Aprender, partilhar e comunicar em segurança

542 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada pela Dra. Lígia Azevedo, da Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas, Direção-Geral da Educação, durante a sessão intitulada "Aprender, partilhar e comunicar em segurança", no âmbito da iniciativa 3as com TEA, do projeto TEA: Tablets no Ensino e na Aprendizagem, sob os auspícios da Fundação Calouste Gulbenkian.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
542
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aprender, partilhar e comunicar em segurança

  1. 1. 28 de abril de 2015 Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada. 3as com TEA Lígia Azevedo Aprender, partilhar, comunicar em segurança
  2. 2. O projeto SeguraNet Iniciativas SeguraNet Sessões de sensibilização Desafios SeguraNet Semana SeguraNet Dia da Internet Mais Segura Selo de Segurança Digital Painel de Jovens Disseminação de Boas Práticas Formação Dia da Defesa Nacional Avaliação do Impacto Integração Curricular Segurança no Computador Conhecer a Rede: riscos e desafios Segurança na Internet: uma questão de educação Conteúdos, ferramentas e recursos de sensibilização A linha de apoio (Linha Ajuda) A linha de denúncia de conteúdos ilegais (Linha Alerta) Sumário
  3. 3. O Projeto SeguraNet
  4. 4. A Rede Insafe 31 Centros Internet Segura europeus, (Sérvia e a Rússia)
  5. 5. ERTE/DGE – Equipa SeguraNet Centros de Competência TIC Escolas/Equipas TIC São dinamizadas cerca de 200 sessões de sensibilização por ano cada letivo. O Projeto SeguraNet
  6. 6. O Projeto SeguraNet
  7. 7. Desafios SeguraNet Decorremaolongodoanoletivodeoutubroamaio Desafios 2.º/3.º Ciclos Registo de Escola Desafios 1.ºCiclo Registo da turma 7 - Desafios para alunos 3 - Desafios para pais 3 - desafios para alunos Escolas Turmas Participação das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores 50 000 participantes ano civil
  8. 8. Desafios SeguraNet Concurso anual “Desafios SeguraNet”: • Desafios dirigidos 2.º e 3.º Ciclos endereçam diversas temáticas da segurança digital (proteção de dados, cyberbullying, sexting, comércio eletrónico, os serviços de apoio Linha Ajuda e Linha Alerta, pegada digital/reputação online, predadores online, direitos de autor, entre outros); • Desafios dirigidos ao 1.º Ciclo são atividades que pressupõem trabalho colaborativo.
  9. 9. Semana SeguraNet  página de apoio;  registam-se em média 200 escolas;  envolvimento de cerca de 60 Municípios;  distribuição de materiais/recursos de sensibilização;  divulgação das iniciativas promovidas pelas Escolas/Municípios, nos canais da DGE;  palestras/workshops sobre segurança digital. Iniciativa na qual se convidam as Escolas a dinamizar atividades âmbito das comemorações do Dia da Internet Mais Segura:
  10. 10. Dia da Internet Mais Segura “Juntos vamos construir uma Internet Melhor” – 2014 e 2015 O tema aglutinador 2016 (em estudo)
  11. 11. Selo de Segurança Digital O Selo de Segurança Digital é uma iniciativa europeia dirigida às escolas que visa promover e certificar práticas de segurança digital: ferramenta gratuita que promove a integração das TIC em sala de aula; oferece certificação e um serviço de apoio a nível europeu; evidenciar as escolas que têm uma política de utilização das TIC; 220 escolas registadas. A sua escola tem uma política clara no que respeita ao uso de dispositivos móveis?
  12. 12. Selo de Segurança Digital 1 ano entre resposta a Formulário de avaliação e novo Plano de Ação Elementos comprovativos Elementos comprovativos Maiorníveldeconformidadecom apropostadoSelodeSegurança digital Plano de Ação Plano de Ação Plano de Ação Plano de Ação Validade do Selo: 18 meses
  13. 13. Painel de Jovens
  14. 14. Painel de Jovens Consulta proativa deste grupo-chave: • Painel nacional integra 40 jovens de quatro escolas; • São realizadas, em média, três reuniões presenciais em cada ano letivo; • Intervenção dos alunos num espaço online; • Representação europeia nos encontros Safer Internet Forum (pai e aluno) e no Summer Camp – Roménia.
