Lei Rouanet 2015 - Projeto Arrastão

1.955 visualizações

Publicada em

Lei Rouanet 2015 - Projeto Arrastão para patrocínio e execução em 2015.

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.955
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lei Rouanet 2015 - Projeto Arrastão

  1. 1. Projetos 2015
  2. 2. Como doar através da Lei Rouanet? A Lei Rouanet – Nº 8.313/91 foi promulgada pelo Governo Federal em 1991 para incentivar a aplicação de recursos de empresas e pessoas físicas em projetos culturais. A lei possibilita o abatimento de 4% do Imposto de Renda devido pelas empresas e 6% da pessoa física. Somente projetos aprovados pelo Ministério da Cultura e publicados no Diário Oficial são contemplados por este benefício. Quem pode doar? Toda Pessoa Física (que faça a Declaração Completa) ou Empresa (que seja tributada com base no Lucro Real) pode doar parte de seu Imposto de Renda para o projeto do Projeto Arrastão. Para projetos aprovadas no artigo 18 da Lei, como é o caso dos projetos apresentados pelo Projeto Arrastão, o abatimento funciona da seguinte forma: Pessoas Físicas que realizam declaração de imposto de renda no modelo completo podem aplicar na Lei Rouantet até 6% do seu imposto devido estimado para o próximo exercício. O valor aplicado deverá ser abatido do montante a pagar no exercício de 2014. Pessoas Jurídicas que realizam declaração do IR pelo lucro real podem aplicar na Lei Rouanet até 4% do imposto a pagar estimado para o próximo exercício. O valor aplicado deverá ser abatido do montante a pagar no exercício de 2014. Para fazer uma doação, siga o passo a passo: Pessoa Física: 1 ) Pergunte ao seu contador o valor do imposto que você deverá pagar. 2 ) Calcule o montante de 6% do valor do imposto devido para destinar ao projeto. Neste primeiro momento, o valor será desembolsado, e deverá ser repassado ao projeto até o último dia útil do ano. 3 ) Deposite este valor na conta única do projeto que está aprovado na Lei, que é vinculada ao Ministério da Cultura. 4 ) O Projeto Arrastão enviará para você, um recibo oficial do Ministério da Cultura referente ao valor da doação. 5 ) Guarde o recibo. 6 ) No seu formulário do Imposto de Renda, lance o valor doado no seguinte campo: - campo Valor pago: informe o valor efetivamente pago - campo Parcela não dedutível/Valor reembolsado: deixe em branco. 7 ) Na ficha Pagamentos e Doações Efetuados, informe o nome da entidade beneficiada (Arrastão Movimento de Promoção Humana), seu CNPJ (43.082.197/0001-68) e o valor pago. 8 ) Desta forma, você obterá a dedução fiscal (100% do valor investido). Para falar com o Projeto Arrastão ligue (11) 5843-3366 com envie e-mail para arrastao@arrastao.org.br Projetos aprovados pelo Projeto Arrastão na Lei Rouanet:  Coletivo Jovens Artistas;  Grupo de Teatro Quereres.
  3. 3. O Projeto Arrastão Fundado em 1968, o Projeto Arrastão é uma organização sem fins lucrativos que faz o acolhimento e dá suporte às famílias da região do Campo Limpo que vivem em condição de pobreza. Esse trabalho de promoção humana e de desenvolvimento das comunidades é feito junto com estas famílias e dão origem aos programas que oferecemos nas áreas de educação, cultura, geração de renda, habitação e qualidade de vida.  1300 pessoas atendidas diariamente: crianças, adolescentes, jovens e adultos;  Chegando a 6.500 atendimentos indiretos por mês  Programas específicos para cada faixa etária;  Áreas de atuação: Social, Pedagógica e Arte Cultura;  Eixos norteadores: apoio à família, cultura, desenvolvimento comunitário, educação, empreendedorismo e meio ambiente; Nosso Público - 237 comunidades carentes na região (24% da população). - População da área de abrangência: 1,4 milhões - 20% da população não possui rede de esgoto no domicílio. - Aproximadamente 20% dos chefes de família não possuem qualquer renda - 54.000 famílias em altíssima vulnerabilidade social - N.º de óbitos por homicídio em 2012: 219
