[E book] 10 erros que os fotógrafos cometem na sua carreira

208 visualizações

Publicada em

10 erros que os fotógrafos cometem na sua carreira!!

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
208
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[E book] 10 erros que os fotógrafos cometem na sua carreira

  1. 1. Índice INTRODUÇÃO........................................................................................................................................... 3 O que é o (PEP) Portal Extreme Photo? ........................................................................................ 4 10 erros que os fotógrafos cometem na sua CARREIRA ........................................................ 5 #01 – Não ter um domínio com seu próprio nome.............................................................. 6 #02 – Não ter um blog .................................................................................................................... 8 #03 – Não dar importância ao seu orçamento .................................................................... 10 #04 – Não ter estratégias de preço certa.............................................................................. 11 #05 – Não estudar .......................................................................................................................... 12 #06 – Achar que vai ganhar muito dinheiro de forma rápida........................................ 13 #07 – Não pensar em estratégias de marketing digital................................................... 14 #08 – Atirar para todos os lados............................................................................................... 15 #09 – Não investir em portfólio impresso ............................................................................. 16 #10 – Não fazer networking........................................................................................................ 17 #11 – BÔNUS – Não conhecer o mercado em que pretende atuar............................. 18 CONCLUSÃO........................................................................................................................................... 19
  2. 2. 3 INTRODUÇÃO A internet tem feito muita diferença na forma de vender produtos e serviços nos dias de hoje. É incrível como tudo muda tão rapidamente e as pessoas são impactadas por notícias, venda de produtos e serviços e propagandas diariamente. A fotografia hoje está mais fácil de propagar, devido a velocidade que a internet tem de atingir pessoas, mas com a mesma facilidade de comunicação, isto torna o mercado muito mais competitivo, aumentando consideravelmente a concorrência, onde em um mercado cada vez mais forte, somente os fortes sobreviverão. São chamados de fortes, os profissionais da fotografia que permanecerem firmes nessa luta (na maioria das vezes desigual) por um lugar ao sol e que erram menos e vendem mais. Este e-book é um compacto de algumas estratégias falhas que muitos profissionais da fotografia cometem em sua carreira, onde acabam se decepcionando com a sua empresa e na maioria das vezes o seu negócio acaba indo por água abaixo. Os 10 erros que os fotógrafos cometem na sua carreira, é na verdade um manual que todo fotógrafo, seja iniciante ou experiente, deveria seguir para que a sua empresa de fotografia cresça e amadureça e cometa o mínimo de erros possíveis para obter sucesso nesta jornada. "Ser inteligente é aprender com os próprios erros, ser sábio, é aprender com os erros dos outros." Esta frase nos mostra que é preciso ser sábio quando temos um negócio, mas a maioria dos fotógrafos hoje em dia pensam ser apenas fotógrafos e esquecem que antes de serem fotógrafos, devem ser empreendedores, pois uma empresa só é empresa quando gera lucros. Ser um fotógrafo profissional é viver da sua fotografia, pois ter uma câmera fotográfica não faz de você um fotógrafo, assim como ter um bisturi não o torna um médico. Avaliar os riscos, estudar, não cometer erros ou amenizá-los é o papel de um verdadeiro empreendedor, que enxerga nas dificuldades uma forma de superação e vitória profissional. Temos a certeza de que se você levar a sério cada um dos itens deste e-book, você terá muito mais chances de ser bem sucedido no mercado da fotografia. Nosso papel é direcioná-lo para o sucesso e fazer com que cada passo seu seja em terreno firme, para que você possa pisar com segurança e conquistar a tão sonhada carreira profissional de sucesso.
