Trabalho Estatística - Metodologias Investigação II

3.529 visualizações

Publicada em

Consumo de tabaco ESEC

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho Estatística - Metodologias Investigação II

  1. 1. Universidade do Algarve Escola Superior de Educação e Comunicação Licenciatura em Educação Social Unidade Curricular de Metodologias de Investigação II 2º Ano – 2º Semestre CONSUMO DE TABACO PELOS ALUNOS DA TURMA PÓS LABORAL, 2º ANODocente: Luciano VeiaDiscentes: - Ricardo da Palma, n.º 43043 - Rita Gonçalves, n.º 41807
  2. 2. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social AGRADECIMENTOS Para a concretização do nosso trabalho, foi necessária a colaboração de várias pessoas,às quais gostaríamos de agradecer, pois sem a sua disponibilidade, seria impossível realizareste trabalho.Dirigimo-nos então: Ao docente desta unidade curricular pela disponibilidade demonstrada em esclarecer as diversas dúvidas que surgiram no decorrer do semestre e para a realização do trabalho; A todos os alunos da turma do 2.º ano, pós laboral, da licenciatura em Educação Social, da ESEC – Ualg, que participaram no nosso trabalho, através do preenchimento de um questionário1 por nós elaborado;1 Ver Anexo I 2
  3. 3. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social RESUMO Este trabalho de pesquisa, resultante do consenso de ambos os membros do grupo, tempor objectivo estudar o consumo de consumo de tabaco pelos alunos da turma do 2.º ano, póslaboral, da licenciatura em Educação Social, da ESEC – Ualg. A pertinência da escolha desta temática prende-se ao facto de existir um interesse geralrelativamente ao consumo do tabaco na sociedade contemporânea e aferir que género maisconsome e que quantidade, qual a marca de tabaco preferida e apurar junto dos alunos nãofumadores qual a importância do consumo pela sociedade, e, quais os locais que (todos)acham ter sido positiva a sua restrição e o nível de concordância desde a entrada em vigor dalei de proibição de fumar em locais abertos ao público. A realização do estudo foi, por sua vez, possível através da aplicação de umquestionário, pouco extenso, administrado junto de uma amostra de 26 indivíduos, numapopulação de 34 indivíduos. Para a concretização desta análise, também, tivemos que proceder à elaboração degráficos e tabelas com recurso ao programa informático estatístico SPSS (seguidamentedesignado por package), bem como ao software informático necessário para a elaboração dorelatório e apresentação do trabalho. De uma forma sucinta apurou-se que a nossa amostra é constituída, na sua maioria,pelo género feminino, 65,38% (17 indivíduos), sendo 34,62% do género masculino (9indivíduos). No entanto, relativamente à idade já não se verifica uma discrepância tãoelevada, pois das 26 respostas obtidas constata-se que a média das idades dos inquiridos é de36,04 anos, a mediana de 36,5 e a classe modal nos 46 anos. Observa-se ainda os fumadores iniciaram-se entre os 15 e os 16 anos, por influência deamigos, existindo um consumo diário de 8 cigarros, valor este encontrado através da mediana,sendo a marca L&M a preferida dos fumadores. A maioria dos inquiridos são não-fumadorese todos os alunos concordam que exista restrição em recintos fechados principalmente emhospitais (57,7%); escolas (34,6%) e restaurantes (7,7%). 3
  4. 4. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Índice Índice de tabelas e gráficosAgradecimentos .......................................................................................................................... 2Resumo ....................................................................................................................................... 3Introdução................................................................................................................................... 6Classificação das Variáveis ........................................................................................................ 7Metodologia ............................................................................................................................... 8Caracterização dos Inquiridos .................................................................................................. 