Apresentação - Proj Final BCC - Criminalidade

1.185 visualizações

Publicada em

Slides utilizados na apresentação do projeto final da disciplina de Bases Computacionais da Ciência, cursada no 1º quadrimestre do curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia, da Universidade Federal do ABC.

Estuda estatisticamente a criminalidade do Estado de São Paulo nos últimos cinco anos.

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.185
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação - Proj Final BCC - Criminalidade

  1. 1. CRIMINALIDADE EM SÃO PAULO uma visão realista do último lustro João Victor da Rocha Pasqualeto Rodrigo Thiago Passos Silva Universidade Federal do ABC Bases Computacionas da Ciência
  2. 2. INTRODUÇÃO - Base de dados: Estatísticas trimestrais da SSP dos últimos 5 anos - Não refletem realidade - Deve-se levar em conta: - sazonalidade - notificações - taxas relativas
  3. 3. Objetivos - Estudar criminalidade da capital de São Paulo - Comparar dados dos últimos 5 anos - Estudar correlação e realizar estimativas - Familiarizar com conceitos e aplicações estatísticas e com o ferramental computacional
  4. 4. Homicídios 0 1 2 3 4 5 6 7 8 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 - Grande queda, mas não atingiu valor tolerável A morte de uma pessoa é trágica; a de milhões, uma estatística. (Joseph Stalin)
  5. 5. Roubos 0 50 100 150 200 250 300 350 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 - Roubo é diferente de furto - Veículos estão excluídos, mas roubo a banco e roubo de carga não - Nem aumento, nem redução, somente variação
  6. 6. Roubos e furtos de veículos 0 5000 10000 15000 20000 25000 30000 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 Roubos Furtos Total Roubos Furtos Total - Roubos e furtos seguem mesmo “padrão” - Ocorrem, em média, 2856,6 mais furtos que roubos - Provavelmente devido à diferença na pena: 1~4 vs. 4~10 - Leve queda, alguns desvios devido à sazonalidade
  7. 7. Estupros 0 100 200 300 400 500 600 700 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 -Grande crescimento no final devido à mudança na legislação -Estupro = “atos libidinosos” + “conjunção carnal mediante violência - Poucas denúncias
  8. 8. Prisões efetuadas 0 1000 2000 3000 4000 5000 6000 7000 8000 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 -Incluem em flagrante e por mandato -Houve crescimento - Média de 5757,6 - Não há sazonalidade aparente
  9. 9. Armas apreendidas 0 500 1000 1500 2000 2500 3000 3500 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 -Decresceu a quantidade de armas apreendidas - “Tende a estabilização” na casa dos 1 600
  10. 10. Correlação: Homicídio e Armas 0 500 1000 1500 2000 2500 3000 3500 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 Homicidios Armas apreendidas Coeficiente de Pearson = 0,82
  11. 11. Correlação: Homicídios e prisões 0 1000 2000 3000 4000 5000 6000 7000 8000 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 Homicidios Prisões - Coeficiente de Pearson = 0,68 - Nem todas as prisões são por homicídio
  12. 12. Correlação: roubos e prisões 0 5000 10000 15000 20000 25000 30000 35000 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 Roubos Prisões Coeficiente de Pearson = 0,65 Maioria das prisões são em flagrante e o roubo é o delito mais pego em flagrante
  13. 13. Correlação: roubos e furtos e recuperações de veículos 0 2000 4000 6000 8000 10000 12000 14000 16000 18000 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 1ºtrimestre 2ºtrimestre 3ºtrimestre 4ºtrimestre 2005 2006 2007 2008 2009 Roubos Furtos Veículos recuperados Coeficiente de Pearson (roubos) = 0,95 Coeficiente de Pearson (furtos) = 0,78 Atividade policial é influenciada pela criminalidade Roubos tem mais informações
  14. 14. Inferência: homicídios 0 500 1000 1500 2000 2500 3000 2005 2006 2007 2008 2009 Índice aceitável pela OMS – 10 homicídios por 100 mil habitantes por ano Considerando a população estimada de 2010, 11 054 629, são necessários 1106 homicídios por ano. Com y = 1106, x = 5,4. Portanto, no 2º trimestre de 2010. y = -819,4 ln(x) + 2488
  15. 15. Conclusões - Foi possível mostrar a realidade criminal de São Paulo, apesar das limitações - Estatísticas são fundamentais para o desenvolvimento de políticas públicas - Ferramental computacional auxilia na facilidade e confiabilidade

×