AS BRECHAS QUE DÃO LEGALIDADE AOSDEMÔNIOS DE ENTRAR NA VIDADO SER HUMANO
 “Pai,  eu confesso a ti o meu envolvimento em ............................. . Reconheço que tal coisa(s) é abominável di...
 “Escute Satanás, você e seus demônios! Já pedi ao meu Pai celestial perdão pela minha participação em .....................
 Para  a libertação nos casos de infestação por  demônios fortes, será necessária a ajuda de  outra, ou outras pessoas. S...
  Muitas das pessoas com quem compartilhamos  o Evangelho estão literalmente atadas por  espíritos demoníacos seja por de...
 As  pessoas não irão dizer que estão amarradas. De fato, a amarração é tão completa que, na maioria dos casos, elas nem ...
 “O  Espírito do Senhor Deus está sobre mim,  porque o Senhor me ungiu, para pregar boas-  novas aos quebrantados, enviou...
 Veja  a seguir alguns exemplos da minha  experiência: 1) Jane tem trinta cinco anos e é uma  enfermaria    da    minha ...
 “Você  sabe, tive outros dois amigos que há cinco  anos também entregaram as suas vidas a Jesus  Cristo e mudaram comple...
 Há  alguns anos eu teria interrompido a  conversa. Mas, louvado seja o Senhor, graças  a seu treinamento, reconheci faci...
 “Como   é que você sabe? Bem, eu não participo  ativamente. Há quase oito anos fui visitar uma leitora  de mãos apenas p...
 Jane olhou-me assustada achando que eu tivesse perdido  o juízo contudo, a única coisa que fiz, foi mudar de  assunto du...
 2)Em uma determinada noite, uma jovem de vinte anos deu entrada na Sala de Emergência em que eu estava trabalhando. A qu...
 “Vocês  demônios! Que estão atando esta garota. Eu os  amarro, agora, no nome de Jesus para que não possam  operar mais ...
 Oramos juntas e ela começou sua caminhada rumo à vida eterna. Um pouco depois, questionando-a gentilmente; descobri que ...
As portas para demônios parte 4
As portas para demônios parte 4
As portas para demônios parte 4
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As portas para demônios parte 4

508 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
508
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As portas para demônios parte 4