  4. 4. CCoolleettiivvoo JJoovveennss AArrttiissttaass Inserido no Programa de Empreendedorismo Resumo A proposta do Coletivo de Jovens Artistas é desenvolver diálogos sobre a urbanidade e questões sociais inerentes a isso, por meio do ensino das artes visuais. Serão realizadas, ao longo do ano, oficinas gratuitas para jovens nos finais de semana na sede do Projeto Arrastão. Como resultado das oficinas serão propostas intervenções apresentadas por esses jovens em territórios diferentes da cidade de São Paulo como Zona Norte (Brasilândia), Zona Leste (Pantanal), Zona Oeste (Região Central) e Zona Sul (Campo Limpo) de São Paulo. A ideia principal das intervenções é promover a multiplicação da arte, ocupar o espaço urbano da cidade e permitir o debate e a construção de uma consciência crítica da população por meio da arte. Objetivo Ampliar o senso crítico coletivo por meio de exercício da arte urbana com jovens que se encontram em condições socialmente vulneráveis da cidade de São Paulo.  Capacitar jovens nas técnicas de grafite, monotipia, xilogravura, serigrafia e construções de arte 3D.  Jovens atendidos pelo projeto se tornem produtores de obras de arte urbana.  Promover debates sobre questões subjetivas inerentes às condições sociais da cidade de São Paulo.  Ampliar o alcance do trabalho artístico do Coletivo de Jovens Artistas do Projeto Arrastão em outras regiões da cidade de São Paulo.  Promover a ocupação da cidade com intervenções artísticas. Resultados esperados  Apresentações de 40 intervenções artísticas propostas pelos jovens em ambientes urbanos.  Realização de 40 debates referentes às questões sociais nas regiões contempladas pelo projeto.  Pelo menos 40 intervenções artísticas do Coletivo de Jovens Artistas do Arrastão realizadas em 4 Zonas diferentes da cidade de São Paulo (Norte, Leste, Oeste e Sul).  Pelo menos 40 intervenções de ocupação artística, em órgãos públicos (como CEUs e bibliotecas) de regiões da cidade contempladas pelo projeto. Impacto  800 pessoas participando de intervenções artísticas na cidade e debates e 8 jovens em oficinas artísticas.  Duração do projeto: 10 meses (de 02/03/2015 a 04/01/2016) dividido nas fases de Pré-produção, Produção/ Execução e Prestação de contas.  Valor do Projeto: R$ 185.374,40 Contrapartidas  Divulgação da marca nos Relatórios de atividades da organização e em relatórios trimestrais.  Divulgação da marca em nosso website e mídias sociais da organização.  Divulgação das iniciativas patrocinadas na imprensa.  Inclusão da logomarca em todos os materiais de divulgação (convites, cartazes, folders, internet, anúncios).  Cessão de uso das imagens das obras de arte em materiais do patrocinador.  Produção de 1 modelo de camiseta personalizada.
  5. 5. GGrruuppoo ddee TTeeaattrroo QQuueerreerreess Inserido no Programa de Formação de Jovens Resumo do Projeto O projeto pretende ampliar a consciência e promover debates necessários para enfrentar as vulnerabilidades em relação a sexualidade que os jovens da periferia da Zona Sul da cidade de São Paulo, bairro de Campo Limpo enfrentam. Serão realizadas 20 apresentações do espetáculo de teatro educação "Mas... Ele me ama!" criado pelo grupo Quereres (jovens atendidos no Projeto Arrastão), seguidas de rodas de conversa sobre sexualidade e doenças sexualmente transmissíveis. Além disso, o grupo formado por jovens dessa mesma periferia pretende melhorar as qualidades técnicas e artísticas do grupo e do espetáculo para atingir de forma mais efetiva os objetivos pretendidos pelo projeto. Objetivo Promover a conscientização sobre questões que envolvem as doenças sexualmente transmissíveis, principalmente a AIDS, na população da Zona Sul da cidade de São Paulo por meio de apresentações teatrais e rodas de conversa para o público jovem.  Impulsionar a reflexão crítica da plateia jovem por meio da linguagem teatral;  Promover espaços de diálogo entre os jovens sobre a prevenção e a procura do tratamento de DST/AIDS;  Fortalecer a agenda cultural da comunidade do Campo Limpo;  Aprimorar técnica e artisticamente o grupo de teatro Quereres.  Promover a melhoria dos materiais de cenário e figurino do espetáculo "Mas... Ele me ama!" Resultados esperados  20 apresentações do espetáculo "Mas, ele me ama..." com rodas de conversa sobre o tema para aproximadamente 100 espectadores em cada uma delas. Média de 2.000 pessoas contempladas no total.  Ampliar o número de apresentações teatrais na comunidade do Campo Limpo, realizando pelo menos 20 apresentações ao longo do ano.  