Trabalho MòNica 16 09 2009

553 visualizações

Publicada em

Trabalho da aluna Monica referente ao dia 16/09/2009

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
553
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho MòNica 16 09 2009

  1. 1. Ocultismo
  2. 2. Ocultismo (ou Ciências Ocultas ) é um conjunto de teorias e práticas cujo objetivo seria desvendar os segredos da natureza, do Universo e da própria Humanidade. O ocultismo trata de um tipo de conhecimento que está além da esfera do conhecimento empírico, o que é sobrenatural e secreto. Não é aceito pela comunidade científica por não compartilhar de suas metodologias. O ocultismo está relacionado aos fenômenos sobrenaturais. Ou seja, são conjecturas metafísicas, e teológicas, algumas das quais oriundas de povos da Antigüidade Clássica Ocultismo Ocultismo
  3. 3. Introdução <ul><li>O ocultismo está relacionado aos fenômenos sobrenaturais. Ocultismo é um conjunto vasto, um corpo de doutrinas proveniente de uma tradição primordial que se encontraria na origem de todas as religiões e de todas as filosofias, mesmo as que, aparentemente, dele parecem afastar-se ou contradizê-lo. </li></ul><ul><li>O Homem aqui retratado seria um completo e arquetípico, composto não apenas de corpo , mas também de emoção , razão e alma (como divide a cabala ). </li></ul><ul><li>Segundo algumas tradições ocultistas as religiões do mundo teriam sido inspiradas por uma única fonte sobrenatural. Portanto, ao estudar essa fonte chegar-se-ía a religião original. </li></ul><ul><li>Muitas vezes um ocultista é referenciado como um mago . Alguns acreditam que estes antigos Magos já conheciam a maior parte das descobertas da ciência contemporânea e até além delas, tornando estas descobertas meros achados. </li></ul>
  4. 4. Definição <ul><li>Nas ciências ocultas, a palavra oculto refere-se a um &quot;conhecimento não revelado&quot; ou &quot;conhecimento secreto&quot;, em oposição ao &quot;conhecimento ortodoxo&quot; ou que é associado à ciência convencional. Para as pessoas que seguem aprofundando seus estudos pessoais de filosofia ocultista, o conhecimento oculto é algo comum e compreensivel em seus símbolos, significados e significantes. Este mesmo conhecimento &quot;não revelado&quot; ou &quot;oculto&quot; é assim designado, por estar em desuso ou permanecer nas raízes das culturas. Originalmente no século XIX era usado por ter sido uma tradição que teria se mantido oculta à perseguição da Igreja, e da sociedade e por isso mesmo não pode ser percebido pela maioria das pessoas. Mesmo que muitos dos símbolos do ocultismo, estejam sendo utilizados normalmente e façam parte da linguagem verbal ou escrita (PE a palavra abracadabra seria uma palavra de poder), permanecem assim, ocultos o seu significado e seu verdadeiro sentido. Desta maneira, tudo aquilo que se chama de &quot;ocultismo&quot; seria uma sabedoria intocada, que poucas pessoas chegam a tomar conhecimento, pois está além (ou aquém) da visão objetiva da maioria, ou de seu interesse. O ocultismo sempre foi concebido desde o início, como um saber acessível apenas a pessoas iniciadas (ou seja, para aquelas que passaram por uma &quot; iniciação &quot;; uma inserção num grupo separado do comum e do popular; ou mesmo uma espécie de batismo, onde as pessoas seriam escolhidas, então guiadas e orientadas a iniciar numa nova forma de compreender e pensar o que já se conhece, supostamente transcendendo-o). Contudo, sempre houve curiosos de várias época, que foram capazes de especular à respeito do Ocultismo, sem que este conhecimento se tornasse algo comum em suas vidas. </li></ul>
