Anatomia do Corpo Humano

3.187 visualizações

Publicada em

Anatomia do Corpo Humano

Publicada em: Educação
1 comentário
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.187
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
139
Comentários
1
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anatomia do Corpo Humano

  1. 1. ANATOMIA DO CORPO HUMANO
  2. 2. O CORPO HUMANO E SUAS DIVISÕES CABEÇA TRONCO MEMBROS SUPERIORES INFERIORES
  3. 3. CÉLULAS
  4. 4. Haste do Pêlo...................... Superfície da Epiderme....... Epiderme............................ Camada basal da Epiderme. Derme................................ Hipoderme Gord. Subc....... Glândula Sudorífera .......... Ducto Sudorífero................ Suor................................... Artéria............................... Veia................................... Glândula sebácea.............. Nervos...............................
  5. 5. MÚSCULO DÉLTOIDE
  6. 6. GLÚTEO MÁXIMO
  7. 7. MÚSCULO VASTO LATERAL
  8. 8. SÃO 3 TIPOS DE MÚSCULOS QUE FORMAM O CORPO HUMANO MÚSCULOS FUNÇÕES CARDÍACO Responsável pelo movimento do coração LISOS Movimentam os órgãos internos, Ex: Esôfago, intestino, e demais vísceras que possuem contração involuntária. ESTRIADOS Diretamente ligados aos ossos, permitem a movimentação do corpo, e são controlados pelo homem
  9. 9. Crânio Clavícula Esterno Úmero Arcos Costais Costelas Coluna Vertebral Ulna Ílio Rádio Ísquio Carpo Falanges Fêmur Joelho Patela Fíbula Tíbia Tarso Calcâneo FRENTE COSTAS
  10. 10. CLASSIFICAÇÃO ÓSSEA OSSOS CLASSIFICAÇÃO Curtos São esponjosos e de dimensões proporcionais a sua localização e funções. Ex: calcâneo, Carpos, tarsos. Longos São maiores no comprimento do que na largura. Ex: ulna, tíbia, rádio, fêmur. Laminares Com formação quase achatada, são localizados paralelamente. Ex: ilíaco, escápula, costelas. Sesamóides Localizados no interior dos tendões com tamanhos e números variados. Ex: patela Alongados De diâmetro pequeno, porém longos. Ex: costelas Suturais Com variação em cada indivíduo, são pequenos e estão localizados nas articulações. Pneumáticos Sendo ocos, possuem mucos e ar em suas cavidades, e estão localizados no crânio. Irregulares Vértebras
  11. 11. ÓRGÃOS E SENTIDOS ÓRGÃOS SENTIDOS PELE Responsável pelo sentido e tato Responsável pelo paladar Responsável pelo olfato Responsável pela audição LÍNGUA NARIZ ORELHAS E OUVIDOS OLHOS Responsável pela visão
  12. 12. APARELHO RESPIRATÓRIO Cavidade Nasal Cavidade Bucal laringe Faringe Epiglote Traquéia Pulmão Dir. Pulmão Esq. Brônquios Bronquíolos Membrana Pleural Alvéolos Pulmonares Diafragma
  13. 13. SISTEMA NERVOSO
  14. 14. • Sistema Nervoso Constantemente cheio de eletricidade, o sistema nervoso é uma suprema rede de comunicação e coordenação do corpo. É tão vasto e complexo que, que numa estimativa cautelosa, todos os nervos isolados, unidos pelas extremidades poderiam dar a volta ao mundo duas vezes e meia. As informações trafegam pelo corpo através de sinais elétricos , chamados impulsos nervosos, e quando alcança ao final da célula nervosa, o impulso é convertido em uma substância química que então atravessa o minúsculo espaço entre as células nervosas. Ela dispara um outro impulso elétrico na próxima célula nervosa, passando assim a mensagem adiante
  15. 15. SISTEMA DIGESTÓRIO Cavidade Bucal Glândulas Salivares Língua Faringe Esôfago Fígado Estômago Vesícula Biliar Pâncreas
  16. 16. SISTEMA DIGESTÓRIO Duodeno Intestino Delgado Intestino Grosso Apêndice Reto
  17. 17. SISTEMA URINÁRIO Rins Veia Cava inferior Aorta Ureteres Veia Renal Artéria Renal Bexiga Esfíncter Uretra
  18. 18. SISTEMA CIRCULATÓRIO
