Testeneuromuscular2014

1.169 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
128
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Testeneuromuscular2014

  1. 1. TESTE NEUROMUSCULAR Profa. Renata Patricia Pudo
  2. 2. O que é Cinesiologia Aplicada?  Método de feedback do próprio corpo  No centro esta o teste muscular de diagnóstico, porém corresponde a 10% de todo espectro cinesiológico
  3. 3. Histórico  George Goodheart ( 1960) – Conceituou que músculos enfraquecidos num dos lados do corpo fazem com que os músculos normais opostos tornem-se ou pareçam estar tensos.  Descobriu a Cinesiologia Aplicada (CA) fundindo os conhecimentos de Cinesiologia, Quiroprática, Medicina Tradicional Chinesa, Tibetana, Indiana, etc.
  4. 4. In Memory Of... George J. Goodheart, DC. August 18, 1918 – March 5, 2008 George J. Goodheart, DC. August 18, 1918 – March 5, 2008. Founder and Developer of Applied Kinesiology (AK). Imagem retirada do site: kinesiology.net
  5. 5. Histórico  Jonh F. Thie ( 1970) – quiroprático, sintetizou e simplificou a CA para leigos chamando-a de Touch for Health ( TFH) – Saúde pelo Toque  John Diamond ( 1978) –médico, ex-presidente da Academia Internacional de Medicina Preventiva, escreveu o livro “Seu Corpo Não Mente”.  Casal Aragão ( 1982) – trouxeram a os ensinamentos do TFH para o Brasil e abriram o Centro de Treinamento de Bio-Psico-Cinesiologia no Rio de Janeiro Foto retirada do site: touch4health.com
  6. 6. PARA QUEM EU ESTOU PERGUNTANDO???
  7. 7. Esta energia caminha dentro de nós de um órgão a outro.Sempre na mesma ordem e em sentido dos ponteiros do relógio Imagem retirada do site: http://www.touch4health.com/
  8. 8. Questão basica....... A energia que circula por nosso corpo quando flui promove estado de saúde e quando sobre alguma alteração (deficiência, excesso ou estagnação) nos leva a um estado de não saúde gerando doenças. “O corpo humano renova esta energia através da alimentação, da respiração, da oração, da mentalização, da ginástica e do contato com a natureza: sol, água, terra, plantas, ar puro ...”(1) 1- Barth, R – Bio saúde - 2000
  9. 9. Músculo Indicador Confiável  Serve como instrumentos de resposta a cada estímulo que o corpo recebe.  O teste muscular utiliza sistemas de absorção e assimilação de estímulos, o que ocorre com uma velocidade muito alta.
  10. 10. Músculo Indicador Confiável  É o músculo ou grupo muscular (geralmente m. deltóide fibras médias) escolhido para ser submetido aos testes, deverá estar resistente, fácil de posicionar e livre de dores e contraturas.  Este músculo será posicionado de acordo com sua ação e sobre ele será exercido uma pressão e o julgamento será feito sobre o tônus muscular (FIRME OU FRACO), avaliando a capacidade do músculo reagir rápido e firmemente à pressão.
  11. 11. Músculo Indicador Confiável  A intenção não é surpreender a pessoa. Se o músculo for fraco, permanecerá fraco, e falha mesmo no enorme esforço consciente em resistir.  Julgue a resposta apenas no primeiro 5 cm de movimento. Se o músculo não responder dentro deste limite, considere-o fraco.  FORTE - dará a sensação de travar-se instantaneamente  FRACO- não consegue travar dentro da amplitude de movimento
  12. 12. Escolha de um músculo indicador confiável Pode ser usado qualquer músculo desde que preencha os seguintes pressupostos:    Deve estar livre de dor! Ser resistente a pressão do terapeuta Passar pelo pré-teste ( estar calibrado )
  13. 13. Algumas regras ...  Ambos devem estar tranqüilos!  Mostrar e explicar o modo de proceder para o     paciente, antes do teste Demonstrar o movimento Observar a exata posição de partida e a exata direção do teste Pressão com a mão aberta por cima da respectiva articulação Duração da pressão: 2 segundos
  14. 14. Algumas regras ...  Nada de teste surpresa  Repare se o paciente não esta compensando     com outro músculo Mão contrária fechada Orientar o paciente a não colocar a língua no céu da boca Evitar que o paciente fique descalço Retirar todos os objetos possíveis ( exceto ouro)
  15. 15. Exame do músculo indicador Exame pelo fluxo de energia dos meridianos Vaso Concepção e Vaso Governador.
  16. 16. Vaso Concepção Vaso Governador
  17. 17. Deltóide anterior (VB) Formas De Realizar o Teste
  18. 18. Formas de estar realizando o teste muscular:
  19. 19. Diagnósticos Correto Terapia Bem Elaborada Compreender melhor os distúrbios de saúde do paciente Tratamento bem sucedido
  20. 20. Teste de inversão de polaridade  Tensão em demasia no circuito podem ocasionar um curto-circuito entre cérebro e corpo e, naquele circuito, não haverá resposta .  O resultado será : respostas musculares confusas ou nenhuma resposta, olhar ausente e postura de desânimo
  21. 21. Teste de inversão de polaridade  Com um MI fazer os seguintes testes:    R27 (Direita/Esquerda) Osso Público e Coccix (Frente/Costas) Lábio superior e Lábio Inferior (Cima/Baixo)  Correção: massagear os pontos e retestar
