Lição 01 - Gênesis, o livro da criação divina

320 visualizações

Publicada em

Que este material possa ser útil na ministração da Escola Bíblica.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 01 - Gênesis, o livro da criação divina

  1. 1. GÊNESIS, O LIVRO A CRIAÇÃO DIVINA 4º Trimestre de 2015 04 de outubro de 2015 Lição 01
  2. 2. Texto Áureo "No princípio, criou Deus os céus e a terra." (Gn 1.1) "No princípio, criou Deus os céus e a terra." (Gn 1.1)
  3. 3. Verdade Prática Sem o livro de Gênesis, as grandes perguntas da vida ainda estariam sem resposta. Sem o livro de Gênesis, as grandes perguntas da vida ainda estariam sem resposta.
  4. 4. 1 - No princípio, criou Deus os céus e a terra. 2 - E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. 3 - E disse Deus: Haja luz. E houve luz. 4 - E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação entre a luz e as trevas. 5 - E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã: o dia primeiro. 6 - E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. 7 - E fez Deus a expansão e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão. E assim foi. LEITURA BÍBLICA Gn 1.1-10,14,26
  5. 5. LEITURA BÍBLICA Gn 1.1-10,14,26 8 - E chamou Deus à expansão Céus; e foi a tarde e a manhã: o dia segundo. 9 - E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porção seca. E assim foi. 10 - E chamou Deus à porção seca Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares. E viu Deus que era bom. 14 - E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. 26 - E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra.
  6. 6. Objetivo Geral Apresentar um panorama geral do livro de Gênesis.
  7. 7. Objetivos Específicos  Conhecer os objetivos do livro de Gênesis;  Explicar o conteúdo do livro de Gênesis;  Aplicar o conteúdo aprendido à vida pessoal.
  8. 8. INTRODUÇÃO
  9. 9. INTRODUÇÃO • S e m o G ê n e s i s , n ã o t e r í a m o s c o n d i ç õ e s d e r e s p o n d e r à s g r a n d e s p e r g u n t a s d a v i d a : “ Q u e m f e z o s c é u s e a t e r r a ? ” e “ D e o n d e v i e m o s ? ” . Te n d o e m v i s t a a s u a i m p o r t â n c i a à n o s s a f é , c o m e ç a r e m o s a e s t u d a r, a p a r t i r d e a g o r a , e s s a p o r ç ã o t ã o q u e r i d a d a s S a g r a d a s E s c r i t u r a s . • Q u e o S e n h o r n o s a j u d e a e n t e n d e r a s u a o b r a c r i a d o r a e o s p r o p ó s i t o s d a s u a c r i a ç ã o . E q u e o E s p í r i t o S a n t o n o s i l u m i n e c o m a s h i s t ó r i a s e d o u t r i n a s d o l i v r o q u e , e s c r i t o h á t r ê s m i l e q u i n h e n t o s a n o s , j a m a i s p e r d e u a i n f l u ê n c i a e a a t u a l i d a d e . • E s t u d e m e t o d i c a m e n t e o G ê n e s i s . D e s t a q u e a s p a r t e s q u e m a i s l h e t o c a r e m o c o r a ç ã o , a p l i c a n d o - a s à s u a v i d a . Vo c ê c o m p r o v a r á a e f i c á c i a d e s s e l i v r o d a B í b l i a e m s e u c o t i d i a n o .
  10. 10. PONTO CENTRAL O livro de Gênesis responde as grandes pergunta da vida: "Quem criou o universo?" e "De onde viemos?".
