Introdução à informática

603 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução à informática

  1. 1. Introdução à Informática - Ricardo Santos 1
  2. 2.  Conceitos Gerais Hardware e Software Representação da Informação Organização da Informação Introdução à Informática - Ricardo Santos 2
  3. 3.  Informática (INFORMAÇÂO AUTOMÁTICA)  Ciência que estuda o tratamento da informação Dados – factos  Tipos de Dados: ▪ Quantitativos – tratados automaticamente ▪ Qualitativos – ideias ou opiniões Informação - dados dispostos segundo determinada ordem e forma, útil para as pessoas a quem se dirige. Introdução à Informática - Ricardo Santos 3
  4. 4.  Exemplo   Antes de tratados, os dados Depois de processados, os dadosencontram-se dispersos, possuindo transformam-se em informação.apenas significado individual elimitado. Nome Idade Telefone Inês 17 8764561 Francisco18 234765 Sebastião 19 467823 Introdução à Informática - Ricardo Santos 4
  5. 5. Introdução à Informática - Ricardo Santos 5
  6. 6.  Características:  Vantagens:  Sistema Electrónico  Rápido  Realiza tarefas rotineiras  Preciso  Trabalha 24 horas por dia  Fiável  Capacidade de  Armazena e processa Armazenamento grandes volumes de dados  Elevada capacidade Armazenamento Introdução à Informática - Ricardo Santos 6
  7. 7.  Hardware vs Software:  Hardware – elementos físicos de um computador  Software – comandos que fazem o Hardware funcionar “O Software comanda o Hardware” Introdução à Informática - Ricardo Santos 7
  8. 8.  Periféricos:  Dispositivos de Entrada  Dispositivos de Saída  Dispositivos de Entrada e Saída Dispositivos de Processamento Dispositivos de Armazenamento  Primários  Secundários Introdução à Informática - Ricardo Santos 8
  9. 9. Teclado: (ver teclas) Existem diversos teclados com diferente número de teclas e diferentes disposições, com o objectivo de dar suporte a diferentes linguagens (países) e funcionalidades. Ergonomia Teclados MultimédiaRato: Têm três ou duas teclas. Mais recentemente apareceram alguns modelos com duas teclas e um botão de deslocamento que permite controlar verticalmente documentos de texto, folhas de cálculo ou páginas de Internet. Introdução à Informática - Ricardo Santos 9
  10. 10. Periféricos de EntradaOutros dispositivos apontadores: Trackball - Tal como num rato, existe uma esfera que ao ser movimentada com a mão fará deslizar o apontador no monitor do computador O touchpad é uma pequena superfície sensível ao toque que tem a vantagem de não possuir peças móveis. O mousepoint também muito usado em sistemas portáteis, consiste numa pequena borracha inserida no meio do teclado que tal como o touchpad é movimentado com o toque de um dedo. NOTA: O mousepoint tem a vantagem de ocupar muito pouco espaço. Introdução à Informática - Ricardo Santos 10
  11. 11. Periféricos de EntradaScanner – Digitalizador de imagemUm digitalizador de imagens é um equipamento deentrada de dados, que permite a leitura de imagens apartir de material impresso (revistas, jornais, cartazes),armazenando na memória toda a área recebida na leitura.As imagens podem, assim, serem modificadas ereproduzidas novamente por equipamentos adequados deimpressão. Dessa forma podemos criar cartazes ouqualquer outro tipo de trabalho utilizando fotografias.Característica: dpi (pontos por polegada) Introdução à Informática - Ricardo Santos 11
  12. 12. Periféricos de SaídaImpressoras:Matricial - Matriz de pontos, que funciona por meio de uma cabeça de impressão contendo um grupo de agulhas. Os caracteres são impressos no papel mediante a combinação dessas agulhas. - Rapidez e preço. - Qualidade da impressão ??? (+: grava os pontos duas ou três vezes) - Impressora faz muito barulho. Introdução à Informática - Ricardo Santos 12
  13. 13. Periféricos de SaídaImpressoras:Jactos de Tinta - Preço um pouco mais elevado que as matriciais. Injectam gotas de tinta (ou bolhas de tintas aquecidas) que formam o carácter a ser impresso. As gotas passam por um eléctrodo e recebem carga eléctrica. - Maior rapidez, tendo capacidade para imprimir muitos caracteres por segundo. -A sua qualidade de impressão é muito boa. São muito adequadas ás cores. - Característica: páginas por minuto, dpi’s Introdução à Informática - Ricardo Santos 13
  14. 14. Periféricos de SaídaImpressoras:Laser - Sistema semelhante ao utilizado nas máquinas de Xerox, por sensibilização do papel e uso de toner para impressão. - Possui alta velocidade e alta resolução, tanto na escrita quanto em modo gráfico. - Se forem coloridas usam toner de 3 ou 4 cores. - Característica: páginas por minuto Introdução à Informática - Ricardo Santos 14