  22. 22. Teste dos olhos  Sob tensão, pode haver uma perda da flexibilidade dos músculos dos olhos, e isso pode ocasionar um curto-circuito entre os hemisférios cerebrais direito e esquerdo ou entre as funções do cérebro anterior e posterior  Teste: testar o paciente olhando para os 8 cantos dos olhos + fechando os olhos (visão interior)
  23. 23. Teste dos olhos  Correção:     massagear o supra-orbital e o infra-orbital do centro para a lateral tocar o R27 tocar firmemente, toda a área muscular abaixo do ombro até os cotovelos. enquanto isso o testado mexe os olhos em todas as direções.
  24. 24. Teste do ouvido  Este teste indica se existe tensão em demasia nos músculos do pescoço e nos posteriores, anteriores e superiores do ouvido. Caso isso exista, causa diminuição da audição. A orelha funciona como uma antena e, muitas vezes, nos estressamos com o que ouvimos!
  25. 25. Teste do ouvido  Teste: Com um MI peça a pessoa que vire a cabeça para a direita e teste, em seguida para a esquerda e teste. Onde desligar indica que a função pode estar afeta devido ao pouco movimento muscular.  Correção: Puxar a orelha! De cima para baixo como se quisesse abri-la.
  26. 26. Teste cloacais  Tem como função limpara e liberar energia ligada a visão, audição e reprodução (vida sexual ou criatividade) Com isso a mente pode pensar com clareza, liberando o canal entupido de “coisas velhas”
  27. 27. Teste cloacais  Testar cada um dos pontos se algum desligar fazer a correção  Pontos anteriores    1 e 2 púbis – ligados a reprodução 3 e 4 R27 e 5 e 6 supra-orbitais - visão Pontos posteriores:   7 e 8 sacro-cóccix – ligados a memoria celular mais profunda 9 e 10 retro-auriculares e 11 e 12 supraauriculares- ligados a audição
  28. 28. Teste cloacais  Correção:  Algum ponto da frente tenha desligado:    Massagear os pontos : 1 e 3 ou 2 e 4 ou 1 e 5 ou 2 e 6 Algum ponto das costas tenha desligado   Massagear os pontos: 7 e 9 ou 8 e 10 ou 7 e 11 ou 8 e 12
  29. 29. Teste da água  Uma parte da homeostase é a regulação e equilíbrio dos líquidos corporais. A falta de água causa vários desequilíbrios e, inclusive pode prejudicar um balanceamento muscular.
  30. 30. Teste da água  Teste: selecionado um MI, o testador ira pegar um pouco do cabelo do testado e irá puxar. Se o músculo desligar significa que há falta de água no organismo.  Correção: o testado irá tomar agua e refazer o teste.
  31. 31. O Ring-Test
  32. 32. O-RING TEST  Desenvolvido pelo Dr. Yoshiaki Omura, Elaborou o Bi digital O-Ring Test – 1977 – Nova York  De 1978 – 1988 – fez testou o método fazendo exames duplamente – teste e exames de laboratório  Dr. Áton Inouê – 1989 – Nicaraguá  Ficou 3 anos fazendo exames duplos  Padre Renato Barth – 1993 – Brasil MT) (Cuiabá-
  33. 33. O-RING TEST  Omura conseguiu definir os três pontos fundamentais para atender ao doente: 1º- Descobrir que órgãos estão doentes no corpo; 2º- Detectar doenças que existam nos órgãos; 3º selecionar as plantas ou o tipo de quimioterapia que o corpo precisa para curar-se, sem que o intoxiquem ou lhe causem outro mal.
  34. 34. O-RING TEST A mão funciona como um imã eletromagnético. Aumenta ou diminui de potência aos novos estímulos que se sucedem.
  35. 35. O-Ring Test  São necessárias duas pessoas: o intermediário (que pode ser o paciente) e o testado.  O intermediário irá fazer um “O” com os dedos polegar mais um dedo (indicador ou médio, anelar ou mínimo). Testar pelo menos 02 anéis.
  36. 36. O-Ring Test Dr. Omura ressalta:  Um bom anel não deve ser aberto só com o(s) indicador(es) do terapeuta.  Um bom anel pode ser aberto visivelmente com dois dedos (indicadores e médios) do terapeuta.  Trabalha com um dedo
  37. 37. O-Ring Test
  38. 38. Teste por substituto  Usado para testar crianças pequenas demais para entender o teste, pessoas imobilizadas, ou amputadas, em coma, atletas pela excessiva força muscular, etc.  No O-Ring Test o intermediário irá segurar um arame ou outro metal ( o melhor é o cobre) que conduza corrente, terá no mínimo 20 cm, a grossura não importa, e o encostará no paciente, e com a outra mão fará o anel.
  39. 39. Teste por substituto  No teste muscular, o substituto deverá ser balanceado e com a outra mão deverá encostar no ombro do paciente durante todo o teste.  Os desequilíbrios energéticos da pessoa que não pode ser testada causaram fraque nos músculos correspondentes do substituto
  40. 40. BIBLIOGRAFIA  Saúde pelo toque – Jonh F. Thie – IBRACE  Cinesiologia Fundamentos, Prática e esquemas – Gunter Dobler – Manole  Bio-saúde – Renato Bart – s/ edit  Apostilas do Curso de Acupuntura Ceata  www.acupuntura.org.br  Apostila do Curso Rios de Luz – Eunice Ermel  Apostila Quintal de Recursos – Espaço do Ser  www.touch4hearth.net  www.kinesiology.net  http://cunhaharikyu-in.blogspot.com

×