MySQL 5.5 - Básico I

10.150 visualizações

Publicada em

Conheça o MySQL 5.5, aprenda a programar em SQL e identifique termos como DDL, DML, OLAP e OLPT. O tutorial é voltado até para quem não tem noção de banco de dados.

Público:
- Analistas de negócios, administradores e BIs.

Website:
http://mundopauta.wordpress.com

Publicada em: Negócios
2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.150
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.044
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
190
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MySQL 5.5 - Básico I

  1. 1. RAFAEL JUNQUEIRA
  2. 2.  Nível de tutorial: Intermediário Existe introdução básica: Sim Tipo de didática: Texto / Figuras + legenda Existe pulo de passo: Não Conceito do leitor(a): Ter o programa MySQL 5.5 e ter noção básica de banco de dados.
  3. 3.  Definição de DML e DDL O que é chave primária (PK)? O que é SQL? Definindo ambiente OLPT Criando um banco de dados Criando uma tabela Utilizando as 4 operações transacionais (Insert, update, delete e select)
  4. 4. Ela resume as 4 operações de um banco de dados relacional (BDR) a forma de tratar ou modelar os dados é inserindo novos registros, atualizando os registros, deletando e consultando estes registros.O conceito de modelagem aplica-se ao conceito de manipulação, mas existe o conceito de modelagem ‘modelo’.
  5. 5. Descreve a criação de como os dados são estruturados. Na verdade, estas estruturas conforme são construídas criam a definição dos dados.Um dado de CPF ficaria solto dentro de uma tabela de produtos de uma loja, a estrutura deve ser contextualizada, para dar sentido e definição.
  6. 6. Chave primária ou Primary Key (PK) é também chamada de chave única é atribuída para todo dado que queremos tomar como controlador. Acho que a melhor forma de defini-lo é dizer que ele é a ‘chave’ de uma tabela.Exemplo: CPF é único por pessoa, para controlar os dados de uma pessoa podemos fazê-lo pelo CPF, logo podemos defini-lo como uma chave primária, correto? Explicação clara
  7. 7. Perceba ao lado (nosso ambiente de trabalho em breve) – CPF defini-se comChave primária no campo KEY – PRIsignifica que o CPF não pode ser Exemplos de chave primária: duplicado por pessoa. - Digital - CNPJ - Identidade - Título de eleitor
  8. 8. SQL é um DML e DDL, mas o que podemos definir a sigla? Server Query Language que significa ‘ Linguagem de consulta ao servidor ‘ – tomamos como servidor uma central on ou off-line.A linguagem serve para manipular os dados e contextualiza-los por isso chamamos de BDR (Banco de dados relacional significa relacionamentos entre os dados num determinado contexto)
  9. 9. OLPT (Processos transacionais on-line) que nos refere a banco de dados relacionais. Bem sabemos que SQL é DML (processos transacionais) e DDL (dados contextualizados) o que vem a ser OLPT?É só um termo para definir estes elementos todos. Como analista de BI, deve supor que OLPT cria um certo parentesco com OLAP – por isso a razão de conhecê-lo. O que é OLAP?
  10. 10. OLAP significa Processos analíticos on-line trata-se de um banco de dados que não mais possui DML – existe um DDL sem necessidade de regras de normalização.É um ambiente de negócios, que visa tratar objetivos de negócios, analisar dados e tomar decisões. Podemos citar a linha de produtos SAP como exemplo. Normalização?
  11. 11. O ambiente OLPT exige controle de dados em graus de detalhes, para isso exige formas para evitar registros duplicados, parciais ou mesmo errados. Existem ao todo 5 formas de normalização.Não veremos elas neste tutorial – pois nosso objetivo é ensinar um pouco do ambiente OLPT antes de passarmos ele para o OLAP.
  12. 12. Agora vamos entrar num aspecto prático, vamos tratar de criar um banco de dados, tabelas e registros usando os conceitos de SQL, DDL e DML. Não iremos tratar de formas de normalização e tampouco sobre OLAP.A idéia é transmitir as operações básicas de um BDR utilizando uma ferramenta suportada pela ORACLE. Onde faço download?
  13. 13. Prefiram acessar o download pelo site Baixaki do que baixá-lo do site oficial. Exige cadastro, evitando uma burocracia maior. http://www.baixaki.com.br/download/mysql-for-windows.htmSiga o assistente de instalação.Não é complicado, mas exige umCerto conhecimento em siglas,Para isso este tutorial deu uma ajuda.Sugiro lê-lo ou buscar na rede certos termos. Acessando o ambiente
  14. 14. O sistema lembra o antigo MS-DOS, só que a diferença é que ele será manipulado pelo SQL.A partir daqui sugiro ler os slides anteriores e ter ao par que os seguintes momentos serão de prática usando a teoria de OLPT. Slides + Fotos + Legenda
  15. 15. Dúvidas? E-mail: Sahhara@bol.com.br Facebook: http://www.facebook.com/pages/Real-Life-World/160816274006025Documentação SQL. W3Schools – SQL - http://www.w3schools.com/sql/default.asp MySQL Manual 5.5 - http://dev.mysql.com/doc/refman/5.5/en/index.html Conceitos de OLAP - http://www.slideshare.net/SakiYumi/data-mart-modelagem-de- negcios-i (Aplicação Data Mart por Real Life World)Aplicação OLAP. Integração Excel 2007 – SAP Crystal Reports  http://www.slideshare.net/SakiYumi/grficos-excel-e-integrao-sap-reportsRAFAEL JUNQUEIRA

×