Sistema genital feminino e masc.2

9.084 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.084
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema genital feminino e masc.2

  1. 1. Sistema Genital FemininoÓrgãos do sistema genital feminino O sistema genital feminino compõe-se de órgãos situados externamenteao corpo da mulher (pudendo feminino) e de órgãos localizados no interior doabdome (vagina, útero, um par de tubas uterinas e um par de ovários).Pudendo feminino O pudendo feminino localiza-se na região baixa do ventre, entre ascoxas,sendo constituído pelas estruturas denominadas lábios maiores,lábiosmenores,clitóris e vestíbulo vaginal.Lábios maiores São duas dobras grossas de pele que se estendem paralelamentedesde a região inferior do púbis até as proximidades do ânus. Internamente oslábios maiores, ,há duas pregas de pele menores e mais delicadas,os lábiosmenores,que delimitam a entrada da vagina,região denominada vestíbulovaginal. Na região anterior do pudendo feminino, perto da junção dos lábiosmenores, localiza-se o clitóris, um órgão com cerca de 1 cm decomprimento,constituído por tecido erétil,que se enche de sangue e ficaintumescido durante a excitação sexual.O clitóris é considerado um órgãohomólogo ao pênis,mais diferentemente deste,não contem a uretra . A uretra das mulheres abre-se como uma pequena fenda no vestíbulovaginal, entre o clitóris e a abertura vaginal. No vestíbulo, nos lados da aberturavaginal, desembocam os condutos de um par de glândulas (glândulasvestibulares maiores, ou glândulas de Bratholin )produtoras de secreçãolubrificantes ,que facilita a penetração do pênis durante o ato sexual. Nasmulheres virgens isto é que nunca tiveram relação sexual vaginal, o orifício davagina e parcialmente recoberto pelo hímen, uma membrana mucosa defunção ainda desconhecida que geralmente se rompe no primeiro ato sexual.Vagina e útero A vagina é um tubo de paredes fibromusculares, com cerca de 10 cm decomprimento, que vai do pudendo feminino à base do útero, com o qual se
  2. 2. comunica. As paredes da vagina dilatam-se durante a excitação sexual e asglândulas vestibulares secretam substâncias com função lubrificante,o quefacilita a penetração do pênis. O útero é um órgão muscular, oco, de tamanho e forma parecidos comos de uma pêra. Em mulheres que nunca engravidaram ,ele mede cerca de 7,5cm de comprimento por 5 cm de largura. A parede uterina ,com cerca de 2,5 deespessura, é constituída por músculos e expande-se muito durante a gravidez.A porção mais afilada do útero ,conhecida como cérvix uterino, ou colo uterino,é rica em tecido conjuntivo fibroso e tem consistência mais firme que orestante dos órgãos. O cérvix uterino projeta-se para o interior da vagina,comunicando-se com ela por meio de uma pequena abertura que, durante oparto ,dilata-se e permite a saída do bebê. A porção superior do útero mais rombuda que o cérvix uterino, conecta-se a dois ductos, as tubas uterinas cujas extremidades situam-se próximo dosovários, que são as gônadas femininas. O interior do útero é revestido peloendométrio, um tecido rico em glândulas,vasos sanguíneos e vasos linfáticos.Tubas Uterinas (ovidutos) e ovários Tubas uterina, ou ovidutos,são dois tubos curvos,com cerca de 10 cmde comprimento ,ligados à parte superior do útero.A extremidade livre de cadatuba uterina é alargada e franjada,situando-se próximo de um dos ovários.Ointerior das tubas é revestido por células dotas de cílios ,cujos batimentoscontribuem para o deslocamento do óvulo liberado pelo ovário em direção aoútero. Os ovários, as gônadas femininas, são duas estruturas ovóides comcerca de 3 cm de comprimento,localizados na cavidade abdominal, na regiãodas virilhas. Na porção ovariana mais externa, chamada de córtex ovariano,localizam-se as células que dão origem aos gametas femininos.Formação dos óvulos O processo dos gametas femininos (ovulogênese) tem inicio antes donascimento da mulher em torno do terceiro mês de vida intra-uterina. As ovogônias (células precursoras dos óvulos ),que vinham semultiplicando ativamente,param de se dividir, crescem e iniciam a meiose ,masa interrompem ainda na prófase I. Agora denominadas ovócitos primários, ascélulas precursoras dos óvulos permanecem estacionadas em prófase I até serativada pelo hormônio folículo – estimulante,o FSH,produzido pela hipófise.
