t¡ z ~ __ Í
1'¡ .  , . ' ' _
¡ pj ” XÍ a y _^
* "'11 '_ / “-Í t'
u n¡ ; lt _
.  t'
z k , jr »

SEREÔUS   À
.   “bus

' (n

.  4a(

“Í” ' sERIous GAMES

Em agosto deste ano,  o Ministério das Comunicações
lançgu um edital que dest...
' _ queaindatemmuitoaserexploradazl “f . g J,  "

/7 = 

1

 

Cadajogo receberá RS 100 mil reais para ser; 
construído.  ...
xi

 

  r_ w j

Em um passado não muito distante,  crianças
e adolescentes se reuniam em frente à TV para
se divertir em ...
"

 __

_ x ,  '“ . 

  il  l. . '~ '› a iv E,  a

 f¡  q' Seriousgames, ou"jogossérios"comooMinistériotraduziu

r ,  em s...
ÊERIOUS

Entretanto,  hoje observamos
o crescimento de simuladores A
nos quais futuros médicos realizam 1'/ 
procedimentos...
lãiííuciiakuunnumcíhnñrv il

: ,:j, .§i i» i:  i^. .¡; ,^ii~¡, |_: ~:: 
:TâlílollbizõllIluunojgoiñtíâllwniv-AOIILÍHÍHIIIHI...
ÊEMÚUS ii, 

Talvez o primeiro "jogo sério" que tenha

surgido seja o Battlezone,  um game da

Atari para arcade de 1980. ...
SAE RI OUS GAM ES
Seguindo essa linha de games militares, 
temos também oAmerica's Army,  que foi

feito para estimular o ...
AMERICA'S



PVÍNÉ ll
EÊQUNDS

ARMYí
SERIOUS GAMES . 

Serious games também podem servendidos comojogos de entretenimento. 
Porexemplo,  Sim City é umjogo que ...
.. e

*menor
*JH W
fa? "

iÍ”ÉFíi. i *f  

Aqui no Brasil é uma das áreas em que mais

tem empresas trabalhando, junto com advergames. 
É uma...
SERÚUS GAMES ~ e 

Assim como qualquerjogo,  um serious game deve
possuircaracterísticas para tomá-lo atrativo,  como, 
po...
i l
_FEI l C . .H

      

mama ¡lo-dlouqm-dizhsíàtglo¡ 'oilllo
r: :um-dranma¡¡idIkni-(o-: iuna-«iuoit: :.ai,  -m _Zjiniuu...
ai:  :mil ci, Eio-cioimiuuiolnhxluuiafár 
iu:  :l «Wii 'níilvrzimoratoigoiq ' '“
'J-_rsliib-? ill '[utiliza-¡lulmo-dlollll...
a sEnious   

A área da Saúde é uma das que mais empregam o uso de serious
games na formação de seus profissionais.  É com...
SEREÚUS    ÉS

A designerde games Jane McGonigal tem uma

palestra bem legal no TED,  em que defende

que osjogos sérios p...
à 2*. , _V. V' v. . '~ l'
, .›, .,1  i

' “É

SERIOUS GAMES

Será que os "Serious Games” ou "Jogos
sérios" podem mudar a f...
SERIOUS GAMES o   ñ

Serão as aulas mais envolventes desta fonna?  Sera' que um ensino
baseado na brincadeira pode ser apl...
Game Studies
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Game Studies

165 visualizações

Publicada em

Novo conteúdo referente ao módulo Game Sudies do curso de Pós-Graduação em Mídias Digitais da Estácio Campus TV Morena.

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
165
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Game Studies

