Cei aspectos gerais

30.424 visualizações

Publicada em

1 comentário
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
30.424
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
557
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
596
Comentários
1
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cei aspectos gerais

  1. 1. CEIComunidade dos Estados Independentes<br />
  2. 2. CEI: aspectos políticos<br />A CEI reúne doze das quinze Repúblicas que formaram a extinta União Soviética. <br />Essas Repúblicas se distribuem por uma área imensa que se estende pelos continentes europeu e asiático. <br />A maior parte de seu território encontras-se na Ásia. <br />Observe o mapa político para conhecer os integrantes da CEI:<br />
  3. 3.
  4. 4. CEI: aspectos políticos<br />As chamadas Repúblicas Bálticas (Estônia, Letônia e Lituânia) não integram essa Comunidade. <br />A CEI procura manter os vínculos econômicos que já existiam entre as ex-Repúblicas Soviéticas, manter o uso do rublo como moeda e centralizar as forças armadas, além de compartilhar o uso de uma infraestruturacriada nos tempos da URSS.<br />
  5. 5. Breve histórico<br />Vamos fazer uma rápida recapitulação de alguns eventos importantes no histórico de formação da ex-URSS e de sua dissolução.<br />março de 1917 – o czar Nicolau II é derrubado do poder através de uma revolução conduzida pela ala moderada (mencheviques) do Partido Operário Social-Democrata Russo (POSDR);<br />novembro de 1917 – através de uma insurreição e liderados por Lênin, os bolcheviques (ala mais radical do POSDR) assumem o poder e instalam um governo revolucionário;<br />1917-1921 – desenvolve-se uma guerra civil entre o grupo revolucionário bolchevique (através do recém criado Exército Vermelho) e os opositores desse regime (incluindo os mencheviques e os czaristas);<br />1922 – criação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas;<br />1924 – morre Lênin e Josef Stálin assume o poder na URSS e inicia um processo de coletivização maciça dos meios de produção;<br />
  6. 6. 1936-1938 – Stálin exila e executa milhões de pessoas suspeitas de serem opositoras ao seu regime;<br />1939-1945 – a URSS participa da Segunda Guerra Mundial. Ao final dessa guerra o número de mortos durante esse período se aproxima de 20 milhões, a União Soviética ocupa boa parte do leste europeu e emerge como potência mundial, líder do mundo socialista;<br />Guerra Fria – a URSS disputa com os EUA a supremacia mundial e procura expandir sua influência e o próprio mundo socialista. Nesse período se realiza a corrida armamentista, inclusive nuclear, e a corrida espacial. São momentos críticos nesse período a Construção do Muro de Berlim e a crise dos mísseis nucleares soviéticos em Cuba. Ocorre ainda a repressão ao movimento antisoviético na Hungria (1956) e ao processo democratizante na Tchecoslováquia (1968);<br />décadas de 1960 e 1970 – a URSS alcança seu auge político e econômico e de sua influência no mundo. Estamos na Era Bréjnev e ocorre a invasão soviética no Afeganistão (1979);<br />final da década de 1970, início da década de 80 – a União Soviética passa a enfrentar uma crise econômica que se aprofunda rapidamente. Em 1980 a URSS interfere na Polônia para suprimir as liberdades do Sindicato Solidariedade. Em 1982 morre Leonid Bréjnev sucedido pelos curtos governos de IúriAndrópov e KonstantínTchernenko que também faleceram no exercício do poder. <br />Em 1985 assume Mikhail Gorbatchov que dá início a reformas no país.<br />
  7. 7. Motivos da crise soviética<br />Ineficiência da economia planificada, excessivamente centralizada<br />Baixa produtividade e qualidade dos setores produtivos<br />Prioridade aos setores estratégicos comprometendo a oferta de mercadorias<br />para a população (falta de produtos e qualidade duvidosa)<br />Sistema de metas com resultados manipulados pelo Estado<br />Elevados gastos com a corrida armamentista e espacial<br />Sustentação aos aliados durante a Guerra Fria<br />Excesso de burocracia e corrupção<br />
  8. 8. Reformas implantadas por Gorbatchov<br />Perestroika (reestruturação)<br />procura maior eficiência na gestão da economia<br />procura substituir o sistema de metas pelo de produtividade<br />procura criar estímulos aos administradores e trabalhadores<br />inovações no sistema produtivo<br />entrada de multinacionais<br />permissão para associação de multinacionais com empresas soviéticas<br />
  9. 9. Reformas implantadas por Gorbatchov<br />Glasnost (transparência)<br />moderação na censura interna<br />maior liberdade para manifestações, denúncias, críticas e sugestões<br />exposição dos problemas do país e da população<br />busca melhorar as relações externas e o fim da Guerra Fria<br />acordos com o Ocidente (limitação de arsenais, de gastos militares)<br />
