O jogo como estratégia para brincar, refletir e aprender.

36.468 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
36.468
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33.922
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O jogo como estratégia para brincar, refletir e aprender.

  1. 1. O Jogo como estratégia para brincar, refletir e aprender PIP II IMPLEMENTAÇÃO CBC Anos Finais do EF SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE CAXAMBU ANALISTAS RESPONSÁVEIS: RUANNA REIS GUIDO ISABELA FORASTIERI DE CARVALHO
  2. 2. Jogos e brincadeiras ganham um espaço como ferramenta de aprendizagem, na medida em que propõem estímulo ao interesse do aluno que, como todo animal, adora jogar, desenvolvendo assim níveis diferentes de sua experiência pessoal e social. O jogo ajuda-o a construir suas novas descobertas, desenvolve e enriquece sua personalidade e simboliza um instrumento pedagógico que leva ao professor a condição de condutor, estimulador e avaliador da aprendizagem” Celso Antunes (1998)
  3. 3. “ O jogo é uma atividade particularmente poderosa para estimular a atividade construtiva da criança” Jean Piaget
  4. 4. “O pensamento lógico pode levar você, de A a B, mas a imaginação te leva a qualquer parte do Universo.” Einstein
  5. 5. • Realiza uma tarefa Ao jogar, o aluno: • Produz resultados • Aprende a pensar • Resolve desafios • Cria estratégias
  6. 6. Cabe ao professor: • Criar situações - problema que desencadeiem a atividade do sujeito; • Valorizar o erro; • Analisar os procedimentos do sujeito, suas heurísticas e possibilitar a passagem do “fazer” para o “compreender”.
  7. 7. Questões fundamentais: • Como você jogou? • Qual a sua conclusão? • Que relação você percebe entre o que você jogou e a matemática?
  8. 8. 1) Jogos de construção são aqueles que trazem ao aluno um assunto desconhecido fazendo com que, por meio da manipulação de materiais ou de perguntas e respostas, ele sinta a necessidade de uma nova ferramenta, de um novo conhecimento para resolver determinada situação – problema.
  9. 9. 2)Jogos de treinamento são aqueles criados para que o aluno utilize várias vezes o mesmo tipo de pensamento e conhecimento matemático, não para memorizá-lo, mas, sim, para abstraí-lo, estendê-lo, ou generalizá-lo, como também, para aumentar sua autoconfiança e sua familiarização com o mesmo.
  10. 10. 3) Jogos de aprofundamento são utilizados depois de o aluno ter construído ou trabalhado determinado assunto.
  11. 11. 4) Jogos estratégicos são aqueles em que o aluno deve criar estratégias de ação para uma melhor atuação como jogador, onde deve criar hipóteses e desenvolver um pensamento sistemático, podendo pensar múltiplas alternativas para resolver um determinado problema.
  12. 12. Todos os conflitos ou contradições criados através dos jogos permitem desencadear os mecanismos de equilíbrio, responsáveis pela construção de estruturas e pela passagem da ação à conceitualização.

×