  15. 15. Periféricos de SaídaMonitor:• Dimensão da área de visualização. Esta medida, em polegadas (”), poderáser de 9”, 10”, 11”, 14”, 15”, 17”, 20” e 21”.• As mais baixas são geralmente monitores de computadores portáteis ou desistemas POS (Postos de venda).• Os de 14”, 15” e 17” são os mais utilizados nos computadores pessoais. Osde 20” e 21” são geralmente usados em computadores destinados aprodução gráfica (jornais, revistas), CAD (desenho de plantas - engenharia),etc.• A resolução da imagem define a quantidade de informação que pode serrepresentada e é constituída por uma grelha de linhas por colunas. Cadaponto de cruzamento entre uma linha e uma coluna é denominado de pixel. Introdução à Informática - Ricardo Santos 15
  16. 16. Periféricos de SaídaPlotter: -Uma “plotter” é um dispositivo traçador que funciona de forma semelhante a uma impressora, pois permite a impressão da informação (tipo texto ou gráfica) sobre uma folha de papel ou um suporte análogo. - Tal impressão é baseada em movimentos perpendiculares de um suporte mecânico de canetas sobre uma folha que, dependendo da variação das velocidades relativas, permite gerar qualquer tipo de traço. Outros Perif. Saída: DataShow Introdução à Informática - Ricardo Santos 16
  17. 17. Periféricos de Entrada/SaídaModem: - Internos - Externos Introdução à Informática - Ricardo Santos 17
  18. 18. Primários: Memórias RAM (Random Access Memory)  Memória não volátil  SIMM, DIMM e DDR Memórias ROM  Memória volátil  PROM, EPROM  Exemplo: BIOS Memória cache Introdução à Informática - Ricardo Santos 18
  19. 19.  Exemplos Memórias Introdução à Informática - Ricardo Santos 19
  20. 20. Periféricos de ArmazenamentoArmazenamento Dados (secundários):• Disquetes, Discos, PenDrive, CD-ROM, DVD, Tapes Introdução à Informática - Ricardo Santos 20
  21. 21.  Estrutura dos Discos  Sectores  Pistas Sector 1, pista 0:  Tabela de Alocação de ficheiros (FAT) Tipo:  SCSI e IDE Introdução à Informática - Ricardo Santos 21
  22. 22.  CD-ROM  Gravação por Feixes de Luz  CD-R, CD-RW  700 Mb DVD - Disco de Video Digital  DVD-R, DVD-RW  4,7 Gb Introdução à Informática - Ricardo Santos 22
  23. 23. Sistema OperativoIntrodução à Informática - Ricardo Santos 23
  24. 24.  Placa-mãe (motherboard) Processador Bus Discos Placa Gráfica Placa de Rede Outros... Introdução à Informática - Ricardo Santos 24
  25. 25. Introdução à Informática - Ricardo Santos 25
  26. 26.  Procura e executa as instruções em Memória Comanda todos os outros chips do Computador Introdução à Informática - Ricardo Santos 26
  27. 27.  Porta Série Porta Paralela Porta Ir (Infra-vermelhos) USB PS2 Firewire Introdução à Informática - Ricardo Santos 28
  28. 28.  O Computador é constituído de circuitos electrónicos por onde flúem impulsos eléctricos. Analisando um circuito eléctrico com uma lâmpada como exemplo, a lâmpada só pode estar ligada ou desligada Toma valores: O ou 1 Internamente o computador só consegue armazenar informações utilizando sequências dos dígitos zero (0) e um (1). Cada um desses dígitos é chamado de BIT (sigla que deriva de BInary digiT). Introdução à Informática - Ricardo Santos 29
  29. 29. Unidade Equivalência Bit Mais pequena... Byte 8 bits =1 letrakilobyte 1024 bytes 2 ^ 10Megabyte 1024 KbytesGigabyte 1024 MbytesTerabyte 1024 Gbytes Introdução à Informática - Ricardo Santos 30
  30. 30.  Existe um Código padrão para troca de informações Código ASCII (American Standard Code for Information Interchange) está gravado na memória do computador. Introdução à Informática - Ricardo Santos 31
  31. 31.  A parte lógica que torna útil o sistema de computador é designada por Software. O software pode ser classificado em função da sua finalidade em três grandes grupos:  Sistemas Operativos  Aplicativos  Linguagens de Programação Introdução à Informática - Ricardo Santos 32
  32. 32.  Conjunto de programas que gerem os recursos do computador. Funções:  Gestão do processador;  Gestão da memória;  Gestão dos Periféricos;  Diálogo (interface) com o utilizador. Ex: Windows 95, 98, Me, 2K, XP, NT; Ex: Unix, Linux, MAC/OS Introdução à Informática - Ricardo Santos 33
  33. 33.  Formas de operação do computador para uma determinada finalidade. Exemplos:  Processadores de texto – automatizar tarefas de criação e edição de documentos.  Folhas de Calculo – criar tabelas com dados e expressões que manipulam esses dados.  Base de dados – para armazenar e gerir a informação, de forma a evitar a redundância e permitir o controlo da integridade  Programas de Desenho – realização de gráficos ou desenhos. Exemplos: Paint Shop Pro, CorelDraw, PhotoDraw, etc.;  CAD – programas utilizados em engenharia para apoiar projectos.  Paginadores - criam páginas para Internet. Temos o Microsoft FrontPage e Netscape.  Programas de Gestão – permitem realizar tarefas de apoio à gestão, integrando contas correntes, facturação, encomendas, controlo de stocks, salários, etc. O Infologia e o SAP são exemplos deste tipo de programas. Introdução à Informática - Ricardo Santos 34

×