2

249 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2

  1. 1. Introdução à Educação Digital <ul><li>Hemerson Ferreira dos Santos Júnior </li></ul>
  2. 2. <ul><li>O conceito de inclusão aponta para a necessidade de aprofundar o debate sobre a diversidade. Isto implicaria em buscar compreender a heterogeneidade, as diferenças individuais e coletivas, as especificidades do ser humano e, sobretudo, as diferentes situações vividas na realidade social e no cotidiano escolar. </li></ul>
  3. 3. Problemática a ser estudada (Definição do Tema) <ul><li>Os recursos destinados à formação de professores e aperfeiçoamento das técnicas pedagógicas aplicadas as TIC têm obtido os resultados desejados? A discussão pode apontar soluções para aperfeiçoar o desempenho de medidas sócio-educativas destinas à inclusão. </li></ul>
  4. 4. Justificativa <ul><li>3. Estudar a adequação do uso das TIC no processo de inclusão é de fundamental importância para se avaliar a destinação de recursos públicos na formação de professores, os resultados obtidos no processo de aprendizagem de estudantes portadores de necessidades especiais e a inclusão social como requisito de cidadania. </li></ul>
  5. 5. Objetivo <ul><li>Discutir a utilização da TIC no processo de inclusão de portadores de necessidades especiais nas escolas públicas. </li></ul>
  6. 6. &quot;A Deficiência Mental refere-se a um estado de funcionamento atípico no seio da comunidade, manisfestando-se logo na primeira infância, em que as limitações do funcionamento intelectual coexistem com as limitações no comportamento adaptativo“ Luckasson et al, 1992, apud Correia, 1997, p. 54 – 55
  7. 7. O que significa ter “vida independente” numa sociedade produtiva e caracterizada, entre outros atributos, como a “Sociedade da Informação”? Uma das respostas possíveis a esta pergunta tão abrangente é: levar uma vida com autonomia significa poder fazer escolhas em todas as esferas da vida, desde a roupa que se quer vestir, a comida que se deseja comer, até exercer o seu papel na sociedade. Segundo a concepção actual – denominada “modelo social da deficiência”- a incapacidade não está nas pessoas, mas, sim, decorre dos obstáculos existentes nos ambientes físico e humano que as rodeiam. A sociedade pode “deficientizar” mais ou menos uma pessoa, ao promover condições de acessibilidade – ou não. http://gritodemudanca.blogspot.com/2010/02/inclusao-social-e-vida-independente-o.html  
  8. 9. Os resultados são satisfatórios: esse tipo de projeto promove a autonomia dos portadores de necessidades especiais. Constata-se o aumento da auto-estima e melhora significativa no relacionamento interpessoal . Difundiu-se com o projeto o conhecimento de direitos básicos de cidadania como acessibilidade, informação e educação. IN(CONCLUSÃO)
  9. 10. <ul><li>Apresentam-se as seguintes dificuldades: </li></ul><ul><li>As equipes necessitam de grande número de especialistas. </li></ul><ul><li>O programa não consegue atingir toda a demanda. </li></ul><ul><li>O transporte dos portadores de necessidade é deficiente. </li></ul><ul><li>As pesquisas pedagógicas na área ainda são incipientes. </li></ul>

×