Educação Financeira nas Empresas
“A má gestão no uso do dinheiro pelos colaboradores é segundo estatisticas a maior
causa de disturbios de humor e depressã...
Programa
de
Educação
Financeira
nas
Empresas
Porque tratar desse tema dentro da corporação ?
Porque as pessoas de maneira ...
Qualidade de vida
Cada vez mais ao longo dos tempos o incentivo das empresas na qualidade de vida de
seus colaboradores, e...
E a empresa, por sua vez, contribui para a criação de uma nova geração de pessoas
independentes e educadas financeiramente...
Quando os colaboradores tomarem contato com os ensinamentos propostos pela
Metodologia e aplicá-los às situações e necessi...
Fases de implantação
1. Reunião com os responsáveis pelo RH e direção para definir o cronograma de ações.
2. Criação de um...
“A
reeducação
financeira de
sua equipe,
além de
melhorar a
qualidade de
vida dos
trabalhadores,
sem dúvida
provocará em
to...
“Agradeço o seu interesse em obter
conhecimento através de meus
treinamentos e palestras.
Tenho certeza que será propiciad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação Financeira nas Empresas

540 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
540
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
118
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação Financeira nas Empresas

  1. 1. Educação Financeira nas Empresas
  2. 2. “A má gestão no uso do dinheiro pelos colaboradores é segundo estatisticas a maior causa de disturbios de humor e depressão, provocando uma baixa acelerada da produtividade.” (Rudi Ribeiro) Este programa tem o objetivo de: 1 - REDUZIR O ABSENTEÍSMO E O PRESENTEÍSMO 2 - ENSINAR A SAIR DAS DÍVIDAS 3 - AUMENTAR A PRODUTIVIDADE 4 - ORIENTAR ONDE APLICAR O DINHEIRO​​​ ​
  3. 3. Programa de Educação Financeira nas Empresas Porque tratar desse tema dentro da corporação ? Porque as pessoas de maneira geral são atraídas pela facilidade de crédito e pelo forte apelo ao consumo, e elas na maioria da vezes não conseguem planejar sua vida financeira, e consequentemente, acabam endividadas e sem saber como superar essa situação cada vez mais comum nos dias de hoje. O Percentual de endividamento e inadiplencia tem crescido a uma média de 25% nos últimos dois anos. E cerca de mais de 65% da população esta comprometida. Tem sido motivo de notícias quase que diárias no Rádio, Televisão e Jornais. O impacto do descontrole financeiro atinge não somente a pessoa endividada, mas a todos ao seu redor: familia, amigos e empresa. O rendimento dessa pessoa tende a diminuir, seu emocional e seu fisico acabam sendo prejudicados com crises de estresse, depressão, ansiedade e baixa auto-estima. O resultado é claro na empresa, o mal relacionamento com outras áreas, departamentos, e colegas, dificultam o desempenho, perde o profissional e perde a empresa, a produtividade despenca e ai começam as demissões e o desequilibrio do processo produtivo. A empresa acaba por perder o colaborador e todo investimento feito nele como profissional. Então, porque não dar aos colaboradores a oportunidade de se reeducar financeiramente e voltar a ser produtivo ?
  4. 4. Qualidade de vida Cada vez mais ao longo dos tempos o incentivo das empresas na qualidade de vida de seus colaboradores, e no bem estar de seus familiares, tem sido uma preocupação. A redução do absenteísmo e do presenteísmo, além do aumento da produtividade tem movido os gestores no sentido de obter dos colaboradores uma capacitação mais efetiva e duradoura podendo faze-los sentir a realização pessoal e profissional. É com esse foco que investir na reeducação financeira de sua equipe, torna-se uma ação eficaz nas mudanças tão necessárias ao trabalhador. Os resultados são percebidos no próprio ambiente de trabalho, como a redução do absenteísmo e do presenteísmo, o aumento da produtividade, a melhora no clima relacional e o fortalecimento do vínculo com a organização. Mudança cultural Quando se fala em Educação Financeira, entende-se que os trabalhadores não foram instruidos sobre como lidar com suas próprias finanças durante a formação acadêmica e profissional. A base do processo de reeducação financeira está na mudança de antigos hábitos e comportamentos em relação ao uso do dinheiro. Com o Programa de Educação Financeira nas Empresas, os trabalhadores aprendem a estabelecer objetivos claros e a definir estratégias, mudando sua relação com o dinheiro.
  5. 5. E a empresa, por sua vez, contribui para a criação de uma nova geração de pessoas independentes e educadas financeiramente, ao mesmo tempo em que melhora o desempenho de seus colaboradores. Metodologia O Programa de Educação Financeira nas Empresas é embasado em Metodologia , que foi idealizada a partir de uma abordagem comportamental do tema. O objetivo, na prática, é oferecer motivação e instrumentos concretos para que as pessoas possam reavaliar sua relação com o dinheiro e encontrar, por méritos próprios, os caminhos para sua independência financeira. 3 PILARES 4 MOVIMENTOS Fundamentada nesses treis pilares e 4 movimentos, a Metodologia combate o analfabetismo financeiro ao desenvolver competências fundamentais para que as pessoas aprendam a lidar com as questões financeiras, com segurança e consciência: Saber Diagnosticar, Saber Sonhar, Saber Orçar e Saber Poupar.