  3. 3. 4 O que é o (PEP) Portal Extreme Photo? O Portal EXtreme Photo nasceu com a idéia de melhorar ainda mais o mercado da fotografia brasileira, com foco no empreendedorismo e nas técnicas de marketing digital, queremos nos tornar a maior referência do mercado em marketing digital para fotógrafos. Com conteúdo rico e dinâmico, temos como objetivo, levar você fotógrafo a u nível maior de excelência nas suas vendas e crescimento da sua empresa. Queremos crescer juntos, pois acreditamos verdadeiramente em um mercado fotográfico melhor, onde todos contribuem e ganham com isso. Queremos sua ajuda para continuar trazendo conteúdo de qualidade e relevância ao seu negócio. O PEP é um Portal de conhecimento, mas principalmente de prática, onde trazemos ferramentas que realmente trarão resultados práticos. Se você quer aprender mais sobre:  Marketing  Estratégias de venda  Negócios  Precificação  Planejamento  Empreendedorismo  Mídias Sociais  SEO  Cursos e Workshops Este é o lugar certo, pois somos apaixonados em ajudar você a ter resultados. Dedicamos nossos esforços a te ensinar tudo sobre o lado dos negócios na fotografia. Queremos te levar mais longe e demonstrar que o mundo dos negócios na fotografia pode e deve ser prazeroso, afinal, essa foi a profissão que você escolheu para garantir seu sucesso e prazer profissional. Seja bem-vindo(a) ao Portal Extreme Photo, feito para você que deseja ser um(a) fotógrafo(a) empreendedor(a).
  4. 4. 10 erros que os fotógrafos cometem na sua CARREIRA Através da nossa pesquisa de mercado, descobrimos que muitos fotógrafos em início de carreira e até mesmo alguns com um tempo na profissão, cometem os mesmos erros, por isso, resolvemos ajudar você a não cometer os mesmos erros na sua caminhada no mercado da fotografia. Resolvemos listar os 10 erros mais comuns que os fotógrafos praticam durante o início da sua carreira e ao longo dela. Alguns destes erros podem ser cruciais para o sucesso ou o fracasso na sua carreira nesse mercado cada vez mais disputado. Sabemos que errar é humano e que todas as profissões possuem riscos, algumas mais, outras menos, entretanto, nosso objetivo e auxiliar você a diminuir os impactos e até mesmo evitar alguns erros que podem ser danosos ao seu negócio e até mesmo ao seu nome. Caso você esteja praticando algum deste erros, não pense nisso como uma forma negativa, mas sim, como uma descoberta de como resolver este problema. Queremos não só apontar os erros, mas principalmente trazer a solução para eles e fazer com que o seu negócio avance de uma forma saudável e duradoura, mas para isso, é preciso foco e determinação de sua parte e até mesmo investimentos de tempo e recursos para que você tenha resultados. Use o seu pouco tempo disponível para aprender ao máximo o que revelamos neste e-book e siga passo-a-passo cada item deste manual para que os resultados comecem a aparecer. 5
  5. 5. #01 – Não ter um domínio com seu próprio nome Sem dúvida alguma, esse é um dos principais erros que o fotógrafo comete no início de sua carreira. Não ter um domínio próprio com o nome da sua empresa é com certeza perder dinheiro e credibilidade com os seus futuros clientes. Esqueça emails como gmail, hotmail ou live, este tipo de email são utilizados por amadores ou pessoas "normais" e não passam uma conotação profissional. Se você realmente quer passar confiança para os seus clientes, você deve começar tendo um domínio próprio e um email com o seu nome, #ficaadica. Você pode estar pensando neste momento: "É tão caro ter um domínio próprio, tem que pagar várias coisas, além do mais não sei mexer com isso tudo". Você precisa pensar como um empreendedor que vai gerar renda em cima da sua empresa, portanto, ela precisa ser tratada com todo carinho e em todos os detalhes. Para ter um domínio próprio é muito simples, rápido e relativamente barato, relativamente se compararmos a qualquer negócio físico que precisa de altos investimentos. Se você for montar uma empresa para vender cachorro quente, por exemplo, você vai precisar alugar um espaço ou investir em um carrinho, e este é só o investimento inicial. Se você não pode investir cerca de R$300,00 no ano (isso dividido em 12 meses fica R$25,00 reais por mês) em seu próprio negócio, você precisa rever se realmente está disposto a continuar nesta profissão que exige investimentos altíssimos em equipamentos, cursos, etc. Para ter um domínio e um email com seu nome é muito fácil e prático, basta seguir alguns passos: 6
