Teoria dos Campos conceituais

6.968 visualizações

Publicada em

Um breve resumo da Teoria dos Campos Conceituais de Gerard Vergnaud ...

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.968
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
282
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria dos Campos conceituais

  1. 1. TEORIA DOS CAMPOS CONCEITUAIS
  2. 2. POR QUE A FALTA DE INTERESSE DAS CRIANÇAS PELA MATEMÁTIC A???
  3. 3. Segundo Gerard Vergnaud: ...Infelizmente na educação não temos o hábito de levar as pesquisas para dentro
  4. 4. O DESINTERES SE DOS ALUNOS ACARRETA UMA SÉRIE DE DÚVIDAS E POR FIM
  5. 5. Mas quem é Gerard Vergnaud? Nascido em (1933) é um matemático, filósofo e psicólogo francês. Formado em Genebra, orientou mais de 80 teses de Mestrado e Doutorado; professor emérito do Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS), em Paris. Vergnaud é pesquisador em Didática da Matemática, tendo elaborado
  6. 6. A Teoria dos Campos Conceituais ajuda a entender como as crianças constroem os
  7. 7. De acordo com Gérard Todos perdem quando não utilizamos a pesquisa na prática. Só conhecendo a forma como os alunos aprendem é
  8. 8. Ainda de acordo com Gérard.. A pesquisa é fundamental para ensinar a disciplina, pois permite prever formas mais eficientes de trabalhar os conteúdos. E como fazer essa transposição, ou seja, levar a pesquisa para a sala de aula? Nem sempre é fácil, mas se não levamos esses resultados para a sala, continuamos a fazer o que é feito a séculos nas escolas. A
  9. 9. E mais... Muitos resistem às descoberta s por acreditar que basta repetir o Como aumentar o interesse dos professore s pela
  10. 10. Há aproximadament e 30 anos, ninguém estudava isso, e com o passar dos tempo foram sendo desenvolvidos trabalhos para explicar como a crianças Aos poucos vamos quebrando o paradigma de que o formato de aprendizado é fixo, que não pode ser mudado. A Teoria dos Campos Conceituais começa a ser utilizada nos cursos de formação.
  11. 11. Com o uso da Teoria dos Campos Conceituais, os ganhos em relação a aquisição de conhecimento são enormes. Através da observação do erro num determinado percurso, é possível obter Como o professor consegue partir da teoria para a prática? De acordo com Verganaud, só com muito estudo e formação. Testar e trabalhar as ideias com os alunos, cometer erros e acertos, recomeçar sempre. Esses são os passos para a segurança na
  12. 12. Como o professor pode interferir nesse processo de aprendizado? O conhecimento é uma adaptação a situações nas quais é necessário fazer algo. Devemos confrontar as crianças com situações nas quais elas precisem desenvolver conceitos, ferramentas, limites, etc, para obtenção de sucesso na situação. Na Matemática trabalhamos com a resolução de situaçõesproblema, uma ferramenta, que se, bem utilizada, rende bons frutos na evolução do conhecimento. Nosso papel é Gerenciar o
  13. 13. Como as crianças constroem o conhecimento matemático? Aos 5 anos elas já compreendem alguns aspectos da adição, porém só mais tarde elas compreendem alguns problemas como, por exemplo, quantas meninas há em um grupo de sete, sendo que três são meninos? Em problemas que relacionam o tempo, a dificuldade é muito grande como, por exemplo, joguei duas rodadas de bola de gude, sei que perdi seis na segunda, e que no total ganhei quinze. O que aconteceu na primeira partida?
  14. 14. Há vários tipos de problemas ligados a adição e a subtração. Devemos propor situações aos alunos, com números que eles consigam operar, caso contrário desanimam e perdem a motivação para terminar a atividade. Ele pode até O que é necessário mudar na dinâmica das escolas atuais? A educação é um universo muito complexo e é preciso enxergá-la com um grande sistema. Na maioria das vezes é considerada como custo e não como investimento. Se a política educacional implantada não tiver objetivos claros e direcionados, não adianta culpar o professor, o diretor, os pais, o aluno, etc. São os homens que produzem coisas novas,
