P&D Estratégico Tractebel Solar 3 MW

2.068 visualizações

Publicada em

Material apresentado na Energy Show 2013
P&D Estratégico Aneel - Solar Fotovoltaico - Tractebel
Rafael Celso Pereira

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.068
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
89
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

P&D Estratégico Tractebel Solar 3 MW

  1. 1. 1 Tractebel Energia | GDF SUEZ - Todos os Direitos Reservados + Projeto P&D Estratégico ANEEL Solar Fotovoltaico
  2. 2. 2 1. P&D Solar Fotovoltaico: • Módulos de Avaliação • Usina Fotovoltaica 2. Fornecedores, Contratos e Cronograma 3. Laboratório UFSC e Contrapartidas
  3. 3. 3 1. P&D Solar: • Módulos de Avaliação • Usina Fotovoltaica
  4. 4. 4 Implantação de usina fotovoltaica (FV) de 3MWp e avaliação técnica e econômica da geração FV em diferentes condições climáticas na matriz elétrica brasileira. Empresa Proponente: Tractebel Energia Entidade Executora: Universidade Federal de Santa Catarina Empresas Cooperadas: Campos Novos Energia S.A. Centrais Elétricas Cachoeira Dourada Central Geradora Termelétrica Fortaleza S.A. Companhia Energética Rio das Antas Companhia Paulista de Força e Luz Companhia Piratininga de Força e Luz Copel Geração S.A. Energética Barra Grande S.A. Foz do Chapecó Energia S.A. Light Serviços de Eletricidade S.A. Rio Grande Energia S.A. Valor do Projeto: R$ 50,6 Milhões Cronograma: 36 meses (jul/2012 – jun/2015) Projeto P&D Fotovoltaico
  5. 5. 5  O mercado solar fotovoltaico tem experimentado um crescimento exponencial durante a última década. Destaque para a Alemanha que atingiu 24,7 GW de potência instalada. Potencial Solar e Mercado  O Brasil, possui grande potencial. Os maiores valores de irradiação solar estão na região central do país (semiárido): Tocantins, oeste da Bahia, sul do Maranhão e Piauí.  A irradiação solar diária no Brasil é de 4,1 a 6,5 kWh/m2/dia enquanto o maior valor na Alemanha: 3,4 kWh/m2/dia
  6. 6. 6  Avaliação técnica e econômica da geração fotovoltaica:  custos no médio e longo prazo, vida útil, desempenho, adequação ao clima local das distintas tecnologias FV, sazonalidade e complementaridade com outras fontes de geração.  Capacitação de RH.  Avaliar a legislação vigente, estudar possibilidades de adaptação do marco regulatório e avaliar distintos modelos de negócio adequados para a inserção da geração FV na matriz. Objetivos do P&D  Identificar locais adequados à implantação de parques fotovoltaicos no país.  Será a maior planta solar fotovoltaica construída no Brasil com 3,0 MWp, e concebida como planta para treinamento e pesquisas.
  7. 7. 7 • Usina Solar Fotovoltaica de 3 MWp com 3 tecnologias FV (c-Si, a-Si, e CIGS); • 8 Módulos de Avaliação (MA) com 7 tecnologias FV e estações solarimétricas em localidades com diferentes climas: Projeto P&D Fotovoltaico Usina Solar FV 3MWp 8 Módulos de Avaliação (70kWp cada) Região Climática Local Cidade Sul - Litoral Parque Ambiental do CTJL Capivari de Baixo/SC Sul - Interior UHE Ita Aratiba/RS Centro-Oeste UHE Ponte de Pedra Itiquira/MT Norte Vila Nova Mutum Paraná (Jirau) Porto Velho/RO Nordeste - Interior SE da Coelce Juazeiro do Norte/CE Nordeste - Litoral UTE Fortaleza Caucaia/CE Sudeste - Interior UHE Cachoeira Dourada Cachoeira Dourada/GO Sudeste - Litoral SE da Ampla Búzios/RJ
