Etanol: energia limpa

456 visualizações

Publicada em

O uso de Etanol na geração de energia limpa.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Etanol: energia limpa

  1. 1. EtanolEtanol Combustível limpo e renovávelCombustível limpo e renovável Msc. Carlos A.N. RibeiroMsc. Carlos A.N. Ribeiro BotânicaBotânica
  2. 2. BiocombustíveisBiocombustíveis  Fontes de energias renováveis, derivados deFontes de energias renováveis, derivados de produtos agrícolas como a cana-de-açúcar,produtos agrícolas como a cana-de-açúcar, plantas oleaginosas, biomassa florestal eplantas oleaginosas, biomassa florestal e outras fontes de matéria orgânica.outras fontes de matéria orgânica.
  3. 3. EtanolEtanol  O etanol é usado como combustívelO etanol é usado como combustível automotivo na forma hidratada ou misturado àautomotivo na forma hidratada ou misturado à gasolina.gasolina.  Merece destaque como uma das principaisMerece destaque como uma das principais fontes energéticas do Brasil, além de serfontes energéticas do Brasil, além de ser renovável e pouco poluente .renovável e pouco poluente .
  4. 4. Aquecimento global e efeito estufaAquecimento global e efeito estufa  PalavraPalavra aquecimento globalaquecimento global refere-se aorefere-se ao aumento da temperatura média dos oceanos eaumento da temperatura média dos oceanos e do ar perto superfície da Terra.do ar perto superfície da Terra.  Causas:Causas:  Aumento de poluentes (queima deAumento de poluentes (queima de combustíveis fósseis) na atmosfera.combustíveis fósseis) na atmosfera.
  5. 5.  OO efeito estufaefeito estufa é um processo que ocorreé um processo que ocorre quando uma parcela dos raios infravermelhosquando uma parcela dos raios infravermelhos refletidos pela superfície terrestre é absorvidarefletidos pela superfície terrestre é absorvida por determinados gases presentes napor determinados gases presentes na atmosfera.atmosfera.  O efeito estufa dentro de uma determinadaO efeito estufa dentro de uma determinada faixa é de vital importância pois, sem ele, afaixa é de vital importância pois, sem ele, a vida como a conhecemos não poderia existir.vida como a conhecemos não poderia existir.
  6. 6. Esquema do efeito estufaEsquema do efeito estufa
  7. 7.  Os gases de estufaOs gases de estufa são:dióxido de carbonosão:dióxido de carbono (CO(CO22), metano (CH), metano (CH44),), Óxido nitroso (NÓxido nitroso (N22O), CFCO), CFC ´s (CFxClx).´s (CFxClx).  A conservação eA conservação e recuperação de áreasrecuperação de áreas florestais podem ajudar aflorestais podem ajudar a diminuir o aquecimentodiminuir o aquecimento global.global.
  8. 8.  Substituição do petróleo porSubstituição do petróleo por um combustível alternativoum combustível alternativo renovável.renovável.  Energia eólica, energia solar.Energia eólica, energia solar.  Utilização de energéticosUtilização de energéticos obtidos a partir da biomassaobtidos a partir da biomassa (corresponde a metade da(corresponde a metade da energia contida no petróleo).energia contida no petróleo).
  9. 9. Cana de AçúcarCana de Açúcar  A cana-de-açúcarA cana-de-açúcar ((sugarcanesugarcane, em Inglês),, em Inglês), elemento básico para aelemento básico para a obtenção do açúcar e deobtenção do açúcar e de vários tipos de álcool, entrevários tipos de álcool, entre eles o etanol.eles o etanol.  Pertencente à família dasPertencente à família das gramíneas (gramíneas (SaccharumSaccharum officinarumofficinarum).).
  10. 10. Distribuição:Distribuição:  Originária da Ásia.Originária da Ásia.  Início da produçãoInício da produção canavieira localizaram-se nacanavieira localizaram-se na região Nordeste,região Nordeste, expandindo-se para a regiãoexpandindo-se para a região Sudeste.Sudeste.  A condição climáticaA condição climática tropical do país eratropical do país era favorável, e permitiu afavorável, e permitiu a formação de grandesformação de grandes latifúndios monocultores.latifúndios monocultores.
  11. 11. BiomassaBiomassa  Fotossíntese:Fotossíntese:  Processo físico-químico que fixa o carbonoProcesso físico-químico que fixa o carbono roubando o seu óxido, seqüestrando-o daroubando o seu óxido, seqüestrando-o da atmosfera e, assim, contribuindo para a redução doatmosfera e, assim, contribuindo para a redução do efeito estufa.efeito estufa. LUZ + COLUZ + CO22 +H+H22O +NUTRIENTES → CO +NUTRIENTES → C66HH1212OO66 +H+H22O +OO +O22
  12. 12. Esquema da fotossínteseEsquema da fotossíntese
  13. 13. Importância da fotossínteseImportância da fotossíntese  Produção de alimentos.Produção de alimentos.  Seqüestro de carbono da atmosfera.Seqüestro de carbono da atmosfera.  Renovação do oxigênio na atmosfera.Renovação do oxigênio na atmosfera.  A queima e a decomposição da planta restitui o COA queima e a decomposição da planta restitui o CO22 para a atmosfera.para a atmosfera.  A queima da floresta amazônica corresponde àquelaA queima da floresta amazônica corresponde àquela devida a todo petróleo do planeta.devida a todo petróleo do planeta.
