A FORMAÇÃO DE PROFESSORES E O USO POTENCIAL DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS Curso de Licenciatura em Pedagogia - UERJ Ad 1 de Edu...
Atualmente, os alunos encontram-se imersos na cibercultura, estão todo o tempo conectados com as tecnologias digitais, int...
Em contraste, a escola ainda não imergiu no contexto cibercultural. Assim como diz Pierre Lèvy, a escola continua baseada ...
Isto, por sua vez, causa nos alunos desmotivação para o aprendizado, visto que interagem o tempo todo com as tecnologias d...
Na atual sociedade do conhecimento, é evidente a emergência da interatividade, pois as tecnologias digitais rompem com a l...
Esta interatividade com a qual os alunos convivem cotidianamente, precisa ser trazida também para a sala de aula.  Numa sa...
Para que isto possa ocorrer, é preciso que o professor ressignifique a sua prática docente, superando o modelo tradicional...
Tal inserção não deve ser feita de modo a subutilizar as tecnologias, mas de uma forma que as potencialize.
Para isso, é necessário, como afirma Kearsley (1996, p.4), “se queremos ver a tecnologia ter mais impacto nas escolas e na...
Assim, para que se possa haver o uso potencial das tecnologias digitais é preciso que a formação docente dê subsídios ao p...
Referências Bibliográficas <ul><li>Entrevista com os professores Marco Silva e Edméa Santos.  Paidei@: Revista Científica ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ad1 de ead a formação de professores e o uso potencial

426 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
426
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ad1 de ead a formação de professores e o uso potencial

  1. 1. A FORMAÇÃO DE PROFESSORES E O USO POTENCIAL DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS Curso de Licenciatura em Pedagogia - UERJ Ad 1 de Educação a Distância Alunas: Léia Coutinho Rezende Matrículas: 20082208111 Leone Rangel Rosa 20082208138 Rejuany Nóra Klein da Silva 20082208081 Simone Lopes Soares 20082208147
  2. 2. Atualmente, os alunos encontram-se imersos na cibercultura, estão todo o tempo conectados com as tecnologias digitais, integram a chamada “geração digital”, conforme afirma Silva (2003).
  3. 3. Em contraste, a escola ainda não imergiu no contexto cibercultural. Assim como diz Pierre Lèvy, a escola continua baseada no falar-ditar do mestre. E, quando as tecnologias digitais aparecem no contexto escolar, são subutilizadas.
  4. 4. Isto, por sua vez, causa nos alunos desmotivação para o aprendizado, visto que interagem o tempo todo com as tecnologias digitais e, quando estão na sala de aula se deparam com uma forma de transmissão do conhecimento que se baseia na memorização e reprodução.
  5. 5. Na atual sociedade do conhecimento, é evidente a emergência da interatividade, pois as tecnologias digitais rompem com a linearidade da transmissão das informações e renovam a relação do usuário com a imagem, com o texto, com o conhecimento.
  6. 6. Esta interatividade com a qual os alunos convivem cotidianamente, precisa ser trazida também para a sala de aula. Numa sala de aula interativa, o professor propõe a construção do conhecimento, oportunizando aos educandos criar, modificar e construir, não estando mais reduzidos a olhar, ouvir e copiar.
  7. 7. Para que isto possa ocorrer, é preciso que o professor ressignifique a sua prática docente, superando o modelo tradicional de ensino escolar, inovando suas aulas com a inserção das tecnologias digitais.
  8. 8. Tal inserção não deve ser feita de modo a subutilizar as tecnologias, mas de uma forma que as potencialize.
  9. 9. Para isso, é necessário, como afirma Kearsley (1996, p.4), “se queremos ver a tecnologia ter mais impacto nas escolas e nas organizações de treinamento, precisamos ter como nossa principal prioridade a preparação de bons professores.”
  10. 10. Assim, para que se possa haver o uso potencial das tecnologias digitais é preciso que a formação docente dê subsídios ao professor sobre como utilizar tais tecnologias, fazendo com que este esteja apto para inseri-las em sua prática docente.
  11. 11. Referências Bibliográficas <ul><li>Entrevista com os professores Marco Silva e Edméa Santos. Paidei@: Revista Científica de Educação a Distância. Disponível em http://plataforma.cederj.edu.br/ctrlsaladisciplina . Acesso em 11 agosto 2011. </li></ul><ul><li>Vídeo “BMW Vermelho”. Disponível em http://www.portacurtas.com.br/pop_160.asp?cod=180&Exib=1 . Acesso em 11 agosto 2011. </li></ul><ul><li>SILVA, Marco. Reinventar a sala de aula na cibercultura. Disponível em http://plataforma.cederj.edu.br/ctrlsaladisciplina . Acesso em 06 setembro 2011. </li></ul><ul><li>STAHL, Marimar M. Formação de professores para uso das novas tecnologias de comunicação e informação. Disponível em www.mvirtual.com.br/pedagogia/tecnologia/prof_nitcs.doc . Acesso em 13 setembro 2011. </li></ul><ul><li>ARAÚJO, Patrícia Maria Caetano de. Um olhar docente sobre as tecnologias digitais na formação inicial do pedagogo. Disponível em http://www.biblioteca.pucminas.br/teses/Educacao_AraujoPM_1.pdf . Acesso em 13 setembro 2011. </li></ul>

×