  1. 1. t¡ z ~ __ Í 1'¡ . , . ' ' _ ¡ pj ” XÍ a y _^ * "'11 '_ / “-Í t' u n¡ ; lt _ . t' z k , jr » SEREÔUS À
  2. 2. . “bus ' (n . 4a( “Í” ' sERIous GAMES Em agosto deste ano, o Ministério das Comunicações lançgu um edital que destinav 4 5 milhões de reais para ñnanciarjogos sérios _ _ › . - _í 'q eapps celular. ' ° ' - ~_ b» . .Q _ '-_. _.. . _ . ' f' . _J at¡ . 'n
  3. 3. ' _ queaindatemmuitoaserexploradazl “f . g J, " /7 = 1 Cadajogo receberá RS 100 mil reais para ser; construído. A ideia é estimulara indúst ' V de gamese tecnología no Brasil, ' l 1 mas também um tipode linguagem 1,? | '_ adossçriêÍús gaínes; senious GAMES / GT a s _ x _ ' . kd r * r' _. -'". ./ .
  4. 4. xi r_ w j Em um passado não muito distante, crianças e adolescentes se reuniam em frente à TV para se divertir em jogos eletrônicos dos mais diversos estilos: como corrida, luta, esportes e aventura. Na época, a finalidade desses jogos era entreter seus usuários, sendo considerados "brinquedos" eletrônicos.
  5. 5. " __ _ x , '“ . il l. . '~ '› a iv E, a f¡ q' Seriousgames, ou"jogossérios"comooMinistériotraduziu r , em seu edital, é um gênero maiorque engloba os newsgames. O que define um jogo sério, basicamente, é o fato de ele ser criado para um propósito que não é apenas divertir. O entretenimento característico dosjogos aqui é uma ferramenta para passar algum conteúdo “sério” ao jogador.
  6. 6. ÊERIOUS Entretanto, hoje observamos o crescimento de simuladores A nos quais futuros médicos realizam 1'/ procedimentos cirúrgicos, dentistas em formação realizando intervenções em pacientes virtuais, engenheiros testando seus conhecimentos através do desenvolvimento de projeto de estruturas, veículos, aeronaves e robôs em ambientes fictícios, educadores fisicos que acompanham a evolução de seus alunos durante a execução de exercícios realizados por um avatar, ou mesmo futuros empresários aprendendo a gerirseu negócio através de cenários virtuais que reproduzem o dia a dia de uma empresa.
  7. 7. lãiííuciiakuunnumcíhnñrv il : ,:j, .§i i» i: i^. .¡; ,^ii~¡, |_: ~:: :TâlílollbizõllIluunojgoiñtíâllwniv-AOIILÍHÍHIIIHIIÍLOJSÇ): Irma! l!hi1*O-01ijiàílmIpiíiglffiyñiiâloñipl¡ 'Ike --roiiiirueãiunrqnu : Lüiagiroixshíctoiíáíoítaã . raio-ga, ilifç; :IOÍÍWQHÊIOIQÍÉIÍHÔÍÍÍÍOLYHO§X FfQBÃÇQÊITOLÍI Iiiuãiiirailuin¡ giíilqjlxiàjgwáiip orngXÍ-raiignsíi( . nmqatsíiâdi-mpnnnrauàzeiai: rSYçj-írànimgkiiláiapgiíiniaiiia e niaÍ-ãoucílaanvxoilvñilor, . ploisililliikllriloirznionn¡@não -giâgyjiigigçêiqrríiahiüoimo _dngtÇumal-gño. .ctomxunliàanñe, . , niçiñui mai: :Iiiclldñillgxi dj”. 4 ~ z . _l ã N e; .NK “úiij, 1 i 1 l/ 1' (ç x "x ¡ x' . x J "r-w ; , . ,
  8. 8. ÊEMÚUS ii, Talvez o primeiro "jogo sério" que tenha surgido seja o Battlezone, um game da Atari para arcade de 1980. Ojogo j . _ consiste uma visão em wireframe em um monitor horizontal com poucas cores que simulava combates contra tanques de guerra.
  9. 9. SAE RI OUS GAM ES Seguindo essa linha de games militares, temos também oAmerica's Army, que foi feito para estimular o alistamento militar nos EUA etambém usado para treinamento inicial de soldados e À - ' experimento de novas armas. v a '- v I , M¡ /
  10. 10. AMERICA'S PVÍNÉ ll EÊQUNDS ARMYí
  11. 11. SERIOUS GAMES . Serious games também podem servendidos comojogos de entretenimento. Porexemplo, Sim City é umjogo que simula a criação e gerenciamento de cidades, porém ele pode ser um game muito divertido. Civilization é umjogo que pode ser usado em escolas para se aprender sobre história. Alguns serious games são muitas vezes feitos para o mercado coorporativo ou acadêmico, mas depois ganha atributos de entretenimento. Outras vezes a própria simulação pode ser divertida, como simuladores de voo. , r
