ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FERNANDO ALBAN
PROJETO
RACIOCÍNIO LÓGICO, JOGOS LÚDICOS E PRÁTICAS ESPORTIVAS
Diretora:
Rita de...
2
ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FERNANDO ALBAN
RACIOCÍNIO LÓGICO, JOGOS LÚDICOS E PRÁTICAS ESPORTIVAS
Este projeto será desen...
3
JUSTIFICATIVA
Mudar a postura e a prática pedagógica, transformando ´´o erro`` em
situações de aprendizagem para que tod...
4
trabalho em equipe ,o conceito de regras e o relacionamento interpessoal entre os
participantes das atividades esportiva...
5
OBJETIVOS
O trabalho na escola deve:
 Criar condições favoráveis para os alunos aproximar - sem mais do
conhecimento si...
6
ESTRATÉGIAS METODOLOGICAS
A instituição escolar deve oferecer diversas possibilidades ao educando
para que construa o se...
7
DESCRIÇAO DAS ATIVIDADES
1. Salas de jogos temáticos – a escola será dividida em 5 salas temáticas:
informática, baralho...
8
CRONOGRAMA DE ATIVIDADES
Atividades
Previstas
Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro
Sala de jogos
temáticos
X
J...
9
RECURSOS
Os recursos a serem utilizados durante a execução são:
RECURSOS HUMANOS- professores e demais funcionários:
AMÁ...
10
GERALDO NETO PINHO SOARES
RITA DE CÁSSIA PEIDADE
LIDIANE RIBEIRO DE JESUS
ÍCARO DEMORTENES COSTA E COSTA
JEFFESON MORAI...
11
AVALIAÇÃO
Mudar a práxis pedagógica não significa mudar o funcionamento das atividades
escolares.
Necessitamos adotar m...
12
BIBLIOGRAFIA
Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais:
terceiro e quarto ciclos do...
13
ANEXO
DATA PROFESSORES ATIVIDADE
24 DE ABRIL Felícia , Luciene,
Silvana, Gilberto,
Claúdia, Fidelis. Amália
Andréa Claú...
14
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto de wann

515 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
515
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de wann

  1. 1. ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FERNANDO ALBAN PROJETO RACIOCÍNIO LÓGICO, JOGOS LÚDICOS E PRÁTICAS ESPORTIVAS Diretora: Rita de Cássia Aleluia Vice-diretor: Gilberto Pereira Fernandes Professora coordenadora: Silvana de O. Pinto EUNÁPOLIS MARÇO/2014
  2. 2. 2 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FERNANDO ALBAN RACIOCÍNIO LÓGICO, JOGOS LÚDICOS E PRÁTICAS ESPORTIVAS Este projeto será desenvolvido com os alunos do 6º ao 9º ano (5ª a 8ª série do ensino fundamental 2) da ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FERNANDO ALBAN, durante as aulas de reforço a serem, realizadas nos sábados letivos. EUNÁPOLIS MARÇO/2014
  3. 3. 3 JUSTIFICATIVA Mudar a postura e a prática pedagógica, transformando ´´o erro`` em situações de aprendizagem para que todos possam acertar juntos e alcançar os objetivos propostos, é de fundamental importância na vida, seja dentro ou fora do ambiente escolar . A orientação do educador perante aos educandos deve ser processual contínuo e diagnosticador, visto que, é uma tarefa constante no qual identifica-se as conquistas e as dificuldades dos educandos em seu cotidiano. Como um constante pesquisador o educador deve tornar-se um “investigador”, orientando seus alunos na realização de suas atividades. Este trabalho de reforço nas aulas aos sábados letivos e em alguns domingos de eventos esportivos, vem de encontro à proposta da ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FERNANDO ALBAN , discutida na Jornada Pedagógica de 2014, em que propomos em trabalharmos coletivamente, reformulando atividades e construindo formas de melhoria o qual propicie aos educandos a se “descobrirem” e a “descobrir” o seu potencial. Nessa proposta, o contexto de fundamental relevância a ser trabalhada na escola é o aluno, que como ser descobridor de experiências ligadas ao seu cotidiano, visando seu desenvolvimento. Com isso o educador torna-se também responsável pela busca e resgate da auto-estima de seus alunos , instigando-os a conhecimentos e formas que o ajudem a aprender, através de atividades lúdicas que proporcionam o racicionío lógico, de práticas esportivas que estimulam o
  4. 4. 4 trabalho em equipe ,o conceito de regras e o relacionamento interpessoal entre os participantes das atividades esportivas, visando com isso a construção de uma auto imagem positiva.