10 1ª Parte: Questão 1- Género dos Inquiridos ......................................................................... 10Tabela 1 - Género ..................................................................................................................... 10Gráfico 1 - Género dos Inquiridos............................................................................................ 10 Questão 2 - Idade dos Inquiridos.......................................................................................... 11TABELAS 2 e 3 – Idade ......................................................................................................... 11GRÁFICO 2 - Histograma Idade ............................................................................................. 11Gráfico 3 – Diagrama de Caule e Folhas ................................................................................. 12Idade dos inquiridos ................................................................................................................. 12Gráfico 4 – Diagrama de Extremos .......................................................................................... 12Idade dos Inquiridos ................................................................................................................. 12 Questão 3 - Estado Civil....................................................................................................... 13Tabela 4– Estado Civil ............................................................................................................. 13Gráfico 5 - Estado civil ............................................................................................................ 13Análise das Questões ................................................................................................................ 14 2ª Parte: Questão 1- É Fumador(a)? ..................................................................................... 14Tabela 5 – É Fumador(a)? ........................................................................................................ 14Gráfico 6 - É Fumador(a)? ....................................................................................................... 14Tabela 6 – Cruzamento de dados: género-fumadores/não fumadores ..................................... 15Gráfico 7 - Cruzamento De Dados: Género-Fumadores/Não Fumadores ............................... 15 Questão 2- Com que idade experimentou fumar pela primeira vez? ................................... 16Tabela 7 – idade com que experimentou fumar ....................................................................... 16Gráfico 8 – Idade que experimentou fumar ............................................................................. 16 Questão 3- Porque decidiu fazê-lo? ..................................................................................... 17Tabela 8 – Porque decidiu faze-lo ............................................................................................ 17Gráfico 9 - Porque decidiu fazê-lo ........................................................................................... 17 Questão 4 – Quantidade de cigarros que fuma por dia? ....................................................... 18Tabela 9 – Quantos cigarros fuma por dia tabela 10 – Consumo diário ............................... 18Gráfico 10 – Diagrama de Caule e Folhas ............................................................................... 18Quantidade de cigarros por dia................................................................................................. 18Gráfico 11 – Diagrama de extremos ........................................................................................ 18Quantidade de cigarros por dia................................................................................................. 18 Questão 5- Marca (s) de cigarro (s) preferidas ..................................................................... 19Tabela 11 – Marca de cigarros de preferência ......................................................................... 19Gráfico 12 – Marca de cigarros preferida ................................................................................ 