7 2+ Monet+NOV EMBRO
NOVEMBRO +Monet+7 3
por Raquel Temistocles, de Nova Orleans
Papo de
jacaréPASSAMOS UM DIA COM A FAMÍLIA
LANDRY, DE MERGULH...
7 4+ Monet+NOV EMBRO
O patriarca Troy, que nessa temporada deu boas-vindas a ou-
tro filho na equipe de caça, Brandon Land...
FOTOS:DIVULGAÇÃO
NOVEMBRO+Monet+7 5
Quem tem medo de jacaré? – Na primeira imagem,
Jacob e Chase Landry posam com o “unifo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Papo de jacare monet128 - novembro2013

182 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
182
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Papo de jacare monet128 - novembro2013

  1. 1. 7 2+ Monet+NOV EMBRO
  2. 2. NOVEMBRO +Monet+7 3 por Raquel Temistocles, de Nova Orleans Papo de jacaréPASSAMOS UM DIA COM A FAMÍLIA LANDRY, DE MERGULHADOS NO PÂNTANO, PARA SABER COMO É O TRABALHO DESSES CAÇADORES DOS PERIGOSOS RÉPTEIS DA LOUISIANA B OTAS DE BORRACHA, REPELENTE, PROTETOR solar, boné, óculos de sol e uma garrafa de água. Essa foi a preparação que os jornalistas presentes em Louisiana tiveram que enfrentar para acompa- nhar a família Landry – Troy e seus filhos Jacob e Chase – ao pântano para viver na pele o que eles passam todos os dias quando saem de casa para caçar jacarés. O trio faz parte do time de caçadores do reality show Mergulhados no Pântano (atualmente veiculando por aqui episódios da quarta temporada). Como ainda não era a época autorizada para a caça – nossa visita aconteceu no final de julho –, fizemos somente o passeio de barco pelo Rio Atchafalaya sob um calor de aproximadamente 36ºC, mas não nos livramos do medo de algum jacaré se sentir incomo- dado com a nossa presença e resolver fazer uma visitinha. Não aconteceu, ainda bem. Mas, independentemente da assustadora experiência, deu para sentir que, para nossos anfitriões, mais importante do que capturar as criaturas selvagens é a velha máxima de que “família unida jamais será vencida”. MERGULHADOS NO PÂNTANO I DOMINGOS, 14H, A&E, 83
  3. 3. 7 4+ Monet+NOV EMBRO O patriarca Troy, que nessa temporada deu boas-vindas a ou- tro filho na equipe de caça, Brandon Landry, é o homem típico sulista americano, com sotaque carregado, que tem o maior orgulho em dizer que a prole seguiu seu caminho e vai conti- nuar com os negócios da família. “Cuidamos uns dos outros. A família é quem trouxe você a este mundo. E no seu caminho para fora deste mundo, a família é quem vai estar ao seu lado. Ela está lá quando você precisa”, afirma Troy em entrevista à MONET, realizada no quintal da casa dos Landry com um pe- queno pântano ao fundo (e o medo de algum jacaré aparecer continuou após o passeio de barco). Como a temporada de caça de jacarés começa na primeira quarta-feiradesetembroedurasomente30dias,énessetempo que eles preparam armadilhas com iscas para pegar os bichos e se arriscam no pântano. “Nós nunca realmente pensamos so- bre o perigo. É apenas um trabalho. É o que você faz todos os dias, é natural. Além disso, você tem que respeitar o animal, tem que respeitar o meio ambiente. No momento em que se esquecer disso, é quando vai se machucar. Então tomamos cui- dado e vamos devagar”, explicou Jacob. Além da venda da pele, da cabeça e da carne do jacaré, eles também caçam lagostins, e essa é a principal fonte de renda da família no resto do ano. MELHORES EPISÓDIOS DA TEMPORADA DESAFIANDO OS TEXANOS >> A família Landry tenta vencer a aposta que fez com T-Roy e Bigfoot para ver quem capturava o maior jacaré. Enquanto isso, outra dupla, Junior e Willie, acaba enfrentando dificuldades quando Junior se esquece das munições. MORTE FLUTUANTE >> Os caçadores enfrentam uma morte em massa dos peixes devido ao furacão e,enquanto alguns resolvem migrar para outros pontos,Liz e Jessica usam os peixes como isca. Longe dali,Jeromy e David