Histórico da Candidata a prefeita Lourdes

298 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Histórico da Candidata a prefeita Lourdes

  1. 1. O PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL) Pela primeira vez o PSOL participa das eleições municipais em Itaboraí. Trazemos emnosso programa o compromisso com a transparência e serviços públicos de qualidade. Temos a certeza que educação, saúde, transporte, moradia, saneamento, coleta de lixo eoutros serviços são direito da população e dever de quem administra o município. Entretanto,sabemos também que sem a luta da população pelo que lhe é de direito os governantes nãocumprirão o seu papel. Por isso propomos uma nova forma de governar, um meio paraestimularmos a consolidação de uma democracia participativa. Ao nosso ver, as comunidades devem ser chamadas a participar de assembleias e reuniõespara definir os gastos públicos. Não podemos mais aceitar que meia dúzia de pessoas, muitas vezesligadas a “grandes” empresários, decidam o que fazer com o dinheiro público e a sua participaçãonas questões públicas. A nossa força não reside em dispor de poder econômico ou pessoas pagas para fazerem nossacampanha. Nossa força reside em nossos filiados, militantes e simpatizantes. Enfim, em todosaqueles que lutam ou desejam lutar por uma sociedade mais justa. Um mundo mais igual, maishumano, mais democrático. Um mundo de socialismo e liberdade. A História da Professora Lourdes, nossa candidata à Prefeita (Uma história de lutas e conquistas para Itaboraí) Concluiu o curso de Formação de Professores em 1975 pelo Instituto de Educação CléliaNanci e completou o ensino superior de Letras (Português e Literatura) pela Universidade SantaÚrsula em 1980. Lourdes Monteiro lecionou no Colégio Estadual Antônio Francisco Leal, emTanguá, na Escola Estadual Salvador de Mendonça, em Venda das Pedras e atualmente leciona noColégio Estadual Visconde de Itaboraí (CEVI), onde foi diretora eleita, com mandato nos anos de1991 a 1993, 1998 a 2001 e 2008 a 2011. Sua dedicação no magistério em Itaboraí possui mais de 30 anos. Desde o início, a professoraLourdes Monteiro atuou de forma expressiva na luta pela Educação Pública e de qualidade, sendopor diversos momentos uma das diretoras do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação(SEPE).
  2. 2. No início dos anos 90, como diretora do SEPE e junto com outros sindicalistas, conseguiupor meio da justiça impedir que os filiados do sindicato da rede municipal tivessem os descontos emfolha bloqueados, garantindo assim o reconhecimento do SEPE como o sindicato dos profissionaisda educação na rede municipal de Itaboraí. Liderou a luta para impedir a separação do CEVI com o prédio do CIEP, proporcionandopara Itaboraí a ampliação do número de vagas para os estudantes do Ensino Fundamental e doEnsino Médio em uma mesma escola. Participou diretamente da conquista do passe escolar no município, até que esse direitofosse também ampliado para os alunos da rede pública estadual. Defendeu o reconhecimento dos Funcionários Administrativos como educadoresnecessários à implementação do processo pedagógico. Como diretora incentivou o desenvolvimento de práticas pedagógicas que contemplassem aMúsica e o Esporte. Reativou a banda marcial do CEVI e proporcionou meios para que osestudantes pudessem participar dos jogos intercolegiais e intermunicipais. Denunciou publicamente, em diversos momentos, a escandalosa carência de professores naRede Pública Estadual de ensino, e apesar das constantes intimidações dos representantes dogoverno do estado, a professora Lourdes continuou denunciando a precariedade das escolasestaduais em Itaboraí. Novamente como membro do SEPE, atuou diretamente na elaboração do Plano de Cargo eCarreira e da Lei Orgânica do Município no capítulo Educação. Em diversos períodos de greve darede estadual de ensino, esteve presente nas negociações como diretora do sindicato. Por manter sua seriedade e comprometimento na luta pela Educação Pública e deQualidade, sofreu diversas represálias dos governos estaduais no período de seus mandatos comodiretora do CEVI. As contínuas ameaças de exoneração não alteraram seus questionamentos e nemtão pouco sua atuação como diretora do SEPE. Devido a isso foi exonerada de seu cargo de diretora do CEVI por duas vezes, gerandointensas contestações da população de Itaboraí que acompanhou seu trabalho. A dimensão e aforça das mobilizações foram tamanhas que na primeira exoneração o governo do estado teve quereativá-la no cargo. Na segunda exoneração, que ocorreu no ano de 2011, a população ocupou a Praça MarechalFloriano Peixoto para demonstrar o apoio e o reconhecimento do trabalho que a professoraLourdes realizou em Itaboraí.