  8. 8. 8 • Potência: 3,0 MWp • Localização: Tubarão/SC • Conexão Elétrica: 13,8kV – rede distribuição Celesc • Orçamento Usina Solar: R$ 30 Milhões 1 MWp Silício Cristalino (c-Si) 1 MWp Silício Amorfo Microcristalino (a-Si/uc-Si) 1 MWp CIGS (Cobre-Índio-Gálio-Selênio ) Usina Solar Fotovoltaica
  9. 9. 9 Implantação – Usina Solar Fotovoltaica • Usina Solar implantada em cima das cinzas de uma Termelétrica a carvão - Alemanha
  10. 10. 10 Usina Solar Fotovoltaica Layout – Usina Solar:  Definição do arranjo no terreno por meio de estudos de sombreamento;  Inclinação de 15°  Distanciamento entre fileiras de 5 metros  6 ha para painéis e 10 ha total; Configuração Usina: • 1 MWp por tecnologia FV; • Avaliação de 4 modelos de inversores (500kW; 150kW; 50kW e 10kW); • Possibilidade de diferentes carregamentos para os inversores de 10kW; • Distintas tensões de entrada do inversor (Eficiência de conversão) Módulos Fotovoltaicos Inversores 500kW 150kW 50kW 10kW Silício Policristalino Silício Micro Amorfo CIGS
  11. 11. 11 Módulos de Avaliação • Potência: 70 kW cada • 10kW por tecnologia • Área: até 3.000 m2 (0,3 ha) • Layout ( 7 tecnologias FV + est. solarimétrica) • Licença Ambiental: dispensa/isenção Foto terraplanagem - MA Capivari de Baixo Parque Ambiental CTJL
  12. 12. 12 Módulos de Avaliação - Tractebel MA Sul Litoral – Capivari de Baixo – SC (CTJL) MA Sul Interior: Aratiba-RS (UHE ITA) MA Centro Oeste: Itiquira - MT (UHE Ponte de Pedra) MA Norte: Porto Velho - RO (Jirau)
  13. 13. 13 Módulos de Avaliação - Endesa MA Nordeste Interior: Juazeiro do Norte – CE (IFCE) MA Nordeste Litoral: Caucaia – CE (UTE Fortaleza) MA Sudeste Interior: Cachoeira Dourada – GO (UHE Cachoeira Dourada) MA Sudeste Litoral: Buzios - RJ Buzios
  14. 14. 14 2. Fornecedores, Contratos e Cronograma
  15. 15. 15 Usina Solar - Contratos • Principais Contratos: 1. Infraestrutura Civil; 2. EPC; • Engenharia proprietário: Leme (projetos, revisão ETs, e proj. básico civil Usina). • Fiscalização obras: PLP, com apoio da ENG (CTJL), UHIT e UHPP. • Processo de contratação (principais contratos): 1. Infra-estrutura Civil: 3 propostas recebidas (Santa Rita; Confer; Serdel;) • Após equalização as 3 empresas atenderam tecnicamente ao solicitado. • Serdel (empresa com sede em Tubarão e que já realizou serviços de terraplanagem e movimentação de cinzas no CTJL) 2. EPC : • Propostas Non-Binding (recebidas em dez/2012 e jan/2013), 5 empresas enviaram; • Proposta Firme: prazo de entrega dia 17/abr • 8 propostas esperadas: (1) WEG/Wirsol; (2) Santa Rita/Juwi; (3) Gerlicher/Engevix; (4) ABB; (5) Solaria; (6) Sun Edison; (7) Elecnor; (8) Abengoa. • 3 empresas não apresentarão propostas: Schneider Electric, Guascor e Acciona..
  16. 16. 16 2013  Início da implantação: abril/2013  Topografia, sondagens e georeferenciamento concluídos;  Licença Ambiental para terraplanagem: liberado pela FATMA  Licença Ambiental montagem Usina Solar: em processo na FATMA, previsão mai/2013  Autorização IPHAN: em processo liberação de pesquisas arqueológicas;  Autorização Município de Tubarão emitida em out/2012 Usina Solar - Cronograma
