G2 Marketing Digital 
Grupo: Fernanda Pontes, Guilherme Matos, Mayara Gasparini, RaphaelaWermelinger e 
Stephanie Duarte
O que é a 
página ? 
Por que 
escolhemos?
• O Seu Ouvido Não é Pinico foi criado por alunas de 
Comunicação Social com o objetivo de cobrar respeito da 
sociedade e...
Métricas: Antes (29/10/2014):
Meta: Chegar a 4.500 curtidas
Ações 
• Criar conteúdo próprio para a página: a escolha da forma um tanto 
debochada de abordar o tema é uma estratégia p...
• Apoio de páginas /blogs com o mesmo perfil e público-alvo: após 
ajuda da “Eu Sou Meiga, Porra” a página ganhou muita di...
• Conseguir apoio de formadores de opinião: enviar matéria para o 
Catraca Livre como forma de aumentar a visibilidade. 
L...
• Convidar pessoas para curtir a página: cada participante do grupo 
convidou seus amigos para participarem da página, pel...
Métricas: Depois (27/11/2014)
Meta Alcançada!
Conclusão 
Desde o dia 08/10/14 até o dia 27/11/14, às 
22h40min, a página conseguiu 1.077 curtidas, 
223 curtidas a mais ...
O que aprendemos? 
Com o final do trabalho, concluímos que a postagem 
regular de conteúdo chama atenção e faz com que o p...
https://www.facebook.com/naoepinico
G2 marketing digital - Seu Ouvido Não é Pinico
G2 marketing digital - Seu Ouvido Não é Pinico
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

G2 marketing digital - Seu Ouvido Não é Pinico

205 visualizações

Publicada em

Trabalho de alunos de Publicidade e Propaganda da PUC-Rio feito para disciplina Marketing Digital. Objetivo: aprender a usar e analisar métricas no mundo digital.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
205
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

G2 marketing digital - Seu Ouvido Não é Pinico

  1. 1. G2 Marketing Digital Grupo: Fernanda Pontes, Guilherme Matos, Mayara Gasparini, RaphaelaWermelinger e Stephanie Duarte
  2. 2. O que é a página ? Por que escolhemos?
  3. 3. • O Seu Ouvido Não é Pinico foi criado por alunas de Comunicação Social com o objetivo de cobrar respeito da sociedade e discutir o assédio de rua, foco principal da página. A ironia é usada como arma para combater o universo machista que continua presente no dia a dia das mulheres. • Escolhemos usar essa URL porque se trata de um tema bastante atual e relevante na nossa sociedade. Concordamos que é um assunto que gera muita repercussão, portanto, mais fácil de ser divulgado. Pelo fato de ser uma questão muito importante e que atinge 100% das mulheres. Além de estar bastante presente nas redes sociais mais usadas hoje em dia.
  4. 4. Métricas: Antes (29/10/2014):
  5. 5. Meta: Chegar a 4.500 curtidas
  6. 6. Ações • Criar conteúdo próprio para a página: a escolha da forma um tanto debochada de abordar o tema é uma estratégia para chamar atenção para a causa e ganhar repercussão.
  7. 7. • Apoio de páginas /blogs com o mesmo perfil e público-alvo: após ajuda da “Eu Sou Meiga, Porra” a página ganhou muita divulgação e novas curtidas.
  8. 8. • Conseguir apoio de formadores de opinião: enviar matéria para o Catraca Livre como forma de aumentar a visibilidade. Link para a matéria: https://catracalivre.com.br/geral/design-urbanidade/ indicacao/campanha-seu-ouvido- nao-e-pinico-reune-cartazes-contra- as-cantadas-de-rua/
  9. 9. • Convidar pessoas para curtir a página: cada participante do grupo convidou seus amigos para participarem da página, pelos convites formais do Facebook e por abordagem individual.
  10. 10. Métricas: Depois (27/11/2014)
  11. 11. Meta Alcançada!
  12. 12. Conclusão Desde o dia 08/10/14 até o dia 27/11/14, às 22h40min, a página conseguiu 1.077 curtidas, 223 curtidas a mais do que a meta estipulada. Durante esse período, investimos na comunicação online através de convites pelo facebook, divulgação em grupos que se interessam pelo assunto, além de postagens em uma média de dois em dois dias.
  13. 13. O que aprendemos? Com o final do trabalho, concluímos que a postagem regular de conteúdo chama atenção e faz com que o público se interesse em participar ativamente da página, propiciando o debate e atraindo novas curtidas. Vimos em prática o quanto é importante ter apoio de formadores de opiniões e de outros veículos que sejam relacionados ao assunto ou tenham o mesmo perfil da marca. Além disso, a publicação de conteúdo próprio é um diferencial que valoriza muito a página e ajuda na conquista de novos públicos. Enfim, aprendemos que conseguir ter sucesso nas mídias sociais não é tão simples quanto pode parecer. Cada curtida foi conquistada com muito esforço e com todo um trabalho planejado em cima. Não tem como alcançar o sucesso sem ter muito bem definido quais sãos as estratégias, o propósito e o mercado-alvo.
  14. 14. https://www.facebook.com/naoepinico

×