19 Questão 6 - Qual o motivo porque não experimentou? ........................................................ 20Tabela 12 – Motivo porque não o fez ...................................................................................... 20Gráfico 13 - Motivo pelo qual não o fez .................................................................................. 20 Questão 7 - Locais importantes de restrição de consumo de tabaco. ................................... 21Tabela 13 – Locais importantes de restrição de consumo de tabaco ....................................... 21Gráfico 14 – Locais Importantes De Restrição De Consumo De Tabaco ................................ 21 Questão 8 – Concorda com esta restrição?........................................................................... 22Tabela 14 – nível de concordância com a restrição ................................................................. 22 4
  5. 5. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação SocialConclusão ................................................................................................................................. 22Referências bibliográficas ........................................................................................................ 23Anexos……………………………………………………………………………….…. 24 e 25 5
  6. 6. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social INTRODUÇÃO No âmbito da disciplina de Metodologias de Investigação II, do 2º ano – 2º semestreda Licenciatura em Educação Social (pós laboral), foi-nos proposto a realização de umtrabalho, de tema livre, de forma a colocar em prática os conhecimentos adquiridos nodecorrer das aulas, utilizando para o tratamento de dados o package estatístico SPSS. O nosso trabalho cingiu-se ao tema “Consumo de tabaco pelos alunos da turma do 2.ºano, pós laboral, da licenciatura em Educação Social, da ESEC – Ualg”, uma vez que oselementos do grupo de trabalho consideraram que se tratava de um assunto actual e de granderelevância, constituindo-se como um tema de interesse público. A nossa pesquisa tem por objectivo conhecer o consumo de tabaco alunos da turma do2.º ano, pós laboral, da licenciatura em Educação Social, da ESEC – Ualg. Após a construção do questionário, coube aos elementos do grupo distribuir 26questionários (total de alunos assíduos), junto de uma população de 34 indivíduos (populaçãototal de alunos que frequentam a turma e curso). 6
  7. 7. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social CLASSIFICAÇÃO DAS VARIÁVEIS Questão Tipo de Variável Escala de Medida1- Género Qualitativa Binária Nominal2 - Idade Quantitativa Discreta Escala de Razão3- Estado Civil Qualitativa Nominal4- É fumador? Qualitativa Nominal5- Idade em que experimentou Quantitativa Escala6- Porque decidiu fazê-lo? Qualitativa Nominal7- Quantidade de cigarros diários Quantitativa Discreta Escala de Razão8- Marca de cigarros preferida Qualitativa Nominal9- Motivo porque não fumou Qualitativa Nominal10- Locais de restrição mais Qualitativa Nominalimportantes11- Nível de concordância com a Qualitativa Ordinalrestrição 7
  8. 8. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social METODOLOGIA Para a realização deste trabalho, procedeu-se à elaboração de um questionáriocomposto, maioritariamente, por perguntas fechadas de forma a facilitar a interpretação dosdados, uma vez que os inquiridos devem escolher entre um número reduzido de respostaspossíveis. Neste tipo de questões: As modalidades de resposta devem ser objectivas e particulares; Deve incluir a modalidade “Outro”, para que possam ser contempladas todas as modalidades de resposta. Vantagens:  Facilitam a codificação, tratamento e análise dos dados;  As respostas são rápidas, facilitando o inquirido;  Existe controlo na qualidade da resposta. Desvantagens: Necessidade de conhecimento de todas as respostas possíveis para que não se perca informação; Facilidade de cruzamento de dados, pois pode conduzir à resposta mais lógica ou àquela que “parece melhor”; O questionário divide-se em duas partes em que, a primeira corresponde àcaracterização dos inquiridos e a segunda às questões directamente relacionadas com oobjecto de estudo. Refira-se ainda que a sua aplicação foi feita por meio de administraçãodirecta, ou seja, através da apresentação de um conjunto de questões às quais o próprioinquirido respondeu, sem qualquer intervenção do inquiridor. A imagem gráfica do questionário, bem como a ordem e o número de questões nelecontidas foram tidas em conta, uma vez que o aspecto formal apela ao seu preenchimento, e,apesar de ser um questionário curto considerámos que este cumpriu perfeitamente o objectivopretendido. O número total dos alunos inquiridos e que frequentam a turma do 2.