  10. 10. Reformas implantadas por Gorbatchov<br />Agosto de 1991 – tentativa fracassada de golpe contra Gorbatchov. <br />Boris Iéltsinobtém projeção política e mais tarde torna-se o presidente russo;<br />setembro de 1991 – com o fracasso das reformas e o enfraquecimento político de Gorbatchov inicia-se a fragmentação da União Soviética com a independência das Repúblicas Bálticas;<br />dezembro de 1991 – a União Soviética é declarada extinta. Gorbatchov renuncia;<br />janeiro de 1992 – passa a existir a CEI.<br />
  11. 11. Problemas enfrentados pela CEI<br />agravamento da crise econômica (falência e fechamento de empresas, redução da produção industrial, elevação da inflação, aumento da dívida externa)<br />crescimento do desemprego e subemprego<br />redução dos salários e da expectativa de vida<br />crise financeira (dificuldades em se readaptar a economia de mercado e no desenvolvimento do sistema bancário e financeiro)<br />insatisfação nas forças armadas (perda de prestígio internacional, dificuldades em controlar o arsenal nuclear, sucateamento da frota naval...)<br />dificuldades em manter o programa espacial (falta de recursos)<br />ressurgimento e fortalecimento do crime organizado (máfia)<br />
  12. 12. CEI: aspectos naturais<br />Com uma área muito extensa o quadro natural da CEI é muito diversificado. <br />Está localizada acima do Trópico de Câncer e é cortada ao norte pelo Círculo Polar Ártico. Seu litoral é muito extenso. <br />A CEI é banhada pelos oceanos Glacial Ártico e Pacífico e pelos mares Báltico, Negro, Cáspio e de Aral.<br />O relevo da CEI alterna extensas planícies e grandes planaltos. Na porção européia de seu território destaca-se a Planície Russa e na porção asiática a Planície da Sibéria Ocidental. <br />Entre elas encontram-se os Montes Urais. Avançando para o leste encontraremos o extenso Planalto Central Siberiano. <br />No sul encontram-se cadeias de montanhas como o Cáucaso, o Pamire o Altai.<br />
  13. 13. CEI: aspectos naturais<br />
  14. 14. CEI: hidrografia<br />A CEI possui muitos rios, alguns de grande extensão. <br />Sua rede hidrográfica pode ser usada para navegação e produção de energia. Os rios na porção européia correm principalmente de norte para sul, desaguando nos<br />mares Negro e Cáspio. Destacam-se o Volga, Dnieper e Dniester. <br />Na porção asiática os rios correm principalmente de sul para o norte e terminam no<br />Oceano Glacial Ártico ou no Mar de Aral. Destacam-se os rios Obi, Ienissei, Lena, Kolyma, Syr-Dária e Amu-Dária.<br />Ao redor do Mar Cáspio encontramos a Depressão Caspiana e ao redor do Mar de Aral áreas em processo de desertificação. <br />Trata-se de uma região de clima mais seco e a utilização e desvio dos rios Syr-Dária e Amu-Dáriapara projetos de irrigação agrícola tem levado à degradação ambiental dessa área, desertificada e contaminada por produtos químicos.<br />
  15. 15. Mar Aral: problemas ambientais<br />
  16. 16. Mar Aral: problemas ambientais<br />
  17. 17. CEI: aspectos naturais<br />Atravessando a CEI de norte para sul vamos observar a existência de várias faixas climáticas. <br />No extremo norte observamos a presença do clima polar com a vegetação de tundra (vegetação rasteira formada por musgos e liquens). <br />Uma área muito extensa no centro-norte é dominada pelo clima temperado frio (ainda rigoroso) com a Taiga (floresta boreal de coníferas), a maior floresta do mundo. <br />No centro-sul encontramos o clima temperado continental, mais seco, com as estepes e pradarias. <br />No sul, áreas desérticas com xerófitas e estepes e nas cordilheiras o clima e vegetação de montanha.<br />Observe o mapa com a distribuição dos climas e vegetações no imenso território da CEI:<br />
  18. 18.
  19. 19. CEI: aspectos humanos<br />Federação Russa é a República com maior população na CEI com quase 145 milhões de habitantes.<br />No entanto, devido à sua grande extensão territorial, apresenta baixa densidade demográfica. <br />A distribuição da população também é muito irregular concentrando-se no lado europeu onde os climas são menos rigorosos, existem importantes áreas agrícolas, centros industriais, melhor infra-estrutura de transportes e proximidade do restante da Europa.<br />
  20. 20. O lado asiático apresenta desertos e áreas muito geladas, as distâncias são imensas, grandes áreas cobertas por florestas (Taiga) e um isolamento geográfico. <br />Encontramos uma maior concentração no lado asiático acompanhando a Ferrovia Transiberiana.<br />A CEI apresenta grande variedade étnica, com predomínio de eslavos, além de dezenas de outros grupos. Algumas minorias desejam o separatismo ou maior autonomia interna. <br />A unidade política interna da CEI tem sido ameaçada pelas reivindicações e tentativas de separatismo de regiões como a Chechênia, o Daguestão, a Abkházia e a Ossétia, ou ainda a disputa entre a Armênia e o Azerbaijão pela região de Nagorno-Karabakh.<br />