  15. 15. Qual o papel da formação docente nesse contexto? Não existem milagres. Devemos dar ao professor meios de conhecer melhor o seu trabalho, os limites de sua ação, os obstáculos que vai encontrar e a forma de controlar a evolução das turmas. Um instrumento para controlar e atingir os
  16. 16. A Didática é a chave do conhecimento escolar hoje. Precisamos compreender que cada disciplina possui sua respectiva didática. Dentro da didática da matemática, as estruturas multiplicativas são diferentes das estruturas aditivas, e assim por diante. É essencial tomas consciência dessas especificidades em cada disciplina.
  17. 17. Concluindo... Se não fizermos isso urgentemente, o preço a pagar será o fracasso escolar, ao menos para um grupo de estudantes. Alguns conseguem aprender mesmo com a desorganização do ensino. NEM SEMPRE A CULPA É DO ALUNO.
  18. 18. Precisamos incentivar e mostrar aos alunos o quanto utilizamos a matemática em nosso dia-dia. Tratar a Matemática como a Ciência
  19. 19. UM BREVE RESUMO TEORIA DOS CAMPOS CONCEITUAIS
  20. 20. De acordo com a TCC: - O conhecimento emerge de resoluções de problemas, sejam eles de caráter teórico ou prático; - O conhecimento emerge a partir da ação do sujeito sobre a - A ação precisa de uma reflexão para que não se torne apenas uma competência adquirida, mas sim, que se encaminhe na direção da formação e
  21. 21. Conceitos e competências Definição Conceito: (do latim conseptus, do verbo concipere, que significa "conter completamente", "formar dentro de si")...
  22. 22. De acordo com Vergnaud: - O conhecimento é fruto da maturação do indivíduo, de sua experiência e de sua aprendizagem. -Existe também a maturação de estruturas cognitivas, responsáveis pela evolução do pensamento mais complexo. -Para a formação de um conceito é necessário interagir com ele numa diversidade de situações. -Uma única situação, por sua vez, envolve sempre vários conceitos.
  23. 23. Se precisamos de várias situações para nos apropriar de um dado conceito e cada situação traz consigo vários conceitos, então não faz sentido falar na formação de um conceito, mas sim na formação de
  24. 24. Um campo conceitual pode ser definido como um conjunto de problemas ou situações cuja análise e tratamento requerem vários tipos de conceitos, procedimentos e representações simbólicas, os quais se encontram em estreita conexão uns com os
  25. 25. A teoria dos campos conceituais oferece valiosos elementos para a análise das competências e dificuldades dos alunos e constitui uma ferramenta poderosa para a construção de diagnóstico dos alunos, a partir da análise das estratégias adotadas por esses
  26. 26. Em resumo, o aluno se apropria do conhecimento a partir de sua interação com situações já conhecidas. O conhecimento, portanto, inicia-se a partir de características locais, ou seja, todos os conceitos tem um domínio de validade restrito o qual varia de acordo com a experiência e com o
  27. 27. Vergnaud estudou dois grandes campos conceituais: Campo aditivo estruturas aditivas Campo multiplicativo estruturas multiplicativas Relações entre o todo e suas partes com conceitos de adição, subtração, transformação de tempo, comparação, etc. Conceitos, procedimentos e representações simbólicas como as funções lineares e não lineares, espaço vetorial,combinatória, área, análise dimensional, fração,
  28. 28. PROBLEMAS As idades de Ana, Beto e Cris somam 31 anos. Dentro de 3 anos, qual será a soma de suas Quatro bicicletas tem 8 rodas, quantas rodas tem 6 bicicletas?
  29. 29. REFERÊNCIAS - Magina S. Contribuições da Teoria dos Campos Conceituais para a formação de conceitos matemáticos. Disponível em: http://www.ime.unicamp.br/erpm2005/anais/conf/ conf_01.pdf. - Vergnaud,G. A criança, a matemática e a realidade, Ed. UFPR, 1998. - Revista Nova Escola. Entrevista com Gerard Vergnaud. Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/matematica/funda mentos/todos-perdem-quando-nao-usamospesquisa-pratica-427238.shtml.

×