PROJE TO “ RUA DO     LAZE R”Hellen CristinaLorenna FerreiraMaycon BorgesRayanne Alves
BRIE FING Localizado no extremo sudeste da capital      Goiânia, o Jardim Mariliza surgiu    aproximadamente na década de ...
DIAGNÓSTICO                  Pontos positivos   Possui linha de ônibus que leva até as regiões    centrais e metropolitan...
DIAGNÓSTICO                  Pontos negativos   Falta de lazer para crianças;   Não possui parques infantis e quadra pol...
APRE SE NTAÇÃO   O Projeto “Manhã Animada no Jardim Mariliza” foi    criado para promover a integração entre as crianças ...
OBJE TIVO                 Objetivo Geral: Apresentar às crianças da comunidade as  brincadeiras que faziam a diversão das...
PÚBLICO ALVOCrianças de ambos os sexos com idade  entre 05 a 12 anos do Jardim Mariliza.
E STRATÉ GIASSerá produzido um evento denominado       “RUA DO LAZER”
SOB R E O E V E NT O
Justificativa do evento:         “ RUA DO LAZE R”As brincadeiras do século XXI são seletivas, pois giram em torno de jogos...
ME TALevar para, no mínimo, 60% do público  uma maneira nova de brincar. Fazer     com essas brincadeiras sejam  inseridas...
AVALIAÇÃO   O evento foi projetado para um público de    50 crianças. Contudo, durante a execução    compareceram 30 cria...
   A participação das crianças foi de forma    ímpar. Houve um envolvimento singular    dos organizadores, voluntários, p...
   Fomos surpreendidos pela chuva, que    começou a cair por volta de 10h30min.    Com isso, tivemos que antecipar o    t...
CONSIDE RAÇÕE S FINAIS   O presente projeto trouxe para o grupo    sentimentos ainda não experimentados. Ele    nos permi...
a brincadeira em conjunto, que o  contato com o outro é algo inigualável,  algo que não se deve ser trocado.A experiência...
outro local para realizarmos, poispudemos entender que um simplesfilme passado para as crianças carentesvale muito mais qu...
A P Ê ND I CE S   Apêndice 1 – Ficha                     Apêndice 2 – Cartão    de inscrição para os                    ...
F OT OS
F OT OS
F OT OS
OB R I G A D O!!!
Relações Públicas Comunitárias
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relações Públicas Comunitárias

613 visualizações

Publicada em

O projeto primou apresentar às crianças dessa comunidade as brincadeiras que faziam a diversão das crianças de outrora e a importância da cultura para o desenvolvimento interpessoal. Com o objetivo de fazer com que elas melhorem sua capacidade de se relacionarem com os outros, pois com as brincadeiras de hoje, isso não é possível, pois é tudo virtual e frio, sem contato com o próximo.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
613
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relações Públicas Comunitárias

