RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
GUARULHOS
2013 – 2014
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma de
noss...
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
Este relatório de gestão do SAE Carlos Cruz é produzido no momento em que a atual
ge...
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
Série Histórica Usuários Cadastrados
Fonte: SAE Carlos Cruz. 2014
Recursos Humanos =...
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
• 01 Fisioterapeuta (30 Horas)
• 04 Auxiliares de Limpeza (PROGUARU)
• 04 Controlado...
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
Ao falarmos de atendimento é desafiador nosso índice médio de Absenteísmo que gira
e...
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
O objetivo destes serviços é prestar um atendimento integral e de qualidade aos
usuá...
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
Em 2013 tivemos exercício esperado na realização de Oficinas de Saúde voltadas a
qua...
RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ
Considerações
2013 demonstrou ser divisor de águas no desempenho do SAE Carlos Cruz....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatorio de Gestão Sae Carlos Cruz 2013

299 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio de Gestão Sae Carlos Cruz 2013

  1. 1. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ GUARULHOS 2013 – 2014
  2. 2. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma de nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, a margem de nós mesmos.” Fernando Pessoa Edição Luciana Aparecida Congo da Costa Gerência em Saúde SAE Carlos Cruz GUARULHOS 2013 – 2014
  3. 3. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ Este relatório de gestão do SAE Carlos Cruz é produzido no momento em que a atual gestão completa três anos de trabalho, de 2010 a 2013. Mais que uma prestação de contas este documento pretende apresentar o contexto deste Serviço de Saúde, suas metas, objetivos e principalmente o trabalho desenvolvido dentro desta Gestão até o presente momento. Além de um momento de reflexão e compreensão do que já foi feito, esperamos que esse trabalho auxilie na definição de uma visão de futuro para esse cenário de cuidado. Por ser uma tarefa de enormes dimensões, nossa opção foi da busca do equilíbrio entre o grande volume de informações e dados existentes e a produção de um documento conciso que pudesse registrar com precisão a história do SAE sob o olhar da equipe que é responsável pela organização do atendimento do nosso Usuário, naquela que hoje é uma ascendente porta de entrada do usuário no cuidado ao HIV/Aids e Hepatites Virais no Município de Guarulhos. Por ser um dos principais acessos as Pessoas Vivendo (PVHA) e Convivendo com HIV/Aids e Hepatites Virais (PVH), o atendimento ambulatorial é responsável direto pela quase totalidade do movimento desta estrutura que é referência em cuidado e atenção à saúde, no nível secundário, que vai além da cena de uma região de saúde com mais de 2 milhões de habitantes, haja vista atender a outros municípios que compõem o Alto Tietê. Histórico e Estrutura Organizacional: Desde o ano 2010, através da pactuação com os gestores municipais, o enquadre na Programação de Ações e Metas (PAM) que agrega planejamento em Fóruns Estadual e Federal, o SAE Carlos Cruz concentra suas ações em Ambulatório no Parque Jurema, tendo por consequências, essa medida impulsionado ainda mais o crescimento da demanda por consultas ambulatoriais especializadas, tanto de pacientes de primeira vez quanto de retornos as PVHA e concentrado a partir de 2013 atenção as PVH, já que o ambulatório avança no sentido de qualificar seu atendimento nestas populações vulneráveis que exigem um atendimento e acompanhamento em serviços de maior complexidade. O projeto arquitetônico do SAE Carlos Cruz foi concebido em 2009 em prédio alugado que já era utilizado por Departamento da Secretaria Municipal de Saúde. Vale esclarecer que o SAE desenvolvia suas atividades desde 2006 nas dependências da UBS Dona Luiza restrito a dois consultórios. Apesar de algumas ampliações realizadas na área destinada ao atendimento ambulatorial, utilizada atualmente, e considerando que em 2010 realizamos 3.000 consultas e procedimentos em relação a 2013 que foram realizados mais de 16.000 consultas e procedimentos ambulatoriais a gestão desta área torna-se vital para o bom andamento de todo processo de trabalho desenvolvido pelo SAE Carlos Cruz. Questão importante, o prédio onde está localizado o SAE Carlos Cruz não foi identificado pela Secretaria Municipal de Saúde até a presente data, o que interfere no Marketing Visual do Serviço de Saúde. GUARULHOS 2013 – 2014