º Ano do Cursode Educação Social, pós laboral, é de 26 alunos. Assim sendo, a nossa população é de 34indivíduos (nº total de alunos desta turma), sendo a nossa amostra de 26 inquiridos, uma vezque nem todos frequentam as aulas. 8
  9. 9. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social O método de recolha de dados por nós utilizado foi através de questionários, que, porsua vez, foram aplicados pelo facto de ser mais fácil a aplicação dos mesmos. Para o tratamento dos dados recorreu-se ao package estatístico SPSS. 9
  10. 10. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social CARACTERIZAÇÃO DOS INQUIRIDOS 1ª Parte: Questão 1- Género dos Inquiridos TABELA 1 - GÉNERO Frequência Frequência Frequência Categoria Relativa Absoluta Relativa (%) Acumulada (%) Masculino 9 34,6 34,6 Género Feminino 17 65,4 100,0 Total 26 100,0 GRÁFICO 1 - GÉNERO DOS INQUIRIDOS Como podemos observar pela tabela e gráfico em epígrafe, 34,6% dos nossosinquiridos correspondem ao Género Masculino (9 indivíduos) e 65,4% correspondem aoGénero Feminino (17 indivíduos), sendo os valores percentuais arredondados à casa decimal. 10
  11. 11. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Questão 2 - Idade dos Inquiridos TABELAS 2 E 3 – IDADE Frequência Frequência N Válida 26 Frequência Frequência Relativa (%) Relativa Absoluta Relativa (%) Não respondido 0 - Válida Acumulada (%) Média 36,04Válida 20 1 3,8 3,8 3,8 Mediana 36,50 22 1 3,8 3,8 7,7 Moda 46 24 1 3,8 3,8 11,5 Desvio Padrão 8,857 25 1 3,8 3,8 15,4 Variância 78,438 Amplitude 33 26 1 3,8 3,8 19,2 Mínimo 20 27 1 3,8 3,8 23,1 Máximo 53 28 1 3,8 3,8 26,9 Percentis 25 27,75 29 1 3,8 3,8 30,8 50 36,50 33 1 3,8 3,8 34,6 75 42,75 35 2 7,7 7,7 42,3 36 2 7,7 7,7 50,0 37 1 3,8 3,8 53,8 38 1 3,8 3,8 57,7 39 2 7,7 7,7 65,4 40 1 3,8 3,8 69,2 41 1 3,8 3,8 73,1 42 1 3,8 3,8 76,9 45 1 3,8 3,8 80,8 46 3 11,5 11,5 92,3 49 1 3,8 3,8 96,2 53 1 3,8 3,8 100,0 Total 26 100,0 100,0 GRÁFICO 2 - HISTOGRAMA IDADE 11
  12. 12. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Ao analisar as tabelas 2 e 3, pode-se concluir que os 26 inquiridos responderam a estaquestão. As suas idades variaram entre os 20 (Mínimo) e os 53 anos (Máximo), a amplitude éde 33 anos, valor este obtido da diferença correspondente entre o valor máximo e o valormínimo. Podemos verificar através das tabelas 2 e 3 e do gráfico 2 (Histograma) que a médiadas idades é de 36,04, a mediana é de 36,5 anos e a moda é de 46 anos, tratando-se este dovalor que se repetiu mais vezes. A partir da análise dos percentis (tabela 3) conclui-se que 25% da amostra tem idadesuperior ou igual a 27,75; 50% inferior ou igual a 36,5 anos e 75% inferior ou igual a 42,75.No Desvio Padrão, pode-se afirmar que a variabilidade dos dados em relação à média é de8,857=8,86. GRÁFICO 3 – DIAGRAMA DE CAULE E FOLHAS IDADE DOS INQUIRIDOSIdade Stem-and-Leaf Plot Frequency Stem & Leaf 3,00 2 . 024 5,00 2 . 56789 1,00 3 . 3 8,00 3 . 55667899 3,00 4 . 012 5,00 4 . 56669 1,00 5 . 3 Stem width: 10 Each leaf: 1 case(s) GRÁFICO 4 – DIAGRAMA DE EXTREMOS IDADE DOS INQUIRIDOS 12
  13. 13. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social O Diagrama de Caule e Folhas (gráfico 3) apresenta-nos de forma ordenada as idadesde todos os inquiridos. Através do Diagrama de Extremos (gráfico 4) pôde-se ainda precisar a localização dovalor mínimo: 20; do 1º percentil: 27,75; do 2º percentil (Mediana): 36,5; do 3º percentil(42,75) e do valor máximo: 53. No que se refere à distribuição podemos, então, verificar que se trata de umadistribuição assimétrica negativa, pois a média é menor que a mediana. Questão 3 - Estado Civil TABELA 4– ESTADO CIVIL Frequência Frequência Frequência Frequência Relativa Relativa (%) - Relativa Absoluta (%) Válida Acumulada (%) Válida Solteiro/a 9 34,6 34,6 34,6 Casado(a)/União de facto 14 53,8 53,8 88,5 Divorciado(a) 3 11,5 11,5 100,0 Total 26 100,0 100,0 GRÁFICO 5 - ESTADO CIVIL 13
