA UBIRATÃ
•
•
•
•
•
•

EM ENTRE RIOS
EM PEDRO ÁLVARES CABRAL
EM ÁGUA LIM...
Sumário
APRESENTAÇÃO. 3
PARECER N.º: 36/2001 . 5
RESOLUÇÃO CNE/CEB 1, DE 3 DE ABRIL DE 2002.. 30

PARECER CNE/CEB Nº: 1/20...
•
•

DECRETO Nº 7.352, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2010
DOU 05.11.2010

•
•

Dispõe sobre a política de educação do campo e o Prog...
Obrigada pela atenção!
Educação do campo socialização das ações
Educação do campo socialização das ações
Educação do campo socialização das ações
Educação do campo socialização das ações
Educação do campo socialização das ações
Educação do campo socialização das ações
Educação do campo socialização das ações
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação do campo socialização das ações

740 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
740
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
157
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação do campo socialização das ações

  1. 1. EDUCAÇÃO DO CAMPO
  2. 2. FORMAÇÕES • NOVA UBIRATÃ • • • • • • • Currículo Currículo da escola do campo Diversidade EJA Avaliação Metodologia Sustentabilidade
  3. 3. • CLÁUDIA • Currículo • Currículo da escola do campo • Diversidades educacionais
  4. 4. ACOMPANHAMENTO PROJETOS SALA DE EDUCADOR • ESCOLA CRISTIANO ARAÚJO PIRES
  5. 5. • ESCOLA PEDRO BARBOSA
  6. 6. • ESCOLA DOROTHY STANG
  7. 7. • ESCOLA FLORESTAN FERNANDES - sede
  8. 8. • ESCOLA FLORESTAN FERNANDES – salas anexas
  9. 9. • • • • ESCOLA JOAQUIM BARBOSA ESCOLA PALMITAL ESCOLA NOVA GALILÉIA ESCOLA CAFENORTE
  10. 10. PROJETOS SALA DE EDUCADOR DA REDE MUNICIPAL DE NOVA UBIRATÃ • • • • • • EM ENTRE RIOS EM PEDRO ÁLVARES CABRAL EM ÁGUA LIMPA EM GETÚLIO VARGAS EM VERA LÚCIA SCHIMIDT EM 13 DE MAIO
  11. 11. Sumário APRESENTAÇÃO. 3 PARECER N.º: 36/2001 . 5 RESOLUÇÃO CNE/CEB 1, DE 3 DE ABRIL DE 2002.. 30 PARECER CNE/CEB Nº: 1/2006 . 35 PARECER CNE/CEB Nº: 3/2008 . 46 RESOLUÇÃO CNE/CEB Nº: 2/2008. 52
  12. 12. • • DECRETO Nº 7.352, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2010 DOU 05.11.2010 • • Dispõe sobre a política de educação do campo e o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária - PRONERA. • • • • • DECRETA: Art. 1º A política de educação do campo destina-se à ampliação e qualificação da oferta de educação básica e superior às populações do campo, e será desenvolvida pela União em regime de colaboração com os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, de acordo com as diretrizes e metas estabelecidas no Plano Nacional de Educação e o disposto neste Decreto. • § 1º Para os efeitos deste Decreto, entende-se por: • • • • I - populações do campo: os agricultores familiares, os extrativistas, os pescadores artesanais, os ribeirinhos, os assentados e acampados da reforma agrária, os trabalhadores assalariados rurais, os quilombolas, os caiçaras, os povos da floresta, os caboclos e outros que produzam suas condições materiais de existência a partir do trabalho no meio rural; e • • • II - escola do campo: aquela situada em área rural, conforme definida pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, ou aquela situada em área urbana, desde que atenda predominantemente a populações do campo. • • • • § 2º Serão consideradas do campo as turmas anexas vinculadas a escolas com sede em área urbana, que funcionem nas condições especificadas no inciso II do § 1o. § 3º As escolas do campo e as turmas anexas deverão elaborar seu projeto político pedagógico, na forma estabelecida pelo Conselho Nacional de Educação.
  13. 13. Obrigada pela atenção!

×