  17. 17. 17 EQUIPAMENTOS WEG Principais Contratos MONTAGEM Campbell Fabricantes:  Módulos FV (7 tecnologias):  c-Si (Hanwha – Coréia do Sul)  m-Si (Yingli - China);  a-Si e a-Si/mc-Si (Dupont Apollo – França/ China);  CdTe (First Solar - EUA);  CIGS (Saint Gobain – França/Alemanha);  Concentrador FV (Daido Steel - Japão)  Inversores: Power One  Tracker: BSQ Solar - Espanha Gehrlicher Unitron Araxa/IC Supply Módulos de Avaliação - Contratos • R$ 1,1 M / Módulo de Avaliação • R$ 9,2 M total com 5% de contigências Valor Investimento
  18. 18. 18 2013  Início das obras: abril/2013;  Últimos contratos de fornecimento e montagem dos MAs em fase de assinatura;  Topografia e georeferenciamento dos 8 MAs finalizadas;  Sondagens de 6 MAs concluídas; Módulos de Avaliação - Cronograma
  19. 19. 19 3. Laboratório UFSC e Contrapartidas
  20. 20. 20 P&D Solar FV – Laboratório UFSC: • A UFSC (Laboratório Fotovoltaica) e FEESC são as entidades executoras do projeto; • Recurso destinado para a UFSC durante o projeto: 4,5 MBRL • Utilização dos recursos: • Capacitação de RH (bolsas de graduação, mestrado e doutorado); • Equipamentos para o novo Laboratório Fotovoltaica, em implantação no Sapiens Parque (Florianópolis); Área total construída: 700 m² Área do terreno: 3.300 m² Coordenador: Prof. Ricardo Ruther
  21. 21. 21 P&D Solar FV - Contrapartida Tractebel Proposta: Solarização do Parque Madureira  Objetivo:  Apresentação/divulgação de conceitos sustentáveis e da tecnologia solar fotovoltaica para a população, através do uso criativo dos painéis fotovoltaicos;  Incremento dos atrativos do Parque Madureira;  Benefícios para imagem/marketing do Parque e das entidades envolvidas;  Economia de energia que pode ser revertida em novos investimentos no Parque;  Proposta: instalar placas fotovoltaicas em cima do Centro Cultural, em área de 1.600m²;  Realização de projetos arquitetônicos para integração com o ambiente e valorização estética e funcional dos módulos FV;
  22. 22. 22 Energia Solar FV – Projetos P&D Este projeto da Tractebel Energia e cooperadas atende a um edital ANEEL para Projetos Estratégicos nº 13/2011 - “Arranjos Técnicos e Comerciais para Inserção da Geração Solar Fotovoltaica na Matriz Energética Brasileira”  Dentro deste mesmo edital foram cadastrados na ANEEL 18 projetos,  Nestes projetos serão construídas 18 Usinas Fotovoltaicas,  Potência das usinas variando de 0,5 MWp a 3,0 MWp,  Totalizam 24,578 MWp instalados,  Custo total previsto: R$ 395,9 Milhões.
  23. 23. 23 Obrigado! P&D Tractebel Energia – ped@tractebelenergia.com.br Tel.: 3221 7126
  24. 24. 24 Anexo - Energia Solar Fotovoltaica  Uma célula fotovoltaica é um dispositivo elétrico que converte luz diretamente em energia elétrica através do efeito fotovoltaico. As células fotovoltaicas são feitas com materiais semicondutores, silício é um dos elementos mais utilizados e está presente de forma abundante na natureza.  A energia elétrica gerada pelos painéis fotovoltaicos é em corrente contínua (CC) e pode ser armazenada em baterias e/ou convertida em corrente alternada (CA) por meio dos inversores para conexão à rede elétrica.  http://www.youtube.com/watch?v=f5wTeR_RCSQ  http://www.americadosol.org/video_eletricidade_solar/

×