  3. 3. Apoiou diretamente como diretora a construção do Pré Vestibular Comunitário do CEVI.Projeto que atende a um número expressivo de estudantes há 11 anos em Itaboraí. Seu auxílio e suaparticipação na criação do projeto foram determinantes para suprir parte de uma carênciaexistente em Itaboraí até hoje, que é ter um espaço onde os estudantes da cidade possam sepreparar para o Vestibular. Engajada na luta pela valorização da mulher e pelo reconhecimento de seu valor. Suaprópria candidatura representa a ampliação da atuação da mulher na sociedade em que vivemos. Por fim, a história de luta de Lourdes monteiro está diretamente associada a luta pelaEducação Pública e de qualidade, pela criação do SEPE em Itaboraí, pela crescente organizaçãodos profissionais da educação, pelo estímulo ao movimento estudantil e pela sua presente atuaçãonas mobilizações populares que valorizam a conquista de uma cidadania plena. Essa é Lourdes Monteiro, integrante de um projeto novo em Itaboraí. O projeto do PartidoSocialismo e Liberdade (PSOL). Um partido que apresenta uma proposta que contempla umaconstrução coletiva, com participação popular nas decisões do governo. Por sua história e a de seusintegrantes, por sua proposta de sociedade e de governo, o PSOL representa uma alternativa deverdade. O PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL) Pela primeira vez o PSOL participa das eleições municipais em Itaboraí. Trazemos em nosso programa o compromisso com a transparência e serviços públicos de qualidade. Temos a certeza que educação, saúde, transporte, moradia, saneamento, coleta de lixo e outros serviços são direito da população e dever de quem administra o município. Entretanto, sabemos também que sem a luta da população pelo que lhe é de direito os governantes não cumprirão o seu papel. Por isso propomos uma nova forma de governar, um meio para estimularmos a consolidação de uma democracia participativa. Ao nosso ver, as comunidades devem ser chamadas a participar de assembleias e reuniões para definir os gastos públicos. Não podemos mais aceitar que meia dúzia de pessoas, muitas vezes ligadas a “grandes” empresários, decidam o que fazer com o dinheiro público e a sua participação nas questões públicas. A nossa força não reside em dispor de poder econômico ou pessoas pagas para fazerem nossa campanha. Nossa força reside em nossos filiados, militantes e simpatizantes. Enfim, em todos aqueles que lutam ou desejam lutar por uma sociedade mais justa. Um mundo mais igual, mais humano, mais democrático. Um mundo de socialismo e liberdade. A História da Professora Lourdes, nossa candidata à Prefeita (Uma história de lutas e conquistas para Itaboraí) Concluiu o curso de Formação de Professores em 1975 pelo Instituto de Educação Clélia Nanci e completou o ensino superior de Letras (Português e Literatura) pela Universidade Santa Úrsula em 1980. Lourdes Monteiro lecionou no Colégio Estadual Antônio Francisco Leal, em Tanguá, na Escola Estadual Salvador de Mendonça, em Venda das Pedras e atualmente leciona no Colégio Estadual Visconde de Itaboraí (CEVI), onde foi diretora eleita, com mandato nos anos de 1991 a 1993, 1998 a 2001 e 2008 a 2011. Sua dedicação no magistério em Itaboraí possui mais de 30 anos. Desde o início, a professora Lourdes Monteiro atuou de forma expressiva na luta pela Educação Pública e de qualidade, sendo por diversos momentos uma das diretoras do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE). Prefeita Professora LOURDES MONTEIRO Vice Luciano Franklin www.psol-itaborai.blogspot.com/

×