  19. 19. CIRCULAÇÃO ATRAVÉS DO CORAÇÃO O sistema circulatório compreende além do coração, de dois circuitos fechados: O circuito Pulmonar e Circuito Sistêmico
  20. 20. CIRCULAÇÃO ATRAVÉS DO CORAÇÃO - Através das 2 veias cavas (inferior e superior) o sangue, venoso, chega ao coração proveniente da grande circulação sistêmica. O coração recebe este sangue através do átrio direito. - Do átrio direito o sangue, rapidamente, vai passando ao ventrículo direito. Logo em seguida, com a sístole ventricular uma boa quantidade de sangue venoso do ventrículo direito é ejetada para a artéria pulmonar. - Da artéria pulmonar, o sangue segue para uma grande rede de capilares pulmonares. Ao passar através dos capilares pulmonares o sangue deixa o gás carbônico e recebe oxigênio. - Este sangue volta então, mais rico em oxigênio, ao coração. Através das veias pulmonares o sangue atinge o átrio esquerdo e vai rapidamente passando ao ventrículo esquerdo. - Em seguida, com uma nova sístole ventricular, o sangue é ejetado do ventrículo esquerdo para a artéria aorta e desta será distribuído, por uma enorme rede vascular, por toda a circulação sistêmica.
  21. 21. CIRCULAÇÃO ATRAVÉS DO CORAÇÃO - Após deixar uma boa quantidade de oxigênio nos tecidos, o sangue retorna mais pobre em oxigênio, é coletado pelas grandes e calibrosas veias cavas, por onde retorna ao coração, no átrio direito. - De modo geral, dizemos que através do circuito pulmonar a bomba do lado direito do coração recebe o sangue pobre em oxigênio que vem dos vasos do corpo e o envia aos pulmões para ser oxigenado. Já a bomba do lado esquerdo do coração, recebe o sangue recentemente oxigenado nos pulmões e o envia para o corpo – isto é, através do circuito sistêmico. - Também é importante destacar, que o lado direito e o lado esquerdo do coração trabalham de forma similar, ou seja, quando dos batimentos cardíacos, ambos os átrios se contraem, e em seguida, ambos os ventrículos. - Assim, ao mesmo tempo em que o sangue das veias cavas superior e inferior se desloca através do átrio direito para o ventrículo direito, o sangue das veias pulmonares se desloca do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo.
  22. 22. CICLO CARDÍACO - O ciclo cardíaco consiste em um período de relaxamento denominado diástole, durante o qual o coração se enche de sangue, seguido por um período de contração denominado sístole. - Cada ciclo começa pela geração espontânea de um potencial de ação do nó sinoatrial. - O nó sinoatrial, pequena massa de células musculares cardíacas especializadas, está localizado na parede lateral superior do átrio direito, próximo à abertura da veia cava superior. - Sob condições de repouso, as células deste nó, que apresentam uma grande permeabilidade aos íons sódio se despolarizam, espontaneamente, sem qualquer estímulo externo, e geram um potencial de ação aproximadamente 70 a 80 vezes por minuto (isto é, a cada 0,8 segundos). Como resultado, impulsos do nó sinoatrial se propagam para essas áreas e as estimulam mais frequentemente, de tal modo que elas não chegam a gerar seu próprio potencial de ação. - Desta forma, a velocidade de descarga do nó sinoatrial determina o ritmo para todo o coração, e é por esta razão que o nó sinoatrial é denominado o marca-passo do coração.
  23. 23. VISTA ANTERIOR
  24. 24. BATIMENTO CARDÍACO • O coração bombeia o sangue pela contração de suas paredes musculares. A seguir, a animação revela, em duas fases, como os batimentos cardíacos ocorrem, mostrando como são regidos por sinais elétricos que se deslocam através das paredes do coração.
  25. 25. Obrigado PROVÉRBIOS 3; 5 Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te apoies no teu próprio entendimento.

×