Contabilidade comecial

2.412 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contabilidade comecial

  1. 1. Contabilidade Comercial ADRIANA DE OLIVEIRA SANTOS MARIA MIRIAN VIEIRA SANTIAGO RAILEIDE MAIA DE LIMA ROSÉLIA Mª DA SAÚDE AVELINO MARINHO SILVANEIDE DA SILVA SALES SILVIANA DA SILVA SALES LIMOEIRO DO NORTE 18 DE JUNHO DE 2013
  2. 2. OBJETIVO DO TRABALHO O presente trabalho tem como objetivo apresentar de forma clara como a empresa Línea Comercio Moveis Ltda, é orientada pela contabilidade , assim tomando decisões sábias no intuito de desenvolvimento, desta forma atingindo seus objetivos. Porém mostrando que o contador e a contabilidade em geral tem suma importância para o auxiliar seus gestores, na tomada de decisões com maior segurança dessa forma diminuindo os riscos futuros.
  3. 3. APRESENTAÇÃO DO TEMA ▪ O trabalho aqui apresentado foi de suma importância , nos possibilitando um maior aprendizado e um amplo conhecimento da área contábil ▪ Cada disciplina tem sua importância, estas por sua vez foram fundamentais para o esclarecimento e conhecimento de alguns fatos essenciais para o desenvolvimento do trabalho.
  4. 4. AUTORES PESQUISADOS ▪ Débora Bohrer Rohlof − Matemática Financeira II ▪ Fábio Rogério Proença − Contabilidade intermediária; ▪ Empresas Entrevistadas: Digital Micro; Poly informática e Claudio Informática
  5. 5. DESENVOLVIMENTO ▪ A base de desenvolvimento desse trabalho tem os seguintes aspectos: Projeção de Resgate, Inventário Permanente − controle de estoques, Contabilização, Balanço de Verificação e Regionalizando.
  6. 6. PROJEÇÃO DE RESGATE DATA(MÊS) APLICAÇÃO JUROS MENSAIS SALDO 03/2013 21.500,00 03/2013, 285,95 21.785,00 04/2013 289,753135 22.075,70314 05/2013 293,6068517 22.369,30999 06/2013 297,5118229 22.666,82180 07/2013 301,4687301 22.968,29053 08/2013 305,4782641 23.273,76879 09/2013 309,541125 23.583,30992 10/2013 313,6580219 23.896,96794 11/2013 317,8296736 24.214,79761 12/2013 322,0568083 24.536,85 ▪ Neste tópico deve ser calculado o valor da aplicação a ser resgatada em 30/12/2013, com os valores dos juros mensalmente, referente a aplicação financeira realizada no Banco RVA S/A.
  7. 7. INVENTARIO PERMANENTE − Controle de Estoques Quant.Val. Unit. Total Quant.val. Unit. Total Quant.Val. Unit. Total 28/02/2013 Est. Inicial40 360,00 14.400,00 40 360,00 14.400,00 06/03/2013 C. Prazo 40 450,00 18.000,00 80 405,00 32.400,00 07/03/2013 Dev.com. -5 450,00 2.250,00 75 402,00 30.150,00 08/03/2013 Vem. A vista 30 402,00 12.060,00 45 402,00 18.090,00 21/03/2013 Com. A vista30 440,00 13.200,00 75 417,20 31.290,00 22/03/2013 Vem. A praza 27 417,20 11.264,40 48 417,20 20.025,60 48 417,20 20.025,00 CUSTO MEDIO PONDERADO TOTAL MERCADORIAS:MesaExecutivaJob900 Entrada Saida Saldo Data Historico
  8. 8. Qt. V.Unit. Total Qt. V.Unit. Total Qt. V.Unit Total 28/02/2013Est.Inicial 30 200,00 6.000,00 30 200,00 6.000,00 06/03/2013C.prazo 30 250,00 7.500,00 60 225,00 13.500,00 08/03/2013V.avista 40 225,00 9.000,00 20 225,00 4.500,00 21/03/2013C.avista 25 260,00 6.500,00 45 244,44 11.000,00 22/03/2013Vendas 30 244,44 7.333,20 15 244,44 3.666,80 26/03/2013Dev.vendas -15 225,00 3.375,00 30 234,72 7.041,80 30 234,72 7.041,80TOTAL CUSTOMEDIOPONDERADO Mercadorias:CadeiraPresidenteExecutiva2000 Data Historia Entrada Saida Saldo
  9. 9. CONTABILIZAÇÃO ▪ Com base nos dados apresentados nos fatos contábeis em março de 2013 no Livro Diário e o Razão − O livro Diário é obrigatório pela legislação comercial, e registra as operações da empresa, no seu dia-a-dia, portanto, abaixo segue a contabilização dos fatos contábeis ocorridos em março de 2013 da empresa Línea Comércio Móveis LTDA.
