O Modelo de Auto-Avaliação das
         Bibliotecas Escolares:




    Metodologias de operacionalização

                ...
D. Gestão da BE
D.1 Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE

Indicadores          ...
A BE adequa os seus objectivos, recursos                                    não Disciplinares, com vista a planificar
    ...
atribuem uma verba anual para a renovação                                      funcionamento da mesma.
                   ...
e A BE funciona num horário contínuo e          Horário da BE.                  - A BE funcionou em horário contínuo das
 ...
informação são aplicados, de forma                                            trabalhos de alunos, são divulgados no blogu...
- O relatório final será apresentado à
                                Direcção, ao Conselho Pedagógico, ao
              ...
A formanda: Aurélia Fernandes
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metod Oper (Parte Ii)

316 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metod Oper (Parte Ii)

  1. 1. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: Metodologias de operacionalização (Parte II) Biblioteca Escolar da EB 2,3 Eng. Duarte Pacheco Loulé A formanda: Aurélia Fernandes
  2. 2. D. Gestão da BE D.1 Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE Indicadores Factores críticos de sucesso Evidências Evidências extraídas dos Instrumentos, a integrar no Relatório da Auto- avaliação D.1.1 E A escola inclui a BE na formulação e Excertos das determinações - A missão e os objectivos da BE, constam no desenvolvimento da sua missão, princípios e contidas na documentação PE, no PCA e no R I. Integração/acção objectivos estratégicos e de aprendizagem institucional que define os - A BE está contemplada no Regulamento da BE na o O professor bibliotecário tem assento no objectivos e regula o Interno do Agrupamento, onde consta os seus Escola/Agrupamento Conselho Pedagógico funcionamento da objectivos, a sua missão, horário, composição C São desencadeadas acções com vista à escola/agrupamento, da equipa e sua representação no Conselho partilha, discussão e aprovação da missão e referente à BE: PEA, PCA, RI, Pedagógico. objectivos da BE nos órgãos de PAAA. - O PA da BE reflecte os princípios administração e gestão (conselho geral, orientadores do PE, integrando-se na política - Aspectos contidos nos director, conselho pedagógico), educativa da escola/agrupamento documentos que regem o departamentos curriculares e demais - O PAA da BE integra-se no PAAA, em funcionamento da BE e que se estruturas de coordenação educativa e de articulação com o PE. relacionam com esse item (PA; supervisão pedagógica - As Normas de Funcionamento da BE PAA; Normas de s O Regulamento Interno da Escola explicitam a organização funcional do espaço, Funcionamento; Guia do contempla os seguintes aspectos: a gestão de recursos materiais e humanos, as Utilizador). - Missão e objectivos da BE linhas orientadoras e operacionais da BE. - Organização funcional do espaço - Registos de - A professora bibliotecária integra o CP, - Organização e gestão dos recursos de reuniões/contactos. contribuindo para a afirmação e valorização informação - Projectos Curriculares de da BE no seio da comunidade educativa - Gestão dos recursos humanos afectos à Turma - A BE trabalha em articulação com as BE - Actas de reuniões Conselho BE/escolas do agrupamento, partilhando - Serviços prestados à comunidade escolar Pedagógico objectivos, recursos e actividades. no âmbito do Projecto Educativo - Actas de reuniões de - A professora bibliotecária contacta, - Regimento do funcionamento da BE Departamentos Curriculares regularmente, com os docentes das várias Áreas Disciplinares e das Áreas Curriculares A formanda: Aurélia Fernandes