  4. 4. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ Série Histórica Usuários Cadastrados Fonte: SAE Carlos Cruz. 2014 Recursos Humanos = Força de Trabalho Visualizando a progressão no quantitativo de Usuários cadastrados neste SAE, faz-se importante discutir Quadro de Recursos Humanos (Fonte: CNES) que atualmente desenvolve os processos de trabalhos: • 01 Gerência • 03 Atendentes SUS (40 Horas) • 02 Enfermeiros (40 Horas) • 03 Auxiliares de Enfermagem (02- 36 Horas / 01- 40 Horas) • 01 Farmacêutica (40 Horas) • 01 Prática de Farmácia (40 Horas) • 01 Assistente Social (40 Horas) • 01 Psicóloga (40 Horas) • 01 Nutricionista (40 Horas) • 02 Médicos Infectologistas (24 Horas) • 01 Médico Ginecologista (10 Horas) • 01 Médico Pneumologista (20 Horas) • 01 Educadora Física (04 Horas) • 01 Fisioterapeuta (06 Horas) • 03 Auxiliares de Limpeza (PROGUARU) • 02 Controladores de Acesso - noturno (PROGUARU) Diante do exposto, se faz necessário atentar que o quadro de Recursos Humanos apresentado não é o ideal. Sendo por nós idealizado e necessário para intervenção qualitativa: • 01 Gerência • 01 Administrativo • 04 Atendentes SUS (40 Horas) • 03 Enfermeiros (40 Horas) • 04 Auxiliares de Enfermagem (02- 36 Horas / 01- 40 Horas) • 02 Farmacêuticas (40 Horas) • 01 Prática de Farmácia (40 Horas) • 02 Assistentes Sociais (40 Horas) • 01 Psicóloga (40 Horas) • 01 Nutricionista (40 Horas) • 03 Médicos Infectologistas (24 Horas) • 01 Médico Ginecologista (10 Horas) • 01 Médico Pneumologista (20 Horas) • 01 Educadora Física (40 Horas) GUARULHOS 2013 – 2014
  5. 5. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ • 01 Fisioterapeuta (30 Horas) • 04 Auxiliares de Limpeza (PROGUARU) • 04 Controladores de Acesso (PROGUARU) É ponto crucial a discussão e adequação do quadro de Recursos Humanos no SAE Carlos Cruz, que hoje apresenta prejuízos na gestão do atendimento em virtude da falta destes profissionais compondo a Equipe Multidisciplinar. Caracterização do atendimento no SAE Carlos Cruz – Produtividade: Estabelecendo comparativo entre os anos de 2006, 2012 e 2013 no que se refere ao atendimento (consultas e procedimentos) observamos aumento de 500%. Aumento considerável por não dar-se apenas quantitativamente, mas qualitativamente. Ainda observando entre os anos de 2012 e 2013 vislumbramos aumento de mais de 24% na produção de consultas e procedimentos. Fonte: JSaúde Quando observamos os dados relativos à População residente em Guarulhos por sexo e faixa etária, bem como em relação à Pirâmide Populacional por faixa etária (Fonte: IBGE, 2010), incorporamos a grande massa de atendimento no público adulto de 18 a 40 anos com mínima diferença entre sexos, sendo a maioria homens. Baixa escolaridade é uma característica prevalente, como pessoas da raça negra. GUARULHOS 2013 – 2014
  6. 6. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ Ao falarmos de atendimento é desafiador nosso índice médio de Absenteísmo que gira em 36%, estando muito distante do almejado. JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO MEDIA MARCADOS SAE CARLOS CRUZ 43 30 60 58 45 48 55 46 61 67 38 53 50 CONFIRMADOS SAE CARLOS CRUZ 29 16 36 36 30 32 38 30 39 41 22 40 32 ABSENTEISMO SAE CARLOS CRUZ 14 14 24 22 15 16 17 16 22 26 16 13 18 ABS % SAE CARLOS CRUZ 33% 47% 40% 38% 33% 33% 31% 35% 36% 39% 42% 25% 36% Fonte: CRA-Região Saúde IV Fonte: CRA-Região Saúde IV Vale destacar o incremento do Call center realizado pela Recepção do SAE, porém há elemento importante que caracteriza comportamento de nossos Usuários que é o anonimato. Que parece “infectar” a maneira de lidar com a Rede de Cuidados. Especialidades Em Guarulhos, somos três Serviços de Saúde 100% SUS, administrados pelo município, no formato de Ambulatórios de Especialidades: SAE Carlos Cruz no Parque Jurema, CTA no Jardim Tranquilidade e o SAE Pediátrico no Centro. GUARULHOS 2013 – 2014