  14. 14. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Tal como podemos verificar através da tabela 4 e gráfico 5, em epígrafe, concluímosque 34,62% dos alunos são solteiros, 53,85% são casados ou vivem em união de facto e11,54% dos alunos são divorciados, o que totaliza 100%, ou seja, todos os indivíduosresponderam à questão. ANÁLISE DAS QUESTÕES 2ª Parte: Questão 1- É Fumador(a)? TABELA 5 – É FUMADOR(A)? Fumadores/Não Fumadores Frequência Frequência Frequência Frequência Relativa Relativa (%) - Relativa Absoluta (%) Válida Acumulada (%) Válida Fumador 7 26,9 26,9 26,9 Não Fumador 19 73,1 73,1 100,0 Total 26 100,0 100,0 GRÁFICO 6 - É FUMADOR(A)? Analisando a tabela 5 e o gráfico 6 acima apresentados observa-se que 7 alunos sãofumadores e 19 não fumadores, valores estes que equivalem, às percentagens 26,92% e73,08%, respectivamente. 14
  15. 15. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social TABELA 6 – CRUZAMENTO DE DADOS: GÉNERO-FUMADORES/NÃO FUMADORES Fumadores/Não Fumadores Fumador Não Fumador Total Género Masculino 2 7 9 Feminino 5 12 17 Total 7 19 26 GRÁFICO 7 - CRUZAMENTO DE DADOS: GÉNERO-FUMADORES/NÃO FUMADORES Do cruzamento de dados efetuado entre género e fumadores e não fumadores, obteve-se que em 17 mulheres, 5 delas fumam (19,23%) e 12 não fumam (46,15%), sendo estesvalores em tudo mais altos em relação aos homens, onde 2 (7,69%) fumam e 7 (26,92%) nãofumam. Estes valores apresentam-se mais baixos em relação aos homens atendendo aonúmero inferior de inquiridos (são menos homens). 15
  16. 16. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Questão 2- Com que idade experimentou fumar pela primeira vez? TABELA 7 – IDADE COM QUE EXPERIMENTOU FUMAR Frequência Frequência Frequência Relativa Frequência Relativa Absoluta Relativa (%) (%) - Válida Acumulada (%) Válida 12 1 3,8 14,3 14,3 14 1 3,8 14,3 28,6 15 2 7,7 28,6 57,1 16 2 7,7 28,6 85,7 20 1 3,8 14,3 100,0 Total 7 26,9 100,0 Não respondeu 19 73,1 Total 26 100,0 GRÁFICO 8 – IDADE QUE EXPERIMENTOU FUMAR Na tabela 7 e gráfico 8 podemos observar que dos 26 questionários aplicados obteve-se, nesta questão 7 respostas válidas e 19 não respostas. Isto deve-se ao facto de apenaspoderem responder a esta questão os indivíduos que assinalaram a opção “Sim” na questãoanterior. Ao analisar a tabela e o gráfico correspondentes a esta questão, conclui-se que das 7respostas válidas, 1 dos indivíduos fumou pela primeira vez com a idade de 12 anos; 1 dosindivíduos fumou pela primeira vez com a idade de 14 anos e outro dos indivíduos fumou 16
  17. 17. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Socialpela primeira vez aos 20 anos (cada 14,29%), sendo que 2 iniciaram aos 15 e 2 aos 16 anos(ambos 28,57%). Questão 3- Porque decidiu fazê-lo? TABELA 8 – PORQUE DECIDIU FAZE-LO Frequência Frequência Frequência Frequência Relativa Relativa (%) - Relativa Absoluta (%) Válida Acumulada (%) Válida Influência de amigos 3 11,5 42,9 42,9 Curiosidade 3 11,5 42,9 85,7 Acontecimentos específicos 1 3,8 14,3 100,0 Total 7 26,9 100,0 Não respondeu 19 73,1 Total 26 100,0 GRÁFICO 9 - PORQUE DECIDIU FAZÊ-LODa análise da tabela 8 e do gráfico 9 retiram-se as seguintes conclusões: 42,86%, dos alunos fumaram pela primeira vez por influência de amigos, sendo este valor idêntico aos que por curiosidade; As opções por influência de familiares e devido a acontecimentos específicos (morte, separação, etc.) obtiveram as mesmas percentagens (14,29%). 17
  18. 18. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Questão 4 – Quantidade de cigarros que fuma por dia? TABELA 9 – QUANTOS CIGARROS FUMA POR DIA TABELA 10 – CONSUMO DIÁRIO Frequência N Válida 7 Frequênci Frequência Frequênci Relativa Não a Relativa Relativa 19 a Absoluta Acumulada respondeu (%) (%) - Válida (%) Média 6,57Válida 2 2 7,7 28,6 28,6 Mediana 8,00 6 1 3,8 14,3 42,9 Desvio Padrão 3,409 8 2 7,7 28,6 71,4 Variância 11,619 Mínimo 2 10 2 7,7 28,6 100,0 Máximo 10 Total 7 26,9 100,0 Percentis 25 2,00 Não Respondeu 19 73,1 50 8,00Total 26 100,0 75 10,00 GRÁFICO 10 – DIAGRAMA DE CAULE E FOLHAS QUANTIDADE DE CIGARROS POR DIAQuantidade de cigarros que fuma por dia Stem-and-Leaf Plot Frequency Stem & Leaf 2,00 2 . 00 ,00 3 . ,00 4 . ,00 5 . 1,00 6 . 0 ,00 7 . 2,00 8 . 00 ,00 9 . 2,00 10 . 00 Stem width: 1 Each leaf: 1 case(s) GRÁFICO 11 – DIAGRAMA DE EXTREMOS QUANTIDADE DE CIGARROS POR DIA Ao analisarmos as tabelas 9 e 10 pode-se constatar que apenas 7 inquiridos (26,9%)responderam a esta questão, devido ao facto de somente poderem responder os fumadores. Oconsumo de cigarros varia entre 2 (mínimo) e 10 (máximo) cigarros diários. A média do consumo diário de cigarros é de 6,57, a mediana é 8 e a moda, neste casoé multimodal, pois existe mais do que duas modas (2, 8 e 10). 18