  1. 1. PROJE TO “ RUA DO LAZE R”Hellen CristinaLorenna FerreiraMaycon BorgesRayanne Alves
  2. 2. BRIE FING Localizado no extremo sudeste da capital Goiânia, o Jardim Mariliza surgiu aproximadamente na década de 70 e atualmente tem mais de 05 mil habitantes.O bairro faz limite com a cidade de Aparecidade Goiânia e com os bairros Parque Atheneu e Parque das Laranjeiras. Situa-se nas proximidades da GO-020, do Autódromo Internacional Ayrton Senna, bem como do Campus II da PUC de Goiás.
  3. 3. DIAGNÓSTICO Pontos positivos Possui linha de ônibus que leva até as regiões centrais e metropolitanas da cidade, e de carro o percurso dura aproximadamente 20 minutos; O bairro é totalmente pavimentado e com saneamento básico; Uma praça e uma feira livre onde possibilitam integração da comunidade; Comunidade empenhada na participação do projeto; Apoio da Associação dos moradores para projetos voltados para a comunidade.
  4. 4. DIAGNÓSTICO Pontos negativos Falta de lazer para crianças; Não possui parques infantis e quadra poli esportiva; Falta de lugares que promovam contato com cultura; População desassistida em cultura e lazer; Falta de incentivo externo (prefeitura, trabalhos voluntários, etc.) para a promoção desse tipo de evento;
  5. 5. APRE SE NTAÇÃO O Projeto “Manhã Animada no Jardim Mariliza” foi criado para promover a integração entre as crianças do bairro, bem como o conhecimento das brincadeiras da época de seus pais. Brincar é coisa séria, pesquisas no campo da psicologia mostram que as brincadeiras auxiliam as crianças a se tornam aptas a viver em sociedade. Em suma, é perceptível a preocupação quando essas brincadeiras caem no esquecimento. Dessa forma, nota-se a importância do “resgate” da cultura infantil por meio das brincadeiras tradicionais.
  6. 6. OBJE TIVO Objetivo Geral: Apresentar às crianças da comunidade as brincadeiras que faziam a diversão das crianças de outrora e a importância da cultura para o desenvolvimento interpessoal. Objetivos específicos: Promover a integração entre as crianças da comunidade; Tornar conhecidas as brincadeiras de seus pais;
  7. 7. PÚBLICO ALVOCrianças de ambos os sexos com idade entre 05 a 12 anos do Jardim Mariliza.
  8. 8. E STRATÉ GIASSerá produzido um evento denominado “RUA DO LAZER”
  9. 9. SOB R E O E V E NT O
  10. 10. Justificativa do evento: “ RUA DO LAZE R”As brincadeiras do século XXI são seletivas, pois giram em torno de jogos, internet, mini carros mecânicos, coisas que custam caro. A comunidade do Jardim Mariliza é formada por famílias de baixa renda com poucos recursos para adquirir tais brinquedos e acesso ao lazer. O evento vem para mostrar as crianças dessa comunidade que é possível se divertir, interagir com o outro com custo zero ou baixíssimo.
  11. 11. ME TALevar para, no mínimo, 60% do público uma maneira nova de brincar. Fazer com essas brincadeiras sejam inseridas em seu cotidiano. Mudar a percepção de que essas brincadeiras são ultrapassadas e bobas.
  12. 12. AVALIAÇÃO O evento foi projetado para um público de 50 crianças. Contudo, durante a execução compareceram 30 crianças entre três e 12 anos, entre elas, uma com necessidades físicas e fono-auditiva. O projeto não foi planejado para um público desse perfil, mas ele não ficou desassistido em momento algum participando da “mesa da pintura”.
  13. 13.  A participação das crianças foi de forma ímpar. Houve um envolvimento singular dos organizadores, voluntários, pais, vizinhos e crianças nas atividades para um excelente resultado. As brincadeiras que mais tiveram a participação das crianças foram o pula-pula e o pula corda. No decorrer do evento algumas crianças se ausentaram para irem ate suas casas tomar água, pois o suco que foi programado não foi feito. Foram distribuídos cremosino, pipoca e os kits confeccionados.
  14. 14.  Fomos surpreendidos pela chuva, que começou a cair por volta de 10h30min. Com isso, tivemos que antecipar o término do evento, pois não tínhamos uma estrutura coberta para abrigar o público. O encerramento foi feito com a entrega dos brinquedos doados por alguns lojistas do Camelódromo Praça da Bíblia, e com doação de alguns recursos utilizados durante o evento, como: bolas “dente de leite”, bolinhas de gude, bambolês e damas.
  15. 15. CONSIDE RAÇÕE S FINAIS O presente projeto trouxe para o grupo sentimentos ainda não experimentados. Ele nos permitiu exercitar algo que estava adormecido, o sentimento de solidariedade, o prazer de poder dar sem receber em troca. As experiências vividas por nós serão guardadas para sempre em nossos corações. Acreditamos que foi uma sementinha plantada naquele público, esperamos que eles possam perceber que
  16. 16. a brincadeira em conjunto, que o contato com o outro é algo inigualável, algo que não se deve ser trocado.A experiência que o projeto nosproporcionou, acendeu em nós avontade de dar continuidade, de ser umaação sistematiza e com continuidade.Pretendemos começar com uma sessãopipoca no dia das crianças, o eventodeve ser realizado na casa da Rayanne,ou escolheremos
  17. 17. outro local para realizarmos, poispudemos entender que um simplesfilme passado para as crianças carentesvale muito mais que uma festa cheia depresentes. Pois o pouco que a gente dá,é muito para quem não tem nada.
  18. 18. A P Ê ND I CE S Apêndice 1 – Ficha  Apêndice 2 – Cartão de inscrição para os de divulgação do eventos. evento “RUA DO LAZER”FICHA CADASTRALNOME:________________________________ _ENDEREÇO:____________________________IDADE:_________ SEXO:[ ]F [ ]MRESPONSÁVEL:________________________TELEFONE:____________________________
  19. 19. F OT OS
  20. 20. F OT OS
  21. 21. F OT OS
  22. 22. OB R I G A D O!!!

×