António Lopes Ribeiro

959 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
959
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

António Lopes Ribeiro

  1. 1. António Lopes Ribeiro<br />Nasceu em Lisboa em 16 de Abril de 1908;<br /> Começou por se dedicar à crítica cinematográfica, actividade a que se dedicou a partir dos 17 anos de idade e no exercício da qual fundou diversas revistas dedicadas à crítica de cinema. Três anos mais tarde, estreia-se como realizador com o documentário Bailando ao Sol.<br /> Para além destas duas actividades, António Lopes Ribeiro fica para a história como produtor de cinema, jornalista, profissional de televisão, da rádio e homem do teatro.<br /> Em 1941, fundou as Produções António Lopes Ribeiro, que marcaram uma nova época no cinema português, na medida em que criaram condições consistentes para uma produção cinematográfica regular, e assim, Lopes Ribeiro, pôde rodar filmes dos mais conseguidos das décadas de 40 e 50 em Portugal. <br />Lopes Ribeiro foi também membro de diversos júris de festivais de cinema. Entre 1961 e 1974, foi o apresentador, na RTP, do programa Museu de Cinema. <br /> António Lopes Ribeiro faleceu em Abril de 1995<br />
  2. 2. Técnica e Equipamento<br />António Lopes Ribeiro procurou sempre, sobretudo nos primeiros anos da sua actividade fílmica, estar a par do que de mais moderno se fazia em cinema. Em 1929, após realizar Um Batida em Malpique sobre uma caçada às lebres na coutada da família Infante da Câmara, partiu para Moscovo, visitando estúdios e documentando-se sobre técnicas de cinema, inclusivamente de propaganda. Regressado a Portugal dirige ainda nesse ano a parte passada em Lisboa, com actores portugueses, do filme alemão A Menina Endiabrada.<br /> Exactamente para conferir ao cinema português uma actividade regular, António Lopes Ribeiro decide criar em 1941 as Produções Lopes Ribeiro, que visariam primordialmente a realização de longas-metragens. Algumas das mais notáveis comédias portuguesas seriam produzidas por António Lopes Ribeiro na década de 40, não podendo, porém, esquecer-se Aniki-Bóbó, de Manoel de Oliveira, num estilo diferente (e algo incompreendido na época)<br />
  3. 3. Portefólio<br />Amor de Perdição (1943)<br />Frei Luís de Sousa (1950)<br />
  4. 4. Monumentos de Belém, Os (1960)<br />Mosteiros Portugueses (1960) <br />Primo Basílio, O (1959) <br />Comemorações Nacionais (1958) <br />Portugal na Exposição Universal de Bruxelas (1958) <br />30 Anos com Salazar (1957) <br />A Gloriosa Viagem ao Brasil (1957) <br />A Rainha Isabel II em Portugal (1957) <br />A Viagem Presidencial ao Brasil (1957) <br />A Visita a Portugal da Rainha Isabel II da Grã-Bretanha (1957)<br />Portefólio<br />
  5. 5. Portefólio<br />A Revolução de Maio<br />(1937)<br />O Pai Tirano<br />(1941)<br />
  6. 6. Dia de Portugal na Expo'70 (1970) <br />Portugal de Luto na Morte de Salazar (1970)<br />Portugal na Expo'70 (1970) <br />Casa Bancária Pinto de Magalhães (1963)<br />Instituto de Oncologia (1963) <br />I Salão de Antiguidades, O (1963) <br />Artes ao Serviço da Nação, As (1962)<br />Arte Sacra (1960) <br />Indústrias Regionais (1960)<br />Portefólio<br />
  7. 7. Portefólio<br />Bailando ao Sol<br />(1928)<br />O Gado Bravo<br />(1934)<br />
  8. 8. A Visita do Ministro Paulo Cunha aos Portugueses da Califórnia (1956) <br />A Visita do Chefe do Estado à Ilha da Madeira (1955) <br />Cortejos de Oferendas (1953) <br />Jubileu de Salazar, O (1953) <br />A Viagem Presidencial a Espanha (1953) <br />A Celebração do 28 de Maio de 1952 (1952) <br />Rodas de Lisboa, As (1951)<br />Portefólio<br />
  9. 9. Algarve d'Além-Mar (1950) <br />Casas para Trabalhadores (1950) <br />A Festa dos Tabuleiros em Tomar (1950) <br />Segurança Social e Assistência Médica (1950)<br />Serviços Médico-Sociais (1950) <br />Trabalho e Previdência (1950) <br />Estampas Antigas de Portugal (1949) <br />Só Tem Varíola Quem Quer (1949) <br />Lisboa de Hoje e de Amanhã (1948) <br />Anjos e Demónios (1947) <br />Cortejo Histórico de Lisboa, O (1947) <br />A Vizinha do Lado (1945) <br />Ilhas Crioulas de Cabo Verde, As (1945) <br />A Morte e a Vida do Engenheiro Duarte Pacheco (1944)<br />Inauguração do Estádio Nacional (1944)<br />Portefólio<br />
  10. 10. escreveu e produziu<br />O Pátio das<br />Cantigas<br />Portefólio<br />
  11. 11. Portugal na Exposição de Paris de 1937 (1942) <br />Feitiço do Império (1940) <br />Guiné, Berço do Império (1940) <br />Viagem de Sua Excelência o Presidente da <br />República a Angola (1939) <br />Exposição Histórica da Ocupação (1938)<br />Fogos Reais na Escola Prática de Infantaria (1935)<br />Portefólio<br />
  12. 12. Webgrafia<br />http://www.infopedia.pt/$antonio-lopes-ribeiro<br />http://www.rtp.pt/gdesport/?article=118&visual=3&topic=1<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B3nio_Lopes_Ribeiro<br />Rui Sá – n.º 41005<br />Comunicação e Multimédia<br />Produção Audiovisual I - UTAD<br />

×