  11. 11. I. TEMA, DATA, AUTORIA E LOCAL
  12. 12. I. TEMA, DATA, AUTORIA E LOCAL N e s t e t ó p i c o , b u s c a r e m o s a l g u m a s i n f o r m a ç õ e s b i b l i o l ó g i c a s s o b r e o p r i m e i r o l i v r o d a B í b l i a S a g r a d a . 1 . Te m a . O t e m a d e G ê n e s i s p o d e s e r r e s u m i d o e m s e u p r i m e i r o ve r s í c u l o : “ N o p r i n c í p i o , c r i o u D e u s o s c é u s e a t e r r a ” ( G n 1 . 1 ) . O a s s u n t o c e n t r a l d o l i vr o , p o r t a n t o , é a o r i g e m d i vi n a d o s c é u s , d a t e r r a , d a h u m a n i d a d e e d o p o vo d e I s r a e l . 2 . D a t a . A c r o n o l o g i a d e q u e d i s p o m o s i n d i c a q u e o G ê n e s i s f o i e s c r i t o n o s é c u l o 1 5 a n t e s d o n a s c i m e n t o d o S a l va d o r. É a o b r a m a i s a n t i g a a c h e g a r - n o s i n t e g r a l m e n t e à s m ã o s . D o s t e x t o s m e s o p o t â m i o s e e g í p c i o s , p o r e x e m p l o , s ó n o s r e s t a m f r a g m e n t o s c o n f u s o s e b a s t a n t e d u vi d o s o s . Q u a n t o a o G ê n e s i s , n ó s o t e m o s e m s u a i n t e g r i d a d e .
  13. 13. I. TEMA, DATA, AUTORIA E LOCAL 3 . Au t o r i a . As e vi d ê n c i a s d a p r ó p r i a B í b l i a i n d i c a m q u e o l i vr o d e G ê n e s i s f o i e s c r i t o p o r M o i s é s ( L c 2 4 . 4 4 ) . I n s p i r a d o p e l o E s p í r i t o S a n t o , e l e s e l e c i o n o u a s n a r r a t i va s o r a i s e o s r e g i s t r o s g e n e a l ó g i c o s c o n s e r va d o s p e l o s h e b r e u s , r e d i g i n d o - o s c o m o u m t o d o h o m o g ê n e o , c o e r e n t e e l ó g i c o . Tr a t a - s e d e u m t e x t o c o n f i á ve l e s e m c o n t a m i n a ç ã o m i t o l ó g i c a . J e s u s m e s m o a t e s t o u - l h e a h i s t o r i c i d a d e ( M t 1 9 . 4 - 6 ; L c 11 . 5 1 ) . S u a i n s p i r a ç ã o d i vi n a é i n c o n t e s t á ve l . 4 . L o c a l . O l i vr o d e G ê n e s i s f o i e s c r i t o d u r a n t e a p e r e g r i n a ç ã o d o s f i l h o s d e I s r a e l r u m o à Te r r a P r o m e t i d a , i s t o é , e n t r e o E g i t o e o d e s e r t o d o S i n a i ( Ê x 2 4 . 4 ) .
  14. 14. SINOPSE DO TÓPICO I
  15. 15. A leitura de Gênesis nunca se fez tão necessária como nos dias de hoje. Nossas crianças precisam saber quem fez todas as coisas.
  16. 16. II. OBJETIVOS DO GÊNESIS
  17. 17. II. OBJETIVOS NO GÊNESIS Todos os livros da Bíblia Sagrada foram escritos com objetivos bem definidos, pois o propósito de Deus sempre foi a redenção plena de Israel e dos gentios (2 Tm 3.16). Na leitura de Gênesis, ressaltamos dois intuitos divinos.
