PANORAMA ENERGÉTICOBRASILEIRO: TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO NO BRASIL COM FOCOEM GOIÁSDiego Moraes de CarvalhoRafael Franco S...
PANORAMA ENERGÉTICOBRASILEIRO
O SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL (SIN) Possui características que permite torná-lo único  em âmbito mundial Com forte pred...
OPERADOR NACIONAL DO SISTEMA (ONS) Dadas as dimensões do SIN o ONS tem papel de  coordená-lo Garantindo que a energia ch...
SISTEMA DE TRANSMISSÃO DE ENERGIAELÉTRICA BRASILEIRO A rede de transmissão alcançou no final de 2010  os 100 mil Km de ex...
SISTEMA INTERLIGADO DE TRANSMISSÃOBRASILEIRO – MAPA ANTIGO                                     6
SUBESTAÇÕES DE TRANSMISSÃO NO SIN                                    7
SISTEMA INTERLIGADO DE TRANSMISSÃOBRASILEIRO ATUALIZADO                                     8
PRINCIPAIS CONCESSIONARIAS DETRANSMISSÃO                                9
SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIAELÉTRICA BRASILEIRO É regulado pela Aneel, Agencia Nacional de  Energia Elétrica, que s...
CONCESSIONÁRIAS BRASILEIRAS                              11
MAIORES CONCESSIONARIAS PORCONSUMO                              12
CONSSESIONÁRIAS DETRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃOEM GOIÁS
CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO E     DISTRIBUIÇÃO EM GOIÁS         CELG  Atende 237 municípios, 98,7% do estadoLinhas de...
CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO EM GOIÁS   CHESP (Companhia Hidroelétrica São Patrício)  Carmo    do Rio Ve...
CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Companhia Energética de Brasília (CEB) Furnas Centrais ...
CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO – GOIÁS/DF                                   17
PEQUENAS CENTRAISHIDRELÉTRICAS - PCH
PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS -PCH   Capacidade instalada seja superior a 1 MW e    inferior a 30 MW;   Área do reserv...
PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS –PCH - GOIÁS                                    20
BIBLIOGRAFIA   http://www.brasil.gov.br/sobre/economia/energia/setor    -eletrico/sistema-interligado-nacional   http://...
BIBLIOGRAFIA   http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/capacidadebrasil/G    eracaoTipoFase.asp?tipo=5&fase=3   http://www.an...
PANORAMA ENERGÉTICOBRASILEIRO: TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO NO BRASIL COM FOCOEM GOIÁSDiego Moraes de CarvalhoRafael Franco S...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Panorama energético brasileiro transmissão e distribuição no brasil com foco em goiás

1.123 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o setor elétrico brasileiro de transmissão e focando o sistema goiano e suas generalidades.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.123
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Panorama energético brasileiro transmissão e distribuição no brasil com foco em goiás