  6. 6. 7 1º passo: Registre seu domínio Você deve acessar o site registro.br para domínios .com.br por exemplo (que são os mais indicados) e pesquisar o domínio que deseja, caso ele esteja livre é só pagar R$30,00 reais por ano e pronto você já tem o domínio em seu nome. 2º passo: escolha o servidor de hospedagem O servidor de hospedagem como próprio nome já diz, serve para hospedar o conteúdo do seu site/blog, além de ser o responsável por receber e enviar emails. Caso você não conheça nenhum bom servidor, indicamos os serviços da Kinghost (o que utilizamos aqui no Portal e você ainda ganha desconto), com planos a partir de R$18,42 mensais, você terá um excelente e estável servidor. A escolha do domínio e do servidor fazem toda a diferença nos seus projetos na internet, pois eles irão acompanhar a sua empresa por toda vida (embora você possa alterar), por isso, dê a devida atenção a esses dois itens, além de passar uma imagem mais profissional, eles resolverão grande parte dos seus problemas com servidores de emails e a falta de um site ou blog da sua empresa. Entenda que o custo para se ter um domínio próprio com emails personalizados, sites e blogs para sua empresa é muito baixo comparado aos benefícios que sua empresa e o seu nome terão. Não perca mais tempo, acesse agora mesmo o registro.br para registrar um domínio da sua empresa e o servidor da Kinghost para hospedar seu site/blog. Esses dois passos são fundamentais para você que realmente deseja ter uma carreira de sucesso, afinal, você já percebeu que os grandes nomes da fotografia mundial possuem registros próprios? Parece algo simples e que não irá fazer tanta diferença no seu negócio, mas acredite, dificilmente você irá crescer e tornar sua empresa profissional sem estes itens, ainda mais se deseja crescer em um mercado tão competitivo, onde a internet atrai milhares de pessoas através dos buscadores e sites relacionados aos nichos de mercado. Ter uma visão de que um site/blog na internet é como ter seu cartão de visita online é uma visão no mínimo míope do que eles podem fazer pelo seu negócio, pois atualmente, vários profissionais da fotografia possuem 50%, 60% e alguns até 80% dos fechamentos de contrato somente através da internet. A internet é uma máquina de vendas online, mas você precisa dar o primeiro passo e levar a sério o que ela realmente pode fazer por você e pela sua empresa.
  7. 7. #02 – Não ter um blog Outro grave erro que os fotógrafos cometem é de não possuir um blog, que é diferente de ter um site. O site é usado como portfólio e uma apresentação do fotógrafo, embora aqui no Brasil o que mais se popularizou no mercado da fotografia tenham sido os blogs, pois com eles você pode ter tudo o que o site tem e ainda contar com as atualizações de conteúdo que ele oferece de forma rápida e super prática. O blog serve para você mostrar aos seus clientes os seus trabalhos atuais, e ter sempre novidades através dos posts, onde você pode contar a história de cada trabalho e postar suas fotos. Muitos são adeptos somente em postar suas fotos e trabalhos em sites como Facebook, Flickr ou 500px, o que é um grande erro, pois esquecem que estes sites possuem sua própria política e de tempos em tempos elas mudam, onde o fotógrafo é obrigado a aceitar, além de ficar preso a eles, você deve ter em mente que eles podem deixar de existir daqui alguns meses ou anos (o orkut é a prova disso ). Para ter seu site ou blog, você pode contratar empresas especializadas ou você mesmo pode montar um blog em WordPress, uma plataforma gratuita que permite criar sites e blogs a partir do zero sem muito conhecimento em programação. Quando falamos em Wordpress não nos referimos a ter um blog/site no domínio deles como por exemplo: seunome.wordpress.com, mas sim ter a plataforma Wordpress instalada no seu próprio servidor. 8
  8. 8. 9 Sites como Wix, Blogger e GoDaddy a princípio podem até parecer uma boa solução, mas acabam sendo muito limitados em relação a otimização para os buscadores e o principal, seu conteúdo fica atrelado a eles, ou seja, se você resolver mudar de plataforma, perderá todo conteúdo que já publicou. O bom de usar a plataforma Wordpress é ter milhares de opções em templates grátis ou até mesmo pagos com preços muito baratos pela qualidade que eles oferecem como por exemplo os do Template Monster que são os templates mais profissionais e com excelente custo x benefício que conhecemos atualmente, vale conferir. Você pode até estar pensando que é caro investir em um domínio, um