  21. 21. O Stalinismo foi em parte responsável por esse quadro atual de conflitos ao misturar forçadamente as etnias no território da ex-URSS, favorecendo alguns grupos, prejudicando outros. (Política do LIQUIDIFICADOR)<br />Além de muitos ateus ou sem religião, na população da CEI registram-se muitos cristãos da Igreja Ortodoxa e, no sul, próximo ao Oriente Médio, o islamismo (muçulmanos).<br />
  22. 22. As grandes potências sentem especial preocupação com essa região pela tentativa de ampliação de influência do Oriente Médio sobre essas populações, pois o contrabando de armas e/ou segredos nucleares poderia levar a uma proliferação de arsenais de destruição em massa no conturbado Oriente Médio.<br />O padrão de vida caiu significativamente após a fragmentação e extinção da URSS.<br />
  23. 23. Nos últimos anos a economia de algumas Repúblicas da CEI mostra uma recuperação, mas as desigualdades regionais são grandes. Repúblicas como Turcomenistão, Tadjiquistão são muito pobres. <br />Observe o quadro comparativo abaixo:<br />
  24. 24. CEI: economia<br />A CEI é rica em matérias-primas. Possui grande riqueza em madeira e minérios, com exportação significativa. <br />Em seu imenso território distribuem-se muitas jazidas minerais na Ucrânia, nos Montes Urais, na região do Cáucaso, Mar Cáspio e na Sibéria.<br />A agropecuária é limitada pelo clima rigoroso.<br />Na porção asiática, especialmente, os desertos e os longos invernos, além das áreas geladas, comprometem a produção.<br />
  25. 25. Como a CEI possui um quadro clímato-botânico semelhante ao europeu, encontramos praticamente os mesmos produtos na agropecuária: cereais, batata, beterraba, algodão, rebanhos bovino, ovino e aves. <br />A produção concentra-se no lado europeu onde, além dos climas menos rigorosos, encontra-se o fértil solo de tchernozion, rico em matéria orgânica.<br />
  26. 26. CEI: industrialização<br />A indústria desenvolveu-se mais no setor de base ou pesada (química, mecânica, siderúrgica, naval, material ferroviário, bélica e nuclear) por interesses do Estado Soviético. <br />Essa indústria está distribuída pelo território concentrando-se especialmente junto às fontes de matéria-prima e de energia.<br />O setor de bens de consumo nunca mereceu prioridade permanecendo com baixa qualidade e produtividade e não é um setor competitivo no mercado mundial. <br />Após a fragmentação soviética e reformas para a volta ao capitalismo a CEI tem recebido investimentos estrangeiros com a entrada e atuação de multinacionais em seu território, além de ter realizado amplo programa de privatização de estatais.<br />Mas o fortalecimento do setor de bens de consumo ainda levará tempo, além de ser necessário elevar o padrão de consumo do cidadão da CEI que tem um baixo poder aquisitivo devido aos baixos salários.<br />
  27. 27. A produção energética é grande. Além de um substancial potencial hidrelétrico com algumas das maiores usinas do mundo, a CEI pode contar com muito carvão, petróleo e gás natural, além da utilização da energia nucleoelétrica. <br />A rede de transportes está concentrada no lado europeu com maior utilização das ferrovias e hidrovias. O transporte rodoviário não é de grande destaque.<br />A Federação Russa é, sem dúvida, a de maior destaque econômico na CEI concentrando a maior parte dos recursos naturais, uma significativa<br />produção agropecuária, uma das maiores produções pesqueiras do mundo e<br />procura fortalecer novamente seu parque industrial.<br />
  28. 28. A atuação do grande capital multinacional na Rússia está aumentando, incluindo setores estratégicos como o petróleo. <br />A Rússia não é membro da OPEP, mas é uma grande exportadora de petróleo e gás. <br />Participa do G8 que reúne os sete países mais ricos do mundo e a própria Rússia, aceita no bloco em troca da concordância para que outras Repúblicas do antigo bloco soviético pudessem<br />participar da OTAN. <br />Mas, apesar de ainda ser uma grande força militar, de possuir muitas potencialidades naturais e humanas, a Rússia não é mais uma grande potência econômica nesse momento.<br />
  29. 29. Verifique o quadro e o gráfico com mais informações sobre a Federação Russa:<br />
  30. 30.
  31. 31. Referências:<br />Agradecimento ao professor Éder Oliveira pela confecção do slide.<br />Saiba mais na Internet<br />*Extinção da URSS:<br />http://www.estadao.com.br/ext/diariodopassado/out/000057666.htm<br />http://www.estadao.com.br/ext/diariodopassado/out/000029780.htm<br />http://www.estadao.com.br/ext/diariodopassado/out/000021587.htm<br />*Federação Russa:<br />http://users.linkexpress.com.br/embrus/<br />*Ferrovia Transiberiana:<br />http://atipico.net/historia/1904a.htm<br />*Programa espacial russo:<br />http://atipico.net/historia/1904a.htm<br />http://www.estado.estadao.com.br/edicao/encarte/lua/luaahis.html<br />

×