  10. 10. LIVRO DIÁRIO Exemplos de parte da planilha Data C. Credora C. Devedora Historico Valor R$ 01/032013 Apl. Finnac. Banco. C/Movimento Aplicação Financeira 21.500,00 02/03/2013 Caixa Conta a receber Recebimento emdinheiro de vendas 19.250,00 06/03/2013 Est. Venda Fornecedores Compra a Prazo 17.500,00 06/03/2013 Pis a recuperar Est. p/ Revenda Cntribuição Recuperavel 288,75 06/03/2013 Cofins a recuperarEst. p/ Revenda Cntribuição Recuperavel 1.330,00 06/03/2013 Icms a recuperar Est. p/ Revenda Cntribuição Recuperavel 3.150,00 07/03/2013 Fornecedores Devolução Devolução de compras adqueridas em06/03/2013 2.250,00 07/03/2013 Est. p/ Revenda Pis a Recolher Imposto a recolher 37,12 07/03/2013 Est. p/ Revenda Cofins a Recolher Imposto a recolher 171,00 07/03/2013 Est. p/ Revenda Icms a Recolher Imposto a recolher 405,00 LIVRO DIÁRIO
  11. 11. LIVRO RAZÃO “ Razão é um livro atualmente obrigatório, [...] é indispensável em qualquer tipo de empresa[...]. O registro no razão é realizado em contas individualizadas; tem –se assim um controle por conta” (MARION,1998,p 146). ▪Por meio deste livro, controla-se a movimentação ocorrida individualmente em cada conta, isto é, cada folha desse livro é destinada a um única conta. Antigamente as contas era registradas nas paginas do livro chamado razão. Depois a escrituração passou a ser feita por intermédio de folhas ou fichas soltas, nas quais cada página ou ficha identifica uma única conta. O livro razão é um livro sistemático e sintético. Funciona com se fosse um extrato de nossa conta no banco. O livro razão aponta o saldo diário de cada conta utilizada pela empresa.
  12. 12. LANÇAMENTOS NO RAZÃO DATA HISTORICO DÉBITO CRÉDITO SALDO D/C 4.447,00 D 02/03/2013 Rec. De vendas a prazo 19.250,00 23.697,00 08/03/2013 V. a vista de mercadorias 28.100,00 51.797,00 21/03/2013 Com. A vista de mercadorias 19.760,00 32.037,00 26/03/2013 Devolução de vendas 4.350,00 27.687,00 27/032013 Pg. De compra efetuada 17.500,00 10.187,00 27/032013 Desconto obitido de 0,8% 140,00 10.327,00 D Linea Cmercio Movéis Ltda LIVRO RAZÃO Grupo: Ativo circulante Conta: Caixa SALDO INICIAL
  13. 13. BALANCETE DE VERIFICAÇÃO ▪ O balancete de verificação é um demonstrativo auxiliar que relaciona os saldos das contas remanescentes no diário e razão. Imprescindível para verificar se o método de partidas dobradas está sendo observado pela escrituração da empresa.
  14. 14. Conta Débito Crédito Caixa 10.327,00 Bancos Conta Movimento 4.320,00 Contas a Receber 27.900,00 Estoque para Revenda 62.814,00 Veiculo de Uso 45.000,00 Móveis e Utensílios 7.890,00 Depreciação Acumulada 9.450,00 Fornecedor 9.070,00 ICMS a Recolher 4.199,00 Pis a Recolher 464,08 Cofins 2.101,80 Capital Social 98.375,00 Receita Bruta de Vendas 81.761,52 Custo de Vendas 22.005,00 Despesas Administrativas 1.705,00 Aplicação Financeira 24.360,00 Devolução de Compras 2.250,00 Devolução de Vendas 4.350,00 Desconto Obitido 140 Receita Finaceira 2.860,00 TOTAL 210.671,40 210.671,40 Balancete de Verificação Línea Comécio Móveis Ltda.
  15. 15. REGIONALIZANDO ▪ EMPRESAS DE INFORMATICA ENTREVISTADAS: Poly Informática; Claudio Informática e Digital Micros ▪ A maioria tem um controle de estoque eficaz ▪ Por sua vez a tributação das empresas são feitas pelo Simples nacional. ▪ Já o cumprimento dos princípios contábeis são seguidos em partes. ▪Quanto a percepção do contador sobre a ética na profissão contábil, ela é muito importante, pois através dela o profissional pode seguir rigorosamente principalmente as exigências da profissão contábil.
  16. 16. CONSIDERAÇÕES FINAIS Pelo estudo feito conclui-se que as ciências são aliadas do empresário para o sucesso do seu empreendimento. Um profissional das ciências contábeis deve estar bem preparado e atualizado em todas as ações das empresas para realizar um bom trabalho. Como ciência, a contabilidade depende de profissionais que interagem sobre todo o processo tecnológico, filtrando as informações de acordo com as necessidades do mercado e dos administradores, pois a partir dessas informações é que são determinados todo o planejamento e estratégia das futuras ações que determinam o sucesso das tomadas de decisão.

×