o espaço escolar na atualidade

1.077 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.077
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

o espaço escolar na atualidade

  1. 1. Barra do Garças/MT 2013 MARIA DO CARMO BORGES LEAL MARIA SUZANE BORGES LEAL SILVIA LETÍCIA NUNES DA SILVA RHAYENE CAMILA XAVIER KAISA EDAIANE SALES DE SOUSA SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO PEDAGOGIA O ESPAÇO ESCOLAR NA ATUALIDADE: Uma reflexão sobre o Projeto Politico Pedagógico da Escola Estadual Deputado Norberto Shwantes
  2. 2. Barra do Garças/MT 2013 O ESPAÇO ESCOLAR NA ATUALIDADE: Uma reflexão sobre o Projeto Politico Pedagógico da Escola Estadual Deputado Norberto Shwantes Trabalho de Pedagogia apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de média bimestral na disciplina de Psicologia da Educação: desenvolvimento e Aprendizagem. Educação, Sociedade e práxis educativa. Politicas Publicas na Educação Básica. Teorias e praticas do currículo. Pratica Pedagógica Interdisciplinar: escola e sociedade. Seminário Interdisciplinar II. Orientador: Prof. Carlos Eduardo Gonçalves, Raquel Franco Ferronato, Samira Kfouri, Vilze Vidotti, Bernadete Strang. MARIA DO CARMO BORGES LEAL MARIA SUZANE BORGES LEAL SILVIA LETÍCIA NUNES DA SILVA RHAYENE CAMILA XAVIER KAISA EDAIANE SALES DE SOUSA
  3. 3. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...........................................................................................................3 2 DESENVOLVIMENTO...............................................................................................4 3 CONCLUSÃO.............................................................................................................9 REFERÊNCIAS..........................................................................................................10
  4. 4. 1 INTRODUÇÃO . O presente trabalho tem por objetivo detalhar de forma clara a nossa visita ao espaço educacional da escola Estadual Deputado Norberto Shwantes. Conhecer o PPP (Projeto político pedagógico) e seu processo de elaboração. Descrever o ambiente educativo, analisando a infraestrutura, recursos disponíveis, métodos e técnicas de aprendizagem, assim como a participação da comunidade na escola. Para uma investigação aprofundada fizemos observação de uma sala de aula e entrevistamos uma professora, coletando informações sobre a sua formação, rotina, vivência e expectativas profissionais. 3
  5. 5. 2 DESENVOLVIMENTO 2.1 A Escola Estadual Deputado Norberto Shwantes A Escola Estadual Deputado Norberto Shwantes, objeto desta pesquisa esta situada na cidade de Barra do Garças no Estado de Mato Grosso, localizada no Conjunto Habitacional Piracema, alameda B, 117, foi construída no ano de 1988, com verbas do Governado Estadual, através da Secretaria de Estado da Educação e Cohab, ficando definitivamente a Cargo do Estado. O processo de criação da Escola foi elaborado no ano de 1989 e publicado no Diário Oficial de 04 de setembro de 1990, registrado sobre o nº 2.834 de 04/09/90. Foi autorizado pela Portaria nº 3.277/92 de 15 de dezembro de 1992 e publicado no Diário Oficial de 29/12/92, para o funcionamento à clientela do Ensino Fundamental e autorização para funcionamento do ensino médio por meio da Portaria nº 173/99 – SEDUC. Atualmente a Escola conta com uma clientela de 639 (seiscentos e trinta e nove) alunos, em sua maioria da classe social média baixa, distribuídos em sete salas médias com capacidade para até trinta e dois alunos, não climatizadas. A Escola Estadual Dep. Norberto Schwantes, está situada numa distancia de 4 km do centro da cidade. Cursos mantidos: • Ensino Fundamental: Ciclado – I, II e III ciclos; • Ensino Médio Regular; • Ensino Fundamental: EJA – 2º segmento. Os cursos funcionam nos três períodos, matutino, vespertino e noturno. A escola Norberto Shwantes conta Hoje com um quadro de 16 técnicos pedagógicos e 24 professores. Possui uma estrutura ampla com quadra esportiva coberta, biblioteca, laboratório de informática, sala de rádio, área de lazer (jardim) e refeitório. A sala de aula observada foi a sala da 2° fase II Ciclo antiga terceira série do ensino fundamental; possui 21 alunos que atualmente esta sobre orientação 4
  6. 6. da professora Maristela Rezende de Araújo Dantas que possui 27 anos de experiência. A principal característica da professora Maristela são seus métodos pedagógicos tradicionais utilizados na alfabetização e aprendizagem dos seus alunos. Apesar de tradicionalista a professora possui grande estima por parte da comunidade escolar em geral por ser considerada uma excelente profissional. Em entrevista a professora Maristela concluiu que uma das principais atividades da rotina escolar é o trabalho motivacional que ela realiza com seus alunos, por meio de brincadeiras, musicas, brinquedos pedagógicos entre outros que motivam o aprendizado e bom relacionamento e desenvolvimento dos seus alunos. Sobre o que a docente gostaria que fosse diferente no ambiente escolar: Que todos os professores usassem a mesma linguagem para manter a disciplina dos alunos e ate mesmo a disciplina dos