Os câmbios sociais e as funções da escola

286 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
286
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os câmbios sociais e as funções da escola

  1. 1.  A PRODUÇÃO MATERIAL DAESCOLA PÚBLICACONTEMPORÂNEA
  2. 2.  Ênfase na necessidade de evidenciar aforma pela qual a escola vem sendoproduzida materialmente...... na perspectiva do capitalismo monopolista.
  3. 3.  Uma fase histórica do capitalismo, aqueapresenta três peculiaridades:- Capitalismo monopolista- Capitalismo parasitário ou emdecomposição.- Capitalismo agonizante.
  4. 4. 1 – Cartéis, consórcios e trustes.2 – Monopólio de grandes bancos.3 – Conquista das fontes de matéria primapelos trustes e pela oligarquia financeira.4 – A repartição do mundo pelos cartéisinternacionais.5 – Fim da divisão territorial do mundo emcolônias.
  5. 5.  O cartel é a união secreta de empresasdo mesmo ramo de negócios, queestabelecem entre si acordos para fixarum mesmo preço para seus produtos.
  6. 6.  Consórcios: trata-se de uma integraçãohorizontal entre empresas, com oobjetivo de estabelecer uma relação decoordenação de interesses autônomos,visando a um fim específico comum.
  7. 7.  Os trustes são associações de empresasque surgiram a partir da fusão de váriasempresas que já controlavam a maiorparte do mercado. Portanto, trustes sãoformados quando proprietários deempresas concorrentes se tornam sócios deuma única grande empresa. Assim, passama controlar grande parte do mercadorconsumidor, diminuindo também aconcorrência e a possibilidade de oconsumidor encontrar produtos commenores preços.
  8. 8. - Domínio do capital financeiro (resultadoda fusão entre o capital industrial e ocapital bancário).- O Estado exerce uma função reguladora dasociedade burguesa.
  9. 9.  Na fase competitiva da sociedadecapitalista, tínhamos o Estado daburguesia...- Na fase monopolista se consolidou o Estadodo capital.
  10. 10.  A escola pública se desenvolveu nointerior dessa tendência de expansãodas atividades improdutivas por forçada ação reguladora do Estado.- Mantém uma organização didática anacrônica edescomprometida com o conhecimento, peloaviltamento de seus conteúdos curriculares.
  11. 11.  Sua expansão é necessária, do pontode vista material, pois permite aalocação de trabalhadores expulsosdas atividades produtivas junto àscamadas intermediárias da sociedade,executoras de atividades improdutivas.
  12. 12.  Assegurar a alocação em atividadeimprodutiva de trabalhadores liberadosdas atividades produtivas e...- ... manter, no interior das camadas médias, osfilhos de seus integrantes.
  13. 13.  O aviltado conteúdo da escola é umproduto necessariamente decorrentedo instrumento de trabalho básico doprofessor: o superado manual didático.
  14. 14.  A escola assume o caráter de atividadeparasitária, quando deixa de sersocialmente útil.Dado o anacronismo de sua organizaçãodidática e o aviltamento de seu conteúdo, aescola não tem exercido uma funçãosocialmente útil.
  15. 15.  Se a expansão da escola é expressãodo grau de parasitismo na sociedade,também se faz acompanhar daexpansão de atividades produtivas.
  16. 16.  A expansão escolar produznecessidades que determinam aexpansão da indústria de construção,da indústria de papel, da indústriaeditorial, de móveis, lápis, canetas,cadernos, borrachas etc.
  17. 17.  Existe também, na escola, umaindiscutível ação no sentido dereproduzir a ideologia burguesa.Para Althusser o Aparelho Ideológico deEstado (AIE) dominante na sociedadecapitalista seria o AIE escolar.
  18. 18.  A escola exerce a função dereprodução da ideologia burguesa...... em consonância com outras funçõessociais que lhe são atribuídas:
  19. 19. 1 – Controle dos níveis de desemprego.2 – Prolongamento da permanência dojovem na escola, impedindo que pressione,imediatamente, um mercado de trabalho jásaturado.3 – A liberação da mulher para o trabalho.
  20. 20. 4 – Servir como refeitório para sua“clientela”: o programa de merendaescolar se constitui, de fato, numsubsídio do Estado à reprodução daforça de trabalho...... afinal, por meio desse mecanismo, éministrada aos filhos dos trabalhadoresuma pequena parte dos meios desubsistência necessários a tal reprodução.
  21. 21. 5 – A escola como local de lazer econvivência social.
  22. 22. THE END
  23. 23.  Qual o espaço de atuação de umapolítica pública dentro deste contextolegal, considerando os determinanteshistóricos do modo de produçãocapitalista?
  24. 24.  Ao reconhecermos o “aviltamento” doconteúdo trabalhado na escola, bemcomo o “anacronismo” dosprocedimentos didáticos, qual é osentido que aplicamos aos termos e oque podemos fazer para superá-los?
  25. 25.  Com a crescente industrialização eurbanização, professores leigosassumiram a educação pública,gerando consequentemente adiminuição do nível de ensino e aproliferação de agentes manipuladose/ou manipuladores, colocandocolocando como função da escola, areprodução do parasitismo, ...
  26. 26.  ... contrariando a concepção da escolacomo casa do saber. Conhecendo o processo histórico dasrelações sociais, econômicas e culturaisque impactaram diretamente aeducação publica no país, quais açõesa gestão educacional da REME deveplanejar para provocar mudançassignificativas?

×