  3. 3. A BE adequa os seus objectivos, recursos não Disciplinares, com vista a planificar e actividades ao currículo nacional, ao actividades conjuntas e apoiar com materiais projecto curricular de escola e aos pedagógicos disponíveis na BE. projectos curriculares das turmas. - A BE planifica e dinamiza actividades de pO Plano de desenvolvimento da BE promoção e de desenvolvimento da leitura e acompanha, em termos de acção literacias em articulação com alguns estratégica o Projecto Educativo da escola/ Departamentos, em especial, o de Língua agrupamento e outros projectos. Portuguesa. a O plano anual de actividades da biblioteca escolar relaciona-se em termos de objectivos operacionais, com o plano anual de actividades da escola e com outros projectos em desenvolvimento. D.1.2 e Os órgãos de administração e gestão Documentos de gestão da - A professora bibliotecária é proactiva, (conselho geral, director, conselho escola. sugere e propõe actividades e projectos aos Valorização da BE pedagógico) apoiam a BE e envolvem-se na colegas das várias áreas disciplinares. pelos órgãos de procura de soluções promotoras do seu Documentos de gestão da BE. - As professoras bibliotecárias do direcção, funcionamento. agrupamento reúnem, semanalmente, a fim de administração e f Os órgãos de administração e gestão põem Entrevista/questionário ao planificarem acções e actividades conjuntas. gestão da em prática uma política de afectação de director (CK1). - As professoras bibliotecárias reúnem, escola/agrupamento recursos humanos adequada às mensalmente, com o Grupo de Trabalho necessidades de desenvolvimento da BE. Excertos de actas de Concelhio e com o SABE a fim de delinearem n Os órgãos de administração e gestão apresentação de estratégias de colaboração, de construção e (director, conselho pedagógico) e os projectos/relatórios ao de partilha de recursos. departamentos curriculares estabelecem conselho pedagógico; - A professora bibliotecária reúne com o estratégias visando a articulação entre a determinações/recomendações Director para encontrar soluções promotoras BE e as demais estruturas de coordenação do conselho pedagógico. do funcionamento da BE, partilhando êxitos e educativa e de supervisão pedagógica. inquietações, sempre que necessário. e A escola contempla a BE e os seus Registos de - O Director mostra-se sensível e receptivo, recursos nos projectos e actividades projectos/actividades aos apelos da BE e, dentro do possível, educativas e curriculares. envolvendo trabalho na/com a disponibiliza recursos humanos e outros, de e Os órgãos de administração e gestão BE. acordo com as necessidades de A formanda: Aurélia Fernandes
  4. 4. atribuem uma verba anual para a renovação funcionamento da mesma. de equipamentos, para a actualização da Estatísticas de utilização da - A BE ainda não dispõe de um orçamento colecção e para o funcionamento da BE. BE. anual definido. c A escola encara a BE como recurso fulcral - A professora bibliotecária manifesta ainda no desenvolvimento do gosto pela leitura, na alguma preocupação em relação à escolha da aquisição das literacias fundamentais, na equipa e à sobrecarga horária em termos de progressão nas aprendizagens e no sucesso componente lectiva. escolar. - A BE, através da sua representação no CP, e Os docentes valorizam o papel da BE e envolve-se em projectos e actividades do integram-na nas suas práticas de ensino- agrupamento e trabalhou em articulação com aprendizagem. os Departamentos Curriculares e com as outras bibliotecas do agrupamento. - A BE desenvolveu projectos em parceria com alguns Grupos Disciplinares e com alguns professores, individualmente. - A BE envolve os encarregados de educação e a comunidade em geral, nos seus projectos e actividades. - A BE obteve verbas do PNL para o desenvolvimento de actividades de leitura orientada. - Os professores recorrem, com frequência, à biblioteca, como recurso e apoio às actividades lectivas, reconhecendo a sua importância. Todavia, a BE ainda não aparece mencionada em todas as planificações. - A análise da estatística de ocupação da BE revela que os alunos utilizam o espaço quer para a ocupação dos tempos livres quer para a realização de consultas, leituras, pesquisas e trabalhos, no âmbito das actividades curriculares A formanda: Aurélia Fernandes