  5. 5. 5 OBJETIVOS O trabalho na escola deve:  Criar condições favoráveis para os alunos aproximar - sem mais do conhecimento sistematizado, através de explicação, demonstração e utilização de brincadeiras, por meio da internet em sites com contexto educativos ( www.sol.eti.br , www.aprenderelegal.com.br , www.diadematematica.com , www.imagem.eti.br , www.atividadeseducativas.com.br, http://delguimaraes.blogspot.com , www.smartkids.com.br e softwares como: SOLETRANDO, LOGMAN, MAHJONG, XADREZ ON LINE, O BRASIL EM MAPAS, SUDOKU e TANGRAN;  Estimular o aluno a localizar os erros;  Permitir ao aluno que compreenda o seu potencial;  Criar novas técnicas, métodos e procedimentos para trabalhar as atividades, as quais os alunos apresentam dificuldades;  Estimular o aluno a solucionar suas dúvidas, proporcionando um conhecimento amplo sobre o assunto estudado.  Desenvolver a criatividade, promover e exercitar o desenvolvimento físico e pessoal em um contexto de respeito e valorização do ser humano;  Promover o interesse e a capacidade de conhecer a realidade;  Utilizar o conhecimento e selecionar informação relevante.
  6. 6. 6 ESTRATÉGIAS METODOLOGICAS A instituição escolar deve oferecer diversas possibilidades ao educando para que construa o seu saber de modo significativo. O computador, como uma ferramenta pedagógica, enriquece as aulas tornando-as mais dinâmicas e motivadoras, favorecendo a construção do conhecimento e ao desenvolvimento da aprendizagem. O professor é um elo de conexão entre o educando e o conhecimento sistematizado. Seu trabalho deve ser de mediador, auxiliando o aluno no seu processo de construção através de uma aprendizagem colaborativa, onde o conhecimento não termina em si mesmo. Sendo assim, temos a convicção de que o educando é o “centro do processo educativo” e cabe ao professor ser um agente ativo, mediador entre aluno e conhecimento e também ser responsável pela sua formação e pela sua aprendizagem, visto que, ao planejar aulas diversificadas, que estimulem a compreensão do aluno e ao mesmo tempo desperte interesse por meio de aulas dinâmicas, atingindo as dificuldades apresentadas e ao mesmo tempo orientadas explorando o ponto negativo apresentado. Fazer um diagnóstico e descobrir o que os alunos aprenderam e o que não aprenderam e como deverá trabalhar com as dificuldades dos alunos.
  7. 7. 7 DESCRIÇAO DAS ATIVIDADES 1. Salas de jogos temáticos – a escola será dividida em 5 salas temáticas: informática, baralho tradicional e Uno, dama e xadrez, dominó, jogos de encaixe e raciocínio lógico (adquiridos prontos). 1.1. Informática – usar softwares educativos: soletrando, Brasil em mapas, paciência, 50 jogos PC Games – Professor responsável: 1.2 . Baralho tradicional e Uno- usar jogos de baralho tradicional e uno em grupos de 2 a 4 pessoas; 1.3. Dama e Xadrez livre (no computador)- jogar damas em duplas e o xadrez individualmente; 1.4. Jogos de encaixe- utilizar as peças de encaixe, dispondo-as todas lado a lado e encaixando-as dentro de uma caixa de madeira apropriada para o encaixe; 1.5. Jogos de raciocínio lógico- usar jogos de raciocínio lógico: IMAGEM E AÇÃO, DOMINÓ, GUERRA OU PAZ, JOGO DA VIDA.
