Guerras Greco-Pérsicas ou Guerras Médicas
Cronologia <ul><li>546 a.C: Ciro, o Grande, rei da Pérsia, captura a cidade de Sárdis, na Lídia, e dá início à conquista d...
<ul><li>513 a.C: Com a ajuda de seus súditos gregos, Dario invade a Europa e conquista regiões vizinhas da Grécia perto do...
<ul><li>494 a.C: A frota combinada dos gregos da Ásia é derrotada perto de Mileto, na batalha de Lade. Milhares de gregos ...
Batalha de Maratona
Hoplitas <ul><li>Os gregos lutavam em falange, isto é,  caminhando um do lado dou outro, em linha </li></ul>
<ul><li>Milcíades tinha distribuído seus guerreiros de tal modo que, mesmo com menos homens, eles tinham uma linha de fren...
O Rei Xerxes e a vingança <ul><li>Agosto de 480 a.C: O exército de Xerxes, filho de Dario, chega à Grécia com um exército ...
<ul><li>O aviso de Xerxes aos gregos:  </li></ul><ul><li>“ Nós temos tantos soldados  que, se todos os nossos arqueiros la...
<ul><li>Os persas confrontam os gregos simultaneamente no desfiladeiro das Termópilas (por terra) e em Artemísio (no mar)....
<ul><li>Por conta de um traidor os persas destroem as forças gregas nas Termópilas e forçam a frota helênica a retirar-se ...
 
<ul><li>Setembro de 480 a.C: Os atenienses sob o comandado de Temístocles, consultam o oráculo de Delfos e este respondeu ...
Batalha de Salamina <ul><li>Os persas tinham muito mais navios, mas seus barcos eram maiores e mais lentos de manobra que ...
<ul><li>Xerxes assiste do alto dos desfiladeiro o desastre de seus homens na Batalha de Salamina. </li></ul>
Curiosidades
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guerra dos Colossos

1.367 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
649
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guerra dos Colossos

  1. 1. Guerras Greco-Pérsicas ou Guerras Médicas
  2. 2. Cronologia <ul><li>546 a.C: Ciro, o Grande, rei da Pérsia, captura a cidade de Sárdis, na Lídia, e dá início à conquista das cidades gregas da Ásia. </li></ul><ul><li>521 a.C: Dario, o Grande, torna-se senhor da Pérsia após tomar o trono, vazio com a morte do filho de Ciro. Ele endurece a política fiscal e começa a gerar descontentamento entre as cidades gregas. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>513 a.C: Com a ajuda de seus súditos gregos, Dario invade a Europa e conquista regiões vizinhas da Grécia perto do mar Negro, como a Trácia, e impõe seu domínio sobre a Macedônia. </li></ul><ul><li>499 a.C: Insatisfeitos com o domínio persa, os gregos da Ásia revoltam-se contra Dario. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>494 a.C: A frota combinada dos gregos da Ásia é derrotada perto de Mileto, na batalha de Lade. Milhares de gregos são vendidos como escravos. </li></ul><ul><li>490 a.C: Uma expedição enviada por Dario para punir Atenas por sua ajuda aos gregos da Ásia desembarca em Maratona e sofre uma derrota humilhante. O Grande Rei jura vingança. </li></ul>
  5. 5. Batalha de Maratona
  6. 6. Hoplitas <ul><li>Os gregos lutavam em falange, isto é, caminhando um do lado dou outro, em linha </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Milcíades tinha distribuído seus guerreiros de tal modo que, mesmo com menos homens, eles tinham uma linha de frente com a mesma largura da dos persas. </li></ul><ul><li>Funcionou, mais de 6 mil persas morreram, e o restante foi perseguido até os navios.Porém, os traidores gregos mandaram um sinal para os persas. </li></ul><ul><li>Não havia tempo a perder. Os hoplitas atenienses correram de volta para casa com tamanha gana, que quando os persas chegaram, deram de cara com os mesmos guerreiros vitoriosos em Maratona. </li></ul><ul><li>Os persas retornaram, já prevendo a fúria de Dario. </li></ul>
  8. 8. O Rei Xerxes e a vingança <ul><li>Agosto de 480 a.C: O exército de Xerxes, filho de Dario, chega à Grécia com um exército gigantesco; </li></ul><ul><li>A ameaça era tão grande que os gregos, pela primeira vez se reúnem numa Confederação: </li></ul><ul><li>A Liga de Delos ou Liga Helênica </li></ul><ul><li>A liga era dona de uma grande frota de navios que se dedicavam ao comércio e à guerra. Cada um dos membros contribuía doando navios ou dinheiro. No começo, todos os participantes tinham os mesmos direitos. Aos poucos, Atenas afirmou sua hegemonia ► Atenas passou a dar ordens. </li></ul><ul><li>Para combater os persas, lá estavam o general espartano Leônidas, comandando 300 soldados na tarefa impossível de bloquear a marcha inimiga. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>O aviso de Xerxes aos gregos: </li></ul><ul><li>“ Nós temos tantos soldados que, se todos os nossos arqueiros lançarem flechas ao mesmo tempo, o céu inteiro estará coberto. Por isso, rendam-se imediatamente!” </li></ul><ul><li>A resposta de Leônidas: </li></ul><ul><li>“ Melhor, assim combateremos à sombra” </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Os persas confrontam os gregos simultaneamente no desfiladeiro das Termópilas (por terra) e em Artemísio (no mar). </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Por conta de um traidor os persas destroem as forças gregas nas Termópilas e forçam a frota helênica a retirar-se para o sul. </li></ul><ul><li>Cidade após cidade foi caindo sob o domínio persa e os atenienses não tiveram remédio a não ser fugir. A cidade de Atenas foi ocupada e destruída. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Setembro de 480 a.C: Os atenienses sob o comandado de Temístocles, consultam o oráculo de Delfos e este respondeu que a única salvação estava nas “muralhas de madeira”. </li></ul><ul><li>“ Como assim? Muralhas de madeira?!” </li></ul><ul><li>Temístocles enviou um agente secreto que fingia ter desertado. Esse agente convenceu Xerxes de que os navios gregos estavam em Salamina, mas os soldados e marinheiros estavam apavorados e querendo fugir. </li></ul><ul><li>Xerxes acreditou e enviou sua esquadra para lá. </li></ul>
  13. 14. Batalha de Salamina <ul><li>Os persas tinham muito mais navios, mas seus barcos eram maiores e mais lentos de manobra que os gregos; </li></ul><ul><li>O canal era estreito e cheio de pedras perigosas. Os navios gregos , muito mais ágeis , tinham pontas na proa e furavam os navios inimigos. </li></ul><ul><li>Os gregos em número inferior vencem os persas através da razão e das suas estratégias militares. </li></ul><ul><li>Xerxes derrotado e humilhado retorna para a Pérsia. </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Xerxes assiste do alto dos desfiladeiro o desastre de seus homens na Batalha de Salamina. </li></ul>
  15. 16. Curiosidades

×