Surrealismo Rui Sá

618 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
618
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Surrealismo Rui Sá

  1. 1. Surrealismo História das Artes Visuais e Contemporâneas Comunicação e Multimédia Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Rui Sá n.º41005
  2. 2. SURREALISMO  O Surrealismo foi um movimento artístico e literário nascido em Paris na década de 1920, inserido no contexto das vanguardas que viriam a definir o modernismo no período entre as duas Grandes Guerras Mundiais. Reúne artistas anteriormente ligados ao Dadaísmo ganhando dimensão mundial.
  3. 3. SURREALISMO  O Surrealismo enfatiza o papel do inconsciente na atividade criativa. Um dos seus objetivos foi produzir uma arte que, segundo o movimento, estava sendo destruída pelo racionalismo.  Um dos principais manifestos do movimento é o Manifesto Surrealista. Além de Breton, seus representantes mais conhecidos são Antonin Artaud no teatro, Luis Buñuel no cinema e Max Ernst, René Magritte e Salvador Dalí no campo das artes plásticas.
  4. 4. SURREALISMO O Surrealismo destacou-se nas artes, principalmente por quadros, esculturas ou produções literárias que procuravam expressar o inconsciente dos artistas, tentando driblar as amarras do pensamento racional. Entre seus métodos de composição estão a escrita automática.  As raízes do Surrealismo nas artes visuais tomam características do Dadaísmo e do Cubismo, assim como da abstração e do Expressionismo, assim também como do Pós-Impressionismo.
  5. 5. ANTÓNIO PEDRO DA COSTA  António Pedro da Costa nasceu a 9 de Dezembro de 1909 foi um encenador, escritor e artista plástico português;  Ingressou na Universidade de Lisboa, tendo frequentado a Faculdade de Direito1 e a Faculdade de Letras, não concluindo nenhum dos cursos.  Viveu em Paris entre 1934 e 1935 onde chegou a estudar no Instituto de Arte e Arqueologia da Universidade de Sorbonne e onde assinou o Manifeste Dimensioniste.  Em 1933 cria a galeria UP, onde apresenta a primeira exposição de Maria Helena Vieira da Silva em Portugal.
  6. 6. ANTÓNIO PEDRO DA COSTA
  7. 7. ANTÓNIO PEDRO DA COSTA  O surrealismo surge nos horizontes culturais portugueses a partir de 1936 em grande parte pela sua mão, em experiências literárias «automáticas» que realiza com alguns amigos 2 . Em 1940 realiza, com António Dacosta e Pamela Boden, aquela que é considerada a primeira exposição surrealista em Portugal;  Entre 1944 e 1945 vive e trabalha em Londres na British Broadcasting Corporation (B.B.C.), tendo feito parte do grupo surrealista de Londres.  Precursor do movimento surrealista português, fez parte do Grupo Surrealista de Lisboa, criado em 1947 por Cândido Costa Pinto (expulso ainda na fase inicial de formação do grupo), Marcelino Vespeira, Fernando Azevedo e Mário Cesarini, entre outros, tendo participado na I Exposição Surrealista em Lisboa (1949).
  8. 8. ANTÓNIO PEDRO DA COSTA  Com uma forte ligação ao teatro, foi diretor do Teatro Apolo (Lisboa) em 1949 e diretor, figurinista e encenador do Teatro Experimental do Porto entre 1953 e 1961. Entre 1944 e 1945, foi crítico de arte e cronista da BBC1 em Londres.  Viveu os últimos anos em Moledo, uma praia junto a Caminha, onde veio a falecer a 17 de Agosto de 1966
  9. 9. António Pedro, A Ilha do Cão, 1941
  10. 10. WEBGRAFIA  http://pt.wikipedia.org/wiki/Surrealismo  http://pt.wikipedia.org/wiki/António_Pedro

×