  12. 12. .. e *menor *JH W
  13. 13. fa? " iÍ”ÉFíi. i *f Aqui no Brasil é uma das áreas em que mais tem empresas trabalhando, junto com advergames. É uma ótima oportunidade para quem quercomeçar a trabalhar na área buscaroportunidades neste tipo dejogo.
  14. 14. SERÚUS GAMES ~ e Assim como qualquerjogo, um serious game deve possuircaracterísticas para tomá-lo atrativo, como, por exemplo, roteiro cativa nte, design agradável ejogabilidade intuitiva. Entretanto, porcausa do foco educacional dessesjogos, existe uma preocupação especial em integrá-los às metodologias pedagógicas e habilidades das áreas de conhecimento envolvidas nesses jogos.
  15. 15. i l _FEI l C . .H mama ¡lo-dlouqm-dizhsíàtglo¡ 'oilllo r: :um-dranma¡¡idIkni-(o-: iuna-«iuoit: :.ai, -m _Zjiniuunnrêi-Ilio¡ ñiaaxwainrwíitl ítatil-. ninieiinio. ¡ih-damn! _ -~ : unminr-iálor : IDIIIÍÍÍHJÂ : lindu-il: 'l: i'1nioilo); ¡i= uii= riui< law: .. ' : mm (niImmdiiyihmwavtiiilaih. ,Iaioirgzmoi: m: isllLÂí-Miii : :em . z w110i: pintar. :iluiuiomsinnuaaihuqrmiqih, :api: Ti= ilnnr= nliu= unuciiñ~fipllinrzru *em _ iiicirõni : o-diucliii ; IlldF-, idlzbalio-pm: _cx-cu w. A_'~ ilmipuanidikàidto, eiounionmizltannrñíi . c uffliiurâ.
  16. 16. ai: :mil ci, Eio-cioimiuuiolnhxluuiafár iu: :l «Wii 'níilvrzimoratoigoiq ' '“ 'J-_rsliib-? ill '[utiliza-¡lulmo-dlollllíññiloj_ misillininnniounieilníiio-ímiiitaliülâúât. _E cima: : , i ter. =ixihíicioimyiallo-pitoigullilir. lalamozwi nun-viu. , inliomnn-O-qiuiêio piíÕNimo-dlo-IihFlH-Iojgaliloli'âflíílilt movl]amuito-diaiqbidluàllânnniluàziiõlii in u" ii «Tãlílli : :g1 : :liaiíivloiirtaiê : agr-Jelly : agrargãír ' Êrçátãiiqíi . t r › *3 É' ' '3 -. r.^ii'i, lF_Í?
  17. 17. a sEnious A área da Saúde é uma das que mais empregam o uso de serious games na formação de seus profissionais. É comum a utilização dessesjogos para simular procedimentos rotineiros de um médico, como a realização de cirurgias em pacientes virtuais. Nessesjogos, um dispositivo especial é integrado para prover ao usuário sensações semelhantes ao do manuseio de instrumentos como bisturi e tesoura. Esses dispositivos são conhecidos como hápticos e permitem aojogador movero instrumento virtual em um ambiente 3D, além de gerarforças como resposta às ações do usuário nojogo, como a resistência do bisturi ao cortar a pele.
  18. 18. SEREÚUS ÉS A designerde games Jane McGonigal tem uma palestra bem legal no TED, em que defende que osjogos sérios podem mudar o mundo. Além de servirem para educação e conscientização, Jane acredita que osjogos colaborativos com temas sérios podem estimulara criação de / redes dejovens em prol de boas causas. f¡ isso só depende dos game designers i , criarem narrativas empolga ntes o - - suficiente para transfonnar a energia > dessesjogadores em boas ações.
  19. 19. à 2*. , _V. V' v. . '~ l' , .›, .,1 i ' “É SERIOUS GAMES Será que os "Serious Games” ou "Jogos sérios" podem mudar a forma como aprendemos?
  20. 20. SERIOUS GAMES o ñ Serão as aulas mais envolventes desta fonna? Sera' que um ensino baseado na brincadeira pode ser aplicado a todas as disciplinas. A escola de negócios de Grenoble, GEM, é uma instituição francesa de prestígio, pioneira nosjogos sérios ou "Serious Games". Em apenas dois anos e meio, a escola tomou-se uma referência internacional em "brincadeiras sérias". Até mesmo os especialistas do prestigiado Instituto de Tecnologia de Massachusetts quiseram ver de perto os resultados desta iniciativa.

×