  15. 15. Formação • Em outubro irá ser decorrer um Curso creditado sobre Segurança Digital: A utilização segura da Internet e dos Dispositivos Móveis (300 docentes) • Desenvolvimento da 2.ª edição MOOC (Massive Open Online Course) no âmbito da segurança digital. A 1.ª edição MOOC teve um universo de 518 inscrições, tendo 137(26%) participantes obtido certificado digital. Esta formação contemplava três módulos (Cyberbullying, Redes Sociais e Recursos Educativos Digitais).
  16. 16. Dia da Defesa Nacional Iniciativa do Ministério da Defesa Nacional: . 130 mil jovens, de 18 anos, durante cada ano civil; . 900 sessões sobre segurança digital; .desde de janeiro de 2015 participantes do DDN tem acesso a um tablet; . App sobre segurança digital.
  17. 17. Avaliação de Impacto do SeguraNet  Resultados do estudo Net Children Go Mobile, em Portugal, do projeto de investigação EU Kids Online referem opiniões bastante positivas relativamente às iniciativas SeguraNet.  Em curso o estudo de avaliação de impacto do projeto SeguraNet, da responsabilidade do Centro de Investigação em Educação e Psicologia da Universidade de Évora:  compreender os anos 2013 e 2014;  vetores de ação: o portal SeguraNet, as intervenções e atividades dos Centros de Competência TIC, a Semana SeguraNet, o Selo de Segurança Digital (eSafety Label), o Painel de Jovens e os Desafios SeguraNet.
  18. 18. Integração Curricular Integração no currículo nacional das temáticas relacionadas com a utilização da tecnologias online - Metas Curriculares referentes à disciplina de Tecnologia de Informação e Comunicação no âmbito do 7.º e 8.º anos de escolaridade (2012). São desenvolvidos vários recursos para apoiar alunos e professores na disciplina de Tecnologia de Informação e Comunicação.
  19. 19. Atualização: do sistema operativo; do antivírus; do antispyware e da firewall. Cópias de segurança (disco externo, pens, serviços de partilha de documentos na rede, entre outros) Segurança do computador
  20. 20. Conhecer a rede: riscos e desafios
  21. 21. Viste algo de estranho na Internet? A necessidade do acompanhamento por parte dos educadores (pais/professores). Centro Internet Segura Belga (Child Focus Belgium)
  22. 22. Apps Foram necessários apenas dez minutos para Danny Kitchen, de 5 anos, carregar 1.700 libras em extras para um jogo no iPad do seu pai. O gasto acidental, descoberto pelos recibos enviados por email pela loja do iTunes, não será reembolsado pela Apple, segundo informações do “Daily Mail”.
  23. 23. Palavras-chave Não revelar as palavras-chave.  Criar palavras-chave longas - devem ter uma extensão de 8 caracteres ou mais.  Combinar letras, números e símbolos.  Usar palavras e frases que sejam fáceis de recordar, mas difíceis de descobrir por outra pessoa.  Ferramentas que verificam e melhoram a segurança das palavras-chave.
  24. 24. A Webcam
  25. 25. O risco de revelar o número de telemóvel online! (Podemos estar a subscrever um serviço de valor acrescentado.) Os telemóveis
  26. 26. A Internet não guarda segredos Mantenha a sua intimidade offline Campanha SaferNet Brasil: conscientizar o público para a não partilha de fotos íntimas por forma a evitar o “Sexting”.
  27. 27. Predadores online Child Exploitation and Online Protection Centre (linha de denúncia).
  28. 28. Como agem os predadores online Oferecem, atenção, carinho, amabilidade e dinheiro Interessam-se pelos jovens e manifestam simpatia relativamente aos seus problemas Aproveitam temas de interesse dos jovens, como música da moda, passatempos e atualidades Nas conversas abordam temas dum modo aberto e descontraído com o propósito de acabar paulatinamente com as inibições dos jovens Divulgam imagens pornográficas Aliciam as suas vítimas por telefone e também procuram combinar encontros
  29. 29. O que é o cyberbullying? Vídeo sobre o tema Cyberbullying (Childnet International)
  30. 30. Cyberbullying - consequências Agressões visam provocar alterações de cariz psicológico na vítima, deixando-a abatida e desmoralizada perante a comunidade real e virtual. A vítima poderá deixar de ter vontade de ir à escola, isolar-se, mostrar angústia, tornar-se agressiva, ter alterações ao nível da alimentação e do sono. Casos de suicídio e homicídio tiveram como origem este tipo de comportamento perante a vítima ou agressor.