servidor e agora em mais um template para o seu blog, mas o que você precisa ter em mente é que estes são os investimentos cruciais para que o seu negócio no mínimo esteja na internet, e se compararmos estes investimentos com empresas físicas, acabamos nem achando que estes valores são tão altos assim. Empresas que hoje faturam milhões por mês com a internet, começaram com estes passos, afinal, para que você ande kilômetros, você precisa dar o primeiro passo não é mesmo? Não deixe sua empresa na mão de outras empresas de imagens ou redes sociais, tenha pleno controle sobre ela, isso com certeza irá evitar muita dor de cabeça e desconfortos futuros. Em nossa pesquisa de mercado, percebemos que muitos profissionais não possuem blogs ou até mesmo sites próprios porque acreditam que estar no Facebook por exemplo é uma forma de reduzir custos ou evitar gastos desnecessários mas esquecem do impacto que isso causa em sua marca. Quando deixamos nosso nome ou o nome da nossa empresa somente em sites como o Facebook por exemplo, perdemos todo o tráfego de palavras-chaves referente ao nosso negócio. Exemplo: Se você é um fotógrafo de casamento em Belo Horizonte, quando os 90% de pessoas que usam o Google para fazer pesquisas na internet procurarem por fotógrafos de casamento em Belo Horizonte, com 100% de certeza o seu nome não estará nas pesquisas, isso porque o Google não busca por perfis com estas palavras, em alguns casos, acabam encontrando somente pelo nome. Se essa frase: fotógrafos de casamento em Belo Horizonte possuir uma busca mensal de 10mil buscas por mês, é exatamente este fluxo de pessoas que você está deixando de alcançar por não ter um blog/site. Por isso não perca tempo, acesse o site do Wordpress Brasil e faça o download da plataforma que está na versão 4.1 e se achar interessante, veja alguns modelos de sites e blogs no Template Monster, mas não deixe de ter sua presença digital.
  9. 9. #03 – Não dar importância ao seu orçamento Um dos erros mais fáceis de cometer na carreira é não tratar os orçamentos fotográficos com o devido cuidado e de não dar muita atenção a eles. O péssimo hábito de responder por e-mail no próprio corpo do pedido, ou in box na fanpage do Facebook, pode desacreditar seu trabalho e fazê-lo perder vendas. Ter orçamentos bem feitos, com um design clean é a chave para fechar bons e mais contratos, pois o orçamento tem um papel muito importante na apresentação do seu serviço, afinal ele é uma das primeiras oportunidades que você tem para vender seu trabalho e de mostrar suas fotografias. Os detalhes cativam as pessoas e ao receber um orçamento bem feito, o cliente vai notar o cuidado que você teve para fazer o seu orçamento e irá notar o profissionalismo e qualidade de seu serviço. Os fotógrafos muitas vezes esquecem que na maioria das vezes o orçamento fotográfico chega primeiro que a reunião e agem como se fossem apenas responder a mais um email. Se você não sabe como fazer um bom orçamento fotográfico, disponibilizamos 20 templates editáveis em photoshop por um preço especial para você que adquiriu este E-book. São 20 templates que irão atrair a atenção dos seus clientes. São templates completos para você se diferenciar dos seus concorrentes. No pacote você encontra:  10 templates de casamento  5 templates de festa infantil  5 templates de Newborn —> Quero conhecer os Templates 10
  10. 10. #04 – Não ter estratégias de preço certa No post 5 idéias de estratégias de vendas para fotógrafos, nós falamos da importância de se criar estratégias para vender os seus serviços, afinal, ter um site/blog ou uma página no Facebook e esperar que chova clientes na sua caixa de emails é no mínimo utópico, quase um devaneio, certo? Não é porque você está presente nas redes sociais e agora possui um blog (espero que já tenha registrado domínio e comprado um servidor :P), ou porque agora você já possui uma proposta de orçamento linda que as coisas vão começar a acontecer e os serviços vão começar a aparecer. Ter idéias de preços e estratégias de venda, requer planejamento e dedicação. Você precisa entender que além de fotógrafo(a) é também um(a) empresário(a) e que todo o processo de captura de clientes depende de você e de mais ninguém. Você deve fazer perguntas a si mesmo do tipo: onde quero atuar? Quem são as pessoas que podem comprar meus serviços? Onde elas estão? Como elas enxergam meu trabalho ou como deveriam enxergar? Temos um excelente post que fala sobre como precificar o seu trabalho que vale a pena ser lido. É importante você não focar no que os outros estão cobrando, mas sim na sua real necessidade, desta forma, você não estará pagando para trabalhar, pois cada profissional possui um custo e uma realidade diferente. Não basta pensar em quanto você quer ganhar, mas também em quanto o seu cliente está disposto a pagar pelos seus serviços e produtos. 11
