ENTE                                          PROJOVE M ADOLESC                                                         AT...
PÁGINA 2                                                                       PROJOVEM ADOLESCENTEPasseio ao Clube Sint-I...
VOLUME 1, EDIÇÃO 1                                                                                                  PÁGINA...
NO PROJOVEM SE APRENDE A CONVIVER COM AS DIFERENÇAS                                                                       ...
A palavra “”Bully” é de ori-gem inglesa e significa valen-tão, trata-se da valentia co-varde onde há diferença gri-tante d...
Sou um aprendiz desde 2008, quando entrei aqui eu era uma pessoa muito envergo-                       nhada e triste, me a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fanzine Brisas da Mata

597 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
597
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fanzine Brisas da Mata

  1. 1. ENTE PROJOVE M ADOLESC ATA BRISAS DA M Volume 1, edição 1 Junho, 2011 A d ol esc e n tes em Sintonia com o Fazer parte da família do Pro- jovem Adoles- C cente do CRAS Brisas da Mata, a tem sido uma experiência enriquecedora. Capitulo IV do ECA Cada jovem Do direito a educa- que compõem ção a cultura, ao o coletivo é esporte e ao lazer.único e especial para mim. Como Orientado-ra Social tenho a oportunidade de comparti-lhar da singularidade de cada jovem que serevelam em cada encontro, onde são desen- O Projovem Ado-volvidos atividades que estimulam o desen-volvimento pessoal e social, a convivência lescente promovefamiliar e comunitária e os capacita para além do conheci-atuarem como agente de transformação e metno teórico sobredesenvolvimento de sua comunidade, além o ECA a oportuni-de despertá-lo, informá-los sobre o mercadode trabalho com capacitação teórica e práti- dade aos adolescen-ca, por meio de atividades que não configu- Campeonato Esportivo SESC Faiçalvilli. tes de usufruírem deram trabalho, mas que possibilitam a perma- 2º Lugar no Volley e Futsal seus direitos garanti-nência dos jovens no sistema de ensino co- dos no ECA.mo uma formação cidadã preparando-os Depoimentopara futuras inserções no mercado de traba-lho. O Projovem Adolescente abriu uma grande porta paraAtravés de atividades lúdicas, o Projovem mim por essa chance de competir em campeonatos,Adolescente aborda temas relacionados à poder estar interagindo com outros adolescentes e co-cultura, esporte, lazer, meio ambiente, saú- nhecendo lugares novos. Agradeço a oportunidade quede, direitos humanos e sócio assistenciais, o Projovem me proporcionou.inclusão social e participação cidadã.É uma honra poder contribuir com a forma-ção da trajetória pessoal de cada um desses Paulo Henrique F.Pimentelsonhadores adolescentes. Meu desejo é queesse programa continue a contribuir com odesenvolvimento pessoal desses jovens.É com muita satisfação que apresentamosnosso primeiro Fanzzine o qual tem comotema central o Estatuto da Criança e do A-dolescente . Boa leitura.Deuzeni da Rocha Soares. O. Social
  2. 2. PÁGINA 2 PROJOVEM ADOLESCENTEPasseio ao Clube Sint-Ifesgo Sint- O esporte permite trabalhar, ao mesmo tempo, a afetividade, as percepções, a expressão, o ra- ciocínio, a concentração e a cria- tividade dos adolescentes. assim, eles passam a ter um controle maior de seu corpo. O esporte também é um meio eficaz de complemento à educação trabalhando sempre em grupo para que aprendam a conviver em sociedade e com a família. Esta sendo muito bom trabalhar com esses adolescentes eu aprendo cada dia um Momento de Aquecimento pouquinho mais, cada dia que passa eu vejo progresso nesses adolescentes e muito bom ver o resultado que estamos conseguindo com poucas ferramentas que são oferecidas para nos. Cristiane Martins, Instrutora de Esporte c u lt u r a A Cultura está acima da dife- rença da condição social. Wesley Junio Instrutor de Teatro Teatro no Espaço Cultural SinT Ifesgo Projovem. Coordenador do Clube Sr. Elson, agradece a paticipação do Projovem PASSEIO AO PLANETÁRIO UFG Com este passeio o Projovem proporcio- nou ao jovens o contato com a cultura histórica, a cultura histórica tem o objeti- vo de manter viva a consciência que a sociedade humana tem do próprio pas- sado, ou melhor do seu presente, ou melhor de si mesmo.