  31. 31. Cyberbullying - consequências Caso Amanda Todd adolescente do Canadá que cometeu suicídio motivado pelo cyberbullying
  32. 32. A Pegada digital A quantidade de informações pessoais que se relevam através das redes sociais... É construída de forma: Ativa: quando somos nós que publicamos informação a nosso respeito; Passiva: quando outros publicam informação a nosso respeito.
  33. 33. Reputação na Internet Comité de Ministros do Conselho da Europa elaborou uma recomendação (1 de abril de 2015): “As empresas não devem aceder aos emails profissionais dos trabalhadores, sem a sua autorização prévia, ou monitorizar os seus perfis em redes sociais, como o Facebook e o Twitter, para questioná-los sobre o que partilham através das suas contas.”
  34. 34. Dependência “Através dos computadores ou dos dispositivos móveis, os jovens e adolescentes nacionais passam muito do seu tempo na Internet. Um tempo excessivo em muitos casos. Em casos mais extremos, o vício do online pode implicar isolamento, comportamentos violentos e obrigar a tratamento.” Estudo do Instituto Superior de Psicologia Aplicada refere que três quartos da população até aos 25 anos apresenta sinais de dependência do mundo digital. 6% dos jovens admitem ter ficado “sem comer ou sem dormir por causa da Internet” de acordo com o estudo Net Children Go Mobile - projecto EU Kids Online.
  35. 35. Direitos de autor; plágio; licenciamentos/termos de utilização; trabalhos de pesquisa (fontes de referência; copiar/colar; aferir a validade e fiabilidade de um sítio); Internet na sala de aula. Segurança na Internet: uma questão de educação
  36. 36. Obter autorizações dos encarregados de educação, relativamente à utilização da imagem; Não utilizar o nome e apelido ou nome completo, mas apenas o primeiro nome, na identificação dos alunos; Não identificar os alunos em eventuais questionários (codificar). Salvaguardar a privacidade dos alunos
  37. 37. Confirmar a informação noutro(s) sítio(s); A utilização de sítios Web credíveis onde sejam fornecidas hiperligações para outros sítios; Pesquisar em sítios Web que, à partida, são idóneos em termos dos conteúdos que tornam públicos (instituições educativas, universidades, entidades credíveis). Avaliar a informação - qual a fiabilidade e veracidade da informação?
  38. 38. Licenças Creative Commons A questão dos direitos de autor na reutilização/criação de recursos; Licenciamentos abertos (Creative Commons).
  39. 39. The Web We Want é uma brochura educativa destinada a jovens entre os 13 e os 16 anos, que apresenta um conjunto de ferramentas que educa os adolescentes a saberem proteger-se quando estão online. Foi criado com a participação ativa de adolescentes de toda a Europa e aprovado pela Comissão Europeia. The Web We Want – um guia para jovens
  40. 40. Projeto com SaferNet Brasil: .5 escolas portuguesas, 5 escolas brasileiras; .5 intercâmbios online com alunos; . Intercâmbio com os professores aplicadores.
  41. 41. The Web We Want para Educadores é um manual que reúne um conjunto de conteúdos educativos sobre o uso responsável da Internet. Envolvimento de professores portugueses na conceção dos recursos de apoio para a sala de aula presentes nesta publicação online. Para mais informações, consulte: http://www.webwewant.eu/pt_PT/ The Web We Want – para educadores
  42. 42. Quiz4You SeguraNet O Quiz4You SeguraNet é constituído por 52 cartas com mais de 200 questões sobre segurança digital. Os professores que pretenderem receber o Quiz4you SeguraNet deverão preencher um formulário online. Quiz4You SeguraNet em formato digital.
  43. 43. Guia para os Pais - Educação e os Novos Media
  44. 44. Livro de atividades dirigido ao 1.º Ciclo e à Educação Pré-Escolar
  45. 45. Cartazes: O que farias? Galeria de imagens com 18 cartazes “O que farias?”
  46. 46. Quantos Queres
  47. 47. Phineas e Ferb
  48. 48. Linha Ajuda Esta Linha tem por base um serviço de atendimento telefónico e online de crianças, jovens, pais e professores, sobre questões relacionadas com o uso de tecnologias em linha.
  49. 49. Linha Alerta Linha de denúncia de conteúdos ilegais (pornografia infantil, apologia do racismo e apologia da violência).
  50. 50. Nas Redes https://www.facebook.com/seguranet https://twitter.com/SeguraNet https://www.youtube.com/user/erteseguranet
  51. 51. seguranet@dge.mec.pt esafetylabel@dge.mec.pt ligia.azevedo@dge.mec.pt Contactos

×