Desporto & lazer reflexão individual

792 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
792
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desporto & lazer reflexão individual

  1. 1. Universidade do Algarve Escola Superior de Educação e Comunicação Licenciatura em Educação Social Unidade Curricular de Desporto e Lazer 2º Ano – 2º Semestre DESPORTO E LAZERESEC – Ualg, Junho de 2012 | Docente: Vanda Correia Discente: Ricardo da Palma 1
  2. 2. Ricardo da PalmaUC Desporto e Lazer Aluno n.º 43043REFLEXÃO A presente reflexão enquadra-se num dos conteúdos de avaliação da UC deDesporto e Lazer, a qual ministrada pela Docente Vanda Correia. Embora tenha sidodeterminado pela docente que a presente reflexão fundamentasse todos osconteúdos abordados nas aulas e na revisão da literatura, optei, e corri o risco, defazer uma abordagem reflexiva geral quer das aulas teóricas quer das aulas práticasuma vez que achei que quer a teoria quer a prática foram devidamente aplicadasnos conteúdos programáticos e perfeitamente enquadradas no curso de EducaçãoSocial. Aulas teóricas A disposição activa da disciplina, quer pela forma como foram ministradas asaulas, os trabalhos, etc., quer pela utilização dos materiais/recursos de apoio aoestudo recomendados pela docente, favoreceram de forma directa oensino/aprendizagem, levando ao alcance das metas e objetivos de aprendizagemdefinidos para a UC e complementando assim a imagem multifacetada do curso deEducação Social. Permitiu-nos também, pelas temáticas apresentadas e enquadradas na UC,desenvolver competências para equacionar e resolver problemas em torno dasmesmas, competências de relacionamento com os outros e de trabalho em equipa edesenvolvimento da capacidade de pensamento reflexivo e espírito crítico. A informação recebida através da docente, quer pelos materiais fornecidosquer pela forma como foram dadas as aulas, contribuiu positivamente para aaprendizagem. No entanto, parece-me, que a carga de trabalho da UC não foi adequada faceàs unidades de crédito definidas (ECTS), não no sentido depreciativo ou de desvalorda UC, mas tratando-se de uma disciplina de opção a avaliação tornou-se bastanteexigente. Quanto às preleções das convidadas da docente, considero que as mesmasforam bastante enriquecedoras, dotando os discentes de conhecimentos teórico- 2
  3. 3. Ricardo da PalmaUC Desporto e Lazer Aluno n.º 43043práticos e lavando a interiorizar o funcionamento de certas organizações einstituições, o que será uma mais valia para o futuro enquanto Educadores Socias. Quanto ao desempenho da docente, esta mostrou-se cumpridora do horáriodas aulas e das atividades programadas, transmitiu e motivou os discentes nosentido do alcance dos objetivos de aprendizagem, estimulou a participação e adiscussão das matérias e mostrou-se disponível para atender e prestar o apoionecessário aos discentes, favorecendo assim a compreensão dos objetivos deaprendizagem e perceber a função e o carácter pedagógico da disciplina. Aulas práticas Destaco o projecto de grupo efectuado no âmbito do “Mercadinho Social”, e que por nós foi devidamente abordado quanto aos conceitos do envelhecimento activo e da solidariedade intergeracional e que promoveu a criatividade e demonstrou a importância da UC de Desporto e Lazer na estrutura do curso de Educação Social. Saliento as aulas desportivas:  De vivência prática e de construção de propostas e com exercícios moldados ao segmento populacional adultos e seniores, sendo uma delas dinamizada por uma técnica cedida pela divisão de desporto da CMF;  De vivência prática no âmbito do desporto- educação para o segmento jovem: atividade de rugby dinamizada pela CRUALG. Estratégias futuras  Mais aulas práticas – conciliando com as aulas teóricas, que obviamente são essenciais, e ministrar aulas práticas para promover a sua aplicabilidade; 3
  4. 4. Ricardo da PalmaUC Desporto e Lazer Aluno n.º 43043  Maior abordagem a outros segmentos populacionais (deficientes, toxicodependentes, jovens em risco ou problemáticos, etc., com o propósito de transformar os seus hábitos e estilos de vida). Conclusão A disciplina de Desporto e Lazer, que desde o seu início se mostrou comouma área bastante útil e integrada ao curso de Educação Social, permitiu-nosinteriorizar e desenvolver conhecimentos específicos quanto à utilidade quer nopercurso académico quer mesmo após e já no mercado de trabalho, pelo carácterdinâmico e de extrema utilidade para o Educador Social. Numa perspectiva de continuação da disciplina, acho que a mesma nãodeveria passar apenas por “opção”, mas sim como uma disciplina que deveria ser“tida em conta” como uma ferramenta útil, e logo, ser uma disciplina obrigatória, umavez que promove diversas capacidades para se poder trabalhar com váriossegmentos populacionais. Contudo, e não obstante de se terem abordado váriossegmentos populacionais, parece-me que a disciplina foi muito direcionada para osegmento sénior (idosos). E parece-me ainda que, apesar de se tratar de umadisciplina autónoma (ou deveria ser), a direcção tomada se traduza pela orientaçãodo curso que de uma certa forma tende a condicionar as dinâmicas das disciplinas, eneste caso condicionou a disciplina de Desporto e Lazer. Com isto quero dizer que,e atendendo ao facto do segmento populacional mais abordado se tratasse dosseniores, ou idosos, parece-me que a disciplina seguiu as directrizes de abordarmais esse segmento atendendo ao facto das normas para o ano 2012 ser o anoEuropeu do Envelhecimento Activo. Mas este ano Europeu do EnvelhecimentoActivo também continha a Solidariedade Intergeracional e este último factor pareceu-me ter sido esquecido, excepto no nosso trabalho de grupo, onde tivemos em contaas ideias do envelhecimento activo e da intergeracionalidade. Já no decorrer do anolectivo passado, 2011, pareceu-me que as orientações do curso se concentravam novoluntariado… E isto devido ao facto do ano 2011 ser o Ano Europeu doVoluntariado. Parece-me que o facto de canalizar o curso e as disciplinas que oconstituem para um determinado tema específico, além de ir contra o princípio 4
  5. 5. Ricardo da PalmaUC Desporto e Lazer Aluno n.º 43043multifacetado do curso e logo com inúmeras valências, limita as disciplinas a um sótema (o que não quer dizer que outros não sejam abordados superficialmente) e queleva a um subaproveitamento das capacidades quer dos docentes quer dosdiscentes. O curso de Educação Social prima pela capacidade de reflexão, de crítica(construtiva), de criatividade e para gozar do estatuto de licenciatura autónoma temque mostrar e demonstrar que é autónomo e que tem condições para abordarqualquer temática pelas suas valências. De uma forma geral, faço uma reflexão/avaliação muito positiva da disciplina,reforçando o seu carácter pedagógico, extremamente enquadrada no contexto dosideais do curso de Educação Social, mostrando assim a existência de umacomplementaridade entre diversas áreas, rompendo com o mito dicotómico de queem ciências sociais existem disciplinas distintas e que não se encaixam quer emtermos teóricos quer práticos. A disciplina de Desporto e Lazer é, pelo seu conteúdo,quer pela interacção gerada quer pela sua dinâmica, perfeitamente aplicável naestrutura da Educação Social. 5

×