  19. 19. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social No que se refere ao Desvio Padrão a variabilidade dos dados em relação à média é de3,409. Através do Diagrama de Extremos (gráfico 10) pode-se ainda precisar a localização dovalor mínimo: 2; do 1.º quartil: 4; (10); do 2º quartil (ou Mediana): 8 e do 3.º quartil: 9 e dovalor máximo: 10. No que se refere à distribuição podemos, então, verificar que se trata de umadistribuição assimétrica negativa, pois a média (6,57) é inferior à mediana (8). Questão 5- Marca (s) de cigarro (s) preferidas TABELA 11 – MARCA DE CIGARROS DE PREFERÊNCIA. Frequência Frequência Frequência Frequência Relativa Relativa (%) - Relativa Absoluta (%) Válida Acumulada (%) Válida Chesterfield 2 7,7 28,6 28,6 L&M 3 11,5 42,9 71,4 Outro 2 7,7 28,6 100,0 Total 7 26,9 100,0 Não Respondeu 19 73,1 Total 26 100,0 GRÁFICO 12 – MARCA DE CIGARROS PREFERIDA 19
  20. 20. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012Educação Social Na tabela 11 e gráfico 12 verifica-se que:  42,86%, dos inquiridos (fumadores) preferem a marca L&M;  28,57 preferem a marca Chesterfield e o mesmo valor preferem outras marcas; Questão 6 - Qual o motivo porque não experimentou? TABELA 12 – MOTIVO PORQUE NÃO O FEZ Frequência Frequência Frequência Frequência Relativa Relativa (%) - Relativa Absoluta (%) Válida Acumulada (%) Válida Recear atitude pais e/ou 1 3,8 5,3 5,3 familiares Doenças provocadas pelo 3 11,5 15,8 21,1 consumo Não despertou interesse 11 42,3 57,9 78,9 Outro 4 15,4 21,1 100,0 Total 19 73,1 100,0 Não Respondeu 7 26,9 Total 26 100,0 GRÁFICO 13 - MOTIVO PELO QUAL NÃO O FEZ 20
  21. 21. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Após a análise da tabela e do gráfico acima apresentados verifica-se que 57,89% dosinquiridos não fumam “por não ter despertado interesse”; 21,05% “por outros motivos”;15,79% “por doenças provocadas pelo consumo” e 5,26% “por recear atitude dos pais”. Questão 7 - Locais importantes de restrição de consumo de tabaco. TABELA 13 – LOCAIS IMPORTANTES DE RESTRIÇÃO DE CONSUMO DE TABACO Frequência Frequência Frequência Frequência Relativa Relativa (%) - Relativa Absoluta (%) Válida Acumulada (%) Válida Hospitais 15 57,7 57,7 57,7 Restaurantes 2 7,7 7,7 65,4 Escolas 9 34,6 34,6 100,0 Total 26 100,0 100,0 GRÁFICO 14 – LOCAIS IMPORTANTES DE RESTRIÇÃO DE CONSUMO DE TABACO Na tabela 13 e gráfico 14, verifica-se que todos os inquiridos (26) responderam a estaquestão. Verifica-se assim que o local que consideram de maior importância ter sido proibidofumar é em Hospitais (15 – 57,7%). Verifica-se também que 9 pessoas (34,6%) consideram asescolas como lugar importante em que não se deve fumar e 2 pessoas (7,7%) consideram osrestaurantes. 21
  22. 22. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Questão 8 – Concorda com esta restrição? TABELA 14 – NÍVEL DE CONCORDÂNCIA COM A RESTRIÇÃO Frequência Frequência Frequência Frequência Relativa Relativa (%) - Relativa Absoluta (%) Válida Acumulada (%) Válida Muito 26 100,0 100,0 100,0 Da análise da tabela 14, e adequando 3 níveis de concordância em relação à restriçãodo tabaco em locais públicos, dos quais: Muito; Pouco ou Nada, a mesma mostra-secompletamente esclarecedora, sendo toda a amostra concordante com a restrição (100%). CONCLUSÃO A realização deste trabalho permitiu ao grupo avaliar o consumo do tabaco de umconjunto de 26 alunos da turma pós laboral do 2º ano – 2º semestre da licenciatura emEducação Social, da ESEC-UAlg. Segundo o nosso estudo, o número de fumadores é inferior ao dos não fumadores,sendo a maioria do género feminino, sendo estes indicadores influenciados pelo facto deexistirem mais mulheres