  8. 8. 8 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES Atividades Previstas Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Sala de jogos temáticos X Jogos esportivos X Campanha no bairro X Passeio cultural X Festival de teatro X Festival de Musica X Festival de Dança X Festival de cinema X Festival de Poesia X Matematicando X Campanha Ambiental X Gincana da Fraternidade X Coral natalino (ensaios) X Coral natalino( apresentação na Praça da Peltier de Queiroz) X
  9. 9. 9 RECURSOS Os recursos a serem utilizados durante a execução são: RECURSOS HUMANOS- professores e demais funcionários: AMÁLIA SOUZA QUERINO FLAVIANA PEREIRA GOMES DE JESUS RÍZIA MARA PIEDADE DA COSTA NAIMARA DOS SANTOS REIS FELÍCIO ANA PAULA LIMA CUNHA SOLANGE MARIA L. S. LEITE MANOEL DE JESUS CONCEIÇÃO JUZÂNIA OLIVEIRA SOUZA IZABEL CRISTINA SOARES BATISTA HERMISLANDE SOARES DE OLIVEIRA NAIRO BARBOSA RAMOS SILVANA DE OLIVEIRA PINTO ANA PAULA PAIVA CAMPOS IZABEL SALVADOR PEZZIN JEAN SÁVIO DOS SANTOS ALINE CRISTINA BELÉM MONTINHO MARCELA FONTES NASCIMENTO
  10. 10. 10 GERALDO NETO PINHO SOARES RITA DE CÁSSIA PEIDADE LIDIANE RIBEIRO DE JESUS ÍCARO DEMORTENES COSTA E COSTA JEFFESON MORAIS SANTOS INGRID DE SOUZA OLIVEIRA JOSÉ DE ALMEIDA CARNEIRO NETO JOSCILENE C. L. DE SOUZA IVONE S. ALMEIDA MARCOS ROBERTO SOUZA SANTOS MARIA DA CONCEIÇÃO RODRIGUES HELIANEIDE BENIGNO MAIUSA FERRAZ PEREIRA SANTOS GILBERTO PEREIRA FERNANDES GLAUBER PAIVA SANTOS RECURSOS FÍSICOS- salas de aula, quadra, pátio, RECURSOS MATERIAIS- cd de jogos, damas, computadores, jogos de tabuleiros, baralhos, uno, quebra-cabeça,
  11. 11. 11 AVALIAÇÃO Mudar a práxis pedagógica não significa mudar o funcionamento das atividades escolares. Necessitamos adotar meios e métodos que valorizem nosso aluno e ao mesmo tempo buscar trabalhar dentro de uma proposta inovadora e consciente, a qual encontramos desafios e que buscam preparar os educandos e ao mesmo tempo estarmos preparados para novas mudanças. Necessário também partilhar as idéias e desenvolver o pensamento, pois “o educando e o educador não nascem prontos”, é necessário que seja lhe seja inserido informações, orientações e ao mesmo tempo, orientá-los a uma descoberta. Compreende-se que o individuo motivado, aprende com mais facilidade, com mais interesse, e consegue estabelecer relações entre sua vivência e o que acontece ao seu redor. O fundamental é esclarecer que a aprendizagem vivenciada é prazerosa e duradoura, na vida de todo ser humano. Devemos procurar métodos e formas adequadas de ajudar o nosso educando a um crescimento pessoal, intelectual e motivando-o a tornar-se capaz de realizar suas atividades com entusiasmo, interesse e bom desempenho. Se o educador demonstra essa vontade, entusiasmo e interesse em recriar e refazer sua proposta de trabalho, provalvemente, seus alunos responderão com atitudes positivas e ao mesmo tempo, apresentarão resultados satisfatórios.
  12. 12. 12 BIBLIOGRAFIA Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: Educação Física- Brasília : MEC/SEF,1998.
  13. 13. 13 ANEXO DATA PROFESSORES ATIVIDADE 24 DE ABRIL Felícia , Luciene, Silvana, Gilberto, Claúdia, Fidelis. Amália Andréa Claúdia. JOGOS TEMÁTICOS
  14. 14. 14

×