  6. 6. Quando os colaboradores tomarem contato com os ensinamentos propostos pela Metodologia e aplicá-los às situações e necessidades impostas pela vida prática, as pessoas podem ampliar o conhecimento sobre finanças pessoais de forma a transformar seu comportamento e seus hábitos com relação ao uso do dinheiro, tornando-se pessoas despreocupadas e confiantes em seus planos pessoais, podendo com isso crescer em sua produtividade profissional, adquirindo com o seu equilibrio financeiro e profissional o atingimento do seu bem-estar pessoal e social. Material de apoio A aplicação do Programa de Educação Financeira para Empresas é realizada em parceria com os gestores da organização, a partir da definição de um cronograma prévio de ações. Para direcionar as atividades desenvolvidas com os colaboradores, o Programa conta com um diversificado material de apoio: o livro Dinheiro Cai do Céu, que apresenta os fundamentos básicos necessários para a conquista dos sonhos e objetivos; 4 Planilhas em excel que auxilia os colaboradores a identificar para onde está indo o seu dinheiro; manual de treinamento em Educação Financeira e uma video –aula para que os treinandos possam assistir em casa, relembrando assim conceitos e práticas para encontrar os caminhos para reconquistar o equilíbrio financeiro, mesmo com dívidas. Integração com a família O Programa de Educação Financeira também tem o compromisso de tratar o tema “Educação Financeira” além do âmbito corporativo , e poder levar os ensinamentos para os familiares dos colaboradores, criando um ciclo virtuoso, empresa, colaborador e família, desenvolvendo em todos a real e verdadeira prosperidade e o equilibrio financeiro.
  7. 7. Fases de implantação 1. Reunião com os responsáveis pelo RH e direção para definir o cronograma de ações. 2. Criação de uma comunicação eficaz para mobilizar a participação dos colaboradores, para o atingimento dos objetivos do Programa. 3. Aplicação de teste geral para os colaboradores, a fim de identificar o perfil financeiro de cada um. 4. Palestra de Sensibilização para os colaboradores sobre Educação Financeira. 5. Realização do Curso Prático de Educação Financeira, duração de 4 horas. 6. 4 reuniões de 1 hora cada, para tirar dúvidas após o curso. 7. Após 60 dias de Aplicação do Programa, avaliação do grupo.
  8. 8. “A reeducação financeira de sua equipe, além de melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores, sem dúvida provocará em todos o crescimento produtivo pessoal e profissional”. Formação Acadêmica •Jornalismo com ênfase em Relações Públicas FUNDAÇÃO CÁSPER LÍBERO – SÃO PAULO. •Administração de Empresas ESCOLA SUPERIOR DE ADM.DE EMPRESAS DR. CLOVIS SALGADO - MOGI DAS CRUZES – SÃO PAULO. Especializações •ESAB - Intervenção Psicológica na Ótica da Psicanálise •ESAB – Psicologia Social •INTERNATIONAL COACH ASSOCIATION – Personal Coach •INSTITUTO D’SOP – Coach / Educador Financeiro •AMERICAN PNL INSTITUTE – Practitioner em PNL •CEGOC – Técnicas de Gerenciamento •INSTITUTO HOLOS - Curso de Formação Profissionalização e Certificação Internacional em Coaching, Mentoring e Holomentoring® do Sistema ISOR® •MCB DO BRASIL – Administração e Gestão de Pessoas •ADVB – Comunicação e Relações Humanas •INSTITUTO DALE D’CARNEGIE – Técnicas de Relacionamento •ESEPD – Análise Técnica de Administração e Rotinas •INSTITUTO ISAC EFRAIM – Psicologia Aplicada à Gestão Especializações Interpessoais • UNIVERSIDADE DE AL-AZHAR - Cairo / Egito - 1994 Cursos e Treinamentos extra-curriculares livres, com ênfase em teologia e no uso da mente. •UNIVERSIDADE DO CAIRO - Cairo / Egito - 1994 Cursos e Treinamentos extra-curriculares livres, com ênfase em filosofia e no estudo da mente. •CRISTO PARA AS NAÇÕES - BH / Brasil - 2005 Curso de Especialização em Teologia. Atividades Profissionais Atuais RÁDIO TERRA AM – 1330 – SÃO PAULO - Participante do Programa Jornal da Terra, como Colunista em Comportamento e Educação Financeira, no quadro Dinheiro & CIA., dando dicas e orientações aos ouvintes. JORNAL ITAPEVI EM FOCO – ITAPEVI – SÃO PAULO - Colunista de Comportamento e Educação Financeira na coluna Dinheiro & CIA Rudi Ribeiro Palestrante, Escritor Educador e Terapeuta Financeiro
  9. 9. “Agradeço o seu interesse em obter conhecimento através de meus treinamentos e palestras. Tenho certeza que será propiciado a todos, estímulos de mudanças, que provocarão o crescimento pessoal e profissional. Portanto, se sua empresa acredita que pode melhorar, motivar e aumentar a produtividade de seus colaboradores, este é o treinamento certo para você contratar.

×