  18. 18. II. OBJETIVOS NO GÊNESIS 1 . F o r t a l e c e r a f é d a g e r a ç ã o d o ê x o d o . O s l e i t o r e s o u o u vi n t e s i m e d i a t o s d o G ê n e s i s f o r a m a g e r a ç ã o d o s f i l h o s d e I s r a e l q u e , r e s g a t a d a d o E g i t o , p e r e g r i n a va e m d i r e ç ã o a C a n a ã . N a r e d e n ç ã o d o s h e b r e u s , o E s p í r i t o S a n t o u s o u n ã o s o m e n t e a d o u t r i n a d o Ú n i c o e Ve r d a d e i r o D e u s , m a s t a m b é m a n a r r a t i va d a s a l v a ç ã o ( Ê x 3 . 1 4 - 1 6 ) . O s i s r a e l i t a s , p o i s , c a r e c i a m i n t e i r a r - s e d e u m a g r a n d e v e r d a d e : o m e s m o S e n h o r, q u e c r i o u t o d a s a s c o i s a s e s e r e ve l o u a Ab r a ã o , e r a p o d e r o s o o b a s t a n t e p a r a i n t r o d u z i - l o s n a Te r r a P r o m e t i d a ( Ê x 3 . 1 7 ) . E l e s p r e c i s a va m s a b e r, i g u a l m e n t e , q u e a r e g i ã o d e C a n a ã p e r t e n c i a - l h e s p o r d i r e i t o , c o m o a t e s t a m a s vá r i a s e s c r i t u r a s d e p o s s e r e g i s t r a d a s e m G ê n e s i s ( G n 1 2 . 1 ; 1 5 . 1 8 ; 1 7 . 8 ; 2 6 . 3 ; 2 8 . 1 3 ; 5 0 . 2 4 ) .
  19. 19. II. OBJETIVOS NO GÊNESIS2 . R e s p o n d e r à s g r a n d e s p e r g u n t a s d a v i d a . P a u l o s a b i a c o m o e m p r e g a r a s v e r d a d e s d o G ê n e s i s . N o A r e ó p a g o d e A t e n a s , e l e d e i x o u b e m p a t e n t e a o s f i l ó s o f o s q u e o D e u s D e s c o n h e c i d o , t ã o v e n e r a d o p e l o s g r e g o s , e r a d e f a t o o C r i a d o r d e t o d a s a s c o i s a s ( A t 1 7 . 1 9 - 3 1 ) . A l é m d e e v a n g e l i z á - l o s , o a p ó s t o l o r e s p o n d e u - l h e s a s g r a n d e s p e r g u n t a s d a v i d a : “ Q u e m f e z o U n i v e r s o ? ” ; “ E d e o n d e v i e m o s ? ” . A t é e n t ã o , e l e s h a v i a m b u s c a d o r e s p o s t a s e m s e u s p o e t a s e f i l ó s o f o s , m a s a m i t o l o g i a é i n c a p a z d e s a t i s f a z e r - n o s à s e d e e s p i r i t u a l . N a p r o c l a m a ç ã o d o E v a n g e l h o , f a z - s e n e c e s s á r i a a e v o c a ç ã o d e t r ê s v e r d a d e s q u e s e a c h a m e m G ê n e s i s : 1 ) D e u s c r i o u o s c é u s , a t e r r a e o h o m e m ; 2 ) E m A d ã o , t o d o s p e c a m o s , t o r n a n d o - n o s r é u s d a m o r t e e t e r n a ; 3 ) E n t r e t a n t o , D e u s p r o v i d e n c i o u - n o s e f i c a z s a l v a ç ã o a t r a v é s d a s e m e n t e d a m u l h e r : J e s u s C r i s t o , n o s s o S a l v a d o r.
  20. 20. II. OBJETIVOS NO GÊNESIS A leitura do Gênesis nunca se fez tão necessária como nos dias de hoje. Nossas crianças precisam saber quem fez todas as coisas. O que eles veem não é obra do acaso; é criação divina. Se não formos precavidos, doutrinas fúteis, como o evolucionismo, lhes roubarão a fé salvadora.
  21. 21. SINOPSE DO TÓPICO II
  22. 22. Apesar do luto que encerra o Gênesis, todos, judeus e gentios, somos chamados a herdar a vida eterna.
  23. 23. III. O CONTEÚDO DO GÊNESIS
  24. 24. III. O CONTEÚDO DO GÊNESIS O livro de Gênesis pode ser dividido em duas grandes seções. Do capítulo um ao 11, temos a História Primitiva, que vai da criação ao recomeço da civilização através de Noé. E, do capítulo 12 ao 50, entramos em contato com o início da História de Israel. Todavia, para efeitos didáticos, adotaremos uma divisão mais analítica.