próprios professores, que por vezes é negativa, ou seja, falta compromisso e respeito por sua carreira e com isso prejudica seus alunos que confiam que ele fará um trabalho satisfatório. (em entrevista) De acordo com o Projeto Politico Pedagógico (PPP) da Escola Norberto Shwantes essa nova visão sobre a formação educacional, a prática docente torna-se ainda mais imprescindível, uma vez que o professor desempenha papel de mediador entre o senso comum do aluno e o conhecimento científico necessário para que o educando possa construir uma realidade mais significativa. Desse modo, é função do professor conforme palavras da docente Maristela verificar o que e como o aluno está aprendendo, se está fazendo algo que se encontra ao seu alcance ou distante de suas reais possibilidades ou se tem condições de avançar mais, fazendo as devidas adequações, desencadeando novas ações e reflexões. Também é papel do docente conhecer o PPP e quais a competências do corpo docente dentro do ambiente escolar. 5
  7. 7. 2.2 O Espaço Educativo da Escola Estadual Norberto Shwantes O espaço escolar da Escola Estadual Norberto Shwantes é utilizado forma multifacetária como uma necessidade de inovação para o método de aprendizado fora da sala de aula, assim muitos projetos são desenvolvidos na escola e estão previstos no PPP e abrangem o pedagógico e contemplam a diversidade e estão abertos aos desafios vivenciados pela multicultura. Assim a escola desenvolve projetos como: arte e cultura, prevenção contras as drogas, inclusão de alunos especiais, projetos desenvolvidos pelos funcionários não docentes, como: Projeto de Reciclagem, Higiene Pessoal e Alimentação Saudável e capacitação de todos colaboradores. Entre essas varias faces também procuram alcançar a inclusão da família na escola com eventos como a “Festa da Família” que oferece um almoço para toda comunidade local. Além disso, a escola busca parcerias com órgãos como SENAI, SENAC e SENAR em cursos oferecidos dentro do ambiente escolar para a comunidade local, e também apoio aos projetos federais como Segundo Tempo. Essas práticas juntamente com o desenvolvimento da arte cultura: dança teatro, musica e a poesia são feitas como práticas pedagógicas, onde o aprendizado é objetivo principal. Deste modo deve-se entender que toda ação pedagógica dentro do espaço escolar com multifaces valoriza a cultura e as necessidades de sua comunidade para que o processo de educar fora da sala de aula aconteça de uma forma abrangente a toda comunidade escolar. 2.3 O ESPAÇO ESCOLAR NA ATUALIDADE: Uma reflexão sobre o Projeto Politico Pedagógico da Escola Estadual Deputado Norberto Shwantes O espaço escolar é um conjunto de vários ambientes frequentados por educadores e estudantes, nele se realizam as atividades de ensino e aprendizagem. Para que se tenha um bom ambiente escolar é necessário ter além de um prédio em boas condições de aprendizagem e acesso a todos, manutenção constante para obter boa conservação. E para que um espaço escolar se torne um espaço educativo, é importante que seus componentes materiais sejam adequados à proposta 6
  8. 8. pedagógica. E necessário também que toda a comunidade escolar assuma o compromisso com a educação dos alunos de maneira geral e que se sintam motivados a assumir o compromisso do Projeto Politico Pedagógico da escola, no seu cotidiano e no trato de suas funções. Cada escola tem uma meta a cumprir, sonhos e objetivos. Para realizar tudo isso é importante que a comunidade escolar coloque esforço e empenho para colocar tudo no papel e dando vida a um documento de suma importância para toda escola, o Projeto Politico Pedagógico, que é uma ferramenta que reflete a proposta educacional da escola. É com ele que a comunidade escolar pode desenvolver um trabalho coletivo, cujas responsabilidades pessoais e coletivas são assumidas para execução dos objetivos estabelecidos. Apesar das escolas se basearem em normas gerais da educação (a LDB), cada escola se diferencia entre si, pois cada uma tem suas necessidades e princípios específicos e estão em regiões/estados diferentes do País. O PPP da escola Norberto Shwantes é um guia para gestores e professores, funcionários, alunos e famílias. Ele é documento completo o suficiente para não deixar dúvidas sobre o que a escola tem como objetivo para atingir a excelência no processo ensino aprendizagem de seus alunos. Porém o que se nota é que o PPP não passa de uma mera formalidade para as escolas, em geral. Isso é claramente notada neste documento da Escola Noberto Shwantes, uma vez que quando elaborado pela primeira vez contava com um numero expressivo de alunos, não tendo assim vagas suficientes para todos que a procuravam. Esta informação continua no documento, apesar de hoje a escola sofrer com problemas de evasão. Problema este notado em diversas escolas. Falta estimulo, estrutura e acompanhamento dos pais para manter os alunos na escola; e quando se fala de educação de Jovens e adultos a situação é bem mais critica. Outro ponto Observado no PPP da escola Norberto é que ainda citam que a merenda escolar é exclusiva para os alunos do ensino fundamental e médio, afirmação esta que mudou, sendo hoje a merenda escolar um direito de todos. Por isso a participação da comunidade escolar na elaboração do PPP é tão importante; todos precisam conhecer as deficiências do ambiente escolar e elaborar um guia que realmente esteja de acordo com a realidade da escola e para que isto aconteça de maneira democrática é necessário organizar e resgatar conselhos de pais e estudantes previstos no PPP. É importante, também, como foi citado pela professora 7