  1. 1. AS BRECHAS QUE DÃO LEGALIDADE AOSDEMÔNIOS DE ENTRAR NA VIDADO SER HUMANO
  2. 2.  “Pai, eu confesso a ti o meu envolvimento em ............................. . Reconheço que tal coisa(s) é abominável diante de Ti. Humildemente peço o Teu perdão para o meu pecado nessa área(s). Quero, também que Tu feches qualquer entrada demoníaca como resultado de minhas ações. Do mesmo modo, quero que me limpes dos meus pecados e feches a porta(s) para sempre, com o precioso sangue de Jesus. Peço tudo isso e agradeço-Te por tudo, no nome de Jesus.”
  3. 3.  “Escute Satanás, você e seus demônios! Já pedi ao meu Pai celestial perdão pela minha participação em .............................. e o recebi. Agora, pela fé e para sempre, fecho a porta dessa área na minha vida aberta a você no sangue de Jesus derramado na cruz por mim. E no nome de Jesus, ordeno que vá embora!”
  4. 4.  Para a libertação nos casos de infestação por demônios fortes, será necessária a ajuda de outra, ou outras pessoas. Se você ora fervorosamente e deseja a libertação à despeito de qualquer preço, o Senhor irá instruí-lo sobre o que é necessário fazer e, ele libertará o cativo. Darei alguns exemplos de, como na medicina, lidei com as pessoas terrivelmente afetadas pela abertura dessas portas. Todos os nomes foram mudados para a proteção das mesmas. Nós, os cristãos, devemos entender um princípio importante que eu nunca vi ser ensinado claramente nas igrejas.
  5. 5.  Muitas das pessoas com quem compartilhamos o Evangelho estão literalmente atadas por espíritos demoníacos seja por dentro ou por fora. Em conseqüência, a vontade delas não está livre. Não podem aceitar a Jesus como Salvador porque tendo a mente dominada não conseguem entender a mensagem do evangelho. “Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem que está encoberto, nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.” (II Coríntios 4.3-4).
  6. 6.  As pessoas não irão dizer que estão amarradas. De fato, a amarração é tão completa que, na maioria dos casos, elas nem sabem que estão amarradas. Quando você perguntar a alguém se ele, ou ela, quer orar com você aceitando a Jesus, as desculpas que provavelmente ouvirá, poderão ser estas: “Eu ainda não estou pronto(a)”, “farei isso mais tarde” ou “não posso fazê-lo agora, não me obrigue”, etc. Entretanto, Jesus veio para libertar os cativos.
  7. 7.  “O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu, para pregar boas- novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a por em liberdade os algemados.” (Isaías 61.1). Nós devemos, simplesmente, tomar posse do poder e da autoridade que Jesus nos deu e usá-los para libertar os cativos.
  8. 8.  Veja a seguir alguns exemplos da minha experiência: 1) Jane tem trinta cinco anos e é uma enfermaria da minha terra natal. Trabalhamos juntas há quase dez anos quando eu ainda era uma enfermeira. Encontramo-nos há algum tempo e ela ficou espantada com a mudança que viu em mim. Assim, assentei-me com ela, em uma tarde para compartilhar o que o Senhor fizera em minha vida. O comentário feito por ela foi o que se segue:
  9. 9.  “Você sabe, tive outros dois amigos que há cinco anos também entregaram as suas vidas a Jesus Cristo e mudaram completamente, eram insatisfeitos e infelizes, mas agora estão jubilantes e cheios de paz. Cheguei a pensar que poderia fazer o mesmo. Contudo, como não o posso, não penso mais sobre o assunto”. “Porque você não pode entregar a sua vida a Cristo?” Perguntei. “Bem, não posso fazê-lo, embora veja os benefícios. De fato, fico ansiosa e com insônia quando converso a respeito. Penso que seria melhor pararmos agora. Não quero falar mais sobre isso.”
  10. 10.  Há alguns anos eu teria interrompido a conversa. Mas, louvado seja o Senhor, graças a seu treinamento, reconheci facilmente todos os sintomas. Assim, persisti: “Deixe-me fazer apenas mais uma pergunta. Quando você tenta pensar sobre Jesus, parece que você se choca contra um muro vazio e ele se torna um esforço para continuar pensando e é por isso que desiste?” “Sim é isso! Como é que você sabe?” “Bem, tenho sido treinada na escola de Deus. Diga-me em que atividades do ocultismo você está envolvida?” Ela ficou surpresa.
  11. 11.  “Como é que você sabe? Bem, eu não participo ativamente. Há quase oito anos fui visitar uma leitora de mãos apenas por achar emocionante. E, desde então, voltei aos leitores de mãos e adivinhos várias vezes e, recentemente, comecei a consultar o meu horóscopo. Como você mesma pode ver, nada realmente sério.” “Bem, Jane, esse envolvimento “superficial” como o oculto foi o suficiente para colocá-la sob o jugo satânico para que você não possa aceitar a Jesus. Mas, tenho boas-novas para você. Jesus veio para libertar os cativos e porque eu sou d’Ele, Ele me deu poder e autoridade sobre Satanás e seus demônios. Assim, vocês, demônios, que estão atando e cegando a Jane eu os amarro neste exato momento, no nome de Jesus para que não possam mais agir na vida dela.”
  12. 12.  Jane olhou-me assustada achando que eu tivesse perdido o juízo contudo, a única coisa que fiz, foi mudar de assunto durante dez minutos. Depois perguntei: “Jane, há alguns minutos eu perguntei a você se queria aceitar a Jesus como Senhor e Salvador. Você sabe que é o que precisa fazer? Que tal orar comigo agora?” Ela pareceu-me estar surpresa, mas pude ver o alívio em seu rosto. “Sim, eu gostaria de orar com você. Posso aceitar a Jesus. Não sei porque não o fiz antes.” Assim, quando, juntas ajoelhamos para orar, Jane era mais uma escrava que estava sendo retirada do reino das trevas e sendo introduzida no reino de Deus. Depois, falei-lhe sobre as portas que ela abrira e ela orou fechando-as, para sempre, com o precioso sangue de Jesus.
  13. 13.  2)Em uma determinada noite, uma jovem de vinte anos deu entrada na Sala de Emergência em que eu estava trabalhando. A queixa dela, era de que se não recebesse ajuda, poderia cometer suicídio. Estava deprimida e temerosa e a vida era, para ela, vazia e sem significado. Não tinha mais razão para viver. Conversamos por um bom tempo e, depois, disse-lhe que ela precisava de Jesus e compartilhei as boas- novas com ela. “Os meus pais são crentes,” ela disse, “e, eu fui criada no evangelho. Sei que o quê está dizendo é verdade mas eu ainda não estou pronta.”
  14. 14.  “Vocês demônios! Que estão atando esta garota. Eu os amarro, agora, no nome de Jesus para que não possam operar mais na vida dela.” Ao dizer isto, ela olhou para mim como se eu estivesse louca. Mas, assim que mudei de assunto por alguns minutos ela esqueceu o que estava acontecendo. Depois perguntei: “Susy, há alguns minutos você admitiu que eu estava dizendo a verdade quando falei que você precisava de Jesus em sua vida. O que me diz de, agora, orarmos juntas, convidando-O para se tornar o Seu Senhor Salvador e Mestre?” “Sim, eu gostaria de fazê-lo. Ninguém pediu-me para fazê-lo antes. Você me ajudará? Não sei o quê dizer.”
  15. 15.  Oramos juntas e ela começou sua caminhada rumo à vida eterna. Um pouco depois, questionando-a gentilmente; descobri que a porta aberta tinha sido um breve contato, aos treze anos, com as drogas em uma festa noturna. Foi o bastante para amarrar demoniacamente a mente dela. Pela maneira como descrevera sua vida, não tive dúvida de que ela já tivera várias oportunidades para aceitar a Cristo, contudo, havia sido amarrada para não fazê-lo.

×