  1. 1. PANORAMA ENERGÉTICOBRASILEIRO: TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO NO BRASIL COM FOCOEM GOIÁSDiego Moraes de CarvalhoRafael Franco Silveira
  2. 2. PANORAMA ENERGÉTICOBRASILEIRO
  3. 3. O SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL (SIN) Possui características que permite torná-lo único em âmbito mundial Com forte predominância de usinas hidrelétricas É um sistema de produção, transmissão e distribuição de energia elétrica Registra-se que apenas 3,4% da capacidade de produção de energia elétrica do Brasil esteja fora dele 3
  4. 4. OPERADOR NACIONAL DO SISTEMA (ONS) Dadas as dimensões do SIN o ONS tem papel de coordená-lo Garantindo que a energia chegue a todos com qualidade e segurança Tem por operação básica a gestão dos recursos energéticos Conta com cinco centros de operação espalhados por todo o Brasil para cumprir sua função de supervisão e controle 4
  5. 5. SISTEMA DE TRANSMISSÃO DE ENERGIAELÉTRICA BRASILEIRO A rede de transmissão alcançou no final de 2010 os 100 mil Km de extensão Tem por finalidade ligar as usinas geradoras às subestações de distribuição Cerca de 59 mil Km de linhas são do grupo Eletrobrás 5
  6. 6. SISTEMA INTERLIGADO DE TRANSMISSÃOBRASILEIRO – MAPA ANTIGO 6
  7. 7. SUBESTAÇÕES DE TRANSMISSÃO NO SIN 7
  8. 8. SISTEMA INTERLIGADO DE TRANSMISSÃOBRASILEIRO ATUALIZADO 8
  9. 9. PRINCIPAIS CONCESSIONARIAS DETRANSMISSÃO 9
  10. 10. SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIAELÉTRICA BRASILEIRO É regulado pela Aneel, Agencia Nacional de Energia Elétrica, que se orienta pelas leis aprovadas pelo Congresso Operado por 63 concessionarias sendo que:Norte  9Nordeste11Centro-Oeste5Sudeste21Sul17 10
  11. 11. CONCESSIONÁRIAS BRASILEIRAS 11
  12. 12. MAIORES CONCESSIONARIAS PORCONSUMO 12
  13. 13. CONSSESIONÁRIAS DETRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃOEM GOIÁS
  14. 14. CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO EM GOIÁS  CELG  Atende 237 municípios, 98,7% do estadoLinhas de Transmissão Tensão Extensão (km )Paranaíba - Itumbiara 230 11,0 Potência Subestação Tensão InstaladaCachoeira Dourada - Anhanguera 230 194,7 (MVA)Cachoeira Dourada - Planalto 230 85,0 Águas Lindas 230/69 kV 50Planalto - Anhanguera 230 113,0 Anhanguera 230/138/69 kV 250Anhanguera - Goiânia Leste 230 12,4 Cachoeira Dourada 230/138 kV 220Goiânia Leste - Xavantes (Trecho 1) 230 11,2 Firminópolis 230/69 kV 150Goiânia Leste - Xavantes (Trecho 2) 230 15,8 Goiânia Leste 230/13,8 kV 136 Itapaci 230/69 kV 50Xavantes - Bandeirantes (Trecho 1) 230 20,0 Palmeiras 230/69 kV 50Xavantes - Bandeirantes (Trecho 2) 230 15,8 Paranaíba 230/69 kV 100Xavantes - Bandeirantes L2 (trecho Pirineus 230/138 kV 225 230 15,8CELG) Planalto 230/69 kV 42Brasília Geral - Xavantes (trecho Xavantes 230/138 kV 450 230 15,8CELG)Anhanguera - Palmeiras (trecho 1) 230 11,8Anhanguera - Palmeiras (trecho 2) 230 70,0Palmeiras - Firminópolis 230 47,5 14Barro Alto - Itapaci 230 67,8Bandeirantes - Anhanguera 230 0,0Bandeirantes - Anhanguera 230 0,0
  15. 15. CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO EM GOIÁS CHESP (Companhia Hidroelétrica São Patrício)  Carmo do Rio Verde, Ceres, Ipiranga de Goiás, região do povoado de Monte Castelo no Município de Jaraguá, Nova Glória, Rialma, Rianápolis, Santa Isabel, Uruana e São Patrício. PCH São Patrício com capacidade instalada de 3,14 MW; Uma linha de transmissão isolada para 69 kV Um anel em 34,5 kV que interliga a Subestação Rialma às Subestações de Carmo do Rio Verde, Uruana, PCH São Patrício e Rianápolis; 2.243,1 km de linhas e redes isoladas para 15 kV; 376,7 km de redes de baixa tensão 380/220 V; Subestação de Jardim Paulista de 69/13,8 kV com 1 Trafo 15 de 7,5/10 MVA; 281 subestações transformadoras de 13,8 kV para 380/220V
  16. 16. CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Companhia Energética de Brasília (CEB) Furnas Centrais Elétricas S.A. A capacidade instalada é de 2137MVA. A extensão das linhas em 34.5, 69 e 138kV é 915km. Constitui-se atualmente de 33 subestações, sendo 14 alimentadas em 138 kV, 05 em 69 kV, 14 em 34,5 kV O suprimento de energia ao Distrito Federal é realizado, principalmente, por Furnas Centrais Elétricas S.A. 16
  17. 17. CONCESSIONÁRIAS DE TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO – GOIÁS/DF 17
  18. 18. PEQUENAS CENTRAISHIDRELÉTRICAS - PCH
  19. 19. PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS -PCH Capacidade instalada seja superior a 1 MW e inferior a 30 MW; Área do reservatório deve ser inferior a 3 km²; Normalmente opera a fio dágua; Resultam em menores impactos ambientais ; Em rios de pequeno e médio porte que possuam 19 desníveis significativos
  20. 20. PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS –PCH - GOIÁS 20
  21. 21. BIBLIOGRAFIA http://www.brasil.gov.br/sobre/economia/energia/setor -eletrico/sistema-interligado-nacional http://www.brasil.gov.br/sobre/economia/energia/setor -eletrico/sistemas-isolados http://www3.aneel.gov.br/atlas/atlas_1edicao/atlas/asp ectos_institucionais/10_2_configuracao.html http://www.brasil.gov.br/sobre/economia/energia/setor -eletrico/transmissao http://www.brasil.gov.br/sobre/economia/energia/setor -eletrico/distribuicao http://www.ons.org.br/download/biblioteca_virtual/pu blicacoes/dados_relevantes_2009/02-Sistema-de- Transmissao-2009-2012.html http://www.ons.org.br/download/biblioteca_virtual/pu blicacoes/dados_relevantes_2009/02-Sistema-de- 21 Transmissao-2009-2012.html
  22. 22. BIBLIOGRAFIA http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/capacidadebrasil/G eracaoTipoFase.asp?tipo=5&fase=3 http://www.aneel.gov.br/area.cfm?idArea=77 http://celgd.celg.com.br/ http://gt.celg.com.br https://av.celg.com.br/ http://chesp.com.br/site2/ http://www.ceb.com.br/ http://pch.com.br/investir/principal.htm http://www.brasilpch.com.br/ 22
  23. 23. PANORAMA ENERGÉTICOBRASILEIRO: TRANSMISSÃO EDISTRIBUIÇÃO NO BRASIL COM FOCOEM GOIÁSDiego Moraes de CarvalhoRafael Franco Silveira

×