  3. 3. VOLUME 1, EDIÇÃO 1 PÁGINA 3 Capitulo V do ECA. Do direito à profis- sionalização e à proteção no traba- lho. O P O P — Projeto de Orietação Profissio- nal, é uma orientação que dire- ciona o jovem desde a desco- berta dos próprios sonhos, vocações e talentos até a proje- ção de um caminho de vida e de escolaridade que contribua para a realização de seus proje- tos. No Projovem Adolescente o jovem é orientado na contru- ção de um Projeto de Vida e de um percurso profissional afim de que tenha autonomia e seja sujeito da sua própria história. Acreditamos que para se con- truir um futuro de maior auto- nomia e participação é neces- sário confiança, especialmente a autoconfiança que sem duvida é adquirida a partir de uma auto-estima bem estruturada, por- tanto, no Projovem os jovens tem a oportunidade de ter sua auto-estima trabalhada bem como outras habilidades necessárias para o seu crescimento pessoal e profissional. Visita a Empresa Odilon Santos Contribuir para o aprendizado desses adoles- centes é para mim um motivo de grande satis- fação. Me sinto lisonjeado ao saber que , ao vê-los em uma empresa, talvez, tomando conta de seus pró- prios negócios administrando empre- sas, eu pude colaborar com um pouco dos meus conhecimentos e do meu aprendizado através da FTG(FormaçãoAgradecemos a Empresa Odilon Santos pela oportunidade de contri- Téc. Geral), para essa conquista recepção.buir com o aprendizado desses jovens e pela honrosa recepção Deivide Rogers Orientador ProfissionalA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL AO TRABALHO DO ADOLESCENTEA Lei nº 8.069 de 13 de julho de 1990, denominada de Estatuto da Criança e do Adolescente, é uma legislação voltada à ProteçãoEspecial desses menores. O artigo 2º dessa norma considera criança a pessoa que tem de 0 a 12 anos incompletos e adolescentes,de 12 a 18 anos de idade.Os principais fundamentos da proteção do trabalho da criança e do adolescente são: de ordem cultural, de ordem moral, de or-dem fisiológica, e de ordem de segurança. O artigo 7º desta lei diz: a criança e o adolescente tem direito à proteção, a vida, a saú-de, mediante a efetivação de políticas sociais publicas que permitam o nascimento e o desenvolvimento sadio e harmonioso emcondição digna de assistência. A CLT enumera algumas situações que não se permite que o menor venha a trabalhar nessas con-dições: trabalho noturno, trabalho insalubre, trabalho perigoso, trabalho penoso. O menor não poderá trabalhar em locais queprejudique sua formação, desenvolvimento físico, psíquico, moral e social e em horários e locais que não permita a freqüência àescola ( art.403, parágrafo único da CLT).Para conhecer na integra a Legislação aplicável ao Trabalho do Adolescente, acesse o site : http://www.boletimjuridico.com.br; eo capitulo V do Estatuto da Criança e do Adolescente.