  3. 3. Cada ovócito primário é envolvido por algumas camadas de células,denominadas células foliculares,constituindo um folículo ovariano. Aonascer,a mulher tem cerca de 50 mil folículos em cada ovário;mais de metadedeles,porém,degenera antes da puberdade. A partir da puberdade, a cada 28 dias aproximadamente,alguns folículossão estimulados a se desenvolver por ação do FSH hipofisário,mais em geralapenas um completa o processo de amadurecimento. O folículo emamadurecimento acumula líquido e cresce, formando uma saliência nasuperfície do ovário. O ovócito continua o processo de meiose até a fase da metáfase II,quando o folículo se rompe,liberando o gameta feminino, fenômenodenominado ovulação. O que denominamos óvulo na espécie humana é oovócito secundário estacionado na metáfase II da meiose,a qual somente secompletará se houver fecundação. Se o ovócito secundário não é fecundadoem aproximadamente 24 horas após a sua liberação,ele degenera sem concluira meiose. No ovário, as células que constituem a “cicatriz” do folículo rompidodesenvolvem-se,formando na superfície ovariana o corpo – amarelo, oucorpo lúteo,uma estrutura amarelada devido ao acúmulo de um carotenóidede cor amarelada ,a luteína. Sistema genital masculino O sistema genital masculino humano compõe-se de órgãos externos,opênis e o escroto, e de órgãos internos,entre os quais se destacam osductos(ou canais)deferentes,as glândulas seminais e a próstata.Pênis, escroto e testículos O pênis, o órgão copulador masculino,apresenta internamente trêscilindros de tecido erétil e um corpo esponjoso ao redor da uretra. Próximo áextremidade do pênis,o corpo esponjoso se expande formando a glande,queapresenta grande sensibilidade à estimulação sexual.A glande é protegida poruma prega de pele denominada prepúcio. Os três corpos de tecidos erétil do pênis intumescem durante aexcitação sexual, devido ao acumulo de sangue em seu interior, promovendo aereção do órgão copulador. O escroto é uma bolsa de pele situada entre as coxas, embaixo dopênis, no interior da qual se alojam os testículos, as gônadas masculinas.Estes são constituídos por milhares de tubos finos e enovelados, os tubos
  4. 4. seminíferos, e por camadas envoltórias de tecido conjuntivo. No interior dostúbulos seminíferos são produzidos os espermatozóides, os gametasmasculinos. Entre os túbulos seminíferos existem células produtoras detestosterona, as células intersticiais. Os espermatozóides recém-formados são transportados para oepidídimo,um tubo enovelado com 6cm a 7cm de comprimento localizadosobre o testículo.No epidídimo, o espermatozóides completam seuamadurecimento e ficam armazenados até sua eliminação. Ductos deferentes, glândulas seminais e próstata Dos epidídimos, os espermatozóides passam para os ductosdeferentes (anteriormente denominados canais deferentes). Estes são doistubos finos, com cerca de 45 cm de comprimento,que sobem peloabdome,contornando a bexiga urinária e fundindo –se abaixo dela para formaro ducto ejaculatório, que desembocam na uretra. As glândulas seminais (ou vesículas seminais),localizadas atrás dabexiga urinária,produzem uma secreção viscosa e a lançam no ductoejaculatório ,no clímax da excitação sexual.Essa secreção constitui até 85% dovolume total do esperma ,ou sêmen, como e chamado o fluido viscosoformado por espermatozóides e líquidos nutritivos. A próstata, localizada embaixo da bexiga urinária,é uma glândula comcerca de 4 cm de diâmetro que envolve a porção inicial da uretra . A secreçãoprostática que constitui entre 15% e 30% de esperma, é lançada na uretra e noducto ejaculatório por uma serie de pequenos