Lyfe Cycle Analyses: Concepts and Case Study - ERM

434 visualizações

Publicada em

Lyfe Cycle Analyses: Concepts and Case Study

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
434
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lyfe Cycle Analyses: Concepts and Case Study - ERM

  1. 1. “Insert” then choose “Picture” – select your picture. Right click your picture and “Send to back”. The world’s leading sustainability consultancy Life Cycle Assessment – Concepts & Cases Fernanda Michalischen & Braulio Pikman
  2. 2. 2 •Sobre a ERM •Análise de Ciclo de Vida •Estudo de Caso Conteúdo
  3. 3. 3
  4. 4. 4 Quem somos?
  5. 5. 5 Quem somos?
  6. 6. 6 Alguns dos nossos clientes
  7. 7. 7
  8. 8. 8 The Life Cycle Thinking Matérias Primas Transporte Produção Fase de Uso Disposição Final Berço Túmulo A cada estágio, os recursos naturais são consumidos e emissões e resíduos são liberados ao meio ambiente Portão Abordagem do Berço ao Túmulo (Cradle-to-Grave) Abordagem do Berço ao Portão (Cradle-to-Gate) Conceito: Análise de Ciclo de Vida (ACV)
  9. 9. 9  ISO 14040:2009: ACV - Princípios e estrutura  ISO 14044:2009: ACV - Requisitos e orientações A definição de OBJETIVO e ESCOPO da ACV A fase de análise de Inventário do Ciclo de Vida (ICV) A fase de Avaliação de Impacto do Ciclo de Vida (AICV) A fase de interpretação do ciclo de vida A comunicação e a revisão crítica da ACV As limitações da ACV A relação entre as fases da ACV Condições para o uso, escolha de valores e de elementos opcionais Introdução ACV – ISO 14040 e 14044
  10. 10. 10 Planejamento Estratégico: nível de informação dos tomadores de decisão Identificação de oportunidades para melhoria do desempenho ambiental e aperfeiçoamento de produtos em diversos pontos de seu ciclo de vida Marketing (rotulagem e declaração ambiental) A seleção de indicadores de desempenho ambiental relevantes (incluindo técnicas de medição) Por que realizar ACV?
  11. 11. 11 Fonte: World Economic Forum, Global Risks 2011 Por que realizar ACV?
  12. 12. 12 ACV no Brasil Iniciativas acadêmicas e governamentais Iniciativas corporativas: empresas realizando ACV para atender a demandas de clientes globais; pressão pela realização de inventários nacionais e disponibilização em bancos de dados
  13. 13. 13 Tendências em Sustentabilidade de Produtos Crescente pressão sobre a transparência da cadeia de suprimentos; Segurança dos produtos e requisitos regulatórios estão se expandindo rapidamente e se tornando globalmente mais complexos; Programas de gestão de ciclo de vida estão sendo implementadas para identificar economias de custos e oportunidades de diferenciação dos mercados; Aumentar o foco na captação e utilização de informações sobre o produto para melhorar os processos de negócios, reduzir custos e gerenciar riscos; Realização do valor através da incorporação de programas de sustentabilidade de produtos dentro das organizações e gestão programada de riscos e oportunidades. PRODUCT LIFECYCLEDisposal
  14. 14. 14
  15. 15. 15 Criação de um modelo de triagem para avaliar os impactos ambientais dos produtos e referencial, com base em dados primários e dados de pesquisa / publicamente disponível, para permitir uma fácil comparação entre produtos. Trabalho com fornecedor de produtos para auxiliar a identificação de projetos que minimizem impactos ambientais dentro do escopo de produtos propostos. Identificação de incerteza e potencial trade-offs entre diferentes impactos ambientais (por exemplo, o aumento do uso da água vs menor emissão de carbono). Programa de gestão de ciclo de vida para identificar economias de custos e oportunidades de diferenciação nos mercados; Os produtos lançados com mensagens sobre pacote. Para maiores detalhes: http://www.naturally-powered.com/ Case Study – Tesco
  16. 16. 16 Case Study – Tesco
  17. 17. 17 Case Study – Tesco
  18. 18. 18 Case Study – Tesco
  19. 19. 19 Case Study – Tesco
  20. 20. 20 Case Study – Tesco
  21. 21. 21 Fernanda Michalischen fernanda.michalischen@erm.com Braulio Pikman braulio.pikman@erm.com ERM Brasil Sustentabilidade, Energia & Mudança Climática T: +55 11 5095 7900 www.erm.com

×