Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 1
AULA 07 – DERIVADAS PARCIAIS.
O cálculo de várias variáveis é semelhante ao cálculo...
Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 2
As definições de ⁄⁄ fornecem duas maneiras diferentes de
derivar f em um ponto: em ...
Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 3
Exemplo: Se forem variáveis independentes e ( )
( ) Calcule .
[ ( )] [ ( )] ( ) ( )...
Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 4
obtemos derivadas de terceira e quarta ordens, que denotamos por símbolos
como.
Exe...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 07 derivadas parciais. 3

146 visualizações

Publicada em

arivaldo

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
146
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 07 derivadas parciais. 3

  1. 1. Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 1 AULA 07 – DERIVADAS PARCIAIS. O cálculo de várias variáveis é semelhante ao cálculo de uma variável aplicada a várias variáveis, uma de cada vez. Quando fixamos todas as variáveis independentes de uma função – menos uma – e derivamos em relação a essa variável, obtemos uma derivada “parcial”.  Derivadas parciais de uma função de duas variáveis Definimos a derivada parcial de f em relação à x no ponto ( ) como a derivada ordinária de ( ) em relação à x no ponto . Para distinguir as derivadas parciais das derivadas ordinárias, utilizamos o símbolo no lugar da letra empregada anteriormente. A derivada parcial em relação à x, o valor de y se mantém constante em , portanto y não é uma variável. A derivada parcial ⁄ em ( ) fornece a taxa de variação de f em relação à x quando y é mantido fixo no valor . Definição: A derivada parcial de ( ) em relação a x no ponto ( ) é | ( ) ( ) desde que o limite exista. A definição da derivada parcial de ( ) com relação a y em um ponto ( ) é semelhante à definição da derivada parcial de f com relação a x. Mantemos fixo no valor e tomamos a derivada ordinária de ( ) com relação a y em . Definição: A derivada parcial de ( ) em relação a y no ponto ( ) é | ( ) ( ) desde que o limite exista.  Notações utilizadas na derivada parcial ( ) ( ) | .
  2. 2. Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 2 As definições de ⁄⁄ fornecem duas maneiras diferentes de derivar f em um ponto: em relação a x, da maneira usual, tratando y como uma constante e, em relação a y, da maneira usual, tratando x como uma constante. Observação: As regras de derivação utilizadas nas derivadas ordinárias são as mesmas nas derivadas parciais. Exemplo: Encontre os valores ⁄⁄ no ponto ( ) se ( ) . ( ) ( ) ( ) Exemplo: Encontre como se ( ) . ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) Exemplo: Encontre da equação . ( ) ( ) ( ) ( ) ( )
  3. 3. Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 3 Exemplo: Se forem variáveis independentes e ( ) ( ) Calcule . [ ( )] [ ( )] ( ) ( )  Derivadas parciais de segunda ordem. As derivadas parciais de segunda ordem são produzidas quando derivamos a função ( ) duas vezes. Elas são denotadas: TEOREMA: Teorema das derivadas mistas. Se ( ) e suas derivadas parciais forem definidas por toda a região aberta contendo um ponto ( ) e todas forem contínuas em ( ), então: ( ) ( ) Exemplo: Encontre as derivadas parciais de segunda ordem da função ( ) .  Derivadas parciais de ordem superior Apesar de lidarmos na maioria das vezes com derivadas parciais de primeira e segunda ordem, por elas aparecerem com maior frequência em aplicações, não significa que não podemos derivar em ordem superior. Assim,
  4. 4. Prof. Msc. Arivaldo Carvalho. Página 4 obtemos derivadas de terceira e quarta ordens, que denotamos por símbolos como. Exemplo: Encontre se ( ) . PÓS-AULA 1) Encontre as derivadas parciais de primeira ordem. a) ( ) b) ( ) c) ( ) √ d) ( ) ( ) e) ( ) ( ) f) ( ) ( )⁄ 2) Encontre as derivadas parciais de segunda ordem. a) ( ) b) ( ) c) ( ) ( ) d) ( ) ( ) 3) Seja ( ) . Encontre o coeficiente angular da reta tangente a essa superfície no ponto (2,-1) que está no: a)plano x=2 b) plano y=-1. 4) Determine as derivadas parciais indicadas: a) ( ) . b) ( ) ( ) 5) Determine as derivadas parciais das funções nos pontos indicados: a) ( ) ( ). b) ( ) ( ). c) ( ) √ ( ).

×