Technical Drawing - Oil Pump

138 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
138
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Technical Drawing - Oil Pump

  1. 1. Universidade de Évora Desenho de Sistemas Mecatrónicos Professor José Garção Relatório do Projecto Final “Projecto de um sistema mecânico” Bomba de Óleo Trabalho realizado por: Ricardo Jorge Chaves Andrade nº29592 EER
  2. 2. Introdução Este projecto tem como objectivo a construção de uma bomba de óleo, peça a peça, fazendo com que a mesma tenha todos os componentes toleranciados e bem definidos, de modo a ter um perfeito funcionamento. Utilizámos para a construção das peças, os programas Autodesk Inventor e Autocad Mechanical, de modo a criar o sistema da bomba de óleo, em três e duas dimensões, respectivamente, para que qualquer construtor de materiais mecânicos, consiga produzir o tal mecanismo, sendo este funcional. Com estes programas tivemos de realizar uma série de desenhos técnicos em computador, sendo estes feitos seguindo um tipo de regras, de modo a obter um desenho bastante e necessariamente rigoroso.
  3. 3. Peças da Bomba de Óleo Corpo da Bomba – Aqui dentro encontram-se as engrenagens juntamente com as chumaceiras, constituindo o “motor” da bomba. Esta peça contém também 2 furos, um em cada lado do corpo, para a entrada e saída do óleo. Por fim, esta irá ser fixada a duas tampas, uma Tampa grande (frontal) grande e outra pequena (posterior), de modo a fechar o sistema mecânico e deixá-lo consistente. Tampa grande (frontal)– É fixada ao corpo por meio de pinos e parafusos. Contém na face interior duas reentrâncias para o alojamento de vedantes de modo a prevenir a saída de óleo e também um furo para a fixação das engrenagens. Na parte exterior, o último furo dito, irá conduzir a engrenagem a uma outra parte mecânica de modo a haver o funcionamento da bomba. Existe também nesse mesmo furo uma folga para a fixação de dois aneis retentores e de um freio, de modo a isolarem bem o mesmo. Tampa pequena (posterior) - Esta peça é fixada ao corpo e contém também duas reentrâncias para a fixação de vedantes
  4. 4. Chumaceira – Constitui o suporte para as engrenagens de modo a estas terem uma fixação no corpo. Têm também rasgos para a passagem de óleo para lubrificação. Engrenagens – Estes componentes são o “motor” da bomba e têm um accionamento devido à rosca na extremidade e contém um escatel para alojamento de uma chaveta. Parafusos e porcas – Servem para juntar as tampas (frontal e posterior) ao corpo da bomba. Vedantes – Existem quatro diferentes, cada dois para cada tampa, de modo a permitir o isolamento do óleo na bomba.
  5. 5. Anel retentor e freio – são dois anéis e um freio e encontram-se no orifício da tampa frontal e servem para evitar a saída do óleo pelo furo do veio motor, devido à elevada pressão ao que o óleo se encontra (aproximadamente 9MPa).
  6. 6. Conclusão Após a elaboração deste trabalho conclui que adquiri uma vastidão de conhecimentos acerca dos dois programas utilizados, referidos na introdução, despertando em mim um interesse na área do desenho técnico. Isto deveu-se ao facto de nunca ter tido nenhuma disciplina a que se aplica- se esta matéria e que após a realização do projecto, deparei-me com os obstáculos e dificuldades que um profissional no campo do desenho técnico tem na realidade. Posto isto, posso dizer que o projecto em si deu imenso trabalho e que ocupou horas sem fim, tendo ocorrido uma data de erros após a realização do mesmo, sem eu perceber porquê. Finalizando, quero acrescentar que após este projecto tenho uma imagem mental do Desenho Técnico, como um campo onde não pode existir erros e tem de haver muito rigor e exactidão, de modo a que pelo mundo fora, um técnico de produção de materiais, consiga produzir o tal mecanismo na sua total perfeição, quer geométrica e claro funcionalmente.

×