  9. 9. Maristela que os docentes, e não apenas eles, tenham o compromisso de consultar o documento sempre que surgir duvidas a respeito de qual caminho seguir. Sabe-se que a educação é dever do Estado e obrigação da família, porém nesse processo a participação dos pais se torna cada vez menor. Consta no documento (PPP) que a educação é um dever da família, porém ela tem se distanciado do cotidiano escolar por diversos motivos. Isso contribui para o aumento da evasão e deixa muitos alunos a mercê de situações perigosas e ilícitas. Deste modo a escola tem assumido de maneira errônea o papel da família da vida do estudante, necessitando assim de projetos/ações eficazes para trazer os pais para dentro da escola. 8
  10. 10. 3 CONCLUSÃO A visita na escola Norberto Schwantes foi uma experiência produtiva para o crescimento de nossos conhecimentos referente ao modelo de escola na atualidade. Fez-se uma comparação com as escolas que cada indivíduo desse grupo estudou e notou-se que a escola da atualidade melhorou muito quando se fala em infraestrutura; hoje as escolas possuem quadra coberta, refeitório e laboratório de informática. As aulas são dinâmicas e mais atrativas já que a escola disponibiliza para os professores data show, Tablet (para cada docente) e internet em sala de aula. Mas também existem professores que mantém o modelo tradicional de ministrar suas aulas, como é o caso da docente escolhida na entrevista deste trabalho que usa ha 27 anos o mesmo modelo de educar, apenas incorporando novas técnicas pedagógicas. Ela adota na rotina de seus alunos, formação de fila e carteiras enfileiradas para que se mantenha a disciplina nas suas aulas. Os métodos utilizados pela professora Maristela parecem tradicionais e ultrapassados, no entanto são métodos ainda hoje eficazes e aprovados pelos pais, que disputam vagas na sala de aula dela para seus filhos. Assim podemos concluir que o tradicional e o novo devem se fundir para alcançar os objetivos da educação. Sobre o Projeto Politico Pedagógico da Escola Observada, entende- se que é um documento que deve ser revisado anualmente, pois é a concretização de todo um processo de planejamento, uma vez que nele estão detalhadas as diretrizes, os objetivos e as ações estabelecidas para o processo educativo a ser desenvolvido por essa Instituição de Ensino, além de expressar a síntese das exigências legais e sociais do sistema de ensino, bem como os propósitos e expectativas da comunidade escolar. Percebeu-se que o PPP atualmente tem sido apenas revisado superficialmente, não contemplando a participação da comunidade escolar, deixando informações que hoje não são mais parte da realidade da escola. Assim para que haja a participação efetiva da comunidade escolar, é necessário que o gestor em parceria com o conselho escolar crie um ambiente propicio que estimule trabalhos conjuntos, que considere igualmente todos os setores, coordenando os esforços de funcionários, professores, pessoal técnico- pedagógico, alunos e pais envolvidos no processo educacional. 9
  11. 11. REFERÊNCIAS SOBRENOME, Nome do autor. Título da obra. Edição. Cidade: Editora, Ano de Publicação. AAKER, David Austin. Criando e administrando marcas de sucesso. São Paulo: Futura, 1996. ALVES, Maria Leila. O papel equalizador do regime de colaboração estado- município na política de alfabetização. 1990. 283 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Campinas, Campinas, 1990. Disponível em: <http://www.inep.gov.br/cibec/bbe-online/>. Acesso em: 28 set. 2001. BRASIL. Consolidação das Leis do Trabalho. Texto do Decreto-Lei n.º 5.452, de 1 de maio de 1943, atualizado até a Lei n.º 9.756, de 17 de dezembro de 1998. 25 ed. atual. e aum. São Paulo: Saraiva, 1999. CARVALHO, Maria Cecília Maringoni de (Org.). Construindo o saber: metodologia cientifica, fundamentos e técnicas. 5. ed. São Paulo: Papirus, 1995. 175 p. CURITIBA. Secretaria da Justiça. Relatório de atividades. Curitiba, 2004. DEMO, Pedro. Metodologia do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 1999. ______. Pesquisa: princípio científico e educativo. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2000. MAINGUENEAU, Dominique. Elementos de lingüística para o texto literário. São Paulo: Martins Fontes, 1996. RAMPAZZO, Lino. Metodologia científica: para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. São Paulo: Stiliano, 1998. REIS, José Luís. O marketing personalizado e as tecnologias de Informação. Lisboa: Centro Atlântico, 2000. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Biblioteca Central. Normas para apresentação de trabalhos. 2. ed. Curitiba: UFPR, 1992. v. 2. 10

×