do que homens nesta turma/amostra. Deste modo, após concluído todo o trabalho de pesquisa verifica-se que a maioria dosfumadores iniciaram o consumo de tabaco entre os 15 e os 16 anos, por influência de amigos,existindo um consumo diário de 8 cigarros, valor este encontrado através da mediana, sendo amarca L&M a preferida dos fumadores. Com a realização deste estudo verifica-se que osalunos estão mais atentos ao facto do tabaco ser prejudicial á saúde, pois a maioria dosinquiridos são não-fumadores e todos os alunos concordam que exista restrição em recintosfechados principalmente em hospitais (57,7%); escolas (34,6%) e restaurantes (7,7%), o quenos leva a concluir que a aplicação da Lei do Tabaco2 foi bem aceite no meio da comunidadeacadémica, mudando comportamentos e contribuindo desta forma para a saúde de todos. A adesão dos participantes foi muito positiva pelo que, o objectivo que se pretendiaalcançar foi atingido.2 Lei n.º 37/2007, de 14 de Agosto 22
  23. 23. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012Educação Social REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  Apontamentos de Metodologias de Investigação II e materiais de apoio sobre Estatística Descritiva e do package SPSS, cedidos pelo docente 23
  24. 24. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012Educação Social 24
  25. 25. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012 Educação Social Universidade do Algarve Escola Superior de Educação e Comunicação Licenciatura em Educação Social Unidade Curricular de Metodologias de Investigação II 2º Ano – 2º Semestre “Consumo de tabaco pelos alunos da turma pós laboral” Os alunos do 2.º ano – 2º semestre da Licenciatura em Educação Social, da ESEC –Ualg, Ricardo da Palma, nº 43043 e Rita Gonçalves, nº 41807, no âmbito da UnidadeCurricular de Metodologias de Investigação II, ministrada e orientada pelo Docente LucianoVeia, pretendem elaborar um estudo acerca do consumo de tabaco pelos alunos da turma do2.º ano, pós laboral, da mesma licenciatura e ESEC – Ualg. Pretende-se também aferir que género mais consome e que quantidade, qual a marcade tabaco preferida e apurar junto dos alunos não fumadores qual a importância do consumopela sociedade, e, quais os locais que (todos) acham ter sido positiva a sua restrição e o nívelde concordância desde a entrada em vigor da lei de proibição de fumar em locais abertos aopúblico. A sua colaboração no preenchimento do presente inquérito assume uma grandeimportância para o trabalho que estamos a realizar. Garantimos a confidencialidade dosdados, agradecendo deste modo a V.ª estimada colaboração. 25
  26. 26. METOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO II 2012Educação Social QUESTIONÁRIO ASSINALE COM UMA CRUZ (X) A OPÇÃO COM A QUAL MAIS SE IDENTIFICA Caracterização dos inquiridos: 1. Género:  Masculino  Feminino 2. Idade: ________ 3. Estado civil:  Solteiro(a)  Casado(a) / União de facto  Divorciado(a)  Viúvo(a) 1. É fumador (a)?  Sim  Não 2. Caso tenha assinalado a opção “Não”, avance para a questão n.º 6. Se respondeu afirmativamente à questão anterior, com que idade experimentou fumar pela primeira vez (aproximadamente)? _________________ 3. Porque decidiu fazê-lo? (Seleccione apenas uma das hipóteses)  Por influência de familiares  Por influência de amigos  Por curiosidade  Por Moda  Devido a acontecimentos específicos (morte, separação, etc.)  Outro 4. Quantos cigarros fuma por dia? (em média aproximadamente) __________ 5. Com o objectivo de percebermos o seu gosto relativamente à marca de cigarros e preço associado ao mesmo, indique as marcas de cigarros que mais gosta (Seleccione apenas uma opção).  Marlboro  S. G.  Camel  Chesterfield  L&M  Outro 6. Qual o motivo pelo qual não o fez? (Seleccione apenas a uma opção.)  Nenhum dos meus amigos fuma  Por recear a atitude dos pais e/ou outros familiares  Pelas inúmeras doenças provocadas pelo seu consumo  Nunca me despertou qualquer curiosidade  Outro 7. Quais os locais onde considera mais importante terem restringido o consumo do tabaco? (Seleccione apenas uma opção).  Hospitais  Restaurantes  Escolas  Bares/Discotecas  Repartições públicas  Outro 8. Concorda com esta restrição?  Muito  Pouco  Nada Obrigado pela sua participação 26

×