  7. 7. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ O objetivo destes serviços é prestar um atendimento integral e de qualidade aos usuários, por meio de uma equipe de profissionais de saúde composta por médicos, psicólogos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, farmacêuticos e práticos, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas, educadores físicos, atendentes SUS, colaboradores PROGUARU, entre outros. Quando há necessidades de especialidades em saúde não contempladas nesses serviços é acionado o Sistema de Regulação (SISREG). Algumas de suas atividades principais são: cuidados de enfermagem; orientação e apoio psicológico; atendimentos em infectologia, ginecológico, pneumologista; controle e distribuição de antirretrovirais; orientações farmacêuticas, realização de exames específicos de monitoramento; testes rápidos, distribuição de insumos de prevenção; atividades educativas para adesão ao tratamento e para prevenção e controle de DST e aids. A qualidade da assistência prestada nesses serviços de saúde e o diagnóstico precoce são as principais estratégias para a redução mortalidade e morbidade à aids e Hepatites B e C. Somos referência na Rede Farmacêutica de Guarulhos. Seguimos novo o Protocolo Clínico e Diretrizes terapêuticas para Manejo da Infecção pelo HIV em adultos (PCDT) – Portaria SVS nº 27, 29/12/2013 que recomenda o início da terapia antirretroviral estimulada para todas as pessoas que vivem com HIV, independente do nível de CD4, na perspectiva não apenas da melhoria da qualidade de vida, mas também da redução da transmissão do HIV. Atualmente temos 425 Usuários Cadastrados neste SAE em uso de Terapia Antirretroviral para HIV/Aids. Também referência na seara Nutricional, sendo que dos 49,6% dos Usuários em atendimento nesta especialidade 16,9% recebem Complemento Nutricional dispensado neste SAE. A atenção em Saúde Mental no SAE Carlos Cruz ocorre em todos os núcleos da assistência e está organizada para dar apoio às necessidades dos usuários que vivem com HIV, DST e Hepatites virais, bem como seus familiares e no atendimento a travestis e transexuais visando encaminhamento ao Ambulatório de Atenção Integral a transexuais e travestis CRT/SP. Pró-Rede Saúde Iniciamos este Convênio em 2012 recebendo única parcela. Em 2013, recebemos as três parcelas possibilitando manutenção, conservação e pequenos reparos na Unidade de Saúde e de equipamentos, compra de material de consumo e permanente, atividades e projetos relativos à promoção da Saúde. Promoção de Saúde GUARULHOS 2013 – 2014
  8. 8. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ Em 2013 tivemos exercício esperado na realização de Oficinas de Saúde voltadas a qualidade de vida de nossos Usuários, com participação de mais de 300 Usuários: • Chá das Bonecas – Encontros de socialização voltado para população de travestis. • Oficina de Unhas – Encontros focando saúde e cuidados com mãos e pés. • Dia de combate as Hepatites Virais – Encontro voltado a qualificação de profissionais. • Passeio ao Museu Arte Moderna – Passeio focando socialização. • Passeio ao Museu Afro descente – Passeio focando socialização. • Festa Junina – Focando socialização e contato com cultura regional. • Evento contra Homofobia – Focando respeito a diversidade. • Evento Dia do Homem – Focando respeito de gênero. • Evento Dia da Mulher – Focando respeito de gênero. • Festa Natalina – Focando socialização e dinâmica familiar. Prevenção de Agravos Durante o ano de 2013, realizamos mais de 4.000 Testes Rápidos para HIV (principalmente), Sífilis e Hepatites B e C, em ações extramuros, com efetiva participação popular. Associadas a realização dos Testes foram realizadas Oficinas de Sexualidade e ampliação no Cardápio de Prevenção as DST’s. GUARULHOS 2013 – 2014
  9. 9. RELATÓRIO DE GESTÃO – SAE CARLOS CRUZ Considerações 2013 demonstrou ser divisor de águas no desempenho do SAE Carlos Cruz. Trabalhamos: • Nossa Identidade Visual • Aumentamos nossa produtividade em 24% enquanto consultas e procedimentos • Contribuímos no percentual de redução geral da Epidemia da Aids no Município • Incrementamos Serviço de Tratamento Assistido (STA) em Hepatites Virais (aplicação Interferon, realização de PCR Quantitativo e Genotipagem) • Estabelecemos rotina de Sala de Vacinas • Acolhimento realizado pela Equipe Multidisciplinar • Realização de Todos os Testes Rápidos (HIV, Sífilis, Hepatites B e C) por todos os profissionais habilitados pelo Ministério da Saúde • Realização de exames de Alto Custo encaminhados para Laboratório em São Paulo aproximadamente 250 coletas mensais • Atendimento multidisciplinar em Unidade do Sistema Prisional (CDP II) 49 usuários • Reconhecimento enquanto Serviço de Saúde de referência, suporte e treinamento na seara do HIV/Aids e Hepatites Virais para Rede de Atenção Ainda é nosso grande desafio a Gestão Individual da Saúde do Soropositivo HIV/Aids e Hepatites Virais dentro do Coletivo no SUS em toda dimensão da Atenção. GUARULHOS 2013 – 2014

×