Melhoria das técnicas corporais, vocais e de improvisação ao longo da execução do projeto pelo elenco de atores do grupo Quereres.  Cenário e figurino do espetáculo melhor apresentáveis visualmente e com melhor eficácia de comunicação do espetáculo. Impacto  2.000 jovens expectadores e participantes de conversas sobre sexualidade e doenças sexualmente transmissíveis.  Duração: 12 meses (de 02/03/2015 a 29/02/2016) dividido em 2 fases (Pré-produção e Produção).  Valor total: R$ 169.060,00 Contrapartidas  Divulgação da marca nos Relatórios de atividades da organização e em relatórios trimestrais.  Divulgação da marca em nosso website e mídias sociais da organização.  Divulgação das iniciativas patrocinadas na imprensa.  Convites para estreia do espetáculo.  Inclusão da marca nos materiais de divulgação do espetáculo (convites, cartazes, folders, internet, anúncios).
  6. 6. Núcleo de Dança Pélagos Inserido no Programa de Empreendedorismo Resumo Proposta artístico pedagógica que tem como objetivo a manutenção do Núcleo de Dança Pélagos criado em parceria e com sede na ONG Projeto Arrastão. Isso será realizado por meio da circulação do novo espetáculo "Y Khyssa" em conjunto com workshops e rodas de conversa e da Formação do "Método Pélagos de Dança e Movimento" com duração de um ano para 120 jovens da comunidade do Campo Limpo. O espetáculo "Y Khyssa" fala sobre as histórias, cores, músicas, imagens e rituais indígenas brasileiros, tem cerca de 55 minutos de duração e 25 jovens dançarinos em cena. Objetivo Contribuir para a inclusão social e o aumento da qualidade de vida dos jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social na região do Campo Limpo, periferia da Zona Sul de São Paulo, por meio da dança.  Manter trabalho artístico do Núcleo de Dança Pélagos, composto por 25 jovens moradores da comunidade.  Ampliar as possibilidades técnicas dos jovens, para aprimoramento artístico do Núcleo.  Ampliar o repertório cultural dos jovens do Núcleo de Dança Pélagos.  Possibilitar a multiplicação do Método Pélagos de Dança e Movimento para outros jovens, que tem pouco ou nenhum acesso a cultura e a arte no bairro Campo Limpo em São Paulo.  Circular apresentações e workshops com rodas de conversa do Núcleo de Dança Pélagos, para outros públicos em outras periferias com pouco ou nenhum acesso a cultura e a arte na cidade de São Paulo.  Divulgar o trabalho artístico do Núcleo de Dança Pélagos por diversos espaços da cidade de São Paulo. Resultados esperados  Jovens capacitados para se tornarem responsáveis pelo Núcleo de Dança Pélagos, exercendo independência e autonomia nos processos de criação artística.  Melhoria da qualidade técnica artística corporal dos jovens do Núcleo de Dança Pélagos  Ampliação de 70% do repertório cultural dos jovens do Núcleo de Dança Pélagos  Pelo menos 120 novos jovens formados no Método Pélagos de Dança e Movimento em um ano.  Apresentações de pelo menos 18 espetáculos com workshops com rodas de conversa- Ampliação de 80% da divulgação do trabalho artístico realizado pelo Núcleo de Dança Pélagos. Impacto  120 jovens formados no Método Pélagos de Dança e ao menos 1000 expectadores em periferias de S. Paulo.  Duração do projeto: 12 meses (de 01/03/2015 a 07/03/2016) dividido em 3 fases (Pré-produção, produção e Pós-produção).  Valor: R$ 165.200,00. Contrapartidas  Divulgação da marca nos Relatórios de atividades da organização e em relatórios trimestrais.  Divulgação da marca em nosso website e mídias sociais da organização.  Divulgação das iniciativas patrocinadas na imprensa.  Convites para estreia do espetáculo.  Inclusão da marca nos materiais de divulgação do espetáculo (convites, cartazes, folders, internet, anúncios.
  7. 7. MODELO CARTA DE INTENÇÃO DE PATROCÍNIO (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) São Paulo, de de 2014. Ao Ministério da Cultura Governo Federal – Brasil PRONAC – MECENTATO Ref. Projeto: Declaramos, para os devidos fins, que temos a intenção de participar do projeto “ ”, proposto por , na qualidade de patrocinador caso o mesmo seja aprovado pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura e obtenha os benefícios fiscais da Lei Rouanet. _________________________________ Assinatura , identificação do responsável e da empresa

×