   O césio ( símbolo químico: Cs) foi descoberto, em    1860, por Kirchhoff e Bunsen como resultado do exame de    resídu...
Informações geraisNº        Símbolo   Grupo a     Estado físico   Massa       Ponto   Período Descobrimentoatómico   quími...
   É um metal alcalino (de caráter básico) no estado líquido (à    temperatura ambiente)   É dúctil, macio, radioativo e...
   Coloração: ouro prateado   É o menos abundante dos 5 metais alcalinos radioativos   O césio reage explosivamente com...
   A primeira grande aplicação do césio a nível industrial remonta a 1926    quando passou a ser utilizado como aditivo d...
   Ainda que presentes em número muito reduzido, as vítimas    que compareceram ao evento (cerimónia em memória do    aci...
   "Meu bebê morreu por causa da radiação"    Para a ex-telefonista Miriam Mota Moreira, 53 anos, o 13 de setembro traz  ...
Césio
Césio
Césio
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Césio

1.025 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.025
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Césio

  1. 1.  O césio ( símbolo químico: Cs) foi descoberto, em 1860, por Kirchhoff e Bunsen como resultado do exame de resíduos obtidos pela evaporação de águas minerais. O nome do elemento deriva do latim “caesium”(cinzento- azulado), e está intimamente ligado às duas riscas azuis observadas no seu espectro, por estes dois cientistas. A obtenção de compostos de césio, por Bunsen, envolveu a evaporação de grandes quantidades de água mineral, na época a única fonte de césio conhecida. Bunsen obteve cloretos, carbonatos e outros sais de césio por este método, e descobriu grande parte das suas propriedades. Tentou igualmente isolar o césio, enquanto metal, mas não foi bem sucedido. O césio metálico foi obtido pela primeira vez por Setterburg, em 1882, pela eletrólise de uma mistura de cianeto de césio com cianeto de bário.
  2. 2. Informações geraisNº Símbolo Grupo a Estado físico Massa Ponto Período Descobrimentoatómico químico que à atómica/ de da TP pertence temperatura densidade fusão ambiente/ origem55 Cs 1- Líquido Aprox. 28.44 6º 1860 Metais 132,9054 ºC alcalinos 5 u. Origem: Densidade 302 K Robert Bunsen natural [298K] : Gustav Kirchhoff 1873 kg m-3
  3. 3.  É um metal alcalino (de caráter básico) no estado líquido (à temperatura ambiente) É dúctil, macio, radioativo e muito reativo É um bom condutor térmico e elétrico
  4. 4.  Coloração: ouro prateado É o menos abundante dos 5 metais alcalinos radioativos O césio reage explosivamente com a água fria (pirofórico) e , também, com o gelo em temperaturas acima de -116 °C. O hidróxido de césio obtido , (CsOH) é a base mais forte conhecida e ataca o vidro.http://www.youtube.com/watch?v=B6-V-yyTB8s
  5. 5.  A primeira grande aplicação do césio a nível industrial remonta a 1926 quando passou a ser utilizado como aditivo de filamentos de tungsténio para aumentar a sua função de trabalho em tubos de rádio. O seu radioisótopo Cs-137 é usado para a cura do cancro. O césio metálico utiliza-se em células fotoeléctricas e em detetores de infravermelhos, devido à sua capacidade de ionização quando exposto à luz. Os compostos de césio mais importantes são o hidróxido, o carbonato, o iodeto e o brometo. O hidróxido de césio pode ser utilizado no fabrico de baterias alcalinas, destinadas ao funcionamento em climas muito frios. O carbonato usa-se em vidros especiais, ao passo que o iodeto e o brometo se utilizam em cintiladores, devido à facilidade com que emitem eletrões quando expostos a radiação. O brometo de césio também se utiliza para medir espessuras de filmes de semicondutores. O relógio atómico utiliza césio como elemento de medida do tempo devido aos precisos movimentos dos seus eletrões das camadas atómicas mais exteriores.
  6. 6.  Ainda que presentes em número muito reduzido, as vítimas que compareceram ao evento (cerimónia em memória do acidente com o césio em Goiânia) emocionaram - se ao lembrar os dias difíceis que passaram a partir de 1987, quando o césio entrou nas suas vidas. Alguns perderam parentes, outros foram contaminados durante o trabalho ou porque manusearam fragmentos do material radioativo. Quase todas têm sequelas físicas e até psicológicas.
  7. 7.  "Meu bebê morreu por causa da radiação" Para a ex-telefonista Miriam Mota Moreira, 53 anos, o 13 de setembro traz lembranças muito doloridas. "Esse dia para mim traz muita amargura", revela. Na época da abertura da cápsula contendo o césio 137 ela tinha 27 anos e trabalhava como telefonista da empresa estatal goiana que removia os rejeitos radioativos, o Crisa, e estava grávida de dois meses do primeiro filho. Sete meses depois a criança nasceu, mas morreu em seguida devido a má formação no cérebro e no coração. Segundo Miriam, exames comprovaram que foi uma consequência da exposição dela a radiação. A contaminação teria acontecido ao ter contato não protegido com técnicos, policiais e outros trabalhadores que manuseavam objetos ou rejeitos irradiados. "Tinha que descer ao local onde eles estavam para chamá-los ao telefone, quando precisava. Não tinha rádios, tinha que ir lá caminhando. Eu era a única telefonista mandada pela empresa para trabalhar na rua 57, onde a cápsula foi aberta", conta. Segundo Miriam, quando direcionada para a função, ela não sabia que trabalharia com material radioativo. "Eles (os chefes) não quiseram contar. Contei para o meu chefe que estava grávida e ele disse que não teria problema nenhum. Não usei roupa especial e nenhuma proteção", conta. Miriam recebe pensão de um salário mínimo do Estado, mas não pretende entrar na Justiça para conseguir indenização, desanimada pela demora que outras vítimas sofrem ao tentar recebê-la. "Qualquer benefício recebido jamais vai trazer o meu bebé de volta", disse. Palavras de uma das vítimas do acidente com o césio em Goiânia, Brasil, após o contacto com este material radioativo

×