canais. Embaixo da próstata há um par de glândulas bulbouretrais, quedesembocam na uretra. Durante a excitação sexual, essas glândulas liberamum liquido que contribui para a limpeza do canal da uretra, antes da passagemdo esperma. No clímax da excitação sexual masculina, o esperma é expulso do corpopela uretra, processo denominado ejaculação. O volume de esperma eeliminado em cada ejaculação é de aproximadamente 5 ml e contem cerca de350 milhões de espermatozóides.Hormônios relacionados à reprodução Os processos reprodutivos na espécie humana, como também nosvertebrados, estão sob controle hormonal. Os hormônios sexuais influenciam a
  5. 5. formação da genitália durante o desenvolvimento embrionário e na puberdade,acentuam as diferenças entre machos e fêmeas adultos. Esses hormôniostambém induzem a formação dos gametas e promovem o impulso sexual,alémde ser responsáveis pelas modificações do organismo feminino durante agravidez e a amamentação do bebê.Gonadotrofinas: FSH e LH As mudanças fisiológicas que ocorrem aproximadamente entre 11 e14anos de idade, caracterizando a puberdade,são controladas por dois hormôniosproduzidos pela parte anterior da glândula hipófise:o hormônio folículo –estimulante (FSH)) e o hormônio luteinizante (LH).Esses dois hormônios sãochamados genericamente de gonadotrofinas (do grego trophos,nutriçãodesenvolvimento),pois atuam sobre as gônadas e promovem seudesenvolvimento e funcionamento.Nos meninos, o FSH e o LH agem sobre os testículos,estimulando a produçãodo principal hormônio sexual feminino hormônio sexual masculino, atestosterona. Este hormônio e as gonadotrofinas agem em conjunto,estimulando a produção de espermatozóides. Nas meninas, o FSH sobre osovários, promovendo desenvolvimento dos folículos ovarianos, enquanto o LHé responsável pelo rompimento dos folículo maduro e liberação do óvulo.O LHtambém atua sobre o folículo rompido, estimulando sua formação no corpo-amarelo, que produz hormônio progesterona.Hormônios sexuais Os principais hormônios sexuais femininos são estrógeno eprogesterona produzidos pelos ovários, e o principal hormônio masculino é atestosterona, produzidas pelos testículos.Estrógeno e progesterona O estrógeno, produzido principalmente pelas,células do folículoovariano em desenvolvimento,determina o aparecimento das característicassexuais secundarias da mulher, tais como o desenvolvimento das mamas,oalargamento dos quadris e o acumulo de gorduras em determinados locais docorpo (que arredonda as formas). O estrógeno também induz oamadurecimento dos órgãos genitais e promovem o impulso sexual. A progesterona, produzida pelo corpo – amarelo ovariano, que seorigina do folículo rompido durante a ovulação, tem importância fundamental no
  6. 6. processo reprodutivo, pois juntamente com o estrógeno, atua na preparação daparede uterina para receber o embrião.Testosterona A testosterona, produzida pelas células intersticiais do testículo, éresponsável pelo aparecimento das características sexuais secundariasmasculinas, tais como barba,espessamento da pregas vocais (que torna a vozmais grave) e maior desenvolvimento da musculatura em relação as mulheres.A testosterona induz o amadurecimento dos órgãos genitais e promovemimpulso sexual. A testosterona começa a ser produzida ainda na fase embrionária,e é asua presença no embrião que determina o desenvolvimento dos órgãossexuais masculinos.A ausência de testosterona, ou a falta de receptores paraesse hormônio nas células do embrião, faz com que ele desenvolva o sexofeminino.
  7. 7. Referências bibliográficasLivro:Fundamentos da biologia moderna – Amabis e Martho -volume único

×