Interdisciplinaridade

1.056 visualizações

Publicada em

INTERDISCIPLINARIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DO EDUCADOR

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.056
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Interdisciplinaridade

  1. 1. Seminário I Letras 1º
  2. 2. INTERDISCIPLINARIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DO EDUCADOR: Um elemento possibilitador de formação cidadã e inclusão social.
  3. 3. Conceito de Interdisciplinaridade
  4. 4. Na palavra interdisciplinar está contida a proposição de ligação, isto é, conexão entre as disciplinas, territórios delimitados, e a possibilidade de intercâmbio e o deslocar-se entre elas. Ela conecta, permitindo comunicação e diálogo, relação e vínculo entre separados, diferentes, opostos.
  5. 5. Um pouco de História. Segundo Ivani Fazenda, a interdisciplinaridade surgiu na França na Itália em meados da década de 60, num período marcado pelos movimentos estudantis que, dentre outras coisas, reivindicavam um ensino mais sintonizado com as grandes questões de ordem social, política e econômica da época. A interdisciplinaridade teria sido uma resposta a tal reivindicação, na medida em que os grandes problemas da época não poderiam ser resolvidos por uma única disciplina ou área do saber. No final da década de 60, a interdisciplinaridade chegou ao Brasil e logo exerceu influência na elaboração da Lei de Diretrizes e Bases Nº 5.692/71. Desde então, sua presença no cenário educacional brasileiro tem se intensificado e, recentemente, mais ainda, com a nova LDB Nº 9.394/96 e com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN).
  6. 6. A interdisciplinaridade trata de uma visão educacional envolvendo as diversas áreas de estudo, no intuito de promover uma integração entre disciplinas e conteúdos, fazendo com que o processo de ensino-aprendizagem seja centrado em uma visão na qual o ser humano aprende ao longo da sua vida, observando diversos pontos de observação. O homem passa a ser o criador de ligações entre as áreas de conhecimento e é essa ligação que ao interagir com outras viabiliza a criação de uma rede de saberes.
  7. 7. Interdisciplinaridade:  envolve mais de uma disciplina  adota uma perspectiva teórico-metodológica comum para as disciplinas envolvidas  promove a integração dos resultados obtidos  busca a solução dos problemas através da articulação de disciplinas pelos seus representantes  os interesses próprios de cada disciplina são preservados.
  8. 8. -Demostrar como as disciplinas sociedade, educação e cultura, libras e educação e inclusão contribuíram para nosso formação como futuros docentes. -Analisar sob uma perspectiva crítica, as contribuições da Educação e da Antropologia Cultural através do entendimento dos conceitos educação e formação humana, inclusão e diversidade, relativismo cultural e sua importância para a superação do etnocentrismo que sempre esteve presente nas relações entre grupos culturalmente diferentes. -Como futuros educadores, aportar para uma escola mais justa, igualitária e inclusiva, assim como proporcionar a compreensão e importância da educação especial. . OBJETIVOS::
  9. 9. Não é possível mais pensar em ensinar, seja o que for, de maneira isolada. O mundo complexo no qual nossos alunos vivem, as rápidas e inevitáveis transformações nos deixam escolhas: ou aprendemos a lidar com diversas formas de conhecimento ou perderemos contato com os alunos. Questão para reflexão: Por que a prática interdisciplinar é tão difícil de ser encontrada nas escolas? No entanto, isso exigirá muito mais do docente. Sair da rotina é sempre um problema, ou melhor, alguns problemas. Primeiro é a “natural” acomodação. “Sempre ensinei assim...” Você tem de vencer esta tendência! APRESENTAÇÃO:
  10. 10. Nesta disciplina abordamos a importância do homem como agente responsável pela construção da realidade social, enfocando a cultura e a educação como categoria central para a constituição das relações sociais vigentes. Para isso, torna-se essencial a discussão dos princípios do modo de produção capitalista e sua influência nos aspectos econômicos, políticos e culturais, sendo que são esses fatores que sustentam a sociedade e a formação do ser social.
  11. 11. Um bom exemplo de como podemos trabalhar a questão da interdisciplinaridade e o desenvolvimento da sociologia... podemos analisar o surgimento dela desde um contexto histórico, que coincide com a desagregação da sociedade feudal e a consolidação da sociedade capitalista....desde um ponto de vista da geografia analisar o lugar do surgimento, a Europa....os paises o lugar do nascimento de seus maiores representantes....Émile Durkheim, Karl Max, Max Weber....etc...podemos analisar eles desde um ponto de vista filosofico tambem, com suas diversas visiões...
  12. 12. Destacando Durkheim podemos analisar desde um ponto de vista sociologico e antropologico o conceito de anomia, aplicando-o a situação atual do Brasil....enfraquecimento das normas, desorganização da sociedade, falta de regulamentação....de ordem social... Outro conceito importante do positivismo e a divisão do trabalho, que Durkheim define como a especialização das funções entre os individuos de uma sociedade, o positivismo tenta entender o funcionamento da sociedade capitalista da mesma forma que a biologia entende o funcionamento de um corpo animal, isto é, Durkheim achava que, ao desenvolver-se, a sociedade ia multiplicando-se em atividades a serem realizadas, a partir daí, cada indivíduo teria uma função a cumprir, a qual seria importante para o funcionamento de todo o corpo social.
  13. 13. Desde o punto de vista das letras podemos analisar o surgimento de novos conceitos introducidos por Marx, como alienação...do latim alienare, alienus, que significa que pertence a um outro, mais valia, reificação (res, coisa), coisificação...ele própio transformado em mercadoria etc...
  14. 14. O sucesso do seminario se explica, principalmente, quando os conteúdos de Ciências, Matemática, Geografia, Língua Portuguesa, História e Arte forem colocados a serviço da resolução de um problema real, de forma integrada. Para que a dinâmica dê certo, planejamento e sistematização são fundamentais. Ainda mais se muitos professores participarem. É preciso tempo para reuniões, em que se decide quando os conteúdos previstos serão dados para que uma disciplina auxilie a outra. A abordagem interdisciplinar só acontece quando os conteúdos das disciplinas se relacionam para a ampla compreensão de um tema estudado.
  15. 15. Referências: MACHADO, N. J. Educação: projetos e valores. São Paulo: Escrituras, 2000 MACHADO, N. Interdisciplinaridade e contextualização; In: Seminário Nacional do Ensino Médio. Brasília, outubro/1999 FAZENDA, I. (Org) Interdisciplinaridade: dicionário em construção. SP: Cortez, 2002. BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), Disponível em: www.mec.gov.br Acesso em: 02 fev 2009 CARLOS, J. G. Interdisciplinaridade: o que é isso? Disponível em: www.unb.br/ppgec/dissertacoes/.../proposicao_jairocarlos.pdf Acesso em: 02 fev 2009 Battini, Okçana. Sociedade, educação e cultura. Okçana Battini, Giane Albiazzetti, Fábio Luiz da Silva – São Paulo:Pearson education do Brasil, 2013

×