  25. 25. III. O CONTEÚDO DO GÊNESIS O livro de Gênesis pode ser dividido em duas grandes seções. Do capítulo um ao 11, temos a História Primitiva, que vai da criação ao recomeço da civilização através de Noé. E, do capítulo 12 ao 50, entramos em contato com o início da História de Israel. Todavia, para efeitos didáticos, adotaremos uma divisão mais analítica.
  26. 26. III. O CONTEÚDO DO GÊNESIS 1. Criação. Em seus dois capítulos iniciais, o autor sagrado mostra como vieram a existir os céus, a terra e a humanidade. Tudo quanto vemos, e também o que não podemos ver, foi criado por Deus (Gn 1-2). O capítulo dois é dedicado à criação do homem e da mulher e à instituição do casamento. Temos aqui uma história real, e não uma parábola como alegam os incrédulos.
  27. 27. III. O CONTEÚDO DO GÊNESIS 2. A Queda e a degradação humana. Nos capítulos três, quatro e cinco, vemos como o pecado foi introduzido no mundo e as suas terríveis consequências. Em meio a essa tragédia, porém, o Senhor anuncia a redenção da humanidade através da semente da mulher (Gn 3.15).
  28. 28. III. O CONTEÚDO DO GÊNESIS 3. O dilúvio. Devido à degradação da raça humana, o Senhor decreta o fim da primeira civilização. A descendência de Adão, porém, seria preservada por intermédio de Noé (Gn 6-8). 4. O recomeço da civilização. Passado o grande dilúvio, Noé dá início a um novo ciclo civilizatório. A história do recomeço é contada dos capítulos nove a 11 de Gênesis. Dessa forma, o clã noético acaba por gerar nações, línguas e culturas diferentes.
  29. 29. III. O CONTEÚDO DO GÊNESIS 5. A origem da nação de Israel. A partir do capítulo 12 até ao fim do livro, o autor sagrado dedica-se à formação da nação de Israel. A história do povo eleito, no Gênesis, tem início com Abraão e encerra-se com José.
  30. 30. SINOPSE DO TÓPICO III
  31. 31. O livro de Gênesis pode ser dividido em duas grandes seções. Do capítulo um ao 11, temos a História Primitiva, que vai da criação ao recomeço da civilização através de Noé.
  32. 32. CONCLUSÃO Veja como são contrastantes o primeiro e o último versículo de Gênesis. Na abertura do livro, um toque de indescritível alegria: “No princípio, criou Deus os céus e a terra” (Gn 1.1). No último, uma nota de condolências: “E morreu José da idade de cento e dez anos; e o embalsamaram e o puseram num caixão no Egito” (Gn 50.26). Apesar do luto que encerra o Gênesis, todos, judeus e gentios, somos chamados a herdar a vida eterna. Foi o que o Senhor prometeu a Abraão: “Em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12.3). Essa promessa é disponibilizada aos que creem em Jesus e receberam o perdão de seus pecados.
  33. 33. PARA REFLETIR 1) Quem escreveu o Gênesis? As evidências da própria Bíblia indicam que o livro de Gênesis foi escrito por Moisés (Lc 24.44) 2) Quais foram os leitores imediatos do Gênesis? Os leitores ou ouvintes imediatos do Gênesis foram a geração dos filhos de Israel. 3) Discorra sobre os dois principais objetivos do Gênesis Os dois principais objetivos do livro de Genesis são: Fortalecer a fé da geração do êxodo e responder as grandes perguntas da vida. 4) Qual o conteúdo do livro de Gênesis? O livro de Gênesis pode ser dividido em duas grandes seções. Do capítulo um ao 11, temos a História Primitiva, que vai da criação ao recomeço da civilização através de Noé. E, do capítulo 12 ao 50, entramos em contato com a História de Israel. Todavia, para efeitos didáticos nossa lição dividiu o conteúdo do livro da seguinte forma: Criação; a Queda e a degradação humana; o dilúvio; o recomeço da civilização. A respeito do Livro de Gênesis:

×