  11. 11. #05 – Não estudar É quase impossível você permanecer em qualquer profissão sem conhecer e estudar a fundo como trabalhar com ela, e porque na fotografia muitos ainda acreditam que apenas comprando uma câmera eles já se tornam fotógrafos? Talvez seja pela "facilidade" de se adquirir uma câmera e por não ter uma lei que regulamenta a profissão (a não ser o jornalista fotográfico), isso acaba facilitando a entrada no mercado, mas não garante a permanência. Sabemos que o mercado está competitivo, porém fácil de entrar (o difícil é permanecer), para se destacar na multidão e fazer algo novo, diferenciado, é preciso muito estudo e dedicação. Faça cursos, workshops, vá em congressos de fotografia, assista vídeos na internet, leia o manual da sua câmera ou flash, ouça podcasts, adquira livros, aprenda sobre marketing digital para fotógrafos, mas NUNCA pare de estudar, como já diziam seus pais "estude para ser alguém na vida", isso vale muito para a fotografia. Vemos muitos fotógrafos comprando equipamentos sem saber ao certo o que e como comprar, além de não pesquisarem ou até mesmo perguntarem para outros profissionais, muitos perdem dinheiro pela falta de estudo e conhecimento, por isso, o estudo é tão importante, ele dará a direção certa a seguir e abrirá sua mente. Estude sobre tudo, luz, composição, poses, fotometria, finanças, marketing, psicologia, vendas, etc, pois você vai precisar muito mais do que ter uma linda fotografia. "Não existe marketing bom para fotografia ruim" - Raul Vargas 12
  12. 12. #06 – Achar que vai ganhar muito dinheiro de forma rápida Muitos se enganam ao pensar que farão fortunas ou "dinheiro fácil" ao entrar na fotografia, e fazem um cálculo simples porém errado: Se eu fotografar 2 casamentos por mês e cobrar R$1.500,00 vou ganhar R$3.000,00, imagina se eu fotografar 4? Caro colega, não é tão simples assim e muito menos tão fácil. Como qualquer outro negócio, a fotografia precisa de um planejamento, e este planejamento envolve o período de plantar a semente e como a natureza é perfeita, existe tempo para colher. O período mínimo para se começar a ter resultados com a fotografia é de no mínimo 1 ano (se for muito bem planejado), por isso, é preciso ter em mente que você precisa investir em conhecimento, equipamento, portfólio impresso, cartões de visita, blog/site, então já viu para onde vai os supostos "R$3.000,00 do nosso exemplo?." Se levar em consideração o período que você ainda não é conhecido e precisa fotografar de graça ou cobrar um preço "simbólico" para ter material, o tempo para o reconhecimento com certeza é maior. Tenha em mente que não é porque agora seu Facebook está como Fulano Photographer que vai chover pedidos de orçamento e você sairá fotografando horrores, muito pelo contrário, na maioria dos casos até para conseguir alguém para ter um bom portfólio é difícil. Pense que a fotografia encanta, é maravilhosa, o seu amor por ela pode ser extraordinário, mas que ela vai exigir tempo, dinheiro, principalmente paciência e dedicação. Não existe almoço grátis, alguém esta pagando pelos produtos consumidos, assim é a fotografia, não existe caminho fácil, existe sim, muita dedicação e planejamento. 13
  13. 13. #07 – Não pensar em estratégias de marketing digital A grande maioria dos profissionais da nossa pesquisa de mercado não possui muita intimidade com o marketing digital. Sabemos que é algo muito "novo" no meio da fotografia, mas ter estratégias para divulgar o seu trabalho na internet é sem dúvida alguma, um dos diferenciais para qualquer fotógrafo nos dias de hoje. Quando falamos em marketing digital, não tem nada a ver com criar uma Fan Page no Facebook ou um perfil no Twitter e divulgar seu trabalho, marketing digital é muito mais que isso, é você envolver o seu cliente onde quer que ele vá, é fazer com que ele veja o seu nome quando for procurar algo relacionado a fotografia ou o evento que ele quer realizar, é estar presente na internet de forma completa sem ser mais um pedindo likes ou mendigando comentários. Ter uma boa presença na internet faz a diferença entre você e a sua concorrência. Se você não sabe como criar uma boa estratégia de marketing digital e deseja fazer parte da próxima turma do Curso de Marketing Digital para fotógrafos, envie um email para contato@portalextremephoto.com.br com seus dados para receber mais informações sobre como participar da próxima turma do curso presencial ou Online. Através destes cursos você irá conhecer na prática as técnicas que os melhores profissionais do mercado usam para vender seus produtos e serviços através da internet, além de ter um conteúdo rico, você terá a oportunidade de executar passo-a-passo todos os segredos revelados de como ter mais resultados para sua empresa utilizando o marketing digital para fotógrafos sem segredos. 