  5. 5. Definição (continuação) <ul><li>Embora o Ocultismo sempre exigisse da pessoa que o estudava, uma posição e atitude pessoal diversa daquela que a maioria das pessoas assumia. Por isso mesmo, que os estudiosos desta filosofia não eram bem vistos (acusados de pagãos, bruxos (as), místicos (as), loucos (as), rebeldes ), sendo excluídos, perseguidos e condenados. Com certeza eram em sua maioria, muito mal compreendidos. O ocultismo tem como escopo de estudo o que seriam energias e forças de variados tipos e formas, suas fontes e seus efeitos, assim como os seus canais de atuação e seus efeitos produzidos na consciência do Homem. Segundo os ocultistas a ciência oculta estuda, o contrário da ciência tradicional, a natureza em sua totalidade, assim como as relações entre a natureza e o Homem. Principalmente por professar uma dimensão espiritual, ou sobre-natural, algo que nunca foi empiricamente demonstrado e portanto não reconhecido pela ciência do passado. </li></ul><ul><li>Do ponto de vista de quem o professa a percepção do oculto consiste, não em acessar fatos concretos e mensuráveis, mas trabalhar com a mente &quot;transcendendo-se&quot; e o espírito. Ocultismo assim supostamente refere-se ao treinamento mental, psicológico e espiritual que permite um &quot;despertar&quot; de certas faculdades ocultas, o que na visão da ciência ortodoxa consiste em algum tipo de ilusão ou hipnose auto-induzida. </li></ul>
  6. 6. Origens, influências e tradições <ul><li>O ocultismo teria suas origens em tradições antigas, particularmente o hermetismo no antigo Egito , e envolve aspectos como magia , alquimia , e cabala . </li></ul><ul><li>O ocultismo tem relação com o misticismo e o esoterismo e tem influências das religiões e das filosofias orientais (principalmente Yoga , Hinduísmo , Budismo , e Taoísmo ). </li></ul>
  7. 7. História <ul><li>As raízes mais antigas conhecidas do ocultismo são os mistérios do antigo Egito , relacionados com o deus Hermes ou Thoth . Essa parte do ocultismo ou doutrina é tratada no Hermetismo . </li></ul><ul><li>Na Idade Média , principalmente na Península Ibérica devido a presença de muçulmanos e judeus , floresceu a alquimia , ciência relacionada com a manipulação dos metais, que segundo alguns, seria na verdade uma metáfora para um processo mágico de desenvolvimento espiritual. Tanto a alquimia quanto o ocultismo receberam influência da cabala judaica, um movimento místico e esotérico pertencente ao judaísmo . </li></ul><ul><li>Alguns destes ocultistas medievais acabaram sendo mortos na fogueira pela Inquisição da Igreja Católica , acusados de serem bruxos e terem feito pacto com o diabo . Mas existem trabalhos relacionados à cabala relacionados durante toda Idade Média. E de alquimia na Baixa Idade Média. </li></ul><ul><li>O ocultismo ressurgiu no século XIX com os trabalhos de Eliphas Levi , Helena Petrovna Blavatsky , Papus e outros. </li></ul>
  8. 8. História recente e Ocultistas famosos <ul><li>O ocultismo moderno, cujo ressurgimento deu-se principalmente ao final do século XIX , teve sua parte teórica sistematizada por Helena Petrovna Blavatsky , no que ficou conhecido como Teosofia . Além dela, também são importantes na definição do moderno ocultismo Eliphas Levi , S. L. MacGregor Mathers , William Wynn Westcott , Papus e Aleister Crowley , Anton Szandor LaVey , entre outros. </li></ul><ul><li>Eliphas Levi divide as preferência de alguns com Papus como o maior ocultista do século XIX , tendo ambos sistematizado boa parte do que hoje conhecemos como ocultismo prático moderno. </li></ul><ul><li>Também devemos lembrar a importância de S. L. MacGregor Mathers e da Ordem Hermética do Amanhecer Dourado (&quot;Hermetic Order of the Golden Dawn&quot;), responsáveis em parte pelo ressurgimento da magia ritualística, e que influenciaram fortemente a maioria dos mais conhecidos e importantes magos e ocultistas do século XX . </li></ul><ul><li>Já no século XX destaca-se enormemente a figura de Aleister Crowley , que &quot;criou&quot; um sistema mágico próprio - Thelema que deu origem e influenciou diversas escolas mágicas, também escreveu uma extensa coleção de livros que figuram entre as preferências de ocultistas modernos. </li></ul><ul><li>Não podemos esquecer também a contribuição do não tão famoso Franz Bardon com seus poucos, mas valiosos, livros. </li></ul>
  9. 9. Sociedades e fraternidades <ul><li>Atualmente, as tradições relacionadas com o ocultismo são mantidas por diversas sociedades e fraternidades secretas ou abertas, cuja admissão ocorre por meio de uma iniciação, que é um ritual de aceitação. Esse ritual tem como fundamento uma suposta nova vida que a pessoa deverá alcançar com a iniciação, ela morre simbolicamente e renasce para a vida que passará a ter. </li></ul>

×