  14. 14. Tipos de combustíveis derivados daTipos de combustíveis derivados da biomassa:biomassa:  Plantas lignocelulósicas:Plantas lignocelulósicas: poder caloríficopoder calorífico intermediário.intermediário.  Plantas oleaginosas:Plantas oleaginosas: processam óleos.processam óleos.  Plantas ricas em açúcar:Plantas ricas em açúcar: fermentação.fermentação.  Cana-de-açúcar, milho,Cana-de-açúcar, milho, beterraba, etc.beterraba, etc.
  15. 15. Etanol da cana-de-açúcar:Etanol da cana-de-açúcar:  Produtividade:Produtividade:  Quantidade de biomassa produzida por unidade deQuantidade de biomassa produzida por unidade de área é superior a de qualquer outro vegetal.área é superior a de qualquer outro vegetal.  Menor custo de produção, devido à menorMenor custo de produção, devido à menor extensão de terra necessária.extensão de terra necessária.  Balanço energético:Balanço energético:  A razão entre a energia produzida e a energia totalA razão entre a energia produzida e a energia total utilizada para produzi-la é muito maior para outilizada para produzi-la é muito maior para o álcool da cana em relação as outras plantas.álcool da cana em relação as outras plantas.
  16. 16. Fermentação:Fermentação:  É um processo exotérmico de transformaçãoÉ um processo exotérmico de transformação química de açucares (Cquímica de açucares (C66HH1212OO66) em etanol) em etanol (C(C22HH55OH) e dióxido de carbono (COOH) e dióxido de carbono (CO22),), realizada por bactérias.realizada por bactérias.  Klebsiella oxytoca.Klebsiella oxytoca.  Desenvolvimento da hidrólise: transformaDesenvolvimento da hidrólise: transforma fibras em etanol.fibras em etanol.  Aumento de 200% na produção de etanol da canaAumento de 200% na produção de etanol da cana usando bagaço e palha.usando bagaço e palha.
  17. 17. Alternativas para gases de efeitoAlternativas para gases de efeito estufaestufa  Seqüestro e contençãoSeqüestro e contenção de dióxido de carbonode dióxido de carbono presente na atmosfera.presente na atmosfera.  Captação do COCaptação do CO22 nono local de sua emissãolocal de sua emissão (depositado em(depositado em anomalias geológicas).anomalias geológicas).
  18. 18.  Diminuir a emissão de gases de efeito estufa.Diminuir a emissão de gases de efeito estufa. (Transporte coletivo, bicicleta, etc).(Transporte coletivo, bicicleta, etc).
  19. 19. PROÁLCOOLPROÁLCOOL  Foi um programa bem-sucedido deFoi um programa bem-sucedido de substituição em larga escala dos derivados desubstituição em larga escala dos derivados de petróleo.petróleo.  Desenvolvido para evitar o aumento daDesenvolvido para evitar o aumento da dependência externa do petróleo.dependência externa do petróleo.  De 1975 a 2000, foram produzidos cerca deDe 1975 a 2000, foram produzidos cerca de 5,6 milhões de veículos a álcool hidratado.5,6 milhões de veículos a álcool hidratado.
  20. 20.  Substituiu por uma fração de álcool anidroSubstituiu por uma fração de álcool anidro (entre 1,1% a 25%) um volume de gasolina(entre 1,1% a 25%) um volume de gasolina pura consumida por uma frota superior a 10pura consumida por uma frota superior a 10 milhões de veículos a gasolina.milhões de veículos a gasolina.  Evitando:Evitando:  Emissões de COEmissões de CO22 da ordem de 110 milhões deda ordem de 110 milhões de toneladas de carbono.toneladas de carbono.  Importação de aproximadamente 550 milhões deImportação de aproximadamente 550 milhões de barris de petróleo.barris de petróleo.  Economia de divisas da ordem de 11,5 bilhões deEconomia de divisas da ordem de 11,5 bilhões de dólares.dólares.
  21. 21. Condição atualCondição atual  Brasil é autônomoBrasil é autônomo quanto aos combustíveisquanto aos combustíveis líquidos.líquidos.  Redução de 70% dosRedução de 70% dos custos da produção docustos da produção do etanoletanol
  22. 22.  Aumento do preçoAumento do preço internacional dointernacional do petróleo.petróleo.  Aumento no número deAumento no número de usinas.usinas.  Combustível limpo eCombustível limpo e renovável (emissão derenovável (emissão de gases de efeito estufa).gases de efeito estufa).  Previsão de 10 a 20Previsão de 10 a 20 anos para o petróleo nãoanos para o petróleo não será suficiente para aserá suficiente para a demanda.demanda.
  23. 23.  Problemas dosProblemas dos biocombustíveis:biocombustíveis:  A expansão da cana-de-A expansão da cana-de- açúcar no país.açúcar no país.  Diminuição de áreas ondeDiminuição de áreas onde atualmente se cultivamatualmente se cultivam gêneros alimentícios.gêneros alimentícios.  Colocar em risco aColocar em risco a integridade de importantesintegridade de importantes biomas, como a Amazônia,biomas, como a Amazônia, o Pantanal e a Caatinga.o Pantanal e a Caatinga.
  24. 24. Conseqüências do Efeito EstufaConseqüências do Efeito Estufa  Efeitos:Efeitos:  Aumento do nível dos oceanos; crescimentoAumento do nível dos oceanos; crescimento e surgimento de desertos; aumento dee surgimento de desertos; aumento de furacões, tufões e ciclones..furacões, tufões e ciclones..
  25. 25. CiclonesCiclones
  26. 26. MaremotosMaremotos
  27. 27. DestruiçãoDestruição

×