buscam um gigante e ameaçador réptil. FRIO MORTAL >> Uma frente fria ameaça a tempo- rada de caça.Para tentar contornar a situação,Jacob e Chase conseguem um dique para impedir a entrada de água fria no pântano.Bruce e Ron vão atrás de um jacaré canibal que está comendo animais menores da espécie. Vocêtemquerespeitaro animal,temquerespeitar o meioambiente. No momento em que se esquecerdisso,équando vai se machucar” – afirmou Jacob Landry Dois texanos chegaram para ameaçar o reino de Troy Landry. O Furacão Isaac tornou a caça aos jacarés mais difícil.E,para completar,uma frente fria quase colocou os animais em hibernação mais cedo do que deveriam.Pronto.Dramas que só quem passa os dias no pântano sabe contornar.O quarto ano de Mergulhados no Pântano mostrou uma verdadeira luta contra o tempo para capturar jacarés. Confira ao lado os melhores episódios da temporada:
  4. 4. FOTOS:DIVULGAÇÃO NOVEMBRO+Monet+7 5 Quem tem medo de jacaré? – Na primeira imagem, Jacob e Chase Landry posam com o “uniforme” de caça. Na foto maior, David LaDart e Jeromy Pruitt se juntam aos já conhecidos caçadores da Louisiana na 4a temporada. Ao lado, os texanos T-Roy Broussard e Harlan “Bigfoot” Hatcher, que ameaçaram o reinado de Troy Landry, que aparece abaixo (de vermelho), enquanto mostra o pântano a jornalistas convidados No quarto ano da série, além de terem que lidar com o Furacão Isaac, que dificultou a saída deles para o pântano e bloqueou caminhos durante a caça, os Landry e os outros times (o programa geralmente acompanha cinco equipes de caçadores por temporada) receberam a visita de T-Roy Broussard e Harlan “Bigfoot” Hatcher, dois texanos que chegaram para tirar de Troy o título de Rei do Pântano. “Vou te dizer uma coisa: eu nunca peguei o maior jacaré do pânta- no, mas posso dizer honestamente que peguei o maior número. Porque ninguém nunca pegou mais que Troy Landry em um dia e ninguém vai pegar. Prometo a você, ninguém vai quebrar esse recorde, ninguém vai conseguir isso. Ninguém seria bom o suficiente”, protestou o “rei”, ao ser perguntado sobre a disputa acirrada entre os caçadores. Não é por menos, o recorde pelas terras da Louisiana é dele, que já capturou 82 jacarés em um único dia. Na última temporada, a família pegou 550. Apesar disso, ele garante que não quer conseguir o feito atrapalhando os concorrentes. “Se acontecer algo, você vai dar uma mão e ajudá-lo, mas você ainda quer pegar mais jacarés do que ele. Com essa mesma mão. Cla- ro que você cuida, porque ele está lá fora, fazendo a mesma coisa que você e, automaticamente, está em seu coração ajudá-lo, se ele precisar”, garante. Deu para perceber que não são somente os animais que são acolhidos por eles. Um dia no pântano e já nos sentimos parte da família. Quem poderia imaginar que estes caçadores também têm coração? PONTO DE VIRADA >> Liz e Jessica enfrentam problemas quando um jacaré consegue quebrar a linha que serve para fisgá-lo. Mas a dupla que mais sofre é Junior e Willie, e eles resolvem acabar com a parceria depois que fragmentos de bala atingem Willie. DEVORADOS >> Os Landry arriscam suas vidas para salvar seu principal local de caça quando um buraco gigante“engole” as linhas com iscas que eles tinham colocado no dia anterior e eles preci- sam correr para conseguir capturar jacarés com as iscas que sobraram. SABOTAGEM >> Confusão no pântano: a tem- porada de caça aos patos começa e os caçadores de jacarés têm que disputar espaço com eles. Para piorar as coisas, Liz fica sem um assistente quando Jessica retorna ao seu em- prego e acaba contratando Glenn. RISCO MORTAL >> No final da temporada, a equipe Landry se divide para tentar capturar o máximo que conseguir, e o mesmo fazem T-Roy e Bigfoot. Tentando uma conciliação, Junior e Willie se unem novamente para a caça final.

×