Apresentação - TCC - Eletronica

14.545 visualizações

Publicada em

Slides da apresentação do "DISPOSITIVO MICROCONTROLADO PARA INSERIR DEFICIENTES VISUAIS AO TRÁFEGO URBANO COM CONFIANÇA"

Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado a Escola Técnica Estadual Lauro Gomes, como parte dos requisitos para obtenção do título de Técnico em Eletrônica, orientado pelos engenheiros Egmar Accetto e Paulo Celso Corrêa.

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.545
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
145
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação - TCC - Eletronica

  1. 1. Felipe Augusto de Carvalho EspanholJosé Everson Celestino QueirozLucas Ranieri NardoRodrigo Thiago Passos SilvaVinícius NogueiraWagner Fabrício de Paula
  2. 2. “A nossa maior glória nãoreside no fato de nuncacairmos, mas sim emlevantarmo-nos sempredepois de cada queda”. Confúcio
  3. 3. Problemáticas e justificativa- Trânsito- Acessibilidade precária.- Este trabalho procura apresentar soluções aosproblemas acima mencionados de forma que seja defácil implementação e viável do ponto de vistaeconômico.
  4. 4.  Os semáforos para pedestres instalados nas vias públicas deverão estar equipados com mecanismo que emita sinal sonoro suave, intermitente e sem estridência, ou com mecanismo alternativo, que sirva de guia ou orientação para a travessia de pessoas portadoras de deficiência visual, se a intensidade do fluxo de veículos e a periculosidade da via assim determinarem.
  5. 5. ObjetivosO objetivo geral deste projeto é proporcionar umtrânsito rápido e eficaz nos grandes centros urbanos,de modo que o pedestre seja valorizado, sobretudoportador de deficiência visual.Eliminação de botões para fechar o semáforo.
  6. 6.  DISPOSITIVO MICROCONTROLADO PARA INSERIR DEFICIENTES VISUAIS AO TRÁFEGO URBANO COM CONFIANÇA: Sensores de presença Envio, via rádio FM de uma mensagem de voz com os dizeres “siga” ou “pare” para os pedestres, ao se encontrarem na área de pedestres, na iminência de atravessar Melhor temporização no fluxo de carros
  7. 7. Havendo“acessibilidade,humanidade, eudigo que um cegovê tudo mas, omundo não é sóo que se vê!" Gilmar de Freitas (Como um cego vê)
  8. 8.  Sensor de presença Circuito Gravador de voz Maquete Hardware do PIC LEDs de alto brilho
  9. 9.  PIC 16F628A- Microcontrolador fabricadopela Microchip- Possui 16 IOs- Baixo Custo
  10. 10. O sensor óptico utilizado se baseia em um simplestransmissor e receptor de luz infra-vermelha, pormeio de um LED e de um fototransistor.Usa circuito integrado LM 567Níveis lógicos 1 (um) e 0(zero)
  11. 11. Circuito gravador de voz-É um CI de 28 pinos-Tempo de Gravação de aproximadamente de 20 segundos.- Pode gravar 16 mensagens dependendo de sua combinação binária:Por exemplo:- A B C D- 0 0 0 0 ------- 1° Mensagem- 0 0 0 1 ------- 2° Mensagem- 0 0 1 1 ------- 3° Mensagem- “ “ “ “- “ “ “ “- 1 1 1 1 -------16° Mensagem
  12. 12. Funcionamento do software: INICIO CONDIÇÃO PRINCIPAL DELAY 15 SEGUNDOSTEM CARRO TEM PEDESTRENA AVENIDA? NA CALÇADA? ROTINA DE FUNCIONAMENTO
  13. 13. Rotina de funcionamento:Fecha avenida 1, abre avenida dois. Pedestres fechadosFecha as duas avenidas. Pedestres abremRetorna à condição inicialTempos:Semáforo de carro: - vermelho: dez segundos; - verde: dez segundos; - amarelo: cinco segundos;Semáforo de pedestre: - vermelho: cinco segundos; - verde: cinco segundos;
  14. 14.  Resolução de problemas Amadurecimento pessoal Essencial para qualificação profissional e social
  15. 15.  Inicialmente, nosso agradecimento a Deus que nos ajudou a vencer todas as barreiras, principalmente os momentos de desânimo, que surgiram no desenvolvimento deste trabalho. Aos nossos pais e familiares por sempre acreditarem em nosso potencial, nos ajudando a vencer os momentos difíceis. Aos nossos professores orientadores, Egmar Accetto e Paulo Celso Corrêa, pela paciência, pela competência e comprometimento com o nosso grupo. Aos nossos demais professores, pela disposição ao diálogo e pelos conhecimentos passados, que foram fundamentais para o desenvolvimento deste trabalho. Aos nossos colegas de classe, pelo incentivo e pela troca de experiências, que, certamente, nos tornaram pessoas mais sábias e idôneas.
  16. 16. Nem todos podem ser ilustres; mastodos podem ser bons. Confúcio

×