14
  14. 14. #08 – Atirar para todos os lados Um erro clássico da maioria das empresas e não seria diferente com a fotografia é a falta de foco, e como fotógrafo você sabe que o foco é extremamente importante. O que mais vemos no mercado são fotógrafos que fazem tudo e na maioria das vezes por querer agregar valores, acabam caindo no erro de "atirar para todos os lados". O que você fotografa? Bodas, casamento, aniversário infantil, 15 anos, newborn, Trash The Dress, esporte, publicidade, moda, velórios (sim existe isso), nu artístico e não artístico… Hummm e você faz fotografia de gestante? Nunca fiz, mas faço também... Se especializar em um segmento e vender a idéia de que você é um especialista em uma certa área, agrega muito mais valor a sua marca. Então quer dizer que se eu fotografo casamento não posso mais fotografar nada? Não! Você pode fotografar outras coisas, mas qual área você vai se tornar um especialista e o que você quer vender em seu site? É comum fotógrafos de casamento fotografarem suas noivas no período de gestação, maternidade e até acompanhar o crescimento dos filhos do casal, isso chama-se confiança, porém, você não precisa divulgar que faz tanta coisa assim. Se especialize e dedique seu tempo e dinheiro no que você gosta e que irá te trazer um retorno financeiro e realização pessoal e não tornar sua profissão um peso por ter que fotografar tudo e todos. 15
  15. 15. #09 – Não investir em portfólio impresso Se você trabalha com fotografia os portfólios impressos são a conclusão e o acabamento final do seu trabalho. Através dos portfólios você vende sua fotografia e se diferencia dos seus concorrentes. Em nossa pesquisa de mercado, vimos que a maioria dos fotógrafos possui um portfólio online e não impresso, em contra partida, um dos maiores problemas deles é justamente na hora de vender o seu trabalho. Imagine a seguinte situação: O cliente te achou pela internet (ponto para você), entrou em seu site (ponto para você) e se encantou com seu site (ponto para você) e decide te chamar para uma reunião (dois pontos para você) e na reunião você leva seu Ipad com todas as fotos que ele já viu no seu site e algumas novas, então os seus clientes pedem para ter uma idéia de como você finaliza o seu trabalho e você pede para ele IMAGINAR um álbum mais ou menos quadrado, que tem uma capa fotográfica com a fotos deles e não tem "vinco" e possui "30 lâminas", imaginou o nó na cabeça dos clientes? Você acaba de perdê-los e o seu dinheiro também. Como nossa missão aqui no Portal EXtreme Photo é a de facilitar a sua vida, temos ótimos parceiros que vão te auxiliar nessa jornada para fazer o seu portfólio. Para encadernação do seu álbum portfólio com um desconto de 35% você acessa o site www.soclick.com.br e envia um email com o código promocional: ENCADERNAÇÃOEXTREME Para diagramação do seu álbum portfólio com um desconto de 20% você acessa o site www.photoalbumdesign.com.br e envia um email com o código promocional: DIAGRAMAÇÃOEXTREME Pronto, agora você pode ter lindos álbuns portfólios para vender melhor o seu trabalho 16
  16. 16. #10 – Não fazer networking Quem tem Q.I (Quem Indique) sabe que pode chegar mais longe. Não é de hoje que os relacionamentos são a base para qualquer negócio, e sim, eles trazem muitos resultados. Fazer networking é sem dúvida alguma essencial nos dias de hoje, e se você pensa que relacionamento é ter que ficar "puxando-saco" ou bajulando está enganado. É comum ouvir fotógrafos dizerem que não querem ficar "puxando-saco" de cerimoniais, casas de eventos, organizadores, agências, decoradoras, etc, mas o fato é que quando você cria uma rede de relacionamento, as chances de você conquistar um cliente são muito maiores. Pense na seguinte hipótese: os clientes vão até uma cerimonial e ouvem falar bem de você, depois vão até a decoradora