  5. 5. e A BE funciona num horário contínuo e Horário da BE. - A BE funcionou em horário contínuo das alargado que possibilita o acesso dos Estatísticas de utilização da 8:45H às 17:00H, de modo a satisfazer as D.1.3 utilizadores no horário lectivo e acompanha BE. necessidades dos utilizadores. Resposta da BE às as necessidades de ocupação em horário Registos de - O horário dos professores da equipa, necessidades da extra lectivo. reuniões/contactos. distribuiu-se de forma a assegurar, escola/agrupamento e As BEs no agrupamento são geridas de Registos de diariamente, a presença de um dos seus forma integrada, rentabilizando recursos, projectos/actividades. elementos na BE, o que ainda é insuficiente. possibilidades de acesso a programas e Questionário aos docentes -A BE apresenta bons níveis de utilização . projectos. (QD3). - A equipa da BE, em colaboração com a p Os recursos e serviços da BE respondem Livro/Caixa de professora bibliotecária, elabora e às metas e estratégias definidas no sugestões/reclamações. disponibiliza materiais de apoio à pesquisa e projecto educativo, projecto curricular e ao estudo, dinamizando sessões de formação outros projectos. de utilizadores., no âmbito das literacias da o A BE cria condições e é usada como informação. recurso e como local de lazer e de trabalho. - A Equipa da BE dinamiza actividades em r A BE apoia os utilizadores no acesso à articulação com os docentes no âmbito da colecção, os equipamentos, à leitura, à promoção da leitura e da escrita e da pesquisa e ao uso da informação. pesquisa de informação. p A BE planifica com docentes, - A BE promove exposições, divulga trabalhos, departamentos curriculares e demais promove encontros com escritores e outras estruturas de coordenação educativa e de individualidades. supervisão pedagógica.ç A BE desenvolve - Alunos e professores consideram que a BE é projectos com a escola/agrupamento fundamental no apoio à pesquisa e à ao uso da p A BE assume-se como pólo de fomento e informação. de difusão cultural. - (%) de alunos avaliam de forma positiva o d A BE implementa um sistema de auto- apoio da equipa da BE na procura de avaliação contínuo documentação, na pesquisa de informação e a Os órgãos de direcção, administração e na realização dos trabalhos gestão são envolvidos no processo de auto- - (%) de professores avaliam de forma avaliação da BE. positiva as condições e os serviços da BE a Os instrumentos de recolha de - Todas as actividades da BE, bem como A formanda: Aurélia Fernandes
  6. 6. informação são aplicados, de forma trabalhos de alunos, são divulgados no blogue sistemática, e no decurso do processo de da BE e no Jornal Escolar (afecto à BE). gestão. - A BE utiliza a Plataforma Moodle para g A informação recolhida é analisada, e os facultar informação de interesse aos alunos resultados da análise/avaliação originam, e professores no âmbito das literacias e apoio quando necessário, a redefinição de ao currículo. estratégias, sendo integrados no processo de planeamento. e Os resultados da auto-avaliação são Informação recolhida com - A BE implementou um sistema de auto- divulgados junto dos órgãos de direcção, recurso ao sistema avaliação contínuo. D.1.4 administração e gestão (conselho geral, automatizado de gestão -- A BE utiliza de forma sistemática, Avaliação director, conselho pedagógico), estruturas bibliográfica instrumentos de recolha de informação das de coordenação educativa e de supervisão actividades realizadas e dos serviços da pedagógica, e da restante comunidade, com Registos de observação, prestados. BE na o objectivo de promover e valorizar as questionários, entrevistas ou - A Equipa da BE aplica questionários a escola/agrupamento mais-valias da BE e de alertar para os outros realizados no âmbito da alunos, professores e encarregados de pontos fracos do seu funcionamento. avaliação da BE. educação, sobre os serviços e o desempenho p São realizadas actividades de da BE. benchmarking Excertos de documentação - A Equipa da BE analisa a informação b A auto-avaliação da escola integra os recolhida. recolhida, tratando os dados de forma resultados qualitativa e quantitativa. da auto-avaliação da BE. - Os resultados da auto-avaliação da BE são divulgados em Conselho Pedagógico, Conselho Geral e no blogue. - O relatório final da BE reflecte o resultado da avaliação de forma holística, revelando pontos fracos e pontos fortes, bem como a planificação de acções futuras. - A Equipa da BE redefine prioridades e objectivos no seu Plano de Acção em função dos resultados obtidos. A formanda: Aurélia Fernandes
  7. 7. - O relatório final será apresentado à Direcção, ao Conselho Pedagógico, ao Conselho Geral e à RBE. - O novo Plano de Actividades da BE contempla acções de melhoria em função da análise efectuada. A formanda: Aurélia Fernandes
  8. 8. A formanda: Aurélia Fernandes

×