  4. 4. NO PROJOVEM SE APRENDE A CONVIVER COM AS DIFERENÇAS Capitulo II do ECA. Direito a Liberdade, ao respeito e a dignidade. O Projovem Adoles- cente, desenvolve nos jovens a capacidade de conviver com as diferenças, é no gru- po, por meio de ativi- dades e dinâmicas de autoconhecimento e conhecimento inter- grupal que os jovens desenvolvem a arte da convivência. Pesquisa Pesquisa realizada pelo IBGE, em 2010 com 5.168 alunos de 25 escolas públicas e particular, revelou que as humilhações típicas do Bullying são comuns em alunos de 5 e 6ª série. Dos entrevistados, 17% se envolveram com Bullying, seja intimidando alguém ou sendo intimidados. Outra forma comum de assedio é através de e-mails ofensivos e sites de relacionamentos. Outra pesquisa do IBGE feita em 2009, apontou as cidades de Brasília e Belorizonte como as capitais brasileiras com os maiores índices. 35,6% e 35,3% respectivamente dos alunos declaram ter praticado esse tipo de violência nos últimos 30 dias. Fonte: guia do universitário Goiânia. Edição: maio de 2011.Minha vida era cheia de Para mim o Projovem é uma dasdúvida, de rancor. Passei portas abertas pois abrange mui-a freqüentar o Projovem tas coisas importantes para mi-aprendi muita coisa boa, nha vida pessoal que vão me aju-os professores são muito dar, como no esporte, antes eulegais. Aqui você encon- era agressivo não sabia brincartra uma nova família, a- com ninguém nem interagir commigos e até mesmo irmãos. Tenho orgulho de as pessoas, hoje eu não tenhofazer parte do Projovem pois minha vida mu- tanta dificuldade porque já faz parte do meudou da água para o vinho. Hoje tenho minha dia a dia; gosto do Projovem e que as pessoascabeça no lugar, sei quem sou e amo minha que tenham idade possam um dia participar efamília, meus amigos e o Projovem. Agradeço vocês vão ver como é bom para suas vidas.cada um que me ajudou nessa jornada. Agra-deço a Deus acima de tudo e depois ao Projo-vem Adolescente, Obrigada. Thomas Edson SouzaLuana da Silva Santana
  5. 5. A palavra “”Bully” é de ori-gem inglesa e significa valen-tão, trata-se da valentia co-varde onde há diferença gri-tante de tamanho, complei-ção física , ou praticada porgrupo de pessoas contra u-ma minoria ou uma únicapessoa. O Bullying é um pro-blema mundial e antigo. Po-de ser encontrado em qual-quer lugar, na família, no tra-balho e na escola.O Bulluying deve ser comba-tido, é motivo de atenção es-pecial por parte de educado-res, pais e demais autorida-des, pois esta diretamenteligado ao baixo rendimentoescolar, ao aumento de faltaas aulas, baixa estima, de-pressão e até suicídio.Fonte: cartilha do batalhão escolar
  6. 6. Sou um aprendiz desde 2008, quando entrei aqui eu era uma pessoa muito envergo- nhada e triste, me achava solitário, de baixa estima.pensava que ninguém gostava de mim, até que eu entrei aqui junto com meu irmão. Minha mãe ficou sabendo desse programa e foi saber como era e me matriculou. Para mim isso era perda de tempo mas depois que eu me envolvi com outros integrantes e gostar de estar participando. Uma professora muito legal me ensinou muita coisa, era a Neiva, uma educadora in- crível, nesse ano eu estudava a tarde e participava aqui de manhã. Em 2009 eu passei para a tarde e ai conheci mais alunos logo me tornei amigos de todos. Jean Ferreira Assumir a Coordenação do CRAS Brisas da Mata foi para mim um Fazer parte da Equipe do Projo- desafio, uma oportunidade de vem do CRAS Brisas da Mata é muitas e novas experiências que extremamente gratificante. A surgiram ao longo do processo de adaptação. A função de coor- integração com o grupo nos faz denação me proporcionou o crescer a cada dia. Temos a o- conhecimento das atividades portunidade de oferecer aos desenvolvidas no CRAS, entre elas o Projovem Adolescente me jovens a colaboração para o fez compreender que é um públi- despertar no mundo do traba- co diferente, um universo onde o lho, a valorizar as suas virtudes processo de interação requer não apenas um conhecimento e habilidades. teórico do Programa em si, masprincipalmente a compreensão e acima de tudo respeito narelação com esses jovens. Somente através do diálogo e Silvana Heleno A. Cruzcompreensão estabeleceu-se as bases para caminharmos.Me orgulho de coordenar uma unidade em que estes jo- Téc. Resp. Projovem Adolescentevens são disciplinados e com propósito de vida, frutos dotrabalho de uma equipe de educadores juntamente com acoordenação. Eliane Rodrigues Coordenadora do CRASO Projovem Adolescente agradece a toda equipe de profissionais do CRAS Brisas da Mata peloapoio. CRAS BRISAS DA MATA INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O PROJOVEM ADOLESCENTES RUA BM 15 ESQUINA COM OTAVIO LUCIO OS ENCONTROS ACONTECEM DE SEGUNDA A QUINTA FEIRA NOS PERIODOS MATUTINO E VESPERTINO. RESIDENCIAL BRISAS DA MATA 3524- TELEFONE: (62) 3524-2482

×