e ela fala do seu trabalho, logo após, procuram o celebrante, padre ou pastor, e estes dizem que você é um excelente profissional e que sabe se portar durante a cerimônia. Nesta altura do campeonato os clientes estão doidos para te conhecer porque tiveram ótimas referências suas, entendeu a rede de relacionamento? É obvio que os seus clientes do passado são ótimas referências para o seu trabalho, mas não podemos esquecer que existe uma gama de profissionais que gostam de trabalhar com quem não traz nenhuma complicação para o trabalho deles, ou vai dizer que você não prefere trabalhar com aquela equipe de filmagem que sabe que não vai te atrapalhar, ou aquela cerimonial que não vai fazer o papel de fotógrafa dando palpite em tudo? É uma questão de ter somente os melhores profissionais a sua volta, então faça muito networking e saiba manter sua rede de relacionamentos. Não se trata de fazer "panelinhas", mas sim, de ter pessoas ao seu lado em que você confia e pode indicar e vice-versa. 17
  17. 17. #11 – BÔNUS – Não conhecer o mercado em que pretende atuar Não conhecer o público que quer atingir e o mercado que deseja atuar é no mínimo uma perda de tempo e dinheiro. Você sabe que quer fotografar casamentos ou até mesmo nascimento de bebês, mas onde estas pessoas estão? O que elas consomem? Quanto estão dispostas a pagar por um serviço de fotografia? Qual a classe você quer atuar? Como eles se comportam? Quem busca pelo serviço é o mesmo que irá pagar por ele? São perguntas como estas que precisam de respostas, para isso, você pode criar uma "persona" do seu público, com todas as características que você pode conseguir sobre ela, por exemplo: Vou fotografar gestantes, então minha persona é da seguinte forma:  O nome dela é Cláudia  Tem entre 22 e 35 anos  Visita lojas de bebês com frequência  Gosta de ir ao shopping  Tem uma renda familiar entre R$2.000,00 e R$5.000,00  Gosta de tecnologia  Faz pesquisas em blogs sobre gravidez Só com estas informações já podemos visualizar algumas estratégias para vender o seu serviço em blogs de gestantes, lojas de bebês, etc. Conhecer as pessoas para quem queremos vender é o mínimo para se ter sucesso nas vendas, por isso, as empresas investem tanto em pesquisas de mercado, tudo isso, para fechar o cerco no maior número de potenciais clientes. 18
  18. 18. 19 CONCLUSÃO A internet veio para mudar todas as condições, desde as vendas até o reconhecimento de uma forma mais rápida (mas nem sempre duradoura), é preciso utilizar com sabedoria e planejamento, entendendo que as estratégias online só funcionam se forem bem planejadas off-line. Ter sua marca na internet não deveria ser uma novidade para ninguém e ficar fora dela, com certeza é um suicídio empresarial. Utilize todos estes erros para melhorar o que ainda falta e aprimorar o que já esta sendo realizado, foque nos resultados a médio e longo prazo e você terá uma carreira sólida de duradoura. Use a internet a seu favor, faça com que ela trabalhe mesmo quando você não estiver presente trabalhando, anote, aprenda e crie novas oportunidades para você, não fique somente no que abordamos neste e-book, caminhe mais longe, conheça outras estratégias, busque novos conhecimentos. A internet é um oceano que ainda tem muito o que explorar, mas só conhecerá novos rumos e novas histórias quem não tiver medo de arriscar e de ir mais fundo, quanto mais fundo, mais conhecimento, quanto mais conhecimento, mais crescimento. Para ter resultados diferentes é preciso atitudes diferentes, é impossível você querer mudar de vida fazendo as mesmas coisas que fez até hoje, a probabilidade de fracassar fazendo as mesmas coisas é enorme, porque enquanto alguns pensam, outros fazem. Existe uma frase que quebra todos os nossos paradigmas: "Quem quer faz, quem não quer arruma uma desculpa" Não basta somente querer mas é preciso fazer, fazer é realizar, colocar em prática todo o seu conhecimento e seguir um caminho de aprendizado contínuo e entender que somente os que se esforçam chegam no topo. Estar no topo não é ganhar mais dinheiro, mas conquistar para sua vida os sonhos que você sonhou, é ter a certeza de que os seus planos foram concluídos e de que suas metas foram alcançadas, é fazer do futuro o presente e do passado um parâmetro entre os acertos e os erros. Faça a diferença para você e para o mundo, porque toda vez que você muda sua vida para algo melhor você se torna uma pessoa melhor